Cobertura_Maratona_Paris

Vanderlei Cordeiro confirma participação na Maratona de Paris

Maratona · 01 abr, 2009

O maratonista brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima confirmou sua presença no field da Maratona de Paris, competição que acontece neste domingo (05) na capital francesa. Recém aposentado das disputas de alto rendimento, ele foi convidado pelos organizadores e não pretende brigar pelos primeiros lugares, apenas corrererá por diversão.

“Vou fazer igual na São Silvestre, vou bem descontraído e sem a cobrança por resultado, o que dá um tranqüilidade maior”, comenta Vanderlei. Na prova do dia 31 de dezembro do ano passado, ele oficialmente encerrou sua carreira como atleta de elite e correu junto com os populares, recebendo aplausos e cumprimentos durante todo o percurso. “Meu objetivo mais uma vez é terminar bem a prova, vou deixar acontecer”, enfatiza o paranaense.

Essa será sua primeira participação na Maratona de Paris, mas pelo fato de não ter compromisso com resultado, preferiu não estudar o percurso e os outros atletas que estarão presentes. “Apenas me interei sobre o clima no dia da prova. Está prevista uma máxima de 20ºC e mínima de 08ºC com tempo fechado, será legal participar nessas condições”.

Rotina - Ele ressalta ainda que não fez nenhum treino específico para a competição, apenas manteve sua carga horária normal. “Tenho treinado um pouco, mas também estou me dedicando ao Instituto (Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima), buscando aprovação de algumas pendências que ficaram junto ao Ministério do Esporte”. Vanderlei afirma que após resolver essas questões buscará empresas para apoiarem o projeto.

Criado em 2008, o Instituto tem como principal objetivo proporcionar a prática lúdica do atletismo, aliado a atividades educativas e culturais, com crianças entre 12 e 18 anos. A sede do projeto fica nas dependências da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas e atende cerca de 120 crianças por ano.

Depois da disputa deste domingo, ele ainda vai conversar com seu treinador Ricardo D’Angelo sobre a participação em alguma grande prova no segundo semestre. “Esse primeiro semestre está sendo bem tranqüilo, sem forçar. No segundo, de acordo como eu estiver, vou reforçar o treinamento”, avalia o medalhista de bronze na Olimpíada de Atenas 2004.


Vanderlei Cordeiro confirma participação na Maratona de Paris

Maratona · 01 abr, 2009

O maratonista brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima confirmou sua presença no field da Maratona de Paris, competição que acontece neste domingo (05) na capital francesa. Recém aposentado das disputas de alto rendimento, ele foi convidado pelos organizadores e não pretende brigar pelos primeiros lugares, apenas corrererá por diversão.

“Vou fazer igual na São Silvestre, vou bem descontraído e sem a cobrança por resultado, o que dá um tranqüilidade maior”, comenta Vanderlei. Na prova do dia 31 de dezembro do ano passado, ele oficialmente encerrou sua carreira como atleta de elite e correu junto com os populares, recebendo aplausos e cumprimentos durante todo o percurso. “Meu objetivo mais uma vez é terminar bem a prova, vou deixar acontecer”, enfatiza o paranaense.

Essa será sua primeira participação na Maratona de Paris, mas pelo fato de não ter compromisso com resultado, preferiu não estudar o percurso e os outros atletas que estarão presentes. “Apenas me interei sobre o clima no dia da prova. Está prevista uma máxima de 20ºC e mínima de 08ºC com tempo fechado, será legal participar nessas condições”.

Rotina - Ele ressalta ainda que não fez nenhum treino específico para a competição, apenas manteve sua carga horária normal. “Tenho treinado um pouco, mas também estou me dedicando ao Instituto (Instituto Vanderlei Cordeiro de Lima), buscando aprovação de algumas pendências que ficaram junto ao Ministério do Esporte”. Vanderlei afirma que após resolver essas questões buscará empresas para apoiarem o projeto.

Criado em 2008, o Instituto tem como principal objetivo proporcionar a prática lúdica do atletismo, aliado a atividades educativas e culturais, com crianças entre 12 e 18 anos. A sede do projeto fica nas dependências da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas e atende cerca de 120 crianças por ano.

