Kids

Confira dicas para a prática de atividades físicas no verão

Atletismo · 23 jan, 2012

O verão começou oficialmente no dia 22 de dezembro e dura até o dia 20 de março, quando tem início o outono. Confira quais as principais medidas que devem ser tomadas na estação mais quente do ano quando for praticar atividades físicas – atitudes simples podem evitar infortúnios.

Sol- Procure o horário de menor agressividade do Sol. Além de se cansar menos, você preserva sua pele.

Certifique-se também de utilizar proteção contra os raios solares ultravioleta a cada duas horas, no corpo e na cabeça. O filtro solar é um aliado importante nesta época.

Roupas e acessórios- Utilize proteção para os olhos em caso de excesso de luminosidade. Óculos escuros com filtragem certificada dos raios UV e viseiras ou bonés auxiliam neste ponto.

Utilize também roupas leves e próprias para a estação. Nada de roupas que impeçam a troca de calor com o ambiente, como abrigos de nylon. Algodão e tecidos com tecnologia dry fit ajudam a prevenir desidratação e hipertermia (aquecimento excessivo do corpo).

Hidratação- É necessário manter o corpo hidratado, evitando perda de peso excessiva. Suor com muito sal, urina escura ou turva são sinais de desidratação, bem como perda de até 2% do peso após o treino ou prova.

O uso de isotônicos é indicado para perdas mais intensas, mas diabéticos, hipertensos ou doentes renais devem evitar (assim como crianças e gestantes). Isotônico não é refrigerante e nem água, é calórico e contém carboidratos. Portanto, deve ser usado apenas como reposição, após atividades físicas.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda o uso de isotônicos apenas para atletas e esportistas, com prescrição de profissionais especializados, como nutricionistas ou médicos. Para se reidratar na primeira hora após os exercícios, tome apenas água ou suco de frutas para repor carboidratos e líquidos. Bebidas alcoólicas só após essa primeira hora.

Sódio e potássio- Ocorre maior risco de perda de sódio, o que leva a um quadro muito perigoso, a hiponatremia, que produz desde torpor até perda de consciência e parada cardíaca. Quanto ao potássio, sua diminuição no sangue durante a atividade física intensa também produz arritmias cardíacas perigosas.

A causa mais frequente de sua queda é pelo uso indevido de diuréticos para emagrecer ou então nos tratamentos médicos. Importante alertar que comer bananas não repõe o potássio necessário, pois para ser efetiva precisaríamos comer mais de oito bananas por dia.

Perda de peso pode ser perigosa - A perda de peso no verão geralmente se deve mais às perdas líquidas que, aliás, são rapidamente repostas ao se alimentar normalmente. Tome cuidado com a evolução de suas atividades, não forçando demais o corpo além dos limites.

Ao intensificar os exercícios sem estar preparado para emagrecer ou para conseguir atingir seu melhor desempenho rapidamente, correm-se vários riscos: desidratação, lesões musculares e tendinites. Isso sem falar no temido risco cardíaco de arritmias ou outras complicações dos exageros físicos.


Confira dicas para a prática de atividades físicas no verão

Atletismo · 23 jan, 2012

O verão começou oficialmente no dia 22 de dezembro e dura até o dia 20 de março, quando tem início o outono. Confira quais as principais medidas que devem ser tomadas na estação mais quente do ano quando for praticar atividades físicas – atitudes simples podem evitar infortúnios.

Sol- Procure o horário de menor agressividade do Sol. Além de se cansar menos, você preserva sua pele.

Certifique-se também de utilizar proteção contra os raios solares ultravioleta a cada duas horas, no corpo e na cabeça. O filtro solar é um aliado importante nesta época.

Roupas e acessórios- Utilize proteção para os olhos em caso de excesso de luminosidade. Óculos escuros com filtragem certificada dos raios UV e viseiras ou bonés auxiliam neste ponto.

Utilize também roupas leves e próprias para a estação. Nada de roupas que impeçam a troca de calor com o ambiente, como abrigos de nylon. Algodão e tecidos com tecnologia dry fit ajudam a prevenir desidratação e hipertermia (aquecimento excessivo do corpo).

Hidratação- É necessário manter o corpo hidratado, evitando perda de peso excessiva. Suor com muito sal, urina escura ou turva são sinais de desidratação, bem como perda de até 2% do peso após o treino ou prova.

O uso de isotônicos é indicado para perdas mais intensas, mas diabéticos, hipertensos ou doentes renais devem evitar (assim como crianças e gestantes). Isotônico não é refrigerante e nem água, é calórico e contém carboidratos. Portanto, deve ser usado apenas como reposição, após atividades físicas.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda o uso de isotônicos apenas para atletas e esportistas, com prescrição de profissionais especializados, como nutricionistas ou médicos. Para se reidratar na primeira hora após os exercícios, tome apenas água ou suco de frutas para repor carboidratos e líquidos. Bebidas alcoólicas só após essa primeira hora.

Sódio e potássio- Ocorre maior risco de perda de sódio, o que leva a um quadro muito perigoso, a hiponatremia, que produz desde torpor até perda de consciência e parada cardíaca. Quanto ao potássio, sua diminuição no sangue durante a atividade física intensa também produz arritmias cardíacas perigosas.

A causa mais frequente de sua queda é pelo uso indevido de diuréticos para emagrecer ou então nos tratamentos médicos. Importante alertar que comer bananas não repõe o potássio necessário, pois para ser efetiva precisaríamos comer mais de oito bananas por dia.

Perda de peso pode ser perigosa - A perda de peso no verão geralmente se deve mais às perdas líquidas que, aliás, são rapidamente repostas ao se alimentar normalmente. Tome cuidado com a evolução de suas atividades, não forçando demais o corpo além dos limites.

