Ponte Rio-Niterói

Oito mil corredores devem cruzar a Ponte Rio-Niterói no domingo

Corridas de Rua · 16 abr, 2011

Neste domingo (17/04), oito mil atletas deverão cruzar a Ponte Rio-Niterói, em um percurso de 21,4 km, o que representa uma experiência única para quem está acostumado a percorrer o trajeto somente de carro. A prova era tradicional nos anos 80 e, reeditada, conta com a presença de grandes atletas nacionais, como os brasileiros Damião Ancelmo de Sousa e Giovani dos Santos, segundo e terceiro colocados do ranking brasileiro, respectivamente.

Eles vão encarar os africanos Lukinga James, da Tanzânia, e Kipkemei Mutai, do Quênia. Na prova feminina, as atletas brasileiras Marily dos Santos (campeã pan-americana em 2007) e Arlete Soares Adão enfrentarão as africanas Jackline Juma Sakilu (Tanzânia) e Ednah Muicwana (Quênia).

Para Henrique Viana, fundador da Equipe Pé de Vento, que treina atletas de elite, apesar do visual a prova exige um nível elevado de treinamento. "Mesmo com a presença dos atletas africanos, os maiores concorrentes, a expectativa é de vitória. Nossos atletas estão entre os melhores do ranking nacional e correm em média quilômetros por semana, além da musculação direcionada”, diz Henrique.

Confira abaixo os locais e horários de interdições nas cidades do Rio e Niterói:

Interdição em Niterói

  • Rua Doze: a partir de meia noite do dia 16 de abril, até às 14h do dia 17, com interdição total da esquina do supermercado Carrefour (até o começo da Rua Professor Plínio Leite).

  • Rua Professor Plínio Leite: a partir da meia noite do dia 16 de abril, até às 14 horas do dia 17, também com interdição total da via (até o começo da Avenida Feliciano Sodré).

  • Avenida Feliciano Sodré: de 6h às 9h da manhã do 17 de abril, com interdição total da pista sentido Ponte / Centro de Niterói, do final da agulha da Ponte de acesso à Avenida (até o começo da Rua Professor Plínio Leite).

    Interdição Ponte Rio – Niterói

  • Interdição da agulha de descida para Niterói, sentido Centro-Barcas, das 6 às 9 horas da manhã do dia 17 de abril.

  • Interdição de duas faixas da pista de rolamento (somente para atletas) e mais um faixa para serviços, no trecho da passagem técnica da CCR Ponte até a agulha de acesso a Niterói, com passagem por duas cabines (13 e 14), da praça de pedágio.

  • Interdição de duas faixas da pista de rolamento (somente para atletas) e mais uma para serviços, da praça do pedágio até o acesso ao viaduto do Gasômetro, no Rio.

    Interdição no Rio de Janeiro

  • Interdição da Avenida infante Dom Henrique – A partir das 22h do dia 16, na pista sentido centro / zona sul, da Avenida General Justo até a agulha de acesso da Avenida Rio Branco.

  • No dia 17, às 4h, acontece a implantação da área de Lazer do Aterro do Flamengo e interdição do viaduto da Perimetral (pista sentido Centro-Avenida Brasil) até o acesso a Ponte Rio / Niterói.

  • No dia 17, das 5h até às 14h, a partir do Estacionamento da Avenida Beira Mar, ao longo do canteiro central (ambos os sentidos). Além das Ruas e Avenidas próximas, de acordo com a avaliação da CET Rio.


  • Oito mil corredores devem cruzar a Ponte Rio-Niterói no domingo

    Corridas de Rua · 16 abr, 2011

    Neste domingo (17/04), oito mil atletas deverão cruzar a Ponte Rio-Niterói, em um percurso de 21,4 km, o que representa uma experiência única para quem está acostumado a percorrer o trajeto somente de carro. A prova era tradicional nos anos 80 e, reeditada, conta com a presença de grandes atletas nacionais, como os brasileiros Damião Ancelmo de Sousa e Giovani dos Santos, segundo e terceiro colocados do ranking brasileiro, respectivamente.

    Eles vão encarar os africanos Lukinga James, da Tanzânia, e Kipkemei Mutai, do Quênia. Na prova feminina, as atletas brasileiras Marily dos Santos (campeã pan-americana em 2007) e Arlete Soares Adão enfrentarão as africanas Jackline Juma Sakilu (Tanzânia) e Ednah Muicwana (Quênia).

    Para Henrique Viana, fundador da Equipe Pé de Vento, que treina atletas de elite, apesar do visual a prova exige um nível elevado de treinamento. "Mesmo com a presença dos atletas africanos, os maiores concorrentes, a expectativa é de vitória. Nossos atletas estão entre os melhores do ranking nacional e correm em média quilômetros por semana, além da musculação direcionada”, diz Henrique.

    Confira abaixo os locais e horários de interdições nas cidades do Rio e Niterói:

    Interdição em Niterói

  • Rua Doze: a partir de meia noite do dia 16 de abril, até às 14h do dia 17, com interdição total da esquina do supermercado Carrefour (até o começo da Rua Professor Plínio Leite).

