Recorde

Ação da Asics faz você correr na velocidade do recorde da maratona

Eventos · 23 ago, 2017

Já imaginou como é correr na velocidade recorde de um maratonista profissional? Por quanto tempo você aguentaria? Depois do Rio de Janeiro e Belo Horizonte, a Asics vai desafiar corredores e curiosos que estiverem nos arredores da Avenida Paulista, aproveitando […]


Ação da Asics faz você correr na velocidade do recorde da maratona

Eventos · 23 ago, 2017

Já imaginou como é correr na velocidade recorde de um maratonista profissional? Por quanto tempo você aguentaria? Depois do Rio de Janeiro e Belo Horizonte, a Asics vai desafiar corredores e curiosos que estiverem nos arredores da Avenida Paulista, aproveitando […]

Mo Farah é tricampeão mundial nos 10.000 metros e 7 correm abaixo de 27 minutos

Atletismo · 07 ago, 2017

Esse texto foi escrito pelo treinador e colunista do Webrun, Nelson Evêncio. O primeiro dia do Campeonato Mundial de Atletismo em Londres entrou para a história, como despedida de Mo Farah, obtendo sua terceira vitória consecutiva nos 10.000 metros, em […]


Mo Farah é tricampeão mundial nos 10.000 metros e 7 correm abaixo de 27 minutos

Atletismo · 07 ago, 2017

Esse texto foi escrito pelo treinador e colunista do Webrun, Nelson Evêncio. O primeiro dia do Campeonato Mundial de Atletismo em Londres entrou para a história, como despedida de Mo Farah, obtendo sua terceira vitória consecutiva nos 10.000 metros, em […]

Meia maratona: planeje-se e corra em menos de 2h

Corridas de Rua · 01 fev, 2017

A meia maratona é uma das etapas para corredores que têm interesse em chegar nos 42k, ou aumentar o volume dos treinos de 10k e 15k. Para correr a distância em 1h59 você deve ter um pace médio de 5min40 […]


Meia maratona: planeje-se e corra em menos de 2h

Corridas de Rua · 01 fev, 2017

A meia maratona é uma das etapas para corredores que têm interesse em chegar nos 42k, ou aumentar o volume dos treinos de 10k e 15k. Para correr a distância em 1h59 você deve ter um pace médio de 5min40 […]

Maratona de Chicago encerra inscrições em tempo recorde: seis dias

Maratona · 06 fev, 2012

As inscrições para a Maratona de Chicago abriram no último dia primeiro e nesta segunda-feira (06/02) as 45 mil vagas regulares foram preenchidas, um tempo recorde desde sua criação. A 35ª edição da prova será realizada a partir das 7h30 (hora local) do dia sete de outubro na cidade americana.

A procura pelas vagas tem aumentado a cada ano e, segundo os organizadores, o recorde foi uma surpresa, já que ano passado o limite foi atingido em 31 dias e há dez anos em 35 semanas. “O entusiasmo para correr a Maratona de Chicago está mais em alta do que nunca com essa marca”, comenta Tim Maloney, executivo do Bank of America, patrocinador máster do evento. “Esperamos retribuir essa empolgação organizando um evento de primeira classe nesse 35º aniversário”, completa.

O mesmo discurso é adotado pelo diretor da prova, Carey Pinkowski. “Mas que ótima maneira de começar a 35ª edição da Maratona. Isso certamente é resultado da ótima experiência que proporcionamos a cada corredor nas ruas de Chicago”, salienta. Ainda segundo o dirigente, o feito marca o começo de uma jornada entusiasmante para os participantes, organizadores, patrocinadores e voluntários da competição, além da comunidade local. “Vamos mais uma vez unir forças e trabalhar juntos para fazer um evento ‘estelar’ do dia sete de outubro”.

Quem ficou de fora, mas ainda quer participar dos 42 quilômetros pelas ruas de Chicago, ainda pode se inscrever num dos programas filantrópicos oferecidos pelos parceiros da organização. Desde que foi criado, em 2002, mais de 70 milhões de dólares foram arrecadados e beneficiaram programas locais, nacionais e globais. Para conhecer as regras de cada uma das mais de 90 entidades parceiras, basta acessar o site oficial, o www.chicagomarathon.com.


