tocha

Tocha olímpica é acesa na Grécia sob protestos

Atletismo · 24 mar, 2008

A tocha olímpica dos Jogos de Pequim foi acesa nessa segunda-feira (24) em Olímpia, Grécia, sob protestos. Manifestantes invadiram o local da cerimônia para protestarem a favor dos direitos humanos da China, mas o policiamento local controlou rapidamente a manifestação.

Um dos principais símbolos das olimpíadas irá passar por 21 países e encerra sua jornada no dia oito de agosto na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Pequim, na China. A tocha também passará numa cidade da América do Sul, Buenos Aires, Argentina, no dia 11 de abril.

Quem ascendeu a tocha nessa manhã, com a radiação solar num espelho côncavo, foi a atriz Maria Nafpliotou. Já a primeira pessoa a carregar o símbolo olímpico foi o grego medalha de prata no taekwondo, Alexandros Nikolaidis.


Tocha olímpica é acesa na Grécia sob protestos

Atletismo · 24 mar, 2008

A tocha olímpica dos Jogos de Pequim foi acesa nessa segunda-feira (24) em Olímpia, Grécia, sob protestos. Manifestantes invadiram o local da cerimônia para protestarem a favor dos direitos humanos da China, mas o policiamento local controlou rapidamente a manifestação.

Um dos principais símbolos das olimpíadas irá passar por 21 países e encerra sua jornada no dia oito de agosto na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Pequim, na China. A tocha também passará numa cidade da América do Sul, Buenos Aires, Argentina, no dia 11 de abril.

Quem ascendeu a tocha nessa manhã, com a radiação solar num espelho côncavo, foi a atriz Maria Nafpliotou. Já a primeira pessoa a carregar o símbolo olímpico foi o grego medalha de prata no taekwondo, Alexandros Nikolaidis.

Veja alguns condutores da tocha do Parapan

Atletismo · 09 ago, 2007

Nesse sábado começará no Rio de Janeiro o revezamento da tocha Parapan-americana, que será conduzida por alguns atletas e paraatletas, além de personalidades engajadas com os direitos dos deficientes. Nessa sexta-feira o Comitê Organizador dos Jogos entregará os uniformes aos condutores.

Marcelhinho (levantador da seleção masculina de Vôlei), Daniel Santiago (Ouro na classe J24 da vela no Pan), Flávio Canto (judoca lesionado durante o Pan); Pretinha (jogador de futebol); José Luiz Pacheco (competidor deficiente que corre provas de off-road), Pará (goleiro da seleção brasileira de pólo aquático); Sandro Sorares (Futebol de 5), Luiz Cláudio Pontes da Silva (Halterofilismo), Leoni Botelho (Hipismo) e Douglas Vieira Amador (Atletismo) são alguns dos nomes. Eles se juntarão ao ator Marcos Frota, o músico Gabrielzinho do Irajá e a atriz Isabel Fillardis, num total de 50 pessoas.

A chama será acesa às 10h na Chama Eterna, colocada no Monumento dos Pracinhas, no Aterro do Flamengo e depois vai passar pela Marina da Glória e atravessará de barco a Baía de Guanabara. O símbolo dos Jogos seguirá pela Av. Pasteur, onde está o Instituto Benjamin Constant (instituição famosa pelo trabalho com deficientes visuais) e vai de bondinho até um dos cartões postais da cidade, o Morro da Urca. O percurso ainda incluirá a orla da Zona Sul da cidade, percorrendo as praias do Leblon, Ipanema, Copacabana e Leme.


Veja alguns condutores da tocha do Parapan

Atletismo · 09 ago, 2007

Nesse sábado começará no Rio de Janeiro o revezamento da tocha Parapan-americana, que será conduzida por alguns atletas e paraatletas, além de personalidades engajadas com os direitos dos deficientes. Nessa sexta-feira o Comitê Organizador dos Jogos entregará os uniformes aos condutores.

Marcelhinho (levantador da seleção masculina de Vôlei), Daniel Santiago (Ouro na classe J24 da vela no Pan), Flávio Canto (judoca lesionado durante o Pan); Pretinha (jogador de futebol); José Luiz Pacheco (competidor deficiente que corre provas de off-road), Pará (goleiro da seleção brasileira de pólo aquático); Sandro Sorares (Futebol de 5), Luiz Cláudio Pontes da Silva (Halterofilismo), Leoni Botelho (Hipismo) e Douglas Vieira Amador (Atletismo) são alguns dos nomes. Eles se juntarão ao ator Marcos Frota, o músico Gabrielzinho do Irajá e a atriz Isabel Fillardis, num total de 50 pessoas.

