corrida de reis

Confira a programação da Corrida de Reis de MT

Corridas de Rua · 02 jan, 2008

No próximo domingo acontece em Cuiabá (MT) a 24ª edição da Corrida de Reis do Centro Oeste, prova que servirá de abertura para a temporada 2008 de corridas na região. Confira a programação do evento, que contará com a presença de Franck Caldeira para competir os 10 quilômetros.

A competição terá largada na Av. Arthur Bernardes, entre as ruas Presidente Jânio Quadros e Presidente Epitácio Pessoa,em Várzea Grande (MT) , às 8h45 para atletas portadores de necessidades especiais; às 9h para a elite feminina e às 9h15 para elite masculina e geral.

Os atletas vão seguir pela Av. João Ponce de Arruda, Av. da FEB, Ponte Júlio Muller, Av. Tenente Coronel Duarte e chegarão na Av. Mato Grosso, entre as ruas Manoel Leopoldino e Av. Marechal Deodoro. O percurso foi homologado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e pela Federação de Atletismo de Mato Grosso.

Kits - A retirada de kits, contendo chip e camiseta alusiva ao evento, deverá ser feita no dia da prova (06) das 6h às 8h15 no local da largada, em Várzea Grande, através da apresentação obrigatória da ficha de inscrição e do número de peito. Os organizadores afirmam que o kit será retirado exclusivamente pelo próprio atleta inscrito ou por um representante devidamente autorizado.


Confira a programação da Corrida de Reis de MT

Corridas de Rua · 02 jan, 2008

No próximo domingo acontece em Cuiabá (MT) a 24ª edição da Corrida de Reis do Centro Oeste, prova que servirá de abertura para a temporada 2008 de corridas na região. Confira a programação do evento, que contará com a presença de Franck Caldeira para competir os 10 quilômetros.

A competição terá largada na Av. Arthur Bernardes, entre as ruas Presidente Jânio Quadros e Presidente Epitácio Pessoa,em Várzea Grande (MT) , às 8h45 para atletas portadores de necessidades especiais; às 9h para a elite feminina e às 9h15 para elite masculina e geral.

Os atletas vão seguir pela Av. João Ponce de Arruda, Av. da FEB, Ponte Júlio Muller, Av. Tenente Coronel Duarte e chegarão na Av. Mato Grosso, entre as ruas Manoel Leopoldino e Av. Marechal Deodoro. O percurso foi homologado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e pela Federação de Atletismo de Mato Grosso.

Kits - A retirada de kits, contendo chip e camiseta alusiva ao evento, deverá ser feita no dia da prova (06) das 6h às 8h15 no local da largada, em Várzea Grande, através da apresentação obrigatória da ficha de inscrição e do número de peito. Os organizadores afirmam que o kit será retirado exclusivamente pelo próprio atleta inscrito ou por um representante devidamente autorizado.

Sirlene é desclassificada da Prova de Reis, organização comenta o tumulto

Corridas de Rua · 06 jan, 2007

Durante a disputa da Corrida de Reis de São Caetano do sul, muita confusão envolveu a retirada de chips. Confira o que os organizadores têm a dizer, inclusive sobre a desclassificação da bicampeã, Sirlene Pinho.

São Caetano do Sul - Mauro Chekin, coordenador geral do evento, diz que o regulamento estava claro e que os atletas têm o hábito de não lê-lo. “Lá diz que os chips devem ser retirados das 9h às 13h e entre nove e 10% dos corredores não respeitou isso e chegou entre 14h e 15h. Prorrogamos o prazo até 13h45 e resolvemos que pelo regulamento não poderíamos entregar o chip para quem chegasse após esse prazo”.

Ele fala ainda que a medida foi tomada, pois a prova conta com premiação e, contemplar atletas que estão fora da regra geral, não seria justo. Em relação ao questionamento dos corredores sobre a inscrição pela internet não informar o horário, ele diz: “No banner estava escrito isso e vamos atrás para mostrá-lo aos atletas e provar que estávamos certos. O problema dos atletas é que não lêem”.

Já sobre o fato de a elite também ter sido prejudicada, Chekin é enfático ao dizer que eles acham que não precisam cumprir o regulamento. “Alguns se preveniram e outras pessoas vieram retirar por elas. Acredito que o ano que vem não teremos esse problema”.

No caso de Sirlene, que pegou um chip de outra corredora e colocou o nome dela no lugar, ele comenta que não pode fazer nada. “Ela veio junto à empresa, disse que o nome estava errado e o rapaz trocou. Brasileiro tem jeitinho para tudo”.

Organização - Já o organizador do evento, Wilson Parreras, comenta que houve mudanças no regulamento em relação aos outros anos e ratificou a opinião de Mauro, sobre o fato de os corredores não lerem o regulamento. “Houve um descontentamento, mas isso acontece em outras provas”.

