palestra

Palestra: saiba tudo sobre a Indomit Pedra do Baú

Corrida de Montanha · 11 mar, 2019

Na próxima terça-feira, 12 de março, um dos diretores gerais da Indomit Pedra do Baú – Ultra Trail, Gustavo Nogueira, fará uma palestra na unidade de Higienópolis da loja Mundo Terra. O intuito é passar informações para o público sobre […]


Palestra: saiba tudo sobre a Indomit Pedra do Baú

Corrida de Montanha · 11 mar, 2019

Na próxima terça-feira, 12 de março, um dos diretores gerais da Indomit Pedra do Baú – Ultra Trail, Gustavo Nogueira, fará uma palestra na unidade de Higienópolis da loja Mundo Terra. O intuito é passar informações para o público sobre […]

Vamos falar sobre corrida? Exporun chega para agitar atletas de São Paulo

Corridas de Rua · 22 jan, 2019

A capital paulista recebe nos dias 1 a 3 de fevereiro a primeira edição da Expo Run, evento que reunirá especialistas, treinadores e praticantes de corrida de rua e de montanha para conversar e debater sobre variados temos relacionados à […]


Vamos falar sobre corrida? Exporun chega para agitar atletas de São Paulo

Corridas de Rua · 22 jan, 2019

A capital paulista recebe nos dias 1 a 3 de fevereiro a primeira edição da Expo Run, evento que reunirá especialistas, treinadores e praticantes de corrida de rua e de montanha para conversar e debater sobre variados temos relacionados à […]

New Balance antecipa Maratona de Nova York com evento internacional em São Paulo

Eventos · 18 set, 2018

A Maratona de Nova York, a maior e mais disputada do mundo, acontece em 04 de novembro, mas os fãs de corrida já poderão sentir um gostinho do que está por vir no próximo dia 23 de setembro. Isso porque […]


New Balance antecipa Maratona de Nova York com evento internacional em São Paulo

Eventos · 18 set, 2018

A Maratona de Nova York, a maior e mais disputada do mundo, acontece em 04 de novembro, mas os fãs de corrida já poderão sentir um gostinho do que está por vir no próximo dia 23 de setembro. Isso porque […]

Maratonas de Amsterdam e Buenos Aires são destaques no próximo Mizuno Run Talks

Corridas de Rua · 16 jul, 2018

As Maratonas de Amsterdam e Buenos Aires estão em foco no próximo Mizuno Run Talks, no sábado, 21 de julho, em São Paulo. Planas, rápidas e bem organizadas, perfeitas para a boa performance, a cada ano elas atraem mais brasileiros […]


Maratonas de Amsterdam e Buenos Aires são destaques no próximo Mizuno Run Talks

Corridas de Rua · 16 jul, 2018

As Maratonas de Amsterdam e Buenos Aires estão em foco no próximo Mizuno Run Talks, no sábado, 21 de julho, em São Paulo. Planas, rápidas e bem organizadas, perfeitas para a boa performance, a cada ano elas atraem mais brasileiros […]

Mizuno Run Talks: Uphill, como vencer a incrível Serra do Rio do Rastro

Corrida · 08 jun, 2018

Sucesso em todas as suas edições, o Mizuno Run Talks – ciclo de palestras para quem vive o esporte – terá como próximo tema a Mizuno Uphill, primeira maratona de subida do Brasil e uma das mais bonitas e desafiadoras provas […]


Mizuno Run Talks: Uphill, como vencer a incrível Serra do Rio do Rastro

Corrida · 08 jun, 2018

Sucesso em todas as suas edições, o Mizuno Run Talks – ciclo de palestras para quem vive o esporte – terá como próximo tema a Mizuno Uphill, primeira maratona de subida do Brasil e uma das mais bonitas e desafiadoras provas […]

“Os segredos da Maratona do Rio” é o tema do próximo Mizuno Run Talks

Maratona · 20 mar, 2018

O Mizuno Run Talks já virou parte da preparação dos atletas para grandes provas. E a Maratona do Rio é o destaque da 2ª edição do ano desse ciclo de palestras pensado especialmente para quem vive a corrida. O evento […]