Ao intensificar os exercícios sem estar preparado para emagrecer ou para conseguir atingir seu melhor desempenho rapidamente, correm-se vários riscos: desidratação, lesões musculares e tendinites. Isso sem falar no temido risco cardíaco de arritmias ou outras complicações dos exageros físicos.

Corrida Rocinha de Braços Abertos cria oportunidades na Comunidade

Atletismo · 19 jan, 2012

No domingo (22/01), a Comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, sedia o Rocinha de Braços Abertos. O evento conta com duas corridas (cinco e dez quilômetros), além de provas para crianças (mini corrida).

A iniciativa de realizar as provas partiu do próprio Bope (Batalhão de Operações Especiais), em conjunto com a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) e a X3M, empresa organizadora. Será uma das primeiras atividades abertas ao grande público na regiãoa desde a ação pacificadora feita na comunidade, em novembro de 2011.

Morador da Rocinha há 36 anos, Antônio Carlos Ferreira da Silva, o Cacau, foi escolhido para ajudar a montar o percurso. “Eu conheço os becos, as vielas. Eles gostaram do local, então fizemos ajustes para completar os dez quilômetros”, explica.

Segundo Cacau, o percurso é bem técnico, com muita variação. “Tem escadarias e até trecho de um quilômetro de trilha na mata”, conta. O morador reconhece os benefícios que o evento traz para a Rocinha.

“A organização da corrida e o Bope ministram cursos aqui dentro, preparando as pessoas para participar de outros eventos. Teve aula de fotografia, os moradores vão tirar fotos da prova e as melhores vão sair no (jornal) O Globo. Isso abre portas para a população”, ilustra.

Retorno esportivo- Além disso, o próprio investimento no esporte dentro da Comunidade será visto com outros olhos. O Complexo Esportivo da Rocinha, por exemplo, que tem piscina e quadras abertas para os moradores, está servindo de base para realização das inscrições e entrega de kits. Mas ainda carece de uma pista de atletismo.

“O que é uma pena, porque nosso atletismo, como comunidade, é o melhor do Rio. Temos atletas muito bons. Se tivéssemos uma pista para trabalhar nossos jovens seria ainda melhor”, pondera o morador.

As inscrições da prova para os moradores da comunidade são gratuitas. “Os atletas daqui vão ter uma visibilidade boa, podem surgir patrocínios. Vendo essa corrida os jovens de hoje se animam para levar o esporte mais a sério dentro da comunidade”, conclui Cacau.


Corrida Rocinha de Braços Abertos cria oportunidades na Comunidade

Atletismo · 19 jan, 2012

No domingo (22/01), a Comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, sedia o Rocinha de Braços Abertos. O evento conta com duas corridas (cinco e dez quilômetros), além de provas para crianças (mini corrida).

A iniciativa de realizar as provas partiu do próprio Bope (Batalhão de Operações Especiais), em conjunto com a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) e a X3M, empresa organizadora. Será uma das primeiras atividades abertas ao grande público na regiãoa desde a ação pacificadora feita na comunidade, em novembro de 2011.

Morador da Rocinha há 36 anos, Antônio Carlos Ferreira da Silva, o Cacau, foi escolhido para ajudar a montar o percurso. “Eu conheço os becos, as vielas. Eles gostaram do local, então fizemos ajustes para completar os dez quilômetros”, explica.

Segundo Cacau, o percurso é bem técnico, com muita variação. “Tem escadarias e até trecho de um quilômetro de trilha na mata”, conta. O morador reconhece os benefícios que o evento traz para a Rocinha.

“A organização da corrida e o Bope ministram cursos aqui dentro, preparando as pessoas para participar de outros eventos. Teve aula de fotografia, os moradores vão tirar fotos da prova e as melhores vão sair no (jornal) O Globo. Isso abre portas para a população”, ilustra.

Retorno esportivo- Além disso, o próprio investimento no esporte dentro da Comunidade será visto com outros olhos. O Complexo Esportivo da Rocinha, por exemplo, que tem piscina e quadras abertas para os moradores, está servindo de base para realização das inscrições e entrega de kits. Mas ainda carece de uma pista de atletismo.

“O que é uma pena, porque nosso atletismo, como comunidade, é o melhor do Rio. Temos atletas muito bons. Se tivéssemos uma pista para trabalhar nossos jovens seria ainda melhor”, pondera o morador.

As inscrições da prova para os moradores da comunidade são gratuitas. “Os atletas daqui vão ter uma visibilidade boa, podem surgir patrocínios. Vendo essa corrida os jovens de hoje se animam para levar o esporte mais a sério dentro da comunidade”, conclui Cacau.

São Sebastiãozinho tem a participação de 700 crianças e adolescentes

Kids · 17 jan, 2012

No domingo (15/01), cerca de 700 crianças e adolescentes estiveram presentes na quinta edição da São Sebastiãozinho. A prova mirim foi disputada no Estádio Célio de Barros, no Rio de Janeiro.

Com diversas distâncias divididas de acordo com a idade dos jovens participantes, o evento visa estimular o interesse pela corrida nas crianças. “Motivar as crianças a praticar esporte é fundamental para a sua formação educacional e social”, conta medalhista de bronze no 4x100m em Atlanta 1996, Arnaldo Oliveira, que prestigiou a São Sebastiãzinho.

Para reforçar o caráter lúdico, a garotada teve à sua disposição um simulador de asa delta, muro de escalada, pula-pula, piscina de bolinhas e cesta de basquete, além do sorteio de brindes. O corredor Alex Silva trouxe suas filhas Mariana, de 6 anos, e Juliana, de 3, para participar pela segunda vez.

"Elas adoram. Fico muito feliz ao ver que com essa idade elas já se interessam pelo esporte", conta o pai, orgulhoso. A São Sebastiãozinho faz parte da Corrida de São Sebastião, tradicional prova carioca a ser realizada em 20 de janeiro no Aterro do Flamengo.