A chama será acesa às 10h na Chama Eterna, colocada no Monumento dos Pracinhas, no Aterro do Flamengo e depois vai passar pela Marina da Glória e atravessará de barco a Baía de Guanabara. O símbolo dos Jogos seguirá pela Av. Pasteur, onde está o Instituto Benjamin Constant (instituição famosa pelo trabalho com deficientes visuais) e vai de bondinho até um dos cartões postais da cidade, o Morro da Urca. O percurso ainda incluirá a orla da Zona Sul da cidade, percorrendo as praias do Leblon, Ipanema, Copacabana e Leme.

Tocha Parapan-americana será acesa sábado

Esporte Adaptado · 08 ago, 2007

Nesse sábado (11), véspera da abertura dos Jogos Parapan-americanos a Tocha Parapan-americana será acesa no Rio de Janeiro. A chama começará a brilhar a partir das 10h no Fogo da Pátria e iluminará eternamente o Monumento dos Pracinhas, localizado no Aterro do Flamengo (Zona Sul do Rio de Janeiro).

O local foi escolhido, pois homenageia os brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial e também porque após o combate o esporte adaptado ganhou força como forma de reabilitação para os feridos. A tocha seguirá pelo Morro da Urca, depois seguirá pela orla da Zona Sul da cidade (Leblon, Ipanema, Copacabana e Leme).

Participarão do revezamento atletas olímpicos e paraolímpicos, além de pessoas envolvidas na defesa dos direitos de pessoas com necessidades especiais. Os Jogos Parapan-americanos acontecem nos mesmos locais dos Jogos Pan-americanos, do dia 12 ao dia 19 de agosto.


Tocha Parapan-americana será acesa sábado

Esporte Adaptado · 08 ago, 2007

Nesse sábado (11), véspera da abertura dos Jogos Parapan-americanos a Tocha Parapan-americana será acesa no Rio de Janeiro. A chama começará a brilhar a partir das 10h no Fogo da Pátria e iluminará eternamente o Monumento dos Pracinhas, localizado no Aterro do Flamengo (Zona Sul do Rio de Janeiro).

O local foi escolhido, pois homenageia os brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial e também porque após o combate o esporte adaptado ganhou força como forma de reabilitação para os feridos. A tocha seguirá pelo Morro da Urca, depois seguirá pela orla da Zona Sul da cidade (Leblon, Ipanema, Copacabana e Leme).

Participarão do revezamento atletas olímpicos e paraolímpicos, além de pessoas envolvidas na defesa dos direitos de pessoas com necessidades especiais. Os Jogos Parapan-americanos acontecem nos mesmos locais dos Jogos Pan-americanos, do dia 12 ao dia 19 de agosto.

Terezinha Guilhermina carrega tocha do Pan

Esporte Adaptado · 30 jun, 2007

Depois de percorrer diversas cidades brasileiras, a Tocha Pan-americana chegará a Curitiba no dia três de julho e a velocista cega Terezinha Guilhermina foi convidada para conduzir o aparato. Ela percorrerá um dos trechos com a tocha e depois seguirá para Paris, onde disputará uma das etapas da Golden League de Atletismo.

Terezinha é dona da melhor marca nos 400 metros rasos na classe T11 (cega total) e se diz muito honrada por fazer parte do evento. “Todo atleta sabe o valor desta chama e isso me deixa muito orgulhosa. Fico feliz também por a cerimônia ser em Curitiba, cidade que me recebeu de braços abertos e foi palco do meu recorde mundial”.

A mineira nascida na cidade de Betim possui 36 medalhas em sete anos de carreira, sendo 25 de ouro, nove de prata e duas de bronze, além de participação em quase todos os campeonatos nacionais e internacionais. Ela nasceu com 10% da visão, se dedicou aos estudos e aos 20 anos concluiu o segundo grau técnico em administração. Com a dificuldade para obter um emprego, fez um teste para treinar atletismo e, desde então, não largou o esporte.

Golden League - Terezinha vai disputar a etapa de Paris da competição que oferece um milhão de dólares para o atleta que vencer as seis fases em sua prova de especialidade. “As perspectivas são boas. Nunca treinei com uma estrutura tão boa quanto agora e, além disso, estou muito bem entrosada com o meu técnico Amauri Veríssimo e com meu guia Jorge Luiz Silva, o Chocolate”, ressalta.