“Os segredos da Maratona do Rio” é o tema do próximo Mizuno Run Talks

Maratona · 20 mar, 2018

O Mizuno Run Talks já virou parte da preparação dos atletas para grandes provas. E a Maratona do Rio é o destaque da 2ª edição do ano desse ciclo de palestras pensado especialmente para quem vive a corrida. O evento […]

Fitness Brasil São Paulo, principal feira do segmento, desembarca em São Paulo

Bem Estar · 09 mar, 2018

De 28 a 30 de abril, a cidade de São Paulo recebe, pela primeira vez, a tradicional feira Fitness Brasil. A edição deste ano acontece no Centro de Eventos Pro Magno, na zona norte da capital paulistana, e faz parte do […]


Fitness Brasil São Paulo, principal feira do segmento, desembarca em São Paulo

Bem Estar · 09 mar, 2018

De 28 a 30 de abril, a cidade de São Paulo recebe, pela primeira vez, a tradicional feira Fitness Brasil. A edição deste ano acontece no Centro de Eventos Pro Magno, na zona norte da capital paulistana, e faz parte do […]

Corrida em montanha Mountain Do é destaque na Running Show

Corrida de Montanha · 31 jul, 2010

Direto da Running Show - Na noite da última sexta-feira (30/07) o organizador do Circuito Mountain Do, Euclides Neto, o Kiko, ministrou uma palestra para falar sobre as novidades do Mountain Do, prova que este ano contará com diversas etapas pelo Brasil. Inicialmente criada em formato de revezamento por equipes, a corrida de montanha agora possui uma categoria solo.

“O objetivo das nossas provas é que os corredores aproveitem para fazer turismo e conhecer as cidades, já que a rede hoteleira costuma praticar tarifas mais baixas para os inscritos”, relata Kiko. “Sempre organizamos eventos onde o contato com a natureza é o maior possível”, completa.

Em 2004 foi criado o Mountain Do Lagoa da Conceição, onde equipes de dois, quatro ou oito atletas percorriam 73 quilômetros em volta de um dos cartões postais da cidade de Florianópolis (SC). Em 2008 surgiu a etapa do Costão do Santinho, no mesmo formato, com largada e chegada na praia de mesmo nome e percurso passando por trilhas, rios, bosques, areia e terra batida.

Em 2010, após sugestão dos participantes, nasceu o Mountain Do Circuito de Charme, prova individual com sede em cidades requintadas do Brasil. A primeira etapa será na Praia do Rosa (SC) no dia 14 de agosto e a segunda em Campos do Jordão (SP) em 11 de setembro.

“A corrida de montanha muitas vezes assusta os corredores, mas todas as nossas provas são possíveis de serem corridas”, garante Kiko. Ele aproveita e faz um desafio: “Quem correr e disser que não gostou do percurso, eu devolvo o dinheiro em dobro”. Segundo o organizador, todas as sedes de provas devem passar por uma avaliação minuciosa da equipe antes de serem aprovadas. “Eu sempre vejo todo o percurso antes, tem que passar na minha chancela”.

Além do Circuito Mountain Do, existe ainda a Maratona e Meia Maratona Beto Carrero, organizadas durante um final de semana no interior do parque temático. “A proposta é o atleta correr no sábado e se divertir no parque domingo”.

Todos os participantes das provas recebem um kit contendo mochila e squeeze da Gatorade, camiseta Adidas confeccionada em tecido tecnológico, toalha, boné e outros brindes dos patrocinadores, além de um DVD com as fotos e vídeos da etapa. Os inscritos contam ainda com coquetel de boas vindas durante o congresso técnico, medalhão de participação, mesa de frutas, almoço de premiação no domingo (apenas no Mountain Do) e ingresso para o Beto Carrero (apenas na Maratona e Meia).

Quem quiser mais informações sobre as provas, pode procurar o Kiko no estande de Santa Catarina durante a Running Show, ou acessar os sites www.mountaindo.com.br ou www.maratonabetocarrero.com.br.

A Running Show acontece no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera até o dia primeiro de agosto. Neste sábado, a feira funciona das 10h às 21h, e no domingo, das 10h às 18h.