Depois da disputa deste domingo, ele ainda vai conversar com seu treinador Ricardo D’Angelo sobre a participação em alguma grande prova no segundo semestre. “Esse primeiro semestre está sendo bem tranqüilo, sem forçar. No segundo, de acordo como eu estiver, vou reforçar o treinamento”, avalia o medalhista de bronze na Olimpíada de Atenas 2004.

Salim Kipsang vence Maratona de Paris

Maratona · 11 abr, 2005

Nesse domingo aconteceu a mais charmosa prova do Mundo, A Maratona de Paris. Cerca de 35 mil pessoas de diferentes nacionalidades participaram do evento que reuniu atletas de peso da elite mundial. O grande vencedor da prova foi o queniano Salim Kipsang que cruzou a linha de chegada no tempo de 2h08min04seg. Com essa marca ele bateu o recorde pessoal em quatro minutos.

O segundo lugar ficou com seu compatriota Paul Biwott, em 2h08min18seg, seguido pelo etíope Gashaw Melese, 2h09min25seg. Entre as mulheres a vencedora foi a russa Lydiya Grigoryeva, com 2h27min03seg. O segundo lugar ficou com a queniana Florence Barsosio, 2h27min19seg. Já a terceira colocação foi para a etíope Asha, no tempo de 2h27min41seg.

Os brasileiros Adriano Bastos e Élson Gracioli não conseguiram alcançar seus objetivos. Ambos pretendiam abaixar suas melhores marcas. Bastos cruzou a linha de chegada em 2h19min59seg e Gracioli no tempo de 2h18min13seg, respectivamente 26º e 23º lugar.

Mesmo sem correr, o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima foi o grande homenageado da prova. “Foi uma novidade, fiquei bem contente com a recepção das pessoas. Dessa vez fiz o que não tinha chance de fazer antes, já que, quando viajo para competir, tenho de me concentrar apenas na prova e em descansar”, conta Vanderlei.


Salim Kipsang vence Maratona de Paris

Maratona · 11 abr, 2005

Nesse domingo aconteceu a mais charmosa prova do Mundo, A Maratona de Paris. Cerca de 35 mil pessoas de diferentes nacionalidades participaram do evento que reuniu atletas de peso da elite mundial. O grande vencedor da prova foi o queniano Salim Kipsang que cruzou a linha de chegada no tempo de 2h08min04seg. Com essa marca ele bateu o recorde pessoal em quatro minutos.

O segundo lugar ficou com seu compatriota Paul Biwott, em 2h08min18seg, seguido pelo etíope Gashaw Melese, 2h09min25seg. Entre as mulheres a vencedora foi a russa Lydiya Grigoryeva, com 2h27min03seg. O segundo lugar ficou com a queniana Florence Barsosio, 2h27min19seg. Já a terceira colocação foi para a etíope Asha, no tempo de 2h27min41seg.

Os brasileiros Adriano Bastos e Élson Gracioli não conseguiram alcançar seus objetivos. Ambos pretendiam abaixar suas melhores marcas. Bastos cruzou a linha de chegada em 2h19min59seg e Gracioli no tempo de 2h18min13seg, respectivamente 26º e 23º lugar.

Mesmo sem correr, o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima foi o grande homenageado da prova. “Foi uma novidade, fiquei bem contente com a recepção das pessoas. Dessa vez fiz o que não tinha chance de fazer antes, já que, quando viajo para competir, tenho de me concentrar apenas na prova e em descansar”, conta Vanderlei.

Saiba como foi o sábado em Paris

Maratona · 09 abr, 2005

O sábado que antecede a 29ª edição da Maratona de Paris foi bastante agitado. Os competidores puderam retirar os kits para os 42km de corrida na "Marathon Expo". Esta contou com um stand totalmente brasileiro feito pelo Grupo Pão de Açúcar.

Além disso, aconteceu também, em Paris, a tradicional Corrida do Café da Manhã. O Brasil foi representado pelo medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima. A prova contou com cerca de 10 mil pessoas de diferentes países.

Confira as fotos aqui!


Saiba como foi o sábado em Paris

Maratona · 09 abr, 2005

O sábado que antecede a 29ª edição da Maratona de Paris foi bastante agitado. Os competidores puderam retirar os kits para os 42km de corrida na "Marathon Expo". Esta contou com um stand totalmente brasileiro feito pelo Grupo Pão de Açúcar.