Sobre o caso da campeã Sirlene, ele afirma que não autorizou a empresa responsável pela cronometragem a mudar o nome dela. “Ela será desclassificada, pois isso é uma atitude ilegal”.

Como a decisão veio no fim do evento, após a premiação e quando a atleta já havia ido embora, foi decidido que o nome dela não vai contar na listagem oficial e todas as outras atletas vão subir uma posição. Dessa forma, Marily dos Santos é a campeã de 2007 da prova de Reis de São Caetano do Sul. As atletas ainda serão informadas da mudança.


Sirlene é desclassificada da Prova de Reis, organização comenta o tumulto

Corridas de Rua · 06 jan, 2007

Durante a disputa da Corrida de Reis de São Caetano do sul, muita confusão envolveu a retirada de chips. Confira o que os organizadores têm a dizer, inclusive sobre a desclassificação da bicampeã, Sirlene Pinho.

São Caetano do Sul - Mauro Chekin, coordenador geral do evento, diz que o regulamento estava claro e que os atletas têm o hábito de não lê-lo. “Lá diz que os chips devem ser retirados das 9h às 13h e entre nove e 10% dos corredores não respeitou isso e chegou entre 14h e 15h. Prorrogamos o prazo até 13h45 e resolvemos que pelo regulamento não poderíamos entregar o chip para quem chegasse após esse prazo”.

Ele fala ainda que a medida foi tomada, pois a prova conta com premiação e, contemplar atletas que estão fora da regra geral, não seria justo. Em relação ao questionamento dos corredores sobre a inscrição pela internet não informar o horário, ele diz: “No banner estava escrito isso e vamos atrás para mostrá-lo aos atletas e provar que estávamos certos. O problema dos atletas é que não lêem”.

Já sobre o fato de a elite também ter sido prejudicada, Chekin é enfático ao dizer que eles acham que não precisam cumprir o regulamento. “Alguns se preveniram e outras pessoas vieram retirar por elas. Acredito que o ano que vem não teremos esse problema”.

No caso de Sirlene, que pegou um chip de outra corredora e colocou o nome dela no lugar, ele comenta que não pode fazer nada. “Ela veio junto à empresa, disse que o nome estava errado e o rapaz trocou. Brasileiro tem jeitinho para tudo”.

Organização - Já o organizador do evento, Wilson Parreras, comenta que houve mudanças no regulamento em relação aos outros anos e ratificou a opinião de Mauro, sobre o fato de os corredores não lerem o regulamento. “Houve um descontentamento, mas isso acontece em outras provas”.

Sobre o caso da campeã Sirlene, ele afirma que não autorizou a empresa responsável pela cronometragem a mudar o nome dela. “Ela será desclassificada, pois isso é uma atitude ilegal”.

Como a decisão veio no fim do evento, após a premiação e quando a atleta já havia ido embora, foi decidido que o nome dela não vai contar na listagem oficial e todas as outras atletas vão subir uma posição. Dessa forma, Marily dos Santos é a campeã de 2007 da prova de Reis de São Caetano do Sul. As atletas ainda serão informadas da mudança.

Confira horários de interdição em São Caetano

Corridas de Rua · 06 jan, 2007

Nesse sábado, a partir das 17h, acontece a 30ª edição da Corrida de Reis de São Caetano do Sul. Confira a seguir os horários de interdição das ruas e avenidas da cidade, de acordo com informações da Prefeitura Municipal da cidade.

  • A partir das 12h – Avenida Presidente Kennedy, no trecho compreendido entre a Avenida Tijucussu e a Rua Silvia;

  • A partir das 17h – Avenida Presidente Kennedy, em todos os demais cruzamentos;

  • Avenida Tereza Campanella, entre a Alameda Conde de Porto Alegre e a Rua Fernando Ferrari;

  • Alameda Conde de Porto Alegre, no cruzamento com a Rua Solimões;

  • Avenida Goiás, entre as Ruas Aurélia e São Luiz;

  • Avenida Goiás, no cruzamento com a Avenida Dr. Augusto de Toledo;

  • Avenida Goiás, na conjunção das Ruas Antônio Bento, João Pessoa e Américo Brasiliense;

  • Avenida Dr. Augusto de Toledo, no cruzamento com a Rua Antônio Bento.

    As ruas serão liberadas para o trânsito por volta das 18h30, dependendo da passagem do último colocado. Na Avenida Presidente Kennedy, entre a Avenida Tijucussu e a Rua Silvia, o trânsito será liberado às 20h, após limpeza da Diretoria de Serviços Municipais (Desem).


