Brasil e EUA faturam o XTerra Regional em MG

Redação Webrun | Triathlon · 04 dez, 2009

O atleta Ernani Souza venceu no último sábado (28) a prova de Duathlon Cross-country do XTERRA Regional, que aconteceu em Tiradentes (MG). Depois de 2h13min35 de pedal e corrida em meio às trilhas enlameadas da competição, Ernani conseguiu finalizar a prova e se sagrar campeão.

“A prova foi extremamente técnica. Eu sabia que o meu pedal não era tão bom quanto de alguns adversários, então eu procurei forçar bastante na primeira corrida para poder fazer a transição na frente. No meio do percurso, eu fui alcançado por dois atletas, mas procurei não perder tanto tempo assim no ciclismo, para poder fazer a diferença na segunda corrida. E acabei conseguindo”, conta o competidor de Conselheiro Lafaiete (MG).

Com a chuva do sábado, os percursos da prova ficaram extremamente escorregadios, o que dificultou muito os atletas, principalmente nas diversas áreas de subida dos 28 quilômetros de MTB da disputa. “Eu tive que fazer muita força para não perder muito tempo”, diz o vencedor.

A pesar das dificuldades, Ernani teve um forte aliado ao seu lado: a ótima preparação. “Eu tenho um período duplo de treinamento. Eu treino três vezes o pedal na parte da manhã, antes do trabalho. E, de segunda a domingo, eu treino corrida no meu horário de almoço. Além disso, eu tomo todo dia soro fisiológico para suprir minha necessidade de hidratação durante a prova”, explica o atleta, que trabalha como auxiliar administrativo.

O americano Dominic Guillen ficou na segunda colocação, com 2h15min22, seguido pelo brasileiro Frederico Zacharias, com 2h14min32. Ao todo, foram 86 homens participando da disputa, 12 deles profissionais.

Mulheres – A americana Shonny Vanlandingham foi a grande vencedora da prova feminina. A atleta não deu chances para as outras 11 competidoras e completou a prova em 2h29min25.

“A competição foi boa, com tudo que eu esperava. Muita lama e terrenos escorregadios”, conta a americana. “As partes mais difíceis foram as subidas. Havia muitas subidas íngremes. Mas eu gosto de subir, então funcionou bem para mim”.

Para conseguir chegar em primeiro na disputa, Shonny começou a se preparar duas semanas antes do evento. “Eu competi no XTerra Mundial, que aconteceu no Havaí, há mais ou menos um mês atrás. Depois disso, eu descansei por um tempo e há umas duas semanas voltei a me preparar, pedalando e correndo para ganhar velocidade de novo”, explica a atleta. Completaram o pódio feminino da disputa as brasileiras Cristina Carvalho e Luzia Bello.

Este texto foi escrito por: Caio Martins

Redação Webrun

Ver todos os posts

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!