ultravaledead

A difícil Ultramaratona do Vale da Morte

Ultra Maratona · 25 jul, 2002

Os ultramaratonistas norte-americanos Darren Worts, 31, no masculino e Pam Reed, 41, no femininp venceram a díficil Ultramaratona de Badwater, mais conhecida como Vale da Morte, uma vez que seu trajeto de 217Km atravessa o referido vale no deserto da Califórnia. A competição esse ano teve 81 participantes.

Reed, venceu o calor de 50°C e cruzou linha de chegada com o tempo de 27:56:47.

A atleta no entanto, teve dois feitos incríveis: estabeleceu a nova melhor marca da prova feminina e deixou para trás todos os homens.

Worts, o vencedor no masculino checou mais de quatro horas depois de Pam Reed com o tempo de 32:38:57.

O brasileiro Manuel Mendes (Brasil Telecom) que pretendia ser o primeiro brasileiro a completar a prova, desistiu em função de uma indisposição motivada pela alta temperatura. O calor chegou a 56°C e fez com que a temperatura do corpo de Manoel, 42 anos, chegou a ser de 38°C em certa altura da ultramaratona. Com sérios problemas estomacais, náuseas e fortes tonturas, o atleta teve de abandonar o sonho de completar um dos mais perigosos desafios de corrida do mundo.

"É uma pena. Foi um momento difícil, porque mesmo passando muito mal o Manoel não queria desistir de maneiro alguma. Não esperávamos que o calor castigasse tanto. É realmente impressionante", comentou Lauter Nogueira, técnico da Equipe Brasil Telecom.


A difícil Ultramaratona do Vale da Morte

Ultra Maratona · 25 jul, 2002

Os ultramaratonistas norte-americanos Darren Worts, 31, no masculino e Pam Reed, 41, no femininp venceram a díficil Ultramaratona de Badwater, mais conhecida como Vale da Morte, uma vez que seu trajeto de 217Km atravessa o referido vale no deserto da Califórnia. A competição esse ano teve 81 participantes.

Reed, venceu o calor de 50°C e cruzou linha de chegada com o tempo de 27:56:47.

A atleta no entanto, teve dois feitos incríveis: estabeleceu a nova melhor marca da prova feminina e deixou para trás todos os homens.

Worts, o vencedor no masculino