  • Confira horários de interdição em São Caetano

    Corridas de Rua · 06 jan, 2007

    Nesse sábado, a partir das 17h, acontece a 30ª edição da Corrida de Reis de São Caetano do Sul. Confira a seguir os horários de interdição das ruas e avenidas da cidade, de acordo com informações da Prefeitura Municipal da cidade.

  • A partir das 12h – Avenida Presidente Kennedy, no trecho compreendido entre a Avenida Tijucussu e a Rua Silvia;

  • A partir das 17h – Avenida Presidente Kennedy, em todos os demais cruzamentos;

  • Avenida Tereza Campanella, entre a Alameda Conde de Porto Alegre e a Rua Fernando Ferrari;

  • Alameda Conde de Porto Alegre, no cruzamento com a Rua Solimões;

  • Avenida Goiás, entre as Ruas Aurélia e São Luiz;

  • Avenida Goiás, no cruzamento com a Avenida Dr. Augusto de Toledo;

  • Avenida Goiás, na conjunção das Ruas Antônio Bento, João Pessoa e Américo Brasiliense;

  • Avenida Dr. Augusto de Toledo, no cruzamento com a Rua Antônio Bento.

    As ruas serão liberadas para o trânsito por volta das 18h30, dependendo da passagem do último colocado. Na Avenida Presidente Kennedy, entre a Avenida Tijucussu e a Rua Silvia, o trânsito será liberado às 20h, após limpeza da Diretoria de Serviços Municipais (Desem).

  • Corrida de Reis de Cuiabá será tira teima da São Silvestre

    Corridas de Rua · 05 jan, 2007

    No próximo domingo (sete) acontece em Cuiabá (Mato Grosso) a 23ª Prova de Reis do Centro Oeste e esse ano diversos nomes que estiveram na São Silvestre vão fazer uma espécie de tira teima nos 10 quilômetros do percurso. Estarão presentes os campeões Lucélia Peres e Franck Caldeira, assim como os quenianos Mathew Cheboi e Kosgei Kiplimo.

    Também estarão na prova Maria Zeferina Baldaia (campeã da São Silvestre 2002); Alan Wendell (quarto colocado da Corrida de Reis 2005); Clodoaldo Gomes da Silva (segundo colocado na São Silvestre 2006); Daniel Lopes Ferreira (tetracampeão na Corrida de Reis); Fabiana Cristine da Silva (campeã na Corrida de Reis 2003); Luiz Fernando de Almeida Paula (sétimo colocado na SP Classic 2006); Marizete de Paula Rezende (campeã da Meia do Rio de Janeiro 2006) e Paulo da Silva (terceiro na Maratona de Blumenau).

    Outros nomes de destaque, incluindo os estrangeiros, são Bayron Efren Piedras; Pamela Kipkoech Bundotich (quarta na São Silvestre 2006); João Ntyamba (quinto na São Silvestre 2006); Paulo Alves dos Santos (terceiro na São Silvestre 2006); Cosmers Kibet Kemboi (terceiro na Volta da Pampulha 2006); Jane Jeruto Kibii e Alice Cherotic Serser.

    Franck encontrou dificuldades para treinar para a prova durante essa semana, devido ao assédio da imprensa após a vitória na São Silvestre. “Saí de Campos do Jordão na segunda-feira e consegui fazer apenas algumas rodagens essa semana. Não quero ser considerado favorito”, comenta o mineiro.

    De acordo com Henrique Viana, técnico do atleta, a recomendação é para ele correr tranqüilo, sem muita preocupação com o resultado. “Ele vai sem se preocupar com marcas”, ressalta.

    A competição é promovida pela Televisão Centro América de Cuiabá e possui alto índice organizacional. Recebeu inclusive o Permit nº 1 do sistema de homologação e reconhecimento de corridas de rua da CBAt desde a criação.


    Corrida de Reis de Cuiabá será tira teima da São Silvestre

    Corridas de Rua · 05 jan, 2007

    No próximo domingo (sete) acontece em Cuiabá (Mato Grosso) a 23ª Prova de Reis do Centro Oeste e esse ano diversos nomes que estiveram na São Silvestre vão fazer uma espécie de tira teima nos 10 quilômetros do percurso. Estarão presentes os campeões Lucélia Peres e Franck Caldeira, assim como os quenianos Mathew Cheboi e Kosgei Kiplimo.

    Também estarão na prova Maria Zeferina Baldaia (campeã da São Silvestre 2002); Alan Wendell (quarto colocado da Corrida de Reis 2005); Clodoaldo Gomes da Silva (segundo colocado na São Silvestre 2006); Daniel Lopes Ferreira (tetracampeão na Corrida de Reis); Fabiana Cristine da Silva (campeã na Corrida de Reis 2003); Luiz Fernando de Almeida Paula (sétimo colocado na SP Classic 2006); Marizete de Paula Rezende (campeã da Meia do Rio de Janeiro 2006) e Paulo da Silva (terceiro na Maratona de Blumenau).