São Sebastiãozinho tem a participação de 700 crianças e adolescentes

Kids · 17 jan, 2012

No domingo (15/01), cerca de 700 crianças e adolescentes estiveram presentes na quinta edição da São Sebastiãozinho. A prova mirim foi disputada no Estádio Célio de Barros, no Rio de Janeiro.

Com diversas distâncias divididas de acordo com a idade dos jovens participantes, o evento visa estimular o interesse pela corrida nas crianças. “Motivar as crianças a praticar esporte é fundamental para a sua formação educacional e social”, conta medalhista de bronze no 4x100m em Atlanta 1996, Arnaldo Oliveira, que prestigiou a São Sebastiãzinho.

Para reforçar o caráter lúdico, a garotada teve à sua disposição um simulador de asa delta, muro de escalada, pula-pula, piscina de bolinhas e cesta de basquete, além do sorteio de brindes. O corredor Alex Silva trouxe suas filhas Mariana, de 6 anos, e Juliana, de 3, para participar pela segunda vez.

"Elas adoram. Fico muito feliz ao ver que com essa idade elas já se interessam pelo esporte", conta o pai, orgulhoso. A São Sebastiãozinho faz parte da Corrida de São Sebastião, tradicional prova carioca a ser realizada em 20 de janeiro no Aterro do Flamengo.

Retrospectiva 2011: confira um resumo dos acontecimentos do ano

Atletismo · 02 jan, 2012

A temporada 2011 está oficialmente encerrada e durante os 12 meses do ano diversos acontecimentos agitaram o mundo do atletismo de pista, corrida de rua e triathlon. Relembre os principais fatos.

Janeiro

  • O brasileiro Fredison Carneiro da Costa venceu a Maratona da Disney e acabou com a hegemonia de Adriano Bastos, que tentava o octacampeonato.

  • Maria Zeferina Baldaia é flagrada em exame antidoping e é suspensa pela CBAt temporariamente. Meses depois ela recebeu como punição oficial apenas uma advertência.
  • Fevereiro

  • Valmir Nunes bate recorde em Ultramaratona de 100 milhas, nos EUA numa prova de 160,93 quilômetros na neve.

    Março

  • Adriano Bastos fala sobre a briga corredores e ciclistas na USP.

  • O sistema de classificação para a final do Ironman e do Ironman 70.3, em Kona, no Havaí, e Los Angeles, Califórnia, sofre Modificações.

  • Organizadores do Mountain Do divulgam prova no Deserto do Atacama

  • Marílson Gomes é hexacampeão dos 10 KM Tribuna FM.
  • Abril

  • Nove vezes campeã da Maratona de NY, Grete Waitz, morre aos 57 anos.

  • Brasileiros cruzam linha de chegada de mãos dadas na Corrida da Ponte, prova que foi novidade no calendário nacional. Os corredores cruzaram a ponte Rio Niterói.

  • Quenianos batem recorde mundial em Boston, mas tempo não é homologado.
  • Maio

  • Campeão Olímpico de maratona, Samuel Wanjiru, morre aos 24 anos.

  • Americana Amy Marsh e argentino Eduardo Sturla vencem o Ironman Brasil. Relembre a cobertura.
  • Junho

  • Australiano e Austríaca vencem XTerra Brasil na Selva Amazônica.

  • Portal Webrun completa nove anos.
  • Julho

  • Franck Caldeira rompe com a equipe do Cruzeiro após quatro anos.

  • Portal Webrun lança oficialmente o Guia do Tênis 2011, com novas ferramentas e mais interatividade.

  • Atleta paraolímpico sul africano, Oscar Pistorius, consegue índice para a Olimpíada de Londres 2012.
  • Agosto

  • Recordes marcam a edição 2011 do Troféu Brasil de Atletismo, em São Paulo. Veja como foi.

  • Adriano Sacchetto e Susana Festner vencem o Ironman Brasil 70.3, em Penha. Relembre a cobertura.

  • Usain Bolt é desclassificado e Yohan Blake vence os 100m no Mundial de Atletismo, em Daegu (Coréia do Sul).
  • Setembro

  • Show da Virada obriga São Silvestre a mudar chegada para o Obeliso do Ibirapuera.

  • Queniano Patrick Makau derruba recorde mundial na Maratona de Berlim.

  • Iaaf muda padrão de reconhecimento de recorde mundial para mulheres.

  • Mais um caso de doping atinge o atletismo brasileiro, dessa vez com Eliane Pereira da Silva.
  • Outubro

  • CBAt confirma doping de Simone Alves da Silva, que é desligada do Clube BM&F .

  • Equipe brasileira encerra o Pan de Guadalajara com 48 medalhas de ouro, 35 de prata e 58 de bronze, na terceira colocação geral. Reveja a campanha verde e amarela.

  • Marílson abandona Maratona de Chicago e adia conquista da vaga olímpica.

  • Australiano Craig Alexander bate recorde do Mundial de Ironman no Havaí.
  • Novembro

  • São Silvestre altera percurso novamente e retira Rua da Consolação.

  • Emmanuel Mutai e Liliya Shobukhova vencem circuito WMM 2010-2011.

  • Alexandre Ribeiro vence Ultraman no Havaí pela quinta vez.
  • Dezembro

  • CBAt cria novo critério de classificação para os Jogos Olímpicos.

  • Após Pampulha, Giomar e Conceição garantem título do Ranking Caixa CBAt

  • Comissária de bordo, Ariane Monticeli se focará apenas no triathlon em 2012.
  • Tariku Bekele e Priscah Jeptoo vencem a edição 2011 da São Silvestre

  • Retrospectiva 2011: confira um resumo dos acontecimentos do ano

    Atletismo · 02 jan, 2012

    A temporada 2011 está oficialmente encerrada e durante os 12 meses do ano diversos acontecimentos agitaram o mundo do atletismo de pista, corrida de rua e triathlon. Relembre os principais fatos.