Além disso, aconteceu também, em Paris, a tradicional Corrida do Café da Manhã. O Brasil foi representado pelo medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima. A prova contou com cerca de 10 mil pessoas de diferentes países.

Confira as fotos aqui!

Brasil terá animação no percurso da maratona

Maratona · 09 abr, 2005

O Pão de Açúcar, em conjunto com o parceiro francês Casino, preparou para os brasileiros quatro pontos de animação Viva Brasil na Maratona de Paris.

A Batucada Batalá, grupo musical com 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste, estarão nos quilômetros 6 e 24,5. A Orquestra do Fubá vai animar a marca da meia maratona com o ritmo do forró e o Maracatu Nação Oju Oba vai fazer soar os tambores do maracatu no quilômetro 36. Confira:

- km 6: Place de la Bastille
Batucada Batalá - 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste brasileiro

- km 21,1 (meia maratona): Porte de Charanton
Orquestra do Fubá - grupo de forró que interpreta ritmos do Nordeste
Brasileiro

- km 24,5: Bouvelard Henry V
Batucada Batalá - 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste brasileiro

- km 36: Place de la Porte d`Auteuil
Maracatu Nação Oju Oba - 15 percussionistas que farão soar sons hipnóticos dos tambores do maracatu

Veja o percurso aqui.


Brasil terá animação no percurso da maratona

Maratona · 09 abr, 2005

O Pão de Açúcar, em conjunto com o parceiro francês Casino, preparou para os brasileiros quatro pontos de animação Viva Brasil na Maratona de Paris.

A Batucada Batalá, grupo musical com 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste, estarão nos quilômetros 6 e 24,5. A Orquestra do Fubá vai animar a marca da meia maratona com o ritmo do forró e o Maracatu Nação Oju Oba vai fazer soar os tambores do maracatu no quilômetro 36. Confira:

- km 6: Place de la Bastille
Batucada Batalá - 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste brasileiro

- km 21,1 (meia maratona): Porte de Charanton
Orquestra do Fubá - grupo de forró que interpreta ritmos do Nordeste
Brasileiro

- km 24,5: Bouvelard Henry V
Batucada Batalá - 50 percussionistas que tocam ritmos do Nordeste brasileiro

- km 36: Place de la Porte d`Auteuil
Maracatu Nação Oju Oba - 15 percussionistas que farão soar sons hipnóticos dos tambores do maracatu

Veja o percurso aqui.

Bastos e Gracioli disputam a Maratona de Paris

Maratona · 08 abr, 2005

Os atletas brasileiros Adriano Bastos e Élson Gracioli, da equipe Pão de Açúcar / BM&F, disputam neste domingo, dia 10 de abril, a 29ª Maratona de Paris. Os dois atletas, que são treinados por Ricardo D`Angelo, esperam conseguir seus recordes pessoais nos 42 km.

Gracioli, que participa pela primeira vez da prova na capital francesa, quer correr a prova abaixo de 2h10min, o que poderia lhe valer um lugar entre os dez primeiros. O atleta realizou sua preparação em Paipa, na Colômbia, cidade que abrigou o medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima, que será o anfitrião da delegação brasileira em Paris.

Já Adriano Bastos, que corre em Paris pela terceira vez, vai em busca de um resultado abaixo das 2h16min. Atual bicampeão da Maratona da Disney, Bastos foi em Paris o 31º colocado em 2000, com 2h21min53, e 23º no ano seguinte, quando completou a prova em 2h21min04s.

Mesmo considerando o percurso da Disney mais plano, Adriano acredita que em Paris será mais fácil conseguir seu objetivo, já que lá há a oportunidade de correr em bloco, junto com os atletas da elite mundial. "A Disney é uma maratona totalmente plana, mas tem o lado de você correr sozinho o tempo todo. Nas duas vezes que corri liderei de ponta a ponta. Sendo Paris uma prova de nível mais forte, você corre com outros corredores ao seu lado, o que ajuda a fazer o ritmo", afirma Bastos, que tem como melhor resultado na distância 2h17min35s, resultado obtido na Maratona de Florianópolis em 2002.