    Outros nomes de destaque, incluindo os estrangeiros, são Bayron Efren Piedras; Pamela Kipkoech Bundotich (quarta na São Silvestre 2006); João Ntyamba (quinto na São Silvestre 2006); Paulo Alves dos Santos (terceiro na São Silvestre 2006); Cosmers Kibet Kemboi (terceiro na Volta da Pampulha 2006); Jane Jeruto Kibii e Alice Cherotic Serser.

    Franck encontrou dificuldades para treinar para a prova durante essa semana, devido ao assédio da imprensa após a vitória na São Silvestre. “Saí de Campos do Jordão na segunda-feira e consegui fazer apenas algumas rodagens essa semana. Não quero ser considerado favorito”, comenta o mineiro.

    De acordo com Henrique Viana, técnico do atleta, a recomendação é para ele correr tranqüilo, sem muita preocupação com o resultado. “Ele vai sem se preocupar com marcas”, ressalta.

    A competição é promovida pela Televisão Centro América de Cuiabá e possui alto índice organizacional. Recebeu inclusive o Permit nº 1 do sistema de homologação e reconhecimento de corridas de rua da CBAt desde a criação.

    Sirlene quer bi na prova de reis de São Caetano

    Corridas de Rua · 05 jan, 2007

    Sirlene Pinho está focada nos jogos Pan Americanos de 2007, principalmente na prova de maratona e usará a Corrida de Reis de São Caetano no próximo sábado (6) como treino forte. A atleta vai em busca do bicampeonato nos 10 quilômetros, que tem como característica diversos aclives e declives.

    “Esta é uma prova importante e como sou a atual campeã, não poderia deixar de disputar”, comenta Sirlene. Ano passado ela venceu de ponta a ponta, mas teve alguns problemas, como uma virose que a atacou na semana da competição e uma torção no trecho final do percurso. “Já saí de Santos passando mal e no quilômetro 10 torci o pé direito, mas consegui me superar”, lamenta Sirlene, que obteve no último dia 31 a sexta colocação na São Silvestre.

    Sobre a mais tradicional prova paulista, ela se diz contente com o resultado final. “Foi um bom resultado, porque só tive oito semanas para treinar, depois da maratona de Amsterdã”, comenta a atleta, que deve correr uma maratona na Europa em fevereiro para ratificar a vaga no Pan. “Enquanto eu não estiver totalmente garantida, não sossego. Essa é a minha meta”, avisa.

    Aos 30 anos, ela ostenta o título da Meia do Rio e o vice na Maratona de São Paulo e, para esse ano, terá que conciliar o calendário de provas com os treinos para o Pan. “Vai ser uma temporada difícil, com várias corridas fortes”.

    A largada da prova acontece às 17h na Avenida Robert Kennedy altura no número 2.300.


    Sirlene quer bi na prova de reis de São Caetano

    Corridas de Rua · 05 jan, 2007

    Sirlene Pinho está focada nos jogos Pan Americanos de 2007, principalmente na prova de maratona e usará a Corrida de Reis de São Caetano no próximo sábado (6) como treino forte. A atleta vai em busca do bicampeonato nos 10 quilômetros, que tem como característica diversos aclives e declives.

    “Esta é uma prova importante e como sou a atual campeã, não poderia deixar de disputar”, comenta Sirlene. Ano passado ela venceu de ponta a ponta, mas teve alguns problemas, como uma virose que a atacou na semana da competição e uma torção no trecho final do percurso. “Já saí de Santos passando mal e no quilômetro 10 torci o pé direito, mas consegui me superar”, lamenta Sirlene, que obteve no último dia 31 a sexta colocação na São Silvestre.

    Sobre a mais tradicional prova paulista, ela se diz contente com o resultado final. “Foi um bom resultado, porque só tive oito semanas para treinar, depois da maratona de Amsterdã”, comenta a atleta, que deve correr uma maratona na Europa em fevereiro para ratificar a vaga no Pan. “Enquanto eu não estiver totalmente garantida, não sossego. Essa é a minha meta”, avisa.

    Aos 30 anos, ela ostenta o título da Meia do Rio e o vice na Maratona de São Paulo e, para esse ano, terá que conciliar o calendário de provas com os treinos para o Pan. “Vai ser uma temporada difícil, com várias corridas fortes”.

    A largada da prova acontece às 17h na Avenida Robert Kennedy altura no número 2.300.