    Janeiro

  • O brasileiro Fredison Carneiro da Costa venceu a Maratona da Disney e acabou com a hegemonia de Adriano Bastos, que tentava o octacampeonato.

  • Maria Zeferina Baldaia é flagrada em exame antidoping e é suspensa pela CBAt temporariamente. Meses depois ela recebeu como punição oficial apenas uma advertência.
  • Fevereiro

  • Valmir Nunes bate recorde em Ultramaratona de 100 milhas, nos EUA numa prova de 160,93 quilômetros na neve.

    Março

  • Adriano Bastos fala sobre a briga corredores e ciclistas na USP.

  • O sistema de classificação para a final do Ironman e do Ironman 70.3, em Kona, no Havaí, e Los Angeles, Califórnia, sofre Modificações.

  • Organizadores do Mountain Do divulgam prova no Deserto do Atacama

  • Marílson Gomes é hexacampeão dos 10 KM Tribuna FM.
  • Abril

  • Nove vezes campeã da Maratona de NY, Grete Waitz, morre aos 57 anos.

  • Brasileiros cruzam linha de chegada de mãos dadas na Corrida da Ponte, prova que foi novidade no calendário nacional. Os corredores cruzaram a ponte Rio Niterói.

  • Quenianos batem recorde mundial em Boston, mas tempo não é homologado.
  • Maio

  • Campeão Olímpico de maratona, Samuel Wanjiru, morre aos 24 anos.

  • Americana Amy Marsh e argentino Eduardo Sturla vencem o Ironman Brasil. Relembre a cobertura.
  • Junho

  • Australiano e Austríaca vencem XTerra Brasil na Selva Amazônica.

  • Portal Webrun completa nove anos.
  • Julho

  • Franck Caldeira rompe com a equipe do Cruzeiro após quatro anos.

  • Portal Webrun lança oficialmente o Guia do Tênis 2011, com novas ferramentas e mais interatividade.

  • Atleta paraolímpico sul africano, Oscar Pistorius, consegue índice para a Olimpíada de Londres 2012.
  • Agosto

  • Recordes marcam a edição 2011 do Troféu Brasil de Atletismo, em São Paulo. Veja como foi.

  • Adriano Sacchetto e Susana Festner vencem o Ironman Brasil 70.3, em Penha. Relembre a cobertura.

  • Usain Bolt é desclassificado e Yohan Blake vence os 100m no Mundial de Atletismo, em Daegu (Coréia do Sul).
  • Setembro

  • Show da Virada obriga São Silvestre a mudar chegada para o Obeliso do Ibirapuera.

  • Queniano Patrick Makau derruba recorde mundial na Maratona de Berlim.

  • Iaaf muda padrão de reconhecimento de recorde mundial para mulheres.

  • Mais um caso de doping atinge o atletismo brasileiro, dessa vez com Eliane Pereira da Silva.
  • Outubro

  • CBAt confirma doping de Simone Alves da Silva, que é desligada do Clube BM&F .

  • Equipe brasileira encerra o Pan de Guadalajara com 48 medalhas de ouro, 35 de prata e 58 de bronze, na terceira colocação geral. Reveja a campanha verde e amarela.

  • Marílson abandona Maratona de Chicago e adia conquista da vaga olímpica.

  • Australiano Craig Alexander bate recorde do Mundial de Ironman no Havaí.
  • Novembro

  • São Silvestre altera percurso novamente e retira Rua da Consolação.

  • Emmanuel Mutai e Liliya Shobukhova vencem circuito WMM 2010-2011.

  • Alexandre Ribeiro vence Ultraman no Havaí pela quinta vez.
  • Dezembro

  • CBAt cria novo critério de classificação para os Jogos Olímpicos.

  • Após Pampulha, Giomar e Conceição garantem título do Ranking Caixa CBAt

  • Comissária de bordo, Ariane Monticeli se focará apenas no triathlon em 2012.
  • Tariku Bekele e Priscah Jeptoo vencem a edição 2011 da São Silvestre
  • São Silvestrinha reúne mais de dois mil jovens corredores em São Paulo

    Atletismo · 28 dez, 2011

    Ocorreu na terça-feira (27/12), em São Paulo, a 18ª São Silvestrinha, evento com distâncias de 50 a 600 metros idealizado para crianças e adolescentes de seis a 15 anos. Foram mais de dois mil participantes presentes na pista de atletismo do Ibirapuera, no Estádio Ícaro de Castro Mello.

    A organização aponta que compareceram atletas de dez estados do País, como Maranhão e Tocantins. Além de incentivar a prática esportiva entre as crianças inserindo-as no ambiente das competições, a corrida tem como ambição revelar atletas para o esporte brasileiro.

    “Acreditamos que vários atletas possam surgir com essa prova. Temos projetos de iniciação para crianças de todas as idades”, conta o organizador do evento, Júlio Deodoro. Os corredores das categorias mais avançadas sonham em participar dos Jogos Olímpicos já em 2016, no Rio de Janeiro.

    É o caso de Edimilson dos Santos, de 15 anos, vencedor dos 600 metros. “Gosto muito de atuar em provas longas, os 600 metros são bem tranquilos. Sonho em ganhar uma maratona superando os quenianos”, afirma.

    Na categoria feminina, Adrielly de Oliveira confirma a intenção de se tornar uma atleta de alto rendimento. “Estou no caminho certo e meu biotipo favorece o trabalho de resistência no atletismo”, analisa a adolescente.

    Estiveram presentes também 67 crianças levadas pela Associação Desportiva para Deficientes, como o pequeno cadeirante Leonardo Lima, de oito anos. “No futuro, quero ter a chance de conquistar uma medalha para o Brasil no Parapan e nas Paraolimpíadas. Ninguém me segura!”, promete o vencedor.