Corrida em montanha Mountain Do é destaque na Running Show

Corrida de Montanha · 31 jul, 2010

Direto da Running Show - Na noite da última sexta-feira (30/07) o organizador do Circuito Mountain Do, Euclides Neto, o Kiko, ministrou uma palestra para falar sobre as novidades do Mountain Do, prova que este ano contará com diversas etapas pelo Brasil. Inicialmente criada em formato de revezamento por equipes, a corrida de montanha agora possui uma categoria solo.

“O objetivo das nossas provas é que os corredores aproveitem para fazer turismo e conhecer as cidades, já que a rede hoteleira costuma praticar tarifas mais baixas para os inscritos”, relata Kiko. “Sempre organizamos eventos onde o contato com a natureza é o maior possível”, completa.

Em 2004 foi criado o Mountain Do Lagoa da Conceição, onde equipes de dois, quatro ou oito atletas percorriam 73 quilômetros em volta de um dos cartões postais da cidade de Florianópolis (SC). Em 2008 surgiu a etapa do Costão do Santinho, no mesmo formato, com largada e chegada na praia de mesmo nome e percurso passando por trilhas, rios, bosques, areia e terra batida.

Em 2010, após sugestão dos participantes, nasceu o Mountain Do Circuito de Charme, prova individual com sede em cidades requintadas do Brasil. A primeira etapa será na Praia do Rosa (SC) no dia 14 de agosto e a segunda em Campos do Jordão (SP) em 11 de setembro.

“A corrida de montanha muitas vezes assusta os corredores, mas todas as nossas provas são possíveis de serem corridas”, garante Kiko. Ele aproveita e faz um desafio: “Quem correr e disser que não gostou do percurso, eu devolvo o dinheiro em dobro”. Segundo o organizador, todas as sedes de provas devem passar por uma avaliação minuciosa da equipe antes de serem aprovadas. “Eu sempre vejo todo o percurso antes, tem que passar na minha chancela”.

Além do Circuito Mountain Do, existe ainda a Maratona e Meia Maratona Beto Carrero, organizadas durante um final de semana no interior do parque temático. “A proposta é o atleta correr no sábado e se divertir no parque domingo”.

Todos os participantes das provas recebem um kit contendo mochila e squeeze da Gatorade, camiseta Adidas confeccionada em tecido tecnológico, toalha, boné e outros brindes dos patrocinadores, além de um DVD com as fotos e vídeos da etapa. Os inscritos contam ainda com coquetel de boas vindas durante o congresso técnico, medalhão de participação, mesa de frutas, almoço de premiação no domingo (apenas no Mountain Do) e ingresso para o Beto Carrero (apenas na Maratona e Meia).

Quem quiser mais informações sobre as provas, pode procurar o Kiko no estande de Santa Catarina durante a Running Show, ou acessar os sites www.mountaindo.com.br ou www.maratonabetocarrero.com.br.

A Running Show acontece no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera até o dia primeiro de agosto. Neste sábado, a feira funciona das 10h às 21h, e no domingo, das 10h às 18h.

Veja como foi a palestra de Valmir Nunes e Dr.Osmar

Atletismo · 22 jul, 2008

Na noite da última segunda-feira o ultramaratonista Valmir Nunes e o médico e comentarista esportivo Dr. Osmar de Oliveira conversaram com os leitores do Webrun no Encontro Espetacular, Personalidades da Corrida, no espaço Velocità, em São Paulo. O atleta patrocinado pela marca esportiva Brooks e o ortopedista contaram alguns casos que vivenciaram durante os anos.

Valmir iniciou a conversa dizendo que se interessou pelas corridas durante a época do colégio e com o tempo começou a se enveredar para as disputas de longas distâncias. “Eu comecei a correr vendo o José João da Silva na TV”, ressalta o atleta. Durante a adolescência ele teve uma grave doença intestinal e os médicos chegaram a dizer que ele tinha poucos dias de vida.

“Nunca desisti, estou sempre olhando para frente e seguindo meu sonho”, comenta Valmir que ostenta inúmeros títulos ao redor do mundo, incluindo o da Badwater, no deserto do Vale da Morte, nos Estados Unidos. Até 1990 ele treinava com um técnico, mas depois resolveu estudar por conta própria e montar seu calendário de provas e seu ritmo de treinamentos.