    Brasília promove a 37ª Corrida de Reis no dia 7

    Corridas de Rua · 27 dez, 2006

    O Planalto Central será palco da 37ª edição da corrida de reis, uma das mais tradicionais competições do centro-oeste do país, no dia sete de janeiro. Para essa edição, os organizadores pretendem contar com grandes nomes do atletismo nacional.

    O percurso será de 10km a partir do estacionamento norte do estádio Mané Garrincha e os competidores seguirão sentido Palácio do Buriti, vão contornar o Memorial JK, seguirão até o Congresso Nacional e retornarão ao ponto de partida onde será feita a premiação. O trânsito será interrompido em todo o Eixo Monumental a partir das 07h40 e o acesso ao estádio deverá ser feito pelas ruas que circundam o Complexo esportivo Ayrton Senna.

    Além dessa prova, haverá uma novidade. Uma prova de 6 km, que acontecerá simultaneamente à de 10 km, com o intuito de reunir entusiastas do esporte e pessoas que pratiquem a corrida como forma de qualidade de vida.

    O valor da premiação será de até R$ 5.000 para o primeiro colocado e os portadores de necessidades especiais e cadeirantes também serão premiados em dinheiro. As demais categorias vão concorrer a prêmios através de sorteios.


    Brasília promove a 37ª Corrida de Reis no dia 7

    Corridas de Rua · 27 dez, 2006

    O Planalto Central será palco da 37ª edição da corrida de reis, uma das mais tradicionais competições do centro-oeste do país, no dia sete de janeiro. Para essa edição, os organizadores pretendem contar com grandes nomes do atletismo nacional.

    O percurso será de 10km a partir do estacionamento norte do estádio Mané Garrincha e os competidores seguirão sentido Palácio do Buriti, vão contornar o Memorial JK, seguirão até o Congresso Nacional e retornarão ao ponto de partida onde será feita a premiação. O trânsito será interrompido em todo o Eixo Monumental a partir das 07h40 e o acesso ao estádio deverá ser feito pelas ruas que circundam o Complexo esportivo Ayrton Senna.

    Além dessa prova, haverá uma novidade. Uma prova de 6 km, que acontecerá simultaneamente à de 10 km, com o intuito de reunir entusiastas do esporte e pessoas que pratiquem a corrida como forma de qualidade de vida.

    O valor da premiação será de até R$ 5.000 para o primeiro colocado e os portadores de necessidades especiais e cadeirantes também serão premiados em dinheiro. As demais categorias vão concorrer a prêmios através de sorteios.

    Sirlene fatura prova em São Caetano

    Caminhada · 08 jan, 2006

    Temperatura na marca dos 20 graus, vento fresco e sol aparecendo entre as nuvens. Dessa forma, no último sábado (8/01), os atletas largaram para os 12 quilômetros da Prova de Reis de Santo Caetano do Sul.

    Ás 17 horas teve início a prova feminina, que contava com diversos nomes de peso, como Sirlene Pinho e Marily do Santos. No início todas as atletas formavam um único pelotão e, aos poucos, a distância entre elas foi aumentando.

    Até o quilômetro três, Sirlene liderava a prova, com Marily logo atrás e Ana Paula Ferreira em terceiro. Porém, a partir do quilômetro quatro, Sirlene começou a abrir em relação às outras, com Marily tentando alcançá-la, fazendo um esforço sem sucesso.

    Aos poucos ela foi aumentando a diferença, até correr tranqüila e sem ninguém para ameaçá-la. Até o quilômetro dez, a única companhia que tinha era a do público, que a todo o momento dava gritos de incentivo e batia palmas. Um dos torcedores até ofereceu um copo de refrigerante, fato que fez a atleta esboçar um leve sorriso e logo voltar ao estado de concentração máxima.

    Assim, após 41min40 de subidas e descidas, Sirlene Souza de Pinho cruzou a linha de chegada, com mais de um minuto de vantagem para a segunda colocada. Marily dos Santos chegou com 42min44, seguida por Ana Paula de Almeida Ferreira, que marcou o tempo de 43min02.

    “Eu fiquei um pouco decepcionada comigo mesma na São Silvestre (obteve a 7ª posição), mas com essa vitória eu já me animei de novo”, afirmou a atleta.

    Porém, nem tudo foram flores para Sirlene, que torceu o pé em um trecho do percurso. “No quilômetro 10 eu torci o meu pé, mas deu pra agüentar com dor e com tudo, com a ajuda dos batedores”.

    Essa semana ela treina em Águas de Lindóia com o técnico Valmir Nunes, se preparando para as próximas provas da temporada.

    Já Marily, fala sobre a prova e a vitória da colega: “Foi uma prova muito forte, eu vim para chegar entre as três e o segundo é uma boa colocação, pois a Sirlene está em um nível muito alto. Até fico feliz de correr junto com ela”.