Bastos e Gracioli disputam a Maratona de Paris

Maratona · 08 abr, 2005

Os atletas brasileiros Adriano Bastos e Élson Gracioli, da equipe Pão de Açúcar / BM&F, disputam neste domingo, dia 10 de abril, a 29ª Maratona de Paris. Os dois atletas, que são treinados por Ricardo D`Angelo, esperam conseguir seus recordes pessoais nos 42 km.

Gracioli, que participa pela primeira vez da prova na capital francesa, quer correr a prova abaixo de 2h10min, o que poderia lhe valer um lugar entre os dez primeiros. O atleta realizou sua preparação em Paipa, na Colômbia, cidade que abrigou o medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima, que será o anfitrião da delegação brasileira em Paris.

Já Adriano Bastos, que corre em Paris pela terceira vez, vai em busca de um resultado abaixo das 2h16min. Atual bicampeão da Maratona da Disney, Bastos foi em Paris o 31º colocado em 2000, com 2h21min53, e 23º no ano seguinte, quando completou a prova em 2h21min04s.

Mesmo considerando o percurso da Disney mais plano, Adriano acredita que em Paris será mais fácil conseguir seu objetivo, já que lá há a oportunidade de correr em bloco, junto com os atletas da elite mundial. "A Disney é uma maratona totalmente plana, mas tem o lado de você correr sozinho o tempo todo. Nas duas vezes que corri liderei de ponta a ponta. Sendo Paris uma prova de nível mais forte, você corre com outros corredores ao seu lado, o que ajuda a fazer o ritmo", afirma Bastos, que tem como melhor resultado na distância 2h17min35s, resultado obtido na Maratona de Florianópolis em 2002.

Maratona de Paris reunirá os atuais campeões da prova

Maratona · 07 abr, 2005

Nesse próximo domingo, 10 de abril, acontece a Maratona de Paris. A prova mais charmosa do mundo vai reunir cerca de 35mil atletas. A elite masculina terá a presença dos dois últimos vencedores da competição, o etíope Ambesa Tolosa e o queniano Michael Rotich, respectivamente campeões de 2004 e 2003.

O melhor tempo de Rotich no percurso parisiense é de 2h06min33s. Mas a última prova do atleta, a Maratona de Fukuoaka, não foi boa. Já para Tolosa, Paris será a primeira maratona dele depois das Olimpíadas de Atenas. Nesta ele ficou com a 15ª posição.

A elite feminina contará com a tanzaniana Banuela Mrashani. Ela é a atual campeã da Maratona de Paris. A melhor marca da atleta em provas de 42km é de 2h24min59s conquistado em Paris no ano de 2003, o que lhe garantiu a terceira posição. A etíope, Ashia Gigi, segundo lugar no ano passado com 2h26min05s, também estará presente na prova.


Maratona de Paris reunirá os atuais campeões da prova

Maratona · 07 abr, 2005

Nesse próximo domingo, 10 de abril, acontece a Maratona de Paris. A prova mais charmosa do mundo vai reunir cerca de 35mil atletas. A elite masculina terá a presença dos dois últimos vencedores da competição, o etíope Ambesa Tolosa e o queniano Michael Rotich, respectivamente campeões de 2004 e 2003.

O melhor tempo de Rotich no percurso parisiense é de 2h06min33s. Mas a última prova do atleta, a Maratona de Fukuoaka, não foi boa. Já para Tolosa, Paris será a primeira maratona dele depois das Olimpíadas de Atenas. Nesta ele ficou com a 15ª posição.

A elite feminina contará com a tanzaniana Banuela Mrashani. Ela é a atual campeã da Maratona de Paris. A melhor marca da atleta em provas de 42km é de 2h24min59s conquistado em Paris no ano de 2003, o que lhe garantiu a terceira posição. A etíope, Ashia Gigi, segundo lugar no ano passado com 2h26min05s, também estará presente na prova.

Estréia do Viva Brasil será na Maratona de Paris

Maratona · 07 abr, 2005

O Grupo Pão de Açúcar anuncia sua participação no "Ano do Brasil na França”, que terá uma série de eventos realizados durante o ano de 2005 na França em homenagem ao Brasil.

