Vencendo Desafios

Brasileiros chegam em 7º na Race Across America

Triathlon · 21 jun, 2006

A equipe brasileira Vencendo Desafios cruzou hoje a linha de chegada da Race Across América às 17h07 hora local. Ao todo, o quarteto percorreu 3042,8 milhas (4896,9 Km) em sete dias 11 horas e 54 minutos de prova para conquistar a sétima colocação.

Eles cruzaram os Estados Unidos da costa Oeste para a Leste pedalando com uma velocidade média de 15,86 milhas por hora (25,52 km/h) e a sétima posição alcançada poderia ter sido melhor se eles não tivessem tomado tantas penalidades. A Vencendo Desafios foi a equipe que tomou mais faltas, cinco, somando uma perda total de 3h45 min o final da competição.

Eles foram penalizados entre o Posto de Controle 3 e 4 por pedalar na rodovia sem o acompanhamento do carro de apoio e por não utilizarem iluminação suficiente na bike durante à noite. Já no PC 4 por utilizar o carro de apoio de forma incorreta durante a passagem pelo posto; no PC 8 por dirigir na rodovia com velocidade abaixo do tráfego e no PC 38 foram penalizados por não terem ligado para a Base da organização.

A única equipe brasileira na competição é composta pelos paulistas Paulo Bastos, 46 anos; Marcio Milan, 57 e Francisco das Chagas de Souza, 42 anos, além do português Joaquim Eduardo Martins, de 45 anos.


Brasileiros chegam em 7º na Race Across America

Triathlon · 21 jun, 2006

A equipe brasileira Vencendo Desafios cruzou hoje a linha de chegada da Race Across América às 17h07 hora local. Ao todo, o quarteto percorreu 3042,8 milhas (4896,9 Km) em sete dias 11 horas e 54 minutos de prova para conquistar a sétima colocação.

Eles cruzaram os Estados Unidos da costa Oeste para a Leste pedalando com uma velocidade média de 15,86 milhas por hora (25,52 km/h) e a sétima posição alcançada poderia ter sido melhor se eles não tivessem tomado tantas penalidades. A Vencendo Desafios foi a equipe que tomou mais faltas, cinco, somando uma perda total de 3h45 min o final da competição.

Eles foram penalizados entre o Posto de Controle 3 e 4 por pedalar na rodovia sem o acompanhamento do carro de apoio e por não utilizarem iluminação suficiente na bike durante à noite. Já no PC 4 por utilizar o carro de apoio de forma incorreta durante a passagem pelo posto; no PC 8 por dirigir na rodovia com velocidade abaixo do tráfego e no PC 38 foram penalizados por não terem ligado para a Base da organização.

A única equipe brasileira na competição é composta pelos paulistas Paulo Bastos, 46 anos; Marcio Milan, 57 e Francisco das Chagas de Souza, 42 anos, além do português Joaquim Eduardo Martins, de 45 anos.

Race Across América já tem primeiros vencedores

Triathlon · 20 jun, 2006

O final da categoria equipes de oito pessoas da Race Across América reservou uma grata surpresa para os espectadores. Duas equipes (Team Beaver Creek/Vail e Team Type 1) disputaram “joelho a joelho” a primeira colocação, desde a passagem pelo Rio Mississipi.

Ao cruzarem a linha de chegada ontem, após mais de cinco dias de prova, a diferença foi de apenas quatro minutos da primeira colocada Team Beaver Creek/Vail para a Type 1. A equipe vice campeã é formada apenas por corredores diabéticos.

Durante toda a prova a adrenalina subiu ao máximo, os corações dispararam e todos os limites foram alcançados. Porém, nada que os impedisse de tomar uma boa cervejinha gelada após a chegada.

A Type 1 divulga fotos de sua participação em um blog pessoal, o www.teamtype1.org. Cada clique nas fotos ajuda na campanha para arrecadar R$1 milhão para pesquisas sobre a diabete.

Tempos:

Beaver Creek/Vail - 5 dias, 16 horas e 1 minuto.

Team Type 1 - 5 dias, 16 horas e 4 minutos.

Já na categoria duplas, os vencedores são da equipe BodyXchage/Garden Pathways, que ainda quebraram o recorde de velocidade. Eles pedalaram com uma velocidade média de 19,61 milhas por hora (31,55 km/h), aproximadamente 1 milha por hora (1,8 km/h) mais rápidos que Jeff Rushton e Kevin Wallace, detentores do recorde anterior.

A vitória e o recorde foram conquistados com muito suor e após enfrentarem diversos problemas. Na última hora alguns membros da equipe de apoio não puderam participar e o carro de apoio quebrou no meio da competição.

Após tudo isso, eles cruzaram a linha hoje, com o tempo de seis dias, 11 horas e nove minutos.

Brasil
A equipe brasileira está no Ponto de Controle 49 e continua a ocupar a sétima posição. A equipe que vem logo atrás, a Dreams for Kids está bem encostada nos brasileiros. Ambos ainda tem 357 milhas para percorrer até o final da prova.