    A prova dos homens teve início exatamente três minutos após a largada feminina. Importantes nomes do atletismo mundial estavam presentes, como o brasileiro Geovane de Jesus e os quenianos Charles Kipngetich Korir e Cyrus Chelanga Katoron.

    Logo no início, os dois quenianos, Geovane e o brasileiro Luis Carlos Fernandes da Silva, formaram um pelotão único, que era seguido de perto por outros corredores. Até o quilômetro quatro, eles estavam todos embolados.

    Aos poucos Geovane foi tomando a liderança e deixou o queniano Charles Korir para trás. No quilômetro 10, quando todos pensavam que a vitória do brasileiro estava próxima, Korir começou a pegar o vácuo e ameaçar a liderança. Geovane ainda tentou dar um sprint, mas perdia terreno a cada metro. O técnico do atleta estava posicionado no canteiro da avenida e ainda gritou palavras de incentivo para seu pupilo, mas foi em vão.

    Geovane foi ultrapassado por Charles e também por Luís Carlos. Charles Korir chegou com 36min37, Luis Carlos Fernandes veio em seguida, com 36min40 e Geovane cruzou com 36min43.

    “Foi uma prova de nível muito forte, com os quenianos e brasileiros indo muito bem. Fui pra frente, mesmo correndo o risco de quebrar, mas ele (Korir) conseguiu ganhar. Perdi na linha de chegada”, afirmou o brasileiro.

    Geovane também saiu forte na São Silvestre e quebrou no quilômetro oito, fato que rendeu algumas broncas por parte do técnico. “Até hoje ele ta brigando comigo, mas hoje eu corri bem Graças a Deus e estou feliz com o resultado”. Valmir Nunes fala sobre o caso: “Pra aprender a correr tem que correr na frente, mas acho que ele está exagerando um pouquinho”.

    A prefeitura de São Caetano do Sul pretende elaborar uma grande festa ano que vem, para promover a 30ª edição da Corrida de Reis. “Essa prova merece um impulso grande, queremos fazer uma espécie de tira teima da São Silvestre. Temos a estrutura e temos o know-hall”, afirmou o vice-prefeito Walter Figueira.


    Sirlene fatura prova em São Caetano

    Caminhada · 08 jan, 2006

    Temperatura na marca dos 20 graus, vento fresco e sol aparecendo entre as nuvens. Dessa forma, no último sábado (8/01), os atletas largaram para os 12 quilômetros da Prova de Reis de Santo Caetano do Sul.

    Ás 17 horas teve início a prova feminina, que contava com diversos nomes de peso, como Sirlene Pinho e Marily do Santos. No início todas as atletas formavam um único pelotão e, aos poucos, a distância entre elas foi aumentando.

    Até o quilômetro três, Sirlene liderava a prova, com Marily logo atrás e Ana Paula Ferreira em terceiro. Porém, a partir do quilômetro quatro, Sirlene começou a abrir em relação às outras, com Marily tentando alcançá-la, fazendo um esforço sem sucesso.

    Aos poucos ela foi aumentando a diferença, até correr tranqüila e sem ninguém para ameaçá-la. Até o quilômetro dez, a única companhia que tinha era a do público, que a todo o momento dava gritos de incentivo e batia palmas. Um dos torcedores até ofereceu um copo de refrigerante, fato que fez a atleta esboçar um leve sorriso e logo voltar ao estado de concentração máxima.

    Assim, após 41min40 de subidas e descidas, Sirlene Souza de Pinho cruzou a linha de chegada, com mais de um minuto de vantagem para a segunda colocada. Marily dos Santos chegou com 42min44, seguida por Ana Paula de Almeida Ferreira, que marcou o tempo de 43min02.

    “Eu fiquei um pouco decepcionada comigo mesma na São Silvestre (obteve a 7ª posição), mas com essa vitória eu já me animei de novo”, afirmou a atleta.

    Porém, nem tudo foram flores para Sirlene, que torceu o pé em um trecho do percurso. “No quilômetro 10 eu torci o meu pé, mas deu pra agüentar com dor e com tudo, com a ajuda dos batedores”.

    Essa semana ela treina em Águas de Lindóia com o técnico Valmir Nunes, se preparando para as próximas provas da temporada.

    Já Marily, fala sobre a prova e a vitória da colega: “Foi uma prova muito forte, eu vim para chegar entre as três e o segundo é uma boa colocação, pois a Sirlene está em um nível muito alto. Até fico feliz de correr junto com ela”.

    A prova dos homens teve início exatamente três minutos após a largada feminina. Importantes nomes do atletismo mundial estavam presentes, como o brasileiro Geovane de Jesus e os quenianos Charles Kipngetich Korir e Cyrus Chelanga Katoron.