A empresa é a primeira do varejo a realizar uma grande ação em território francês e embarca nessa viagem fantástica no dia 7 de abril para a França,onde tem programada uma série de atividades na Maratona de Paris com o tema Viva Brasil. Cerca de 35 mil pessoas estarão perfiladas no dia 10 de abril na frente do Arco do Triunfo para participar da 29ª Maratona de Paris. O Pão de Açúcar está promovendo uma verdadeira festa para a delegação brasileira em Paris, que terá como anfitrião o medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima.

Além de garantir a presença de Vanderlei como anfitrião da festa brasileira em Paris, a delegação terá pela primeira vez a oportunidade de visitar na feira da prova, na Marathon Expo, que acontece entre os dias 7 e 9 de abril, um stand exclusivamente brasileiro. O Viva Brasil também estará presente no percurso da competição. Serão quatro pontos de animação (km 6, meia maratona, km 24,5 e km 36), onde grupos musicais tocam ritmos característicos do Nordeste do Brasil.

De uma aliança entre os grupos Pão de Açúcar, no Brasil, e Casino, na
França, o Viva Brasil será a maior exposição da economia e cultura nacional em território francês. O projeto contempla a exportação de produtos e cultura brasileira para um dos maiores berços culturais e gastronômicos da história mundial.

As ações do Viva Brasil acontecem no verão europeu, uma temporada de maior afluência de visitantes à França. Durante mais de 100 dias, ações esportivas, shows, e uma grande ação comercial envolvendo R$ 100 milhões de reais vão prender a atenção e o paladar de milhões de pessoas, entre franceses e turistas que visitam o país.

Para realização do Viva Brasil foi considerado não só as atividades
culturais como agente catalisador da cultura brasileira, mas também outras importantes áreas como a gastronomia, o esporte e a comercialização de produtos tipicamente brasileiros. No cardápio, produtos alimentícios, bebidas, itens de bazar e até mobiliário.


Estréia do Viva Brasil será na Maratona de Paris

Maratona · 07 abr, 2005

O Grupo Pão de Açúcar anuncia sua participação no "Ano do Brasil na França”, que terá uma série de eventos realizados durante o ano de 2005 na França em homenagem ao Brasil.

A empresa é a primeira do varejo a realizar uma grande ação em território francês e embarca nessa viagem fantástica no dia 7 de abril para a França,onde tem programada uma série de atividades na Maratona de Paris com o tema Viva Brasil. Cerca de 35 mil pessoas estarão perfiladas no dia 10 de abril na frente do Arco do Triunfo para participar da 29ª Maratona de Paris. O Pão de Açúcar está promovendo uma verdadeira festa para a delegação brasileira em Paris, que terá como anfitrião o medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima.

Além de garantir a presença de Vanderlei como anfitrião da festa brasileira em Paris, a delegação terá pela primeira vez a oportunidade de visitar na feira da prova, na Marathon Expo, que acontece entre os dias 7 e 9 de abril, um stand exclusivamente brasileiro. O Viva Brasil também estará presente no percurso da competição. Serão quatro pontos de animação (km 6, meia maratona, km 24,5 e km 36), onde grupos musicais tocam ritmos característicos do Nordeste do Brasil.

De uma aliança entre os grupos Pão de Açúcar, no Brasil, e Casino, na
França, o Viva Brasil será a maior exposição da economia e cultura nacional em território francês. O projeto contempla a exportação de produtos e cultura brasileira para um dos maiores berços culturais e gastronômicos da história mundial.

As ações do Viva Brasil acontecem no verão europeu, uma temporada de maior afluência de visitantes à França. Durante mais de 100 dias, ações esportivas, shows, e uma grande ação comercial envolvendo R$ 100 milhões de reais vão prender a atenção e o paladar de milhões de pessoas, entre franceses e turistas que visitam o país.

Para realização do Viva Brasil foi considerado não só as atividades
culturais como agente catalisador da cultura brasileira, mas também outras importantes áreas como a gastronomia, o esporte e a comercialização de produtos tipicamente brasileiros. No cardápio, produtos alimentícios, bebidas, itens de bazar e até mobiliário.

Maratona de Paris terá 238 brasileiros

Maratona · 06 abr, 2005

Na manhã do dia 10 de abril, 35 mil pessoas estarão perfiladas na frente do monumental Arco do Triunfo para participar da 29ª Maratona de Paris. Considerada de longe a maratona mais charmosa do mundo, Paris é, além de tudo, um banho de cultura.