O evento é promovido pela Iaaf (Federação Internacional de Atletismo) e a etapa francesa será disputada no dia seis de julho em Paris e Saint-Denis . Após essa competição a paraatleta disputará os Jogos Parapan-americanos, que acontecem em agosto no Rio de Janeiro.


Terezinha Guilhermina carrega tocha do Pan

Esporte Adaptado · 30 jun, 2007

Depois de percorrer diversas cidades brasileiras, a Tocha Pan-americana chegará a Curitiba no dia três de julho e a velocista cega Terezinha Guilhermina foi convidada para conduzir o aparato. Ela percorrerá um dos trechos com a tocha e depois seguirá para Paris, onde disputará uma das etapas da Golden League de Atletismo.

Terezinha é dona da melhor marca nos 400 metros rasos na classe T11 (cega total) e se diz muito honrada por fazer parte do evento. “Todo atleta sabe o valor desta chama e isso me deixa muito orgulhosa. Fico feliz também por a cerimônia ser em Curitiba, cidade que me recebeu de braços abertos e foi palco do meu recorde mundial”.

A mineira nascida na cidade de Betim possui 36 medalhas em sete anos de carreira, sendo 25 de ouro, nove de prata e duas de bronze, além de participação em quase todos os campeonatos nacionais e internacionais. Ela nasceu com 10% da visão, se dedicou aos estudos e aos 20 anos concluiu o segundo grau técnico em administração. Com a dificuldade para obter um emprego, fez um teste para treinar atletismo e, desde então, não largou o esporte.

Golden League - Terezinha vai disputar a etapa de Paris da competição que oferece um milhão de dólares para o atleta que vencer as seis fases em sua prova de especialidade. “As perspectivas são boas. Nunca treinei com uma estrutura tão boa quanto agora e, além disso, estou muito bem entrosada com o meu técnico Amauri Veríssimo e com meu guia Jorge Luiz Silva, o Chocolate”, ressalta.

O evento é promovido pela Iaaf (Federação Internacional de Atletismo) e a etapa francesa será disputada no dia seis de julho em Paris e Saint-Denis . Após essa competição a paraatleta disputará os Jogos Parapan-americanos, que acontecem em agosto no Rio de Janeiro.

Atrações no revezamento da Tocha no Rio

Maratona · 06 maio, 2004

Faltam 100 dias para os Jogos Olímpicos de Atenas e a tocha, que representa o evento, ainda vai passar por 13 países. Na lista de nações que receberão o fogo olímpico está o Brasil.

E esta será a primeira vez que a tocha visitará um país da América Latina. A cidade escolhida foi o Rio de Janeiro e o governo carioca já fez uma programação especial para a receber a tocha.

No dia do revezamento do fogo olímpico no Brasil, 13 de junho, haverá também na orla do Flamengo um revezamento de música. Isto porque um palco será montado na praia e artistas da música brasileira vão se revezar cantando. E tudo isso vai ser feito enquanto a tocha olímpica passa pelo Rio.

Alguns nomes brasileiros já foram convocados para carregar a tocha. Entre esses estão os jogadores de futebol Pelé, Ronaldo e Zico. No mundo as celebridades também levarão a tocha.

Na Austrália o medalhista Cathy Freeman representará o país. Já nos Estados Unidos além de atletas, como Magic Jonhson, artistas foram escalados para o revezamento. A atriz Jennifer Anniston é uma das escaladas.


Atrações no revezamento da Tocha no Rio

Maratona · 06 maio, 2004

Faltam 100 dias para os Jogos Olímpicos de Atenas e a tocha, que representa o evento, ainda vai passar por 13 países. Na lista de nações que receberão o fogo olímpico está o Brasil.

E esta será a primeira vez que a tocha visitará um país da América Latina. A cidade escolhida foi o Rio de Janeiro e o governo carioca já fez uma programação especial para a receber a tocha.

No dia do revezamento do fogo olímpico no Brasil, 13 de junho, haverá também na orla do Flamengo um revezamento de música. Isto porque um palco será montado na praia e artistas da música brasileira vão se revezar cantando. E tudo isso vai ser feito enquanto a tocha olímpica passa pelo Rio.

Alguns nomes brasileiros já foram convocados para carregar a tocha. Entre esses estão os jogadores de futebol Pelé, Ronaldo e Zico. No mundo as celebridades também levarão a tocha.

Na Austrália o medalhista Cathy Freeman representará o país. Já nos Estados Unidos além de atletas, como Magic Jonhson, artistas foram escalados para o revezamento. A atriz Jennifer Anniston é uma das escaladas.