    Logo no início, os dois quenianos, Geovane e o brasileiro Luis Carlos Fernandes da Silva, formaram um pelotão único, que era seguido de perto por outros corredores. Até o quilômetro quatro, eles estavam todos embolados.

    Aos poucos Geovane foi tomando a liderança e deixou o queniano Charles Korir para trás. No quilômetro 10, quando todos pensavam que a vitória do brasileiro estava próxima, Korir começou a pegar o vácuo e ameaçar a liderança. Geovane ainda tentou dar um sprint, mas perdia terreno a cada metro. O técnico do atleta estava posicionado no canteiro da avenida e ainda gritou palavras de incentivo para seu pupilo, mas foi em vão.

    Geovane foi ultrapassado por Charles e também por Luís Carlos. Charles Korir chegou com 36min37, Luis Carlos Fernandes veio em seguida, com 36min40 e Geovane cruzou com 36min43.

    “Foi uma prova de nível muito forte, com os quenianos e brasileiros indo muito bem. Fui pra frente, mesmo correndo o risco de quebrar, mas ele (Korir) conseguiu ganhar. Perdi na linha de chegada”, afirmou o brasileiro.

    Geovane também saiu forte na São Silvestre e quebrou no quilômetro oito, fato que rendeu algumas broncas por parte do técnico. “Até hoje ele ta brigando comigo, mas hoje eu corri bem Graças a Deus e estou feliz com o resultado”. Valmir Nunes fala sobre o caso: “Pra aprender a correr tem que correr na frente, mas acho que ele está exagerando um pouquinho”.

    A prefeitura de São Caetano do Sul pretende elaborar uma grande festa ano que vem, para promover a 30ª edição da Corrida de Reis. “Essa prova merece um impulso grande, queremos fazer uma espécie de tira teima da São Silvestre. Temos a estrutura e temos o know-hall”, afirmou o vice-prefeito Walter Figueira.

    Poucas vagas para a Corrida de Reis de Brasília

    Corridas de Rua · 05 jan, 2006

    A Corrida de Reis de Brasília 2006 encerrou as inscrições online, com recorde de 250 inscritos on-line.

    Quem ainda deseja participar da prova deve comparecer pessoalmente à Tribuna de Honra do Estádio Mané Garrincha, até amanhã, 6/01. Não deixe para a última hora, pois o número máximo de inscritos, 2800, já está quase sendo alcançado. O valor é de R$25,00.

    A Corrida de Reis de Brasília é uma das mais tradicionais provas do Distrito Federal, com atletas correndonas categorias mirim (2,5 km), geral e elite (ambas com 10 km de percurso).

    A largada será ao lado do Centro de Convenções, às 8h30 para a categoria mirim, 9h30 para a geral e 10h15 para a elite.A chegada acontece no Estádio Mané Garrincha.


    Poucas vagas para a Corrida de Reis de Brasília

    Corridas de Rua · 05 jan, 2006

    A Corrida de Reis de Brasília 2006 encerrou as inscrições online, com recorde de 250 inscritos on-line.

    Quem ainda deseja participar da prova deve comparecer pessoalmente à Tribuna de Honra do Estádio Mané Garrincha, até amanhã, 6/01. Não deixe para a última hora, pois o número máximo de inscritos, 2800, já está quase sendo alcançado. O valor é de R$25,00.

    A Corrida de Reis de Brasília é uma das mais tradicionais provas do Distrito Federal, com atletas correndonas categorias mirim (2,5 km), geral e elite (ambas com 10 km de percurso).

    A largada será ao lado do Centro de Convenções, às 8h30 para a categoria mirim, 9h30 para a geral e 10h15 para a elite.A chegada acontece no Estádio Mané Garrincha.

    Atletas de elite disputam Corrida de Reis

    Caminhada · 04 jan, 2006

    Vários atletas de elite, alguns inclusive que correram a São Silvestre no último dia 31 de dezembro, já estão confirmados para a Corrida de Reis de São Caetano, que ocorre no próximo sábado, sete de janeiro.

    No masculino, marcam presença os quenianos Cyrus Chelanga Kataron e Charles Kipngetich Korir, que obtiveram a 13º e 17º posições na São Silvestre, assim como o colombiano Edgar Sanchez, 20º colocado. O Brasil conta com a participação de José Teles de Souza, campeão da Maratona de São Paulo ano passado.

    Na categoria feminina correm Marily dos Santos e Ednalva Laureano da Silva, 11ª e 16ª respectivamente na São Silvestre. Com a participação desses atletas, a organização acredita que haverá quebra de recorde.