Race Across América já tem primeiros vencedores

Triathlon · 20 jun, 2006

O final da categoria equipes de oito pessoas da Race Across América reservou uma grata surpresa para os espectadores. Duas equipes (Team Beaver Creek/Vail e Team Type 1) disputaram “joelho a joelho” a primeira colocação, desde a passagem pelo Rio Mississipi.

Ao cruzarem a linha de chegada ontem, após mais de cinco dias de prova, a diferença foi de apenas quatro minutos da primeira colocada Team Beaver Creek/Vail para a Type 1. A equipe vice campeã é formada apenas por corredores diabéticos.

Durante toda a prova a adrenalina subiu ao máximo, os corações dispararam e todos os limites foram alcançados. Porém, nada que os impedisse de tomar uma boa cervejinha gelada após a chegada.

A Type 1 divulga fotos de sua participação em um blog pessoal, o www.teamtype1.org. Cada clique nas fotos ajuda na campanha para arrecadar R$1 milhão para pesquisas sobre a diabete.

Tempos:

Beaver Creek/Vail - 5 dias, 16 horas e 1 minuto.

Team Type 1 - 5 dias, 16 horas e 4 minutos.

Já na categoria duplas, os vencedores são da equipe BodyXchage/Garden Pathways, que ainda quebraram o recorde de velocidade. Eles pedalaram com uma velocidade média de 19,61 milhas por hora (31,55 km/h), aproximadamente 1 milha por hora (1,8 km/h) mais rápidos que Jeff Rushton e Kevin Wallace, detentores do recorde anterior.

A vitória e o recorde foram conquistados com muito suor e após enfrentarem diversos problemas. Na última hora alguns membros da equipe de apoio não puderam participar e o carro de apoio quebrou no meio da competição.

Após tudo isso, eles cruzaram a linha hoje, com o tempo de seis dias, 11 horas e nove minutos.

Brasil
A equipe brasileira está no Ponto de Controle 49 e continua a ocupar a sétima posição. A equipe que vem logo atrás, a Dreams for Kids está bem encostada nos brasileiros. Ambos ainda tem 357 milhas para percorrer até o final da prova.

Acompanhe o andamento da Race Across America

Triathlon · 14 jun, 2006

Nessa terça, após aproveitarem 160 quilômetros tranqüilos pelo belo cenário de Monument Valle, os competidores tiveram que enfrentar uma subida de mais de 2500 metros.

O corredor solo Daniel Wyss liderou a prova na segunda feira pela primeira vez, mas próximo ao Ponto de Controle 12 Jure' Robic, reassumiu a liderança e abriu uma distância de duas horas sobre Daniel.

Alguns participantes tiveram problemas durante essa parte da competição, como Guy Wells, de 55 anos, que começou a andar em uma velocidade abaixo da mínima permitida para continuar. De acordo com o relatório da organização, ele deve ter parado em Flagstaff para descansar um pouco.

Três corredores solo abandonaram a Race Across América até agora. James Kern teve edema pulmonar, Lou Lamoureux se retirou após uma batida e Orlando Borini teve problemas nas costas.

Já as equipes relargaram na madrugada de hoje (hora do Brasil) no porto de Oceanside, mas algumas tiveram problemas, como alguns integrantes das equipes Cyclonauts a Nor'easter que tiveram que ser encaminhados para um hospital.

Um dos integrantes da Nor'easter foi derrubado da bike por ventos fortes e perdeu a consciência na queda. Ele passa bem e já recuperou a consciência.

A equipe brasileira Vencendo Desafios segue bem na competição, após ter chegado ao Ponto de Controle Cinco às 9h20 (hora local), na 58ª posição.


Acompanhe o andamento da Race Across America

Triathlon · 14 jun, 2006

Nessa terça, após aproveitarem 160 quilômetros tranqüilos pelo belo cenário de Monument Valle, os competidores tiveram que enfrentar uma subida de mais de 2500 metros.

O corredor solo Daniel Wyss liderou a prova na segunda feira pela primeira vez, mas próximo ao Ponto de Controle 12 Jure' Robic, reassumiu a liderança e abriu uma distância de duas horas sobre Daniel.

Alguns participantes tiveram problemas durante essa parte da competição, como Guy Wells, de 55 anos, que começou a andar em uma velocidade abaixo da mínima permitida para continuar. De acordo com o relatório da organização, ele deve ter parado em Flagstaff para descansar um pouco.

Três corredores solo abandonaram a Race Across América até agora. James Kern teve edema pulmonar, Lou Lamoureux se retirou após uma batida e Orlando Borini teve problemas nas costas.

Já as equipes relargaram na madrugada de hoje (hora do Brasil) no porto de Oceanside, mas algumas tiveram problemas, como alguns integrantes das equipes Cyclonauts a Nor'easter que tiveram que ser encaminhados para um hospital.

Um dos integrantes da Nor'easter foi derrubado da bike por ventos fortes e perdeu a consciência na queda. Ele passa bem e já recuperou a consciência.

A equipe brasileira Vencendo Desafios segue bem na competição, após ter chegado ao Ponto de Controle Cinco às 9h20 (hora local), na 58ª posição.