    Confira a classificação nas categorias de 14 e 15 anos da São Silvestrinha:

    400 m feminino

  • 1ª Perla Moreira
  • 2ª Rayana Minilla
  • 3ª Estela Barros
  • 400 m masculino

  • 1º Matheus Lima
  • 2º Gabriel Borges
  • 3º João Vitor dos Santos
  • 600 m feminino

  • 1ª Adrielly de Oliveira
  • 2ª Karine Souza
  • 3ª Tayna Pinto
  • 600 m masculino

  • 1º Edimilson dos Santos
  • 2º Igor Vianna
  • 3º Guilherme Balico


  • São Silvestrinha reúne mais de dois mil jovens corredores em São Paulo

    Atletismo · 28 dez, 2011

    Ocorreu na terça-feira (27/12), em São Paulo, a 18ª São Silvestrinha, evento com distâncias de 50 a 600 metros idealizado para crianças e adolescentes de seis a 15 anos. Foram mais de dois mil participantes presentes na pista de atletismo do Ibirapuera, no Estádio Ícaro de Castro Mello.

    A organização aponta que compareceram atletas de dez estados do País, como Maranhão e Tocantins. Além de incentivar a prática esportiva entre as crianças inserindo-as no ambiente das competições, a corrida tem como ambição revelar atletas para o esporte brasileiro.

    “Acreditamos que vários atletas possam surgir com essa prova. Temos projetos de iniciação para crianças de todas as idades”, conta o organizador do evento, Júlio Deodoro. Os corredores das categorias mais avançadas sonham em participar dos Jogos Olímpicos já em 2016, no Rio de Janeiro.

    É o caso de Edimilson dos Santos, de 15 anos, vencedor dos 600 metros. “Gosto muito de atuar em provas longas, os 600 metros são bem tranquilos. Sonho em ganhar uma maratona superando os quenianos”, afirma.

    Na categoria feminina, Adrielly de Oliveira confirma a intenção de se tornar uma atleta de alto rendimento. “Estou no caminho certo e meu biotipo favorece o trabalho de resistência no atletismo”, analisa a adolescente.

    Estiveram presentes também 67 crianças levadas pela Associação Desportiva para Deficientes, como o pequeno cadeirante Leonardo Lima, de oito anos. “No futuro, quero ter a chance de conquistar uma medalha para o Brasil no Parapan e nas Paraolimpíadas. Ninguém me segura!”, promete o vencedor.

    Confira a classificação nas categorias de 14 e 15 anos da São Silvestrinha:

    400 m feminino

  • 1ª Perla Moreira
  • 2ª Rayana Minilla
  • 3ª Estela Barros
  • 400 m masculino

  • 1º Matheus Lima
  • 2º Gabriel Borges
  • 3º João Vitor dos Santos
  • 600 m feminino

  • 1ª Adrielly de Oliveira
  • 2ª Karine Souza
  • 3ª Tayna Pinto
  • 600 m masculino

  • 1º Edimilson dos Santos
  • 2º Igor Vianna
  • 3º Guilherme Balico

  • Conservantes, transporte e hormônios prejudicam os alimentos?

    Atletismo · 21 dez, 2011

    Por volta de 1800, o economista e estatístico Thomas Malthus criou o que seria a Teoria Populacional Malthusiana. Segundo ela, haveria uma terrível falta de alimentos porque a população crescia muito rápido em função das melhoras com saneamento básico e depois por causa da Revolução Industrial. A produção de alimentos para ele não acompanharia esse ritmo.

    Malthus não viu (nem tinha como prever) a Revolução Verde entre os anos 1960 e 1970: novas práticas agrícolas (fertilizantes e agrotóxicos), melhoramento genético das sementes, mecanização e enorme redução dos custos. Se hoje existe a fome no mundo (e ela ainda é grande!) é pela concentração desigual, a produção de alimentos hoje pode alimentar duas vezes a população humana.

    Entra nessa conta ainda a redução dos custos e do tempo de transporte e a melhora da conservação, já que hoje muitos lares possuem geladeira. O alimento em nossa geração está muito mais barato.

    Agrotóxicos - Tudo que é novo assusta. Décadas atrás o uso intensivo de pesticidas foi iniciado sem muito cuidado com as consequências então ainda desconhecidas. As regras foram alteradas e hoje foram criadas leis rígidas de controle de agrotóxicos. Para ser sucinto, o uso de agrotóxicos controlados não traz qualquer prejuízo à saúde das pessoas. Uma extensa e séria pesquisa britânica comprovou que alimentos orgânicos não possuem nenhuma vantagem nutricional. O papel de quem se preocupa com sua alimentação é o de se certificar de consumir alimentos de produtores de origem conhecida.

    Hormônios - O uso de hormônios na pecuária é proibido no Brasil, mas liberado nos EUA, por exemplo. O problema é que quase metade da carne consumida no Brasil vem de abatedouros clandestinos, assim não há qualquer controle desse produto. O consumidor deveria consumir apenas carne de origem conhecida, aquela dos grandes produtores.

    Transporte - O maior “inimigo” do teor nutricional de frutas e legumes não é o transporte, mas a conservação deles. Alimentos abertos, “machucados”, ou cozidos podem perder muito de seu valor nutricional por causa da oxidação de algumas vitaminas e minerais. E essa oxidação não se resolve apenas evitando o contato com o ar porque a luz também é outro vilão nessas horas.

    Como o transporte também pode levar dias, alguns alimentos são colhidos antes de sua maturação ótima, o que tira também um pouco do seu valor nutricional.