Maratona de Chicago encerra inscrições em tempo recorde: seis dias

Maratona · 06 fev, 2012

As inscrições para a Maratona de Chicago abriram no último dia primeiro e nesta segunda-feira (06/02) as 45 mil vagas regulares foram preenchidas, um tempo recorde desde sua criação. A 35ª edição da prova será realizada a partir das 7h30 (hora local) do dia sete de outubro na cidade americana.

A procura pelas vagas tem aumentado a cada ano e, segundo os organizadores, o recorde foi uma surpresa, já que ano passado o limite foi atingido em 31 dias e há dez anos em 35 semanas. “O entusiasmo para correr a Maratona de Chicago está mais em alta do que nunca com essa marca”, comenta Tim Maloney, executivo do Bank of America, patrocinador máster do evento. “Esperamos retribuir essa empolgação organizando um evento de primeira classe nesse 35º aniversário”, completa.

O mesmo discurso é adotado pelo diretor da prova, Carey Pinkowski. “Mas que ótima maneira de começar a 35ª edição da Maratona. Isso certamente é resultado da ótima experiência que proporcionamos a cada corredor nas ruas de Chicago”, salienta. Ainda segundo o dirigente, o feito marca o começo de uma jornada entusiasmante para os participantes, organizadores, patrocinadores e voluntários da competição, além da comunidade local. “Vamos mais uma vez unir forças e trabalhar juntos para fazer um evento ‘estelar’ do dia sete de outubro”.

Quem ficou de fora, mas ainda quer participar dos 42 quilômetros pelas ruas de Chicago, ainda pode se inscrever num dos programas filantrópicos oferecidos pelos parceiros da organização. Desde que foi criado, em 2002, mais de 70 milhões de dólares foram arrecadados e beneficiaram programas locais, nacionais e globais. Para conhecer as regras de cada uma das mais de 90 entidades parceiras, basta acessar o site oficial, o www.chicagomarathon.com.

Meia de São Bernardo bate recorde com mais de cinco mil inscritos

Caminhada · 29 jul, 2011

A edição 2011 da Meia Maratona de São Bernardo do Campo (SP) entrou para a história com recorde de inscritos. Ao todo disputarão a prova do próximo domingo (31/07) 5.420 corredores, número que ultrapassa o antigo recorde, obtido em 2008 quando 5.238 pessoas se inscreveram.

A arena da prova será montada em frente ao Ginásio Poliesportivo, na Avenida Kennedy, tanto para a meia maratona, quanto para a corrida e a caminhada de cinco quilômetros. “A organização foi feita com muito carinho, pois abre os festejos de aniversário da cidade, que em 20 de agosto comemora 458 anos. Vamos fazer o melhor possível para que o evento supere as expectativas”, afirma José Luiz Ferrarezi, secretário de Esportes e Lazer do município.

Entre os atletas de elite confirmados estão dois quenianos: Paul Koech Kimutai, vice-campeão da Meia Maratona do Rio e campeão da Meia Maratona de Montes Claros, além de Chemutai Rionotukei, que ostenta o título da Meia Maratona de Campinas e da Golden Four Rio de Janeiro. Haverá premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados, num total de R$ 20 mil, além de uma bonificação extra para os cinco primeiros moradores de São Bernardo.

O percurso de corrida e caminhada começa em frente ao Ginásio Poliesportivo, passa pela Avenida Kennedy, Praça Ibrahim de Almeida Nobre, novamente pela Kennedy até chegar à Avenida Senador Vergueiro. A partir daí, os atletas seguem para a frente do Ginásio, onde será realizado o encerramento.