A largada acontece em frente ao monumental Arco do Triunfo, erguido em 1836 para celebrar os feitos militares de Napoleão e de onde saem mais onze avenidas, entre elas a Foch, quase na extremidade oposta da Champs-Elysées e local de chegada dos 42 km parisienses. Os corredores passam por lugares como Place de la Bastille, Museu do Louvre, Chateau de Vincennes, margens do Sena, Notre-Dame, Torre Eiffell e Bois de Boulogne.

De acordo com a organização da prova, são 238 brasileiros inscritos na competição, que tem sua largada às 8h45.


Maratona de Paris terá 238 brasileiros

Maratona · 06 abr, 2005

Na manhã do dia 10 de abril, 35 mil pessoas estarão perfiladas na frente do monumental Arco do Triunfo para participar da 29ª Maratona de Paris. Considerada de longe a maratona mais charmosa do mundo, Paris é, além de tudo, um banho de cultura.

A largada acontece em frente ao monumental Arco do Triunfo, erguido em 1836 para celebrar os feitos militares de Napoleão e de onde saem mais onze avenidas, entre elas a Foch, quase na extremidade oposta da Champs-Elysées e local de chegada dos 42 km parisienses. Os corredores passam por lugares como Place de la Bastille, Museu do Louvre, Chateau de Vincennes, margens do Sena, Notre-Dame, Torre Eiffell e Bois de Boulogne.

De acordo com a organização da prova, são 238 brasileiros inscritos na competição, que tem sua largada às 8h45.

Confira a programação da Maratona de Paris 2005

Maratona · 05 abr, 2005

- Quinta-Feira 07/04
Retirada do Kit na “Marathon Expo”. O Brasil estará representado na feira, no stand número 204, com o stand Viva Brasil (Pão de Açúcar e Casino). A entrega dos kits acontece no parque de exposições da Porte de Versailles (Paris Expo). São esperados 60 mil visitantes nos três dias de feira.

Local: Marathon Expo - Parc des Expositions de Paris - Hall 5 - Porte de Versailles -75015 Paris - Metrô: Porte de Versailles - em frente ao stand Viva Brasil (204)

- Sexta-Feira 08/04
Reirada do kit na “Marathon Expo” (vide quinta-feira)

- Sábado 09/04
08h30 - Course du Petit-Dejeneur (Corrida do Café da Manhã ou Corrida da
Unesco). Seguindo a tradição da famosa Maratona de Nova York, no dia anterior à prova acontece a Corrida do Café da Manhã (ou "Corrida da Unesco"), com a participação de cerca de 10 mil pessoas, principalmente estrangeiros, que se reúnem em frente o Pavilhão da Unesco para correr 5,2 quilômetros. A corrida passa pela Place du Trocadero, perto da Torre Eiffel, seguindo para o Bois de Bolougne e cruzando a linha de chegada na Avenue Foch, mesmo local de chegada da maratona.

Na chegada, é oferecido café da manhã aos participantes. Vanderlei Cordeiro de Lima, medalhista olímpico e atleta Pão de Açúcar BM&F, vai conduzir a bandeira brasileira.

Local: UNESCO - Place Fontenoy - 75007 Paris. M° Cambronne

- Domingo 10/04
08h45 - Largada na Avenue des Champs Elysées, próximo ao Arco do Triunfo. A partir das 10h55 - Chegada: Avenue Foch, próximo ao Arco do Triunfo (limite de prova: 5h40).

Observações importantes: A temperatura prevista para o dia da prova está entre 3 e 12 graus. Nesta época do ano, Paris tem um fuso horário de 5 horas a mais em relação a Brasília.


Confira a programação da Maratona de Paris 2005

Maratona · 05 abr, 2005

- Quinta-Feira 07/04
Retirada do Kit na “Marathon Expo”. O Brasil estará representado na feira, no stand número 204, com o stand Viva Brasil (Pão de Açúcar e Casino). A entrega dos kits acontece no parque de exposições da Porte de Versailles (Paris Expo). São esperados 60 mil visitantes nos três dias de feira.