  • Rua Professor Plínio Leite: a partir da meia noite do dia 16 de abril, até às 14 horas do dia 17, também com interdição total da via (até o começo da Avenida Feliciano Sodré).

  • Avenida Feliciano Sodré: de 6h às 9h da manhã do 17 de abril, com interdição total da pista sentido Ponte / Centro de Niterói, do final da agulha da Ponte de acesso à Avenida (até o começo da Rua Professor Plínio Leite).

    Interdição Ponte Rio – Niterói

  • Interdição da agulha de descida para Niterói, sentido Centro-Barcas, das 6 às 9 horas da manhã do dia 17 de abril.

  • Interdição de duas faixas da pista de rolamento (somente para atletas) e mais um faixa para serviços, no trecho da passagem técnica da CCR Ponte até a agulha de acesso a Niterói, com passagem por duas cabines (13 e 14), da praça de pedágio.

  • Interdição de duas faixas da pista de rolamento (somente para atletas) e mais uma para serviços, da praça do pedágio até o acesso ao viaduto do Gasômetro, no Rio.

    Interdição no Rio de Janeiro

  • Interdição da Avenida infante Dom Henrique – A partir das 22h do dia 16, na pista sentido centro / zona sul, da Avenida General Justo até a agulha de acesso da Avenida Rio Branco.

  • No dia 17, às 4h, acontece a implantação da área de Lazer do Aterro do Flamengo e interdição do viaduto da Perimetral (pista sentido Centro-Avenida Brasil) até o acesso a Ponte Rio / Niterói.

  • No dia 17, das 5h até às 14h, a partir do Estacionamento da Avenida Beira Mar, ao longo do canteiro central (ambos os sentidos). Além das Ruas e Avenidas próximas, de acordo com a avaliação da CET Rio.

  • Corrida da Ponte Rio Niterói passa por um dos cartões postais do Rio

    Meia Maratona · 11 fev, 2011

    Um dos cartões postais do estado do Rio de Janeiro, a Ponte Rio - Niterói, ficará tomada de corredores no dia 17 de abril. A Corrida da Ponte poderá ser completada por uma nova geração de atletas, já que em 1986 foi a última vez que o local foi palco de uma disputa.

    O percurso passará por uma medição oficial neste domingo (13/02), mas deve variar de 21 a 22 quilômetros e ocupará duas faixas no sentido Niterói-Rio, com chegada no Aterro do Flamengo. A expectativa é que oito mil pessoas participem do evento. O pré-requisito para um atleta realizar a inscrição é comprovar que ele já completou uma meia maratona no tempo máximo de 2h45, ou uma maratona em 5h30, nos últimos dois anos.

    “Esta seleção existe porque se alguém desistir de uma corrida comum a pessoa pode voltar para casa. Já nesta disputa, se o corredor parar ele ficará sozinho na ponte, esperando um transporte oficial da prova passar”, ressalta João Traven, um dos organizadores da prova.

    Ainda segundo o organizador, além da bela paisagem do percurso, a prova oferecerá uma grande infra-estrutura, haverá oito pontos de hidratação e outros dois com isotônicos. “Há cinco anos estávamos negociando a liberação da Ponte. Mas foi bastante difícil conseguir e agora só temos que comemorar”, revela João, que em 1981 participou de sua primeira na Ponte Rio-Niterói.

    A partir do próximo dia 21 os interessados em participar poderão se inscrever no site www.corridadaponte.com.br.


    Corrida da Ponte Rio Niterói passa por um dos cartões postais do Rio

    Meia Maratona · 11 fev, 2011

    Um dos cartões postais do estado do Rio de Janeiro, a Ponte Rio - Niterói, ficará tomada de corredores no dia 17 de abril. A Corrida da Ponte poderá ser completada por uma nova geração de atletas, já que em 1986 foi a última vez que o local foi palco de uma disputa.

    O percurso passará por uma medição oficial neste domingo (13/02), mas deve variar de 21 a 22 quilômetros e ocupará duas faixas no sentido Niterói-Rio, com chegada no Aterro do Flamengo. A expectativa é que oito mil pessoas participem do evento. O pré-requisito para um atleta realizar a inscrição é comprovar que ele já completou uma meia maratona no tempo máximo de 2h45, ou uma maratona em 5h30, nos últimos dois anos.

    “Esta seleção existe porque se alguém desistir de uma corrida comum a pessoa pode voltar para casa. Já nesta disputa, se o corredor parar ele ficará sozinho na ponte, esperando um transporte oficial da prova passar”, ressalta João Traven, um dos organizadores da prova.

    Ainda segundo o organizador, além da bela paisagem do percurso, a prova oferecerá uma grande infra-estrutura, haverá oito pontos de hidratação e outros dois com isotônicos. “Há cinco anos estávamos negociando a liberação da Ponte. Mas foi bastante difícil conseguir e agora só temos que comemorar”, revela João, que em 1981 participou de sua primeira na Ponte Rio-Niterói.

    A partir do próximo dia 21 os interessados em participar poderão se inscrever no site www.corridadaponte.com.br.