Dr. Osmar - No momento em que o Dr. Osmar começou a falar, disse que tem orgulho de citar os feitos de Valmir. “Apesar de todas as características físicas que propiciam a ele correr dessa forma, Deus escolhe algumas pessoas e ele é um escolhido”, ressalta o médico.

Ele também contou alguns casos de atletas famosos que nem pensavam em praticar determinado esporte e se tornaram grandes ídolos nacionais, como a Hortência no basquetebol e João do Pulo no atletismo. “O Brasil tem tudo para ser uma grande potência olímpica”.

Dr. Osmar também falou sobre como começou a carreira de médico, estudando numa faculdade do interior de São Paulo e tendo que jogar sinuca a dinheiro para poder pagar os estudos. “Estou aqui porque sou teimoso, coloquei na minha cabeça que queria ser médico ortopedista e no Corinthians”, afirma.

O público presente também pôde interagir com os palestrantes, fazendo perguntas sobre os mais variados assuntos. Para o Valmir, houve questionamentos sobre formas de treinamento, casos curiosos de competições, nutrição e sobre a cirurgia recente no calcanhar.

Já para o Dr. Osmar uma pergunta interessante foi sobre a importância ou não da musculação para corredores. “Vou responder o que está na minha cabeça, não o que está no livro. Eu não acho necessário, pois o indivíduo vai ganhar massa e terá que agüentar um fardo desnecessário durante as provas e treinamentos”.

Após 1h30 de conversa o bate-papo foi encerrado com um sorteio de vale presentes da Velocità e todos puderam tirar fotos e pegar autógrafos dos palestrantes. O evento Encontro Espetacular, Personalidades da Corrida reuniu 70 pessoas no Espaço Velocità e em breve no Webrun haverá inscrições para palestras de outros convidados.


Veja como foi a palestra de Valmir Nunes e Dr.Osmar

Atletismo · 22 jul, 2008

Na noite da última segunda-feira o ultramaratonista Valmir Nunes e o médico e comentarista esportivo Dr. Osmar de Oliveira conversaram com os leitores do Webrun no Encontro Espetacular, Personalidades da Corrida, no espaço Velocità, em São Paulo. O atleta patrocinado pela marca esportiva Brooks e o ortopedista contaram alguns casos que vivenciaram durante os anos.

Valmir iniciou a conversa dizendo que se interessou pelas corridas durante a época do colégio e com o tempo começou a se enveredar para as disputas de longas distâncias. “Eu comecei a correr vendo o José João da Silva na TV”, ressalta o atleta. Durante a adolescência ele teve uma grave doença intestinal e os médicos chegaram a dizer que ele tinha poucos dias de vida.

“Nunca desisti, estou sempre olhando para frente e seguindo meu sonho”, comenta Valmir que ostenta inúmeros títulos ao redor do mundo, incluindo o da Badwater, no deserto do Vale da Morte, nos Estados Unidos. Até 1990 ele treinava com um técnico, mas depois resolveu estudar por conta própria e montar seu calendário de provas e seu ritmo de treinamentos.

Dr. Osmar - No momento em que o Dr. Osmar começou a falar, disse que tem orgulho de citar os feitos de Valmir. “Apesar de todas as características físicas que propiciam a ele correr dessa forma, Deus escolhe algumas pessoas e ele é um escolhido”, ressalta o médico.

Ele também contou alguns casos de atletas famosos que nem pensavam em praticar determinado esporte e se tornaram grandes ídolos nacionais, como a Hortência no basquetebol e João do Pulo no atletismo. “O Brasil tem tudo para ser uma grande potência olímpica”.

Dr. Osmar também falou sobre como começou a carreira de médico, estudando numa faculdade do interior de São Paulo e tendo que jogar sinuca a dinheiro para poder pagar os estudos. “Estou aqui porque sou teimoso, coloquei na minha cabeça que queria ser médico ortopedista e no Corinthians”, afirma.