Local: Marathon Expo - Parc des Expositions de Paris - Hall 5 - Porte de Versailles -75015 Paris - Metrô: Porte de Versailles - em frente ao stand Viva Brasil (204)

- Sexta-Feira 08/04
Reirada do kit na “Marathon Expo” (vide quinta-feira)

- Sábado 09/04
08h30 - Course du Petit-Dejeneur (Corrida do Café da Manhã ou Corrida da
Unesco). Seguindo a tradição da famosa Maratona de Nova York, no dia anterior à prova acontece a Corrida do Café da Manhã (ou "Corrida da Unesco"), com a participação de cerca de 10 mil pessoas, principalmente estrangeiros, que se reúnem em frente o Pavilhão da Unesco para correr 5,2 quilômetros. A corrida passa pela Place du Trocadero, perto da Torre Eiffel, seguindo para o Bois de Bolougne e cruzando a linha de chegada na Avenue Foch, mesmo local de chegada da maratona.

Na chegada, é oferecido café da manhã aos participantes. Vanderlei Cordeiro de Lima, medalhista olímpico e atleta Pão de Açúcar BM&F, vai conduzir a bandeira brasileira.

Local: UNESCO - Place Fontenoy - 75007 Paris. M° Cambronne

- Domingo 10/04
08h45 - Largada na Avenue des Champs Elysées, próximo ao Arco do Triunfo. A partir das 10h55 - Chegada: Avenue Foch, próximo ao Arco do Triunfo (limite de prova: 5h40).

Observações importantes: A temperatura prevista para o dia da prova está entre 3 e 12 graus. Nesta época do ano, Paris tem um fuso horário de 5 horas a mais em relação a Brasília.

Dicas para a Maratona de Paris

Maratona · 23 fev, 2005

O mês da abril é a época do ano em que se concentra as mais importantes maratonas mundiais. Uma delas é a charmosa Maratona de Paris. Com largada na frente do Arco do Triunfo, a prova agrada estrangeiros e também brasileiros.

Para esse ano cerca de 40 brasileiros, da equipe do treinador Marcos Paulo Reis, irão participar de Paris, que acontece no dia 10 de abril. Por isso nessa última segunda-feira aconteceu em São Paulo, na loja esportiva Velocità Sports, uma palestra exclusiva sobre a prova, ministrada pelo treinador Reis. Confira.

São Paulo - Paris é conhecida mundialmente pela refinada gastronomia, por ser a cidade luz e também por organizar a mais charmosa maratona do mundo. É a única prova de 42 quilômetros que tem o privilégio de largar na frente do Arco do Triunfo.

No ano passado cerca de 34.500 pessoas participaram da Maratona de Paris. Desse grupo 4.900 eram do sexo feminino. Segundo o treinador Marcos Paulo Reis, da assessoria esportiva MPR, Paris tem um percurso quase todo plano e isso atraí adeptos de todos os lugares. “Essa prova está entra as 10 mais rápidas do mundo”, revela.

Mas correr numa prova rápida exige alguns conhecimentos extras. Cada corredor, por exemplo, ao perceber que terminou o quilômetro mais rápido que o normal, deve brecar, se não ele pode deixar de completar a prova.

Além disso, todos os atletas devem fazer uma hidratação completa antes, durante e depois da prova. Durante a maratona deve-se beber água, isotônico e ingerir carboidrato. Os postos de abastecimentos são distribuídos a cada cinco quilômetros de prova. O primeiro fica no quilômetro cinco. Já a partir do quilômetro 7,5 os corredores podem pegar uma esponja para retirar o suor do rosto.

O clima de Paris também é favorável para uma boa corrida. A média de temperatura no mês de abril varia de oito a doze graus. “O bom é que nós brasileiros treinamos no calor e vamos correr no frio. Isso diminui o desgaste na hora da prova”, conta Reis.

Mesmo assim o maratonista de Paris deve ter uma atenção especial para a roupa. “Eu recomendo o uso de luva, gorro e blusa de manga longa. Quanto usar short ou calça fica a critério de cada corredor. Mas nessa temperatura eu corro de short”, revela o treinador.

Para o corredor e superintendente executivo do Banco Real, José Roberto Machado, a Maratona de Paris não tem segredo. ”Esse será o meu segundo ano de Paris. Estou tranqüilo, quero me divertir”, conta. Mas para Reis a diversão só deve ser feita após cruzar a linha de chegada.

