Sturla é tri no Ironman BR e Dede Griesbauer fatura no feminino

Redação Webrun | Triathlon · 31 maio, 2009

A largada aconceteu logo cedo (foto: Carlos Rocha/ MBraga Comunicação)
A largada aconceteu logo cedo (foto: Carlos Rocha/ MBraga Comunicação)

O argentino Eduardo Sturla faturou a edição 2009 do Ironman Brasil e se tornou tricampeão da prova, depois de um duelo particular com o brasileiro Reinaldo Colucci. Ele fechou com o tempo de 8h13min39, enquanto na disputa feminina a norte-americana Dede Griesbauer não teve problemas para cruzar em 9h10min14.

A largada aconteceu às 7h na Praia de Jurerê Internacional em Florianópolis (SC), para os 3,9 quilômetros de natação, 180 de ciclismo de 42 de corrida. Os brasileiros deram um show na água, com Fred Monteiro, Reinaldo Colucci e Fábio Carvalho nas três primeiras posições, deixando Sturla em sexto. O argentino, porém, pedalou bem e assumiu a ponta no quilômetro 32, seguido de perto por Colucci.

Na passagem do quilômetro 130 do ciclismo, o campeão começou sua arrancada e iniciou a maratona com cinco minutos de vantagem para o brasileiro, sempre controlando a vantagem, até cruzar a linha de chegada em primeiro. Ele ainda faturou o segundo melhor tempo da prova, perdendo apenas para os 8h11min10 obtidos em 2001 por ele mesmo.

Colucci repetiu a colocação de 2007 e completou o percurso em 8h28min08, seguido pelo checo Petr Vabrousek, com o tempo de 8h37min18. “Procurei sempre manter meu ritmo no percurso. O Ironman é uma prova em que não se pode dizer quem vai ganhar até cruzar a linha de chegada e eu consegui superar as dificuldades para vencer aqui”, relata Sturla, que dedicou a vitória à sua família e agradeceu o apoio da torcida de Florianópolis.

Um pouco desapontado por perder a chance da vitória, Colucci se disse satisfeito com o resultado. “Foi bom, porque alcancei meu objetivo de garantir a vaga para o Mundial Ironman no Havaí, apesar de ter me preparado para vencer”. O paulista de São Carlos conta ainda que precisou segurar o ritmo na corrida para garantir o vice. “Estava bastante desgastado e como não tinha aproximação para o Sturla, decidi reduzir o passo”.

Mulheres – No feminino, Dede dominou com muita facilidade a competição, superando a dinamarquesa Charlotte Kolters e sua compatriota Heather Gollnick, que marcaram, 9h18min31 e 9h31min41 na segunda e terceira posições. A melhor brasileira foi Ana Lídia Borba, de Goiás, com o quinto lugar (9h52min28), à frente da veterana Fernanda keller, sexta com 9h54min11.

“Estava me sentindo bem, num bom dia, mas o apoio foi muito importante para superar as dificuldades”, destaca a norte-americana, que ficou a apenas 14 segundos da melhor marca em Florianópolis para as mulheres, de 9h10min02, obtida em 2001 por Wendy Ingraham. Apesar da vitória, ela considerou o percurso difícil e agradeceu o público e os organizadores pelo apoio.

Ana Lídia, de 24 anos, completou seu segundo Ironman e relata entusiasmada o feito da quinta posição. “É incrível! Tinha muita gente torcendo por mim, foi fundamental, porque no final doía tudo”, confessa. “Também estou honrada por ter conseguido chegar na frente da Fernanda, que no lançamento do evento disse que eu seria uma de suas principais adversárias”, completa a brasileira que é treinada por Leandro Macedo, um dos ícones da modalidade no país e medalhista de ouro no Pan de Mar del Plata.

Já Fernanda, que possui dois títulos da competição catarinense, conta que não estava nos seus melhores dias. “Foi muito difícil. Pedalei mal e achei que não fosse chegar ao final. Mas quando você disputa uma prova desta você tem que estar preparado para dias bons ou ruins. Sem falar que eu nunca gosto de desistir”.

Todos os atletas que conquistaram a vaga para a disputa do Mundial do Havaí, deverão confirmar o interesse nesta segunda-feira, pontualmente às 9h no hotel oficial, mediante pagamento da inscrição em dólar. Aqueles que não comparecerem ou não manifestarem interesse, perderão o direito à mesma, que será repassada ao atleta seguinte melhor colocado na categoria correspondente.

Masculino

1 Eduardo Sturla (ARG), 8h13min38
2 Reinaldo Colucci (BRA), 8h28min07
3 Petr Vabrousek (CZE), 8h37min17
4 Ezequiel Morales (ARG), 8h39min
5 Raul Furtado (BRA), 8h53min19
6 Lucas da Silveira Pretto (BRA), 8h56min48
7 Leandro Bonet (ARG), 8h57min36
8 Fábio Carvalho (BRA), 8h59min07
9 Virgílio de Castilhos (BRA), 9h02min44
10- Ivan Albano Júnior (BRA), 9h04min37

Feminino

1 Dede Griesbauer (EUA), 9h10min14
2 Charlotte Kolters (DIN), 9h18min31
3 Heather Gollnick (EUA), 9h31min41
4 Sara Gross (CAN), 9h44min45
5 Ana Lídia Borba (BRA), 9h52min28
6 Fernanda Keller (BRA), 9h54min11

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Ver todos os posts

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!