Já na disputa dos 21 quilômetros, os atletas partirão da Avenida Kennedy e passarão por vias importantes como a Avenida Senador Vergueiro, Rua Marechal Deodoro, Francisco Prestes Maia, Rotary, João Firmino, Robert Kennedy, Avenida Piraporinha e Lucas Nogueira Garcez. A Prefeitura recomenda que o motorista evite a região central no período da manhã. Para quem precisar sair de casa, a melhor alternativa é utilizar a Rodovia Anchieta.


Meia de São Bernardo bate recorde com mais de cinco mil inscritos

Caminhada · 29 jul, 2011

A edição 2011 da Meia Maratona de São Bernardo do Campo (SP) entrou para a história com recorde de inscritos. Ao todo disputarão a prova do próximo domingo (31/07) 5.420 corredores, número que ultrapassa o antigo recorde, obtido em 2008 quando 5.238 pessoas se inscreveram.

A arena da prova será montada em frente ao Ginásio Poliesportivo, na Avenida Kennedy, tanto para a meia maratona, quanto para a corrida e a caminhada de cinco quilômetros. “A organização foi feita com muito carinho, pois abre os festejos de aniversário da cidade, que em 20 de agosto comemora 458 anos. Vamos fazer o melhor possível para que o evento supere as expectativas”, afirma José Luiz Ferrarezi, secretário de Esportes e Lazer do município.

Entre os atletas de elite confirmados estão dois quenianos: Paul Koech Kimutai, vice-campeão da Meia Maratona do Rio e campeão da Meia Maratona de Montes Claros, além de Chemutai Rionotukei, que ostenta o título da Meia Maratona de Campinas e da Golden Four Rio de Janeiro. Haverá premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados, num total de R$ 20 mil, além de uma bonificação extra para os cinco primeiros moradores de São Bernardo.

O percurso de corrida e caminhada começa em frente ao Ginásio Poliesportivo, passa pela Avenida Kennedy, Praça Ibrahim de Almeida Nobre, novamente pela Kennedy até chegar à Avenida Senador Vergueiro. A partir daí, os atletas seguem para a frente do Ginásio, onde será realizado o encerramento.

Já na disputa dos 21 quilômetros, os atletas partirão da Avenida Kennedy e passarão por vias importantes como a Avenida Senador Vergueiro, Rua Marechal Deodoro, Francisco Prestes Maia, Rotary, João Firmino, Robert Kennedy, Avenida Piraporinha e Lucas Nogueira Garcez. A Prefeitura recomenda que o motorista evite a região central no período da manhã. Para quem precisar sair de casa, a melhor alternativa é utilizar a Rodovia Anchieta.

Ironman Brasil 2011 bate recorde de participantes

Triathlon · 21 abr, 2011

O evento de triatlhon mais aguardado do país, o Ironman Brasil 2011, registra a maior participação da história da competição, que serve como seletiva (na América Latina) para a final do Circuito Ironman, no Havaí. Em 2010, o número de participantes foi de 1.650 triatletas, já este ano serão dois mil inscritos reunidos em Jurerê Internacional, Florianópolis (SC), às 7h, horário da largada.

O Ironmam Brasil também receberá competidores de 34 países diferentes, representando os cinco continentes. "Aumentamos o numero de atletas gradativamente, sem colocar em risco a integridade de ninguém. Hoje estamos aptos e reunir esta quantidade de pessoas, o que mostra a força da prova", explica Carlos Galvão, diretor-geral do Ironman Brasil.

A prova oferecerá 50 vagas para a final do Havaí, mas somente este ano, pois nas próximas edições não haverá mais vagas para profissionais. A WTC (World Tritlhon Corporation), que coordena o circuito mundial Ironman, implantou um novo sistema de pontuação para os profissionais, no qual eles serão pontuados de acordo com a classificação em cada prova. Na próxima temporada, o resultado do Ironman Brasil, por exemplo, se somará a pontuações de outras disputas e os melhores colocados ganharão as vagas.