    Como o leitor pode ver, há perdas e elas são inevitáveis a menos que tenhamos cada um seu próprio pomar o que com a atual tecnologia é impossível. Há aspectos muito mais importantes com os quais o indivíduo deve se preocupar em sua alimentação. Uma dieta saudável e variada oferece todos os micronutrientes necessários e em quantidade adequadas. Essa dieta pode passar tranquilamente por alimentos produzidos com o uso de pesticidas e frutas que vêm de longe, até mesmo de outros países.


    Conservantes, transporte e hormônios prejudicam os alimentos?

    Atletismo · 21 dez, 2011

    Por volta de 1800, o economista e estatístico Thomas Malthus criou o que seria a Teoria Populacional Malthusiana. Segundo ela, haveria uma terrível falta de alimentos porque a população crescia muito rápido em função das melhoras com saneamento básico e depois por causa da Revolução Industrial. A produção de alimentos para ele não acompanharia esse ritmo.

    Malthus não viu (nem tinha como prever) a Revolução Verde entre os anos 1960 e 1970: novas práticas agrícolas (fertilizantes e agrotóxicos), melhoramento genético das sementes, mecanização e enorme redução dos custos. Se hoje existe a fome no mundo (e ela ainda é grande!) é pela concentração desigual, a produção de alimentos hoje pode alimentar duas vezes a população humana.

    Entra nessa conta ainda a redução dos custos e do tempo de transporte e a melhora da conservação, já que hoje muitos lares possuem geladeira. O alimento em nossa geração está muito mais barato.

    Agrotóxicos - Tudo que é novo assusta. Décadas atrás o uso intensivo de pesticidas foi iniciado sem muito cuidado com as consequências então ainda desconhecidas. As regras foram alteradas e hoje foram criadas leis rígidas de controle de agrotóxicos. Para ser sucinto, o uso de agrotóxicos controlados não traz qualquer prejuízo à saúde das pessoas. Uma extensa e séria pesquisa britânica comprovou que alimentos orgânicos não possuem nenhuma vantagem nutricional. O papel de quem se preocupa com sua alimentação é o de se certificar de consumir alimentos de produtores de origem conhecida.

    Hormônios - O uso de hormônios na pecuária é proibido no Brasil, mas liberado nos EUA, por exemplo. O problema é que quase metade da carne consumida no Brasil vem de abatedouros clandestinos, assim não há qualquer controle desse produto. O consumidor deveria consumir apenas carne de origem conhecida, aquela dos grandes produtores.

    Transporte - O maior “inimigo” do teor nutricional de frutas e legumes não é o transporte, mas a conservação deles. Alimentos abertos, “machucados”, ou cozidos podem perder muito de seu valor nutricional por causa da oxidação de algumas vitaminas e minerais. E essa oxidação não se resolve apenas evitando o contato com o ar porque a luz também é outro vilão nessas horas.

    Como o transporte também pode levar dias, alguns alimentos são colhidos antes de sua maturação ótima, o que tira também um pouco do seu valor nutricional.

    Como o leitor pode ver, há perdas e elas são inevitáveis a menos que tenhamos cada um seu próprio pomar o que com a atual tecnologia é impossível. Há aspectos muito mais importantes com os quais o indivíduo deve se preocupar em sua alimentação. Uma dieta saudável e variada oferece todos os micronutrientes necessários e em quantidade adequadas. Essa dieta pode passar tranquilamente por alimentos produzidos com o uso de pesticidas e frutas que vêm de longe, até mesmo de outros países.

    Circuito XTerra anuncia calendário de provas para 2012

    Corridas de Rua · 16 dez, 2011

    O Circuito XTerra, evento que engloba diversas modalidades esportivas como corrida, triathlon, duathlon, natação, corrida infantil e mountain bike, anunciou o calendário de provas para 2012. Ao todo serão nove disputas, entre provas “Camp” e provas regulares do circuito.

    Os eventos regulares possuem uma estrutura maior e valem mais pontos para o ranking final, enquanto os Camp são provas menores, organizadas com forma de treinamento e preparação para as disputas maiores. A organização fica mais uma vez à frente da X3M Brasil.

    “Queremos mostrar aos atletas que o XTerra é muito mais do que uma prova de triathlon, como muitos pensam”, relata o organizador Bernardo Fonseca. “Ao juntar todas as tribos num único evento temos mais chances de obter sucesso. Fazemos provas para toda a família, sempre tendo a natureza como principal protagonista”, completa o dirigente.

    Confira a seguir o calendário e as modalidades, lembrando que a prova de Manaus continuará sendo válida como etapa mundial e contará mais pontos para o Ranking. As inscrições estarão disponíveis em breve no site oficial, o www.xterrabrasil.com.

  • 17 de março - XTerra Camp Natal - Natal – RN – Triatlhon e Corrida Noturna
  • 14 e 15 de Abril - XTerra Ilha - Ilhabela – SP – Triathlon, Corrida Noturna, Swim Challenge e Corrida Infantil
  • 28 e 29 de Abril - XTerra Vale do Aço - Ipatinga – MG – Triathlon, Mountain Bike e Corrida Noturna
  • 5 e 6 de Maio - XTerra Camp Terê - Teresópolis – RJ – Triathlon e Mountain Bike
  • 14 de Julho - XTerra Brazil - Manaus – AM – Triathlon, Corrida Noturna, Prova Infantil
  • 11 e 12 de Agosto - XTerra Costa Verde - Mangaratiba – RJ – Triathlon, Corrida Noturna, Prova Infantil e Swim Challenge
  • 15 e 16 de Setembro - XTerra Estrada Real - Tiradentes – MG – Mountain Bike, Corrida Infantil, Corrida Noturna e Duathlon
  • 6 e 7 de Outubro - XTerra Camp JF - Juiz de Fora – MG – Mountain Bike, Corrida Infantil, Corrida Noturna, Swim Challenge e Triathlon
  • 10 e 11 de Novembro - XTerra Ceará - Aquiraz – CE – Triathlon, Corrida Noturna e Corrida Infantil

    Ao longo da temporada as modalidades e etapas podem sofrer alteração


  • Circuito XTerra anuncia calendário de provas para 2012

    Corridas de Rua · 16 dez, 2011

    O Circuito XTerra, evento que engloba diversas modalidades esportivas como corrida, triathlon, duathlon, natação, corrida infantil e mountain bike, anunciou o calendário de provas para 2012. Ao todo serão nove disputas, entre provas “Camp” e provas regulares do circuito.