O público presente também pôde interagir com os palestrantes, fazendo perguntas sobre os mais variados assuntos. Para o Valmir, houve questionamentos sobre formas de treinamento, casos curiosos de competições, nutrição e sobre a cirurgia recente no calcanhar.

Já para o Dr. Osmar uma pergunta interessante foi sobre a importância ou não da musculação para corredores. “Vou responder o que está na minha cabeça, não o que está no livro. Eu não acho necessário, pois o indivíduo vai ganhar massa e terá que agüentar um fardo desnecessário durante as provas e treinamentos”.

Após 1h30 de conversa o bate-papo foi encerrado com um sorteio de vale presentes da Velocità e todos puderam tirar fotos e pegar autógrafos dos palestrantes. O evento Encontro Espetacular, Personalidades da Corrida reuniu 70 pessoas no Espaço Velocità e em breve no Webrun haverá inscrições para palestras de outros convidados.

Grupos especiais podem praticar atividade física?

Atletismo · 13 nov, 2007

Correr é uma atividade física recomendada por muitos médicos, porém, algumas pessoas ficam em dúvida quanto à restrição da corrida para dois grupos distintos: os diabéticos e as grávidas. Para falar e esclarecer dúvidas sobre esse tema, o médico esportista Dr. Osmar de Oliveira, participou nessa última segunda-feira de um bate-papo na loja Velocità, em São Paulo. Saiba como foi.

São Paulo - Será que quem tem diabete pode correr? E a grávida também pode? Pessoas desses dois grupos distintos, porém, com a necessidade de cuidados extras, muitas vezes não sabem se podem ou não praticar atividade física. A boa notícia é que elas não só podem como devem. Claro que alguns cuidados devem ser seguidos, mas não é nenhum “bicho de sete cabeças”, como alguns podem pensar.

Para os diabéticos a corrida funciona como um aditivo a mais para diminuir a taxa de glicose do sangue. De acordo com o Dr. Osmar de Oliveira, pesquisas indicam que a diabete é doença que atinge mais pessoas no mundo. Por isso devemos ficar atentos com a nossa saúde e saber cuidar do nosso corpo corretamente.

O organismo do ser humano só funciona porque se alimenta basicamente de duas substâncias essenciais para nossa sobrevivência: o açúcar (em forma de glicose) e o oxigênio. Somente essas duas substâncias são aproveitadas por todas as partes do corpo. Mas para o açúcar entrar nas células é preciso da insulina, que nos diabéticos é produzida em baixa quantidade ou então não é produzida.

Assim, no caso dos diabéticos, o açúcar não irá para a célula e, portanto ficará acumulado no sangue. “A atividade física pode ser uma das formas de queimar essa glicose acumulada”, explica Dr. Osmar.

Tipos - Estudos mostram que existem dois tipos de diabetes. O mais grave é a diabete tipo I, quando o organismo não tem mais insulina. Nesse caso a atividade física deve ser feita de forma leve e com supervisão de profissionais da área da saúde.

Já o Tipo II é o mais comum e sua característica principal é a não absorção da insulina pelo organismo. “Nesses casos recomendo pelo menos 20 minutos de atividade física, tempo para o corpo começar a queimar a glicose”, explica Dr. Osmar. Além disso, uma boa alimentação é recomendada.

Não é porque a mulher está grávida, que ela deve parar toda e qualquer atividade física. Praticar algum tipo de esporte durante a gestação só beneficia a mulher, o trabalho de parto e a recuperação no pós-parto. Mas nesse caso a mulher só deve encarar alguma atividade se tiver aprovação do médico, no caso do ginecologista e também do obstetra.

“Nem toda gestação é igual. Às vezes o que é bom para uma mulher é ruim para a outra. Por isso antes de fazer alguma atividade física durante a gravidez é preciso consultar o médico”, conta Dr. Osmar.

Depois de ser liberada pelo médico, aí sim a mulher grávida deve fazer atividade física pelo menos três vezes por semana. As mais indicadas e eficientes são caminhada, hidroginástica e localizada. Essas podem ser complementadas com alongamento.

“O exercício durante a gravidez evita varizes, lombalgia e diminuiu o inchaço. Além disso, se a mulher enrijecer o abdômen, ela terá mais músculos e força na hora do parto”, diz o médico esportivo.