Durante o trajeto, com 3,8 quilômetros de natação, 180 de ciclismo e 42,1 de corrida, aparecerão os melhores nomes do esporte nacional, como Santiago Ascenço, Ivan Albano, Antonio Manssur, Guilherme Manocchio, Fernanda Keller, Vanessa Gianinni, Silvia Fusco e Ana Lidia Borba. A programação oficial começa no dia 25 de maio, com a abertura da Expo- Ironman.

A prova tem 3,8 quilômetros de natação, 180 de ciclismo e 42,1 de corrida. Na sexta-feira, dia 27, acontece o tradicional jantar de massas, a partir das 19h. No dia 29 as atividades começam cedo, às 4h30, com a pintura dos atletas e acesso à área de transição. A largada será às 7h, com término à meia-noite. Enquanto na segunda-feira, dia 30, será a vez do almoço de confraternização.


Ironman Brasil 2011 bate recorde de participantes

Triathlon · 21 abr, 2011

O evento de triatlhon mais aguardado do país, o Ironman Brasil 2011, registra a maior participação da história da competição, que serve como seletiva (na América Latina) para a final do Circuito Ironman, no Havaí. Em 2010, o número de participantes foi de 1.650 triatletas, já este ano serão dois mil inscritos reunidos em Jurerê Internacional, Florianópolis (SC), às 7h, horário da largada.

O Ironmam Brasil também receberá competidores de 34 países diferentes, representando os cinco continentes. "Aumentamos o numero de atletas gradativamente, sem colocar em risco a integridade de ninguém. Hoje estamos aptos e reunir esta quantidade de pessoas, o que mostra a força da prova", explica Carlos Galvão, diretor-geral do Ironman Brasil.

A prova oferecerá 50 vagas para a final do Havaí, mas somente este ano, pois nas próximas edições não haverá mais vagas para profissionais. A WTC (World Tritlhon Corporation), que coordena o circuito mundial Ironman, implantou um novo sistema de pontuação para os profissionais, no qual eles serão pontuados de acordo com a classificação em cada prova. Na próxima temporada, o resultado do Ironman Brasil, por exemplo, se somará a pontuações de outras disputas e os melhores colocados ganharão as vagas.

Durante o trajeto, com 3,8 quilômetros de natação, 180 de ciclismo e 42,1 de corrida, aparecerão os melhores nomes do esporte nacional, como Santiago Ascenço, Ivan Albano, Antonio Manssur, Guilherme Manocchio, Fernanda Keller, Vanessa Gianinni, Silvia Fusco e Ana Lidia Borba. A programação oficial começa no dia 25 de maio, com a abertura da Expo- Ironman.

A prova tem 3,8 quilômetros de natação, 180 de ciclismo e 42,1 de corrida. Na sexta-feira, dia 27, acontece o tradicional jantar de massas, a partir das 19h. No dia 29 as atividades começam cedo, às 4h30, com a pintura dos atletas e acesso à área de transição. A largada será às 7h, com término à meia-noite. Enquanto na segunda-feira, dia 30, será a vez do almoço de confraternização.

Recordes mundiais registrados na Maratona de Boston são excluídos

Maratona · 18 abr, 2011

Geoffrey Mutai, do Quênia, registrou um novo recordes mundial na Maratona de Boston, com o tempo de 2h03min02, na prova que aconteceu nesta segunda-feira, 18 de abril. O segundo colocado da competição foi Moses Mosop, com apenas quatro segundos a mais que o primeiro. Na categoria feminina Caroline Kilel, também do Quênia, conquistou a primeira colocação com tempo de 2h22min36, apenas dois segundos mais rápida que a segunda colocada, a americana Desiree Davila,

Mutai e Mosop correram as maratonas masculinas mais rápidas da história, porém, o recorde não foi reconhecido porque o trajeto da Maratona de Boston não é qualificado para recordes mundiais. Portanto, o recorde mundial continua sendo de 2h03min59, alcançado em 2008 pelo etíope Haile Gebrselassie, em Berlim.