    Atletas de elite disputam Corrida de Reis

    Caminhada · 04 jan, 2006

    Vários atletas de elite, alguns inclusive que correram a São Silvestre no último dia 31 de dezembro, já estão confirmados para a Corrida de Reis de São Caetano, que ocorre no próximo sábado, sete de janeiro.

    No masculino, marcam presença os quenianos Cyrus Chelanga Kataron e Charles Kipngetich Korir, que obtiveram a 13º e 17º posições na São Silvestre, assim como o colombiano Edgar Sanchez, 20º colocado. O Brasil conta com a participação de José Teles de Souza, campeão da Maratona de São Paulo ano passado.

    Na categoria feminina correm Marily dos Santos e Ednalva Laureano da Silva, 11ª e 16ª respectivamente na São Silvestre. Com a participação desses atletas, a organização acredita que haverá quebra de recorde.

    Corridas de Reis abrem calendário nacional

    Corridas de Rua · 06 jan, 2005

    Ontem (06) foi dia de Reis. Data em que as pessoas desmancham as árvores de natal e guardam todos os enfeites comemorativos que remetem o 25 de dezembro. E no mundo do atletismo essa semana é marcada pelas famosas corridas de rua que levam o nome “Reis”. Estas abrem o calendário esportivo de 2005.

    No sábado acontece a tradicional “Corrida de Reis Barcelona”, na cidade de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Em sua 28ª edição, a prova contará com 1500 atletas dispostos a percorrerem 12 quilômetros de corrida. Um dos favoritos ao pódio é o fundista Israel dos Santos. Ele é o atual campeão da prova e deve brigar pelo bi. A largada do Reis de Barcelona está marcada para às 17h na av. Presidente Vargas, em São Caetano.

    Já em Brasília a Corrida de Reis está na 35º edição e tem um percurso de 10 quilômetros. O “field” masculino deve contar com a presença do mineiro Franck Caldeira e o feminino com Lucélia Peres, segunda colocada da última São Silvestre e Maria Zeferina Baldaia, campeã da São Silvestre em 2001. A prova será realizada no domingo, dia nove, com largada na frente do ginásio Nilson Nelson.

    Enquanto algumas provas já são tradicionais, outras estão apenas na primeira edição. Um exemplo é a corrida de Reis de Porto Seguro. A cidade baiana conhecida por suas belas praias e uma agitação noturna inaugura nesse domingo a primeira Corrida Rústica dos Reis. Ao todo serão nove quilômetros de prova com Largada no complexo de lazer Barramares, na Praia de Taperapuan, e Chegada na Cidade Histórica de Porto Seguro.

    Segundo os organizadores da prova, as inscrições para Porto Seguro ainda estão abertas. Estas custam R$15,00. Para mais informações acesse o site oficial da prova: www.atletismodescobrimento.com


    Corridas de Reis abrem calendário nacional

    Corridas de Rua · 06 jan, 2005

    Ontem (06) foi dia de Reis. Data em que as pessoas desmancham as árvores de natal e guardam todos os enfeites comemorativos que remetem o 25 de dezembro. E no mundo do atletismo essa semana é marcada pelas famosas corridas de rua que levam o nome “Reis”. Estas abrem o calendário esportivo de 2005.

    No sábado acontece a tradicional “Corrida de Reis Barcelona”, na cidade de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Em sua 28ª edição, a prova contará com 1500 atletas dispostos a percorrerem 12 quilômetros de corrida. Um dos favoritos ao pódio é o fundista Israel dos Santos. Ele é o atual campeão da prova e deve brigar pelo bi. A largada do Reis de Barcelona está marcada para às 17h na av. Presidente Vargas, em São Caetano.

    Já em Brasília a Corrida de Reis está na 35º edição e tem um percurso de 10 quilômetros. O “field” masculino deve contar com a presença do mineiro Franck Caldeira e o feminino com Lucélia Peres, segunda colocada da última São Silvestre e Maria Zeferina Baldaia, campeã da São Silvestre em 2001. A prova será realizada no domingo, dia nove, com largada na frente do ginásio Nilson Nelson.

    Enquanto algumas provas já são tradicionais, outras estão apenas na primeira edição. Um exemplo é a corrida de Reis de Porto Seguro. A cidade baiana conhecida por suas belas praias e uma agitação noturna inaugura nesse domingo a primeira Corrida Rústica dos Reis. Ao todo serão nove quilômetros de prova com Largada no complexo de lazer Barramares, na Praia de Taperapuan, e Chegada na Cidade Histórica de Porto Seguro.

    Segundo os organizadores da prova, as inscrições para Porto Seguro ainda estão abertas. Estas custam R$15,00. Para mais informações acesse o site oficial da prova: www.atletismodescobrimento.com