    Os eventos regulares possuem uma estrutura maior e valem mais pontos para o ranking final, enquanto os Camp são provas menores, organizadas com forma de treinamento e preparação para as disputas maiores. A organização fica mais uma vez à frente da X3M Brasil.

    “Queremos mostrar aos atletas que o XTerra é muito mais do que uma prova de triathlon, como muitos pensam”, relata o organizador Bernardo Fonseca. “Ao juntar todas as tribos num único evento temos mais chances de obter sucesso. Fazemos provas para toda a família, sempre tendo a natureza como principal protagonista”, completa o dirigente.

    Confira a seguir o calendário e as modalidades, lembrando que a prova de Manaus continuará sendo válida como etapa mundial e contará mais pontos para o Ranking. As inscrições estarão disponíveis em breve no site oficial, o www.xterrabrasil.com.

  • 17 de março - XTerra Camp Natal - Natal – RN – Triatlhon e Corrida Noturna
  • 14 e 15 de Abril - XTerra Ilha - Ilhabela – SP – Triathlon, Corrida Noturna, Swim Challenge e Corrida Infantil
  • 28 e 29 de Abril - XTerra Vale do Aço - Ipatinga – MG – Triathlon, Mountain Bike e Corrida Noturna
  • 5 e 6 de Maio - XTerra Camp Terê - Teresópolis – RJ – Triathlon e Mountain Bike
  • 14 de Julho - XTerra Brazil - Manaus – AM – Triathlon, Corrida Noturna, Prova Infantil
  • 11 e 12 de Agosto - XTerra Costa Verde - Mangaratiba – RJ – Triathlon, Corrida Noturna, Prova Infantil e Swim Challenge
  • 15 e 16 de Setembro - XTerra Estrada Real - Tiradentes – MG – Mountain Bike, Corrida Infantil, Corrida Noturna e Duathlon
  • 6 e 7 de Outubro - XTerra Camp JF - Juiz de Fora – MG – Mountain Bike, Corrida Infantil, Corrida Noturna, Swim Challenge e Triathlon
  • 10 e 11 de Novembro - XTerra Ceará - Aquiraz – CE – Triathlon, Corrida Noturna e Corrida Infantil

    Ao longo da temporada as modalidades e etapas podem sofrer alteração

  • Encontro Mexa-se reúne milhares de pessoas no ABC paulista

    Caminhada · 28 nov, 2011

    Santo André (SP) recebeu no domingo (28/11) a quinta edição do Mexa-se, evento organizado pela Coop – Cooperativa de Consumo – para a promoção da qualidade de vida na região do ABC paulista. Milhares de pessoas estiveram presentes para as diversas atividades, que tinham como destaque as corridas de dez e cinco quilômetros e uma caminhada de cinco quilômetros.

    O queniano Kiprono Kimosop venceu a prova masculina dos dez quilômetros em 30min11, seguido de José Roberto Pereira de Jesus (30min21) e Francisco Barbosa dos Santos (30min40). Entre as mulheres, a vitória ficou com a também queniana Ednah Mukhwana, que venceu a prova pela segunda vez.

    Mukhwana correu o percurso em Santo André em 36min08. O segundo lugar ficou com Adriana Sutil da Costa, que completou a distância em 36min49, seguida de Beatriz Nascimento, com 36min56.

    Além das corridas e da caminhada, foram disponibilizados ao público testes de força, flexibilidade e glicemia, massagem e aulas de Pilates, alongamento e relaxamento, entre outras atividades que estimulam práticas saudáveis.

    Os cinco primeiros colocados em cada categoria na corrida de dez quilômetros foram agraciados com vale compras na rede Coop. A soma total foi de R$ 21 mil em vales.

    Confira os resultados da corrida de dez quilômetros do 5º Mexa-se - Encontro Coop de Corrida e Caminhada:

    Masculino

  • 1º Kiprono Kimosop – 30min11
  • 2º José Roberto Pereira de Jesus – 30min21
  • 3º Francisco Barbosa dos Santos – 30min40
  • 4º Ivanildo Dias de Souza – 30min42
  • 5º Fábio de Oliveira Chagas – 31min00
  • Feminino

  • 1ª Ednah Mukhwana – 36min08
  • 2ª Adriana Sutil da Costa – 36min49
  • 3ª Beatriz Nascimento – 36min56
  • 4ª Maria Bernardete Cabral – 37min20
  • 5ª Rozirene Ferreira de Moraes – 38min06


  • Encontro Mexa-se reúne milhares de pessoas no ABC paulista

    Caminhada · 28 nov, 2011

    Santo André (SP) recebeu no domingo (28/11) a quinta edição do Mexa-se, evento organizado pela Coop – Cooperativa de Consumo – para a promoção da qualidade de vida na região do ABC paulista. Milhares de pessoas estiveram presentes para as diversas atividades, que tinham como destaque as corridas de dez e cinco quilômetros e uma caminhada de cinco quilômetros.

    O queniano Kiprono Kimosop venceu a prova masculina dos dez quilômetros em 30min11, seguido de José Roberto Pereira de Jesus (30min21) e Francisco Barbosa dos Santos (30min40). Entre as mulheres, a vitória ficou com a também queniana Ednah Mukhwana, que venceu a prova pela segunda vez.