O campeão da Maratona de Nova York de 2010, Gebre Gebremariam, da Etiópia, terminou a prova em 2h04min53 e ficou com a terceira colocação. O americano Ryan Hall foi o quarto colocado da competição, com o tempo de 2h04min58, sendo o tempo mais rápido conquistado por um atleta americano em Boston pelo segundo ano seguido e 03min43 mais rápido que sua marca do ano passado.

Na prova feminina, a atleta Kim Smith, da Nova Zelândia, abandonou a prova por causa de uma lesão depois de liderar a competição por 33 quilômetros. A elite foi composta por quatro mulheres, incluindo Caroline Kilel, Desiree Davila, e as quenianas Alice Timbilili e Sharon Cherop. Após 37 quilômetros percorridos, Davila e Kilel lideraram até o final, onde Kilel conquistou o primeiro lugar com dois segundos de diferença de Davila, segunda colocada. Cherop conquistou a terceira colocação com a marca de 2h22min42.

O tempo de 2h22min38 da segunda colocada é o terceiro mais rápido já conquistado por uma mulher americana, ficando atrás apenas da medalhista de prata nas Olimpíadas de 2004, Deena Kastor, e a medalhista de ouro das Olimpíadas de 1984, Joan Benoit Samuelson.

A série World Major Marathons (Maiores Maratonas do Mundo) dos anos de 2010 e 2011, será concluída na Maratona de Nova York, no dia seis de novembro. Os vencedores das categorias masculina e feminina receberão 500 mil dólares de prêmio.


Recordes mundiais registrados na Maratona de Boston são excluídos

Maratona · 18 abr, 2011

Geoffrey Mutai, do Quênia, registrou um novo recordes mundial na Maratona de Boston, com o tempo de 2h03min02, na prova que aconteceu nesta segunda-feira, 18 de abril. O segundo colocado da competição foi Moses Mosop, com apenas quatro segundos a mais que o primeiro. Na categoria feminina Caroline Kilel, também do Quênia, conquistou a primeira colocação com tempo de 2h22min36, apenas dois segundos mais rápida que a segunda colocada, a americana Desiree Davila,

Mutai e Mosop correram as maratonas masculinas mais rápidas da história, porém, o recorde não foi reconhecido porque o trajeto da Maratona de Boston não é qualificado para recordes mundiais. Portanto, o recorde mundial continua sendo de 2h03min59, alcançado em 2008 pelo etíope Haile Gebrselassie, em Berlim.

O campeão da Maratona de Nova York de 2010, Gebre Gebremariam, da Etiópia, terminou a prova em 2h04min53 e ficou com a terceira colocação. O americano Ryan Hall foi o quarto colocado da competição, com o tempo de 2h04min58, sendo o tempo mais rápido conquistado por um atleta americano em Boston pelo segundo ano seguido e 03min43 mais rápido que sua marca do ano passado.

Na prova feminina, a atleta Kim Smith, da Nova Zelândia, abandonou a prova por causa de uma lesão depois de liderar a competição por 33 quilômetros. A elite foi composta por quatro mulheres, incluindo Caroline Kilel, Desiree Davila, e as quenianas Alice Timbilili e Sharon Cherop. Após 37 quilômetros percorridos, Davila e Kilel lideraram até o final, onde Kilel conquistou o primeiro lugar com dois segundos de diferença de Davila, segunda colocada. Cherop conquistou a terceira colocação com a marca de 2h22min42.

O tempo de 2h22min38 da segunda colocada é o terceiro mais rápido já conquistado por uma mulher americana, ficando atrás apenas da medalhista de prata nas Olimpíadas de 2004, Deena Kastor, e a medalhista de ouro das Olimpíadas de 1984, Joan Benoit Samuelson.

A série World Major Marathons (Maiores Maratonas do Mundo) dos anos de 2010 e 2011, será concluída na Maratona de Nova York, no dia seis de novembro. Os vencedores das categorias masculina e feminina receberão 500 mil dólares de prêmio.