“Muitas pessoas passeiam antes da prova e se desgastam. E isso faz cair o rendimento delas na prova. Sem falar aquelas outras pessoas que chegam lá e se fartam com a comida”, alerta Reis. Por isso aconselha-se que os passeios e a comilança sejam feitas depois de curtir cada quilômetro da prova.

Percurso: A largada acontece em frente ao monumental Arco do Triunfo, erguido em 1836 para celebrar os feitos militares de Napoleão e de onde saem mais 11 avenidas, entre elas a Foch, onde acontece a chegada.

Durante a corrida os participantes passam por lugares como Place de la Bastille, Museu do Louvre, Chateau de Vincennes, margens do Sena, Cathédralle Notre-Dame de Paris, Torre Eiffel e o parque Bois de Boulogne.


Dicas para a Maratona de Paris

Maratona · 23 fev, 2005

O mês da abril é a época do ano em que se concentra as mais importantes maratonas mundiais. Uma delas é a charmosa Maratona de Paris. Com largada na frente do Arco do Triunfo, a prova agrada estrangeiros e também brasileiros.

Para esse ano cerca de 40 brasileiros, da equipe do treinador Marcos Paulo Reis, irão participar de Paris, que acontece no dia 10 de abril. Por isso nessa última segunda-feira aconteceu em São Paulo, na loja esportiva Velocità Sports, uma palestra exclusiva sobre a prova, ministrada pelo treinador Reis. Confira.

São Paulo - Paris é conhecida mundialmente pela refinada gastronomia, por ser a cidade luz e também por organizar a mais charmosa maratona do mundo. É a única prova de 42 quilômetros que tem o privilégio de largar na frente do Arco do Triunfo.

No ano passado cerca de 34.500 pessoas participaram da Maratona de Paris. Desse grupo 4.900 eram do sexo feminino. Segundo o treinador Marcos Paulo Reis, da assessoria esportiva MPR, Paris tem um percurso quase todo plano e isso atraí adeptos de todos os lugares. “Essa prova está entra as 10 mais rápidas do mundo”, revela.

Mas correr numa prova rápida exige alguns conhecimentos extras. Cada corredor, por exemplo, ao perceber que terminou o quilômetro mais rápido que o normal, deve brecar, se não ele pode deixar de completar a prova.

Além disso, todos os atletas devem fazer uma hidratação completa antes, durante e depois da prova. Durante a maratona deve-se beber água, isotônico e ingerir carboidrato. Os postos de abastecimentos são distribuídos a cada cinco quilômetros de prova. O primeiro fica no quilômetro cinco. Já a partir do quilômetro 7,5 os corredores podem pegar uma esponja para retirar o suor do rosto.

O clima de Paris também é favorável para uma boa corrida. A média de temperatura no mês de abril varia de oito a doze graus. “O bom é que nós brasileiros treinamos no calor e vamos correr no frio. Isso diminui o desgaste na hora da prova”, conta Reis.

Mesmo assim o maratonista de Paris deve ter uma atenção especial para a roupa. “Eu recomendo o uso de luva, gorro e blusa de manga longa. Quanto usar short ou calça fica a critério de cada corredor. Mas nessa temperatura eu corro de short”, revela o treinador.

Para o corredor e superintendente executivo do Banco Real, José Roberto Machado, a Maratona de Paris não tem segredo. ”Esse será o meu segundo ano de Paris. Estou tranqüilo, quero me divertir”, conta. Mas para Reis a diversão só deve ser feita após cruzar a linha de chegada.

“Muitas pessoas passeiam antes da prova e se desgastam. E isso faz cair o rendimento delas na prova. Sem falar aquelas outras pessoas que chegam lá e se fartam com a comida”, alerta Reis. Por isso aconselha-se que os passeios e a comilança sejam feitas depois de curtir cada quilômetro da prova.

Percurso: A largada acontece em frente ao monumental Arco do Triunfo, erguido em 1836 para celebrar os feitos militares de Napoleão e de onde saem mais 11 avenidas, entre elas a Foch, onde acontece a chegada.

Durante a corrida os participantes passam por lugares como Place de la Bastille, Museu do Louvre, Chateau de Vincennes, margens do Sena, Cathédralle Notre-Dame de Paris, Torre Eiffel e o parque Bois de Boulogne.