    Mukhwana correu o percurso em Santo André em 36min08. O segundo lugar ficou com Adriana Sutil da Costa, que completou a distância em 36min49, seguida de Beatriz Nascimento, com 36min56.

    Além das corridas e da caminhada, foram disponibilizados ao público testes de força, flexibilidade e glicemia, massagem e aulas de Pilates, alongamento e relaxamento, entre outras atividades que estimulam práticas saudáveis.

    Os cinco primeiros colocados em cada categoria na corrida de dez quilômetros foram agraciados com vale compras na rede Coop. A soma total foi de R$ 21 mil em vales.

    Confira os resultados da corrida de dez quilômetros do 5º Mexa-se - Encontro Coop de Corrida e Caminhada:

    Masculino

  • 1º Kiprono Kimosop – 30min11
  • 2º José Roberto Pereira de Jesus – 30min21
  • 3º Francisco Barbosa dos Santos – 30min40
  • 4º Ivanildo Dias de Souza – 30min42
  • 5º Fábio de Oliveira Chagas – 31min00
  • Feminino

  • 1ª Ednah Mukhwana – 36min08
  • 2ª Adriana Sutil da Costa – 36min49
  • 3ª Beatriz Nascimento – 36min56
  • 4ª Maria Bernardete Cabral – 37min20
  • 5ª Rozirene Ferreira de Moraes – 38min06

  • Circuito das Academias realizará etapa noturna em Niterói

    Corridas de Rua · 24 nov, 2011

    A terceira etapa do Circuito das Academias acontecerá no dia três de dezembro, na Praia de Camboninhas, em Niterói (RJ). Depois de passarem pelas provas Off-road e Beach Running, os competidores enfrentarão a etapa noturna da competição e podem optar pelas distâncias de sete ou 14 quilômetros.

    O circuito, que está em sua segunda edição, receberá cerca de mil competidores no evento do dia três. Haverá, além dos percursos com distâncias diferentes, a prova Kids, para crianças de quatro a 4 a 14 anos disputarem em categorias distintas.

    “A corrida socializa as pessoas, não apenas em torno da busca de saúde e do corpo perfeito, mas também forma ciclos de amizade e em alguns casos impulsiona o turismo. É muito gratificante ver competidores de várias idades correndo juntos e se interessando pelo esporte que cresce a cada dia que passa”, afirma Carlos Eugênio Ferrano, diretor técnico do evento.

    As inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira, 29 de novembro, pelo site www.circuitodasacademias.com.br.


    Circuito das Academias realizará etapa noturna em Niterói

    Corridas de Rua · 24 nov, 2011

    A terceira etapa do Circuito das Academias acontecerá no dia três de dezembro, na Praia de Camboninhas, em Niterói (RJ). Depois de passarem pelas provas Off-road e Beach Running, os competidores enfrentarão a etapa noturna da competição e podem optar pelas distâncias de sete ou 14 quilômetros.

    O circuito, que está em sua segunda edição, receberá cerca de mil competidores no evento do dia três. Haverá, além dos percursos com distâncias diferentes, a prova Kids, para crianças de quatro a 4 a 14 anos disputarem em categorias distintas.

    “A corrida socializa as pessoas, não apenas em torno da busca de saúde e do corpo perfeito, mas também forma ciclos de amizade e em alguns casos impulsiona o turismo. É muito gratificante ver competidores de várias idades correndo juntos e se interessando pelo esporte que cresce a cada dia que passa”, afirma Carlos Eugênio Ferrano, diretor técnico do evento.

    As inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira, 29 de novembro, pelo site www.circuitodasacademias.com.br.

    Corrida pela Cidadania acontece em dez de dezembro, no Pacaembú

    Caminhada · 24 nov, 2011

    A 10ª edição da Corrida pela Cidadania, que acontecerá no dia dez de dezembro, será no Estádio do Pacaembu (SP), planejada pelo preparador físico Marcos Paulo Reis em parceria com o Projeto Arrastão. Os participantes disputarão distâncias de três quilômetros para a caminhada e seis para a corrida, além de contar com corrida infantil.

    A corrida reverte parte da receita para a ONG Projeto Arrastão, que realiza, diariamente, 1300 atendimentos para crianças, jovens e adultos da região sul de São Paulo. “A intenção é que o esporte seja uma ferramenta de vivência e de integração.”, conta Marcos Paulo.

    Neste ano, a prova contará com a corrida para as crianças de três a dez anos. “Meu objetivo é reforçar cada vez mais a prova infantil. E sempre levar o esporte à comunidade”, afirma o preparador físico.

    A largada das crianças será dada às 17h30, e a dos adultos 19h15. As inscrições podem ser feitas até sete de dezembro, pelo site: www.assinaja.com.br


    Corrida pela Cidadania acontece em dez de dezembro, no Pacaembú

    Caminhada · 24 nov, 2011

    A 10ª edição da Corrida pela Cidadania, que acontecerá no dia dez de dezembro, será no Estádio do Pacaembu (SP), planejada pelo preparador físico Marcos Paulo Reis em parceria com o Projeto Arrastão. Os participantes disputarão distâncias de três quilômetros para a caminhada e seis para a corrida, além de contar com corrida infantil.

    A corrida reverte parte da receita para a ONG Projeto Arrastão, que realiza, diariamente, 1300 atendimentos para crianças, jovens e adultos da região sul de São Paulo. “A intenção é que o esporte seja uma ferramenta de vivência e de integração.”, conta Marcos Paulo.

    Neste ano, a prova contará com a corrida para as crianças de três a dez anos. “Meu objetivo é reforçar cada vez mais a prova infantil. E sempre levar o esporte à comunidade”, afirma o preparador físico.

    A largada das crianças será dada às 17h30, e a dos adultos 19h15. As inscrições podem ser feitas até sete de dezembro, pelo site: www.assinaja.com.br