Quenianos batem recorde mundial em Boston, mas tempo não é homologado

Maratona · 18 abr, 2011

O queniano Geoffrey Mutai correu a maratona de Boston em 2h03min02 nesta segunda-feira (18/04), tempo que seria o novo recorde mundial. O resultado, porém, não será reconhecido pela Associação das Federações Internacionais de Atletismo (Iaaf), já que a prova americana não possui um percurso válido para homologação de recordes.

O segundo colocado, Moses Mosop, do Quênia, marcou 2h03min06 e também obteve um tempo abaixo do atual recorde mundial, obtido por Haile Gebrselassie em 2008. O etíope ostenta a marca de 2h03min59, obtida nos 42 quilômetros de Berlim, na Alemanha.

O terceiro colocado foi o etíope Gebremariam Gebregziabher, que finalizou a disputa em 2h04min53. Entre as mulheres, Caroline Kilel (QUE) venceu com 2h22min36, Desiree Davila (EUA) foi segunda com 2h22min38 e Sharon Cherop (QUE) foi terceria com 2h22min42.


Quenianos batem recorde mundial em Boston, mas tempo não é homologado

Maratona · 18 abr, 2011

O queniano Geoffrey Mutai correu a maratona de Boston em 2h03min02 nesta segunda-feira (18/04), tempo que seria o novo recorde mundial. O resultado, porém, não será reconhecido pela Associação das Federações Internacionais de Atletismo (Iaaf), já que a prova americana não possui um percurso válido para homologação de recordes.

O segundo colocado, Moses Mosop, do Quênia, marcou 2h03min06 e também obteve um tempo abaixo do atual recorde mundial, obtido por Haile Gebrselassie em 2008. O etíope ostenta a marca de 2h03min59, obtida nos 42 quilômetros de Berlim, na Alemanha.

O terceiro colocado foi o etíope Gebremariam Gebregziabher, que finalizou a disputa em 2h04min53. Entre as mulheres, Caroline Kilel (QUE) venceu com 2h22min36, Desiree Davila (EUA) foi segunda com 2h22min38 e Sharon Cherop (QUE) foi terceria com 2h22min42.

Troféu Brasil: Mario José dos Santos vence Marcha 20 km com recorde

Atletismo · 17 set, 2010

Direto do Troféu Brasil - Na manhã desta sexta-feira (17/09) aconteceu a prova de 20 quilômetros marcha atlética do Troféu Brasil de Atletismo, prova que teve vitória de Mario José dos Santos Junior. O representante da equipe BM&F Bovespa marcou o tempo de 1h27min39, novo recorde da competição ao desbancar a marca de 1h27min42 de Rafael Fontenelle Duarte (obtida em 2008).

A largada aconteceu às 8h na pista Adhemar Ferreira da Silva e os 18 atletas fizeram grande parte do percurso no Parque das Bicicletas. Moacir Zimmermann, da equipe Adeblu, liderou a maior parte da prova, mas acabou desqualificado por faltas, assim como o equatoriano Andrés Chocho.

“No Troféu, o que conta são as medalhas. O circuito não é rápido, mas é muito agradável”, conta o paulista de Cubatão que não pensava em obter o recorde. Apesar de considerar normal a desclassificação dos colegas, por um lado o fato foi negativo, já que a dupla vinha ditando o ritmo da prova. “Depois, me acomodei um pouco”, afirmou o atleta, que treina com Adauto Domingues.

Especialista em provas de 50 quilômetros e recordista brasileiro na distância (3h58min30), agora ele se prepara para uma disputa em São Paulo do dia 24 de outubro.


Troféu Brasil: Mario José dos Santos vence Marcha 20 km com recorde

Atletismo · 17 set, 2010

Direto do Troféu Brasil - Na manhã desta sexta-feira (17/09) aconteceu a prova de 20 quilômetros marcha atlética do Troféu Brasil de Atletismo, prova que teve vitória de Mario José dos Santos Junior. O representante da equipe BM&F Bovespa marcou o tempo de 1h27min39, novo recorde da competição ao desbancar a marca de 1h27min42 de Rafael Fontenelle Duarte (obtida em 2008).