Mas de acordo com o Dr. Osmar, alguns cuidados devem ser tomados durante os nove meses de gestação:

- Não prender a respiração durante a atividade física;
- Não apertar os seios com tops, por exemplo;
- Não fazer impactos (prefira caminhada ao invés de corrida);
- Parar a atividade física 15 dias antes do parto.


Grupos especiais podem praticar atividade física?

Atletismo · 13 nov, 2007

Correr é uma atividade física recomendada por muitos médicos, porém, algumas pessoas ficam em dúvida quanto à restrição da corrida para dois grupos distintos: os diabéticos e as grávidas. Para falar e esclarecer dúvidas sobre esse tema, o médico esportista Dr. Osmar de Oliveira, participou nessa última segunda-feira de um bate-papo na loja Velocità, em São Paulo. Saiba como foi.

São Paulo - Será que quem tem diabete pode correr? E a grávida também pode? Pessoas desses dois grupos distintos, porém, com a necessidade de cuidados extras, muitas vezes não sabem se podem ou não praticar atividade física. A boa notícia é que elas não só podem como devem. Claro que alguns cuidados devem ser seguidos, mas não é nenhum “bicho de sete cabeças”, como alguns podem pensar.

Para os diabéticos a corrida funciona como um aditivo a mais para diminuir a taxa de glicose do sangue. De acordo com o Dr. Osmar de Oliveira, pesquisas indicam que a diabete é doença que atinge mais pessoas no mundo. Por isso devemos ficar atentos com a nossa saúde e saber cuidar do nosso corpo corretamente.

O organismo do ser humano só funciona porque se alimenta basicamente de duas substâncias essenciais para nossa sobrevivência: o açúcar (em forma de glicose) e o oxigênio. Somente essas duas substâncias são aproveitadas por todas as partes do corpo. Mas para o açúcar entrar nas células é preciso da insulina, que nos diabéticos é produzida em baixa quantidade ou então não é produzida.

Assim, no caso dos diabéticos, o açúcar não irá para a célula e, portanto ficará acumulado no sangue. “A atividade física pode ser uma das formas de queimar essa glicose acumulada”, explica Dr. Osmar.

Tipos - Estudos mostram que existem dois tipos de diabetes. O mais grave é a diabete tipo I, quando o organismo não tem mais insulina. Nesse caso a atividade física deve ser feita de forma leve e com supervisão de profissionais da área da saúde.

Já o Tipo II é o mais comum e sua característica principal é a não absorção da insulina pelo organismo. “Nesses casos recomendo pelo menos 20 minutos de atividade física, tempo para o corpo começar a queimar a glicose”, explica Dr. Osmar. Além disso, uma boa alimentação é recomendada.

Não é porque a mulher está grávida, que ela deve parar toda e qualquer atividade física. Praticar algum tipo de esporte durante a gestação só beneficia a mulher, o trabalho de parto e a recuperação no pós-parto. Mas nesse caso a mulher só deve encarar alguma atividade se tiver aprovação do médico, no caso do ginecologista e também do obstetra.

“Nem toda gestação é igual. Às vezes o que é bom para uma mulher é ruim para a outra. Por isso antes de fazer alguma atividade física durante a gravidez é preciso consultar o médico”, conta Dr. Osmar.

Depois de ser liberada pelo médico, aí sim a mulher grávida deve fazer atividade física pelo menos três vezes por semana. As mais indicadas e eficientes são caminhada, hidroginástica e localizada. Essas podem ser complementadas com alongamento.

“O exercício durante a gravidez evita varizes, lombalgia e diminuiu o inchaço. Além disso, se a mulher enrijecer o abdômen, ela terá mais músculos e força na hora do parto”, diz o médico esportivo.

Mas de acordo com o Dr. Osmar, alguns cuidados devem ser tomados durante os nove meses de gestação:

- Não prender a respiração durante a atividade física;
- Não apertar os seios com tops, por exemplo;
- Não fazer impactos (prefira caminhada ao invés de corrida);
- Parar a atividade física 15 dias antes do parto.