Atleta e mãe, Érica Sena é um dos destaques do Troféu Brasil em julho

Redação Webrun | Atletismo · 14 jun, 2023

A pernambucana Érica Sena, recordista brasileira dos 20 km marcha atlética, agora qualificada para os Jogos Olímpicos de Paris-2024, assegurou a sua participação no Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa de Atletismo, que será disputado de 6 a 9 de julho, em Cuiabá (MT). E motivos de otimismo não faltam para a brasileira, que garantiu no último dia 03/06, no GP de La Coruña, Espanha, os índices dos 20 km para o Campeonato Mundial de Budapeste, na Hungria, de 19 a 27 de agosto, e para a Olimpíada de Paris-2024.

Érica completou a prova em sétimo lugar, com 1:28.53, superando as marcas mínimas exigidas para as duas importantes competições: 1:29.20. Na semana passada, ela já havia sido convocada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para os 35 km de Budapeste.

A tradicional competição espanhola, no entanto, não foi nada fácil para a atleta do Pinheiros-SP. “A prova foi muito forte, como já se esperava, mas acredito que ainda posso melhorar. Foi uma prova diferente das que costumo fazer. Me senti um pouco travada desde o início”, contou a marchadora de 38 anos. “Não me senti bem em nenhum momento. As pernas não respondiam. Normalmente consigo fazer os primeiros 10 km bem e os últimos 10 km sou ainda mais rápida. Não foi isso o que aconteceu.”

Érica Sena será um dos destaques do Troféu Brasil em julho

Érica Sena além de atleta de alto rendimento também é mãe. /Foto: Divulgação CBAt

Érica conta que pensou em abandonar a prova algumas vezes. “Me senti pesada. Pensei muitas vezes em parar. Foi uma das provas mais difíceis da minha carreira”, lembrou. “Ainda bem que contei com o apoio de meu treinador (e marido Andrés Chocho), que me disse que conseguiria o índice. Tirei forças não sei de onde para completar”.

Após a disputa do GP de La Coruña, Érica, o filho, agora com 11 meses, o marido e a irmã iniciaram viagem de volta para Cuenca, no Equador, onde moram. Foram quase três meses de treinamento e competições na Europa, com base no Centro de Treinamento de Rio Maior, em Portugal. Foi uma aventura com um filho de apenas nove meses no início do estágio europeu. “O Kylian é um menino muito bonzinho, mas mesmo assim foi difícil morar no centro de treinamento e em hotéis, tendo de adaptar a novas comidas e sabores diferentes. Foi uma loucura. O Kylian é um raio de luz. Agora, graças a Deus voltamos para a nossa rotina.”

No tempo todo de Europa, a brasileira competiu três vezes, além de La Coruña. Foi quinta colocada nos 35 km de Dudince, na Eslováquia, com índice para o Mundial; em segundo lugar no GP de Varsóvia, na Polônia; e sexta no GP de Rio Maior, Portugal, ambas nos 20 km.

“Foi um período difícil, mas sou imensamente agradecida à CBAt, ao COB e Ministério do Esporte, ao meu clube Pinheiros e ao meu Estado de Pernambuco. Seu não contasse com a ajuda de todos, eu não teria conseguido”, disse Érica, que continuou recebendo apoio dos programas de preparação de atletas brasileiros na volta às competições, após o nascimento do filho, e respondeu qualificando-se para o Mundial e a Olimpíada.

+ Siga o Webrun no Instagram!
+ Baixe agora o APP Ticket Sports e tenha um calendário de eventos esportivos na palma da sua mão!

Uma das atrações do Troféu Brasil, Érica tem resultados muito importantes na carreira. Foi sétima na Olimpíada do Rio-2016, quarta colocada nos Mundiais de Londres-2017 e Doha-2019, bronze no Mundial de Marcha de Roma-2016 e tem duas medalhas em Jogos Pan-Americanos: prata em Toronto-2015 e bronze em Lima-2019.

FICHA TÉCNICA

Nome completo: Érica Rocha de Sena
Data de nascimento: 3/5/1985
Local de nascimento: Camaragibe (PE)
Clube: Pinheiros-SP
Treinador: Andrés Chocho
Recorde brasileiro dos 20 km: 1:26.59, em Londres (GBR), 13/8/2017

Redação Webrun

Ver todos os posts

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!