A largada aconteceu às 8h na pista Adhemar Ferreira da Silva e os 18 atletas fizeram grande parte do percurso no Parque das Bicicletas. Moacir Zimmermann, da equipe Adeblu, liderou a maior parte da prova, mas acabou desqualificado por faltas, assim como o equatoriano Andrés Chocho.

“No Troféu, o que conta são as medalhas. O circuito não é rápido, mas é muito agradável”, conta o paulista de Cubatão que não pensava em obter o recorde. Apesar de considerar normal a desclassificação dos colegas, por um lado o fato foi negativo, já que a dupla vinha ditando o ritmo da prova. “Depois, me acomodei um pouco”, afirmou o atleta, que treina com Adauto Domingues.

Especialista em provas de 50 quilômetros e recordista brasileiro na distância (3h58min30), agora ele se prepara para uma disputa em São Paulo do dia 24 de outubro.

Revezamento Volta à Ilha tem recorde de equipes inscritas

Ultra Maratona · 26 mar, 2009

No dia 25 de abril a cidade de Florianópolis (SC) receberá a 14ª edição do Revezamento Volta à Ilha, competição de 150 quilômetros em torno da Ilha da Magia que esse ano bateu recorde de inscritos. Ao todo são 380 equipes, 30 a mais do que ano passado, num montante de 3.500 participantes entre brasileiros e argentinos.

O trajeto inclui mais de 20 pontos turísticos e praias da cidade e os atletas terão que passar por praias, dunas, estradas e outros desafios, saindo do lado oeste da ilha, na Avenida Beira Mar Norte. “Participar do revezamento é sempre pensar coletivamente. A prova requer da equipe organização e preparação meses antes”, enfatiza o professor Carlos Duarte, organizador do evento e presidente da Eco Floripa Eventos Esportivos.

Um dos trechos mais temidos pelos atletas é o Morro do Sertão do Peri, ao sul do município, apelidado por alguns como “Morro Maldito”. “O terreno é de chão batido, com uma subida íngreme que atinge 250 metros de altitude. A seguir vem a descida, onde os freios musculares e o equilíbrio corporal são muito exigidos”, explica Carlos.

Em 2008 a equipe vencedora foi a Paquetá Esportes Asics, de Porto Alegre, que já confirmou participação na edição deste ano na tentativa de obter o tetracampeonato. O recorde histórico da competição pertence ao Exército Brasileiro, que em 2002 marcou 8h21min50 no então trajeto de 155 quilômetros.


Revezamento Volta à Ilha tem recorde de equipes inscritas

Ultra Maratona · 26 mar, 2009

No dia 25 de abril a cidade de Florianópolis (SC) receberá a 14ª edição do Revezamento Volta à Ilha, competição de 150 quilômetros em torno da Ilha da Magia que esse ano bateu recorde de inscritos. Ao todo são 380 equipes, 30 a mais do que ano passado, num montante de 3.500 participantes entre brasileiros e argentinos.

O trajeto inclui mais de 20 pontos turísticos e praias da cidade e os atletas terão que passar por praias, dunas, estradas e outros desafios, saindo do lado oeste da ilha, na Avenida Beira Mar Norte. “Participar do revezamento é sempre pensar coletivamente. A prova requer da equipe organização e preparação meses antes”, enfatiza o professor Carlos Duarte, organizador do evento e presidente da Eco Floripa Eventos Esportivos.

Um dos trechos mais temidos pelos atletas é o Morro do Sertão do Peri, ao sul do município, apelidado por alguns como “Morro Maldito”. “O terreno é de chão batido, com uma subida íngreme que atinge 250 metros de altitude. A seguir vem a descida, onde os freios musculares e o equilíbrio corporal são muito exigidos”, explica Carlos.

Em 2008 a equipe vencedora foi a Paquetá Esportes Asics, de Porto Alegre, que já confirmou participação na edição deste ano na tentativa de obter o tetracampeonato. O recorde histórico da competição pertence ao Exército Brasileiro, que em 2002 marcou 8h21min50 no então trajeto de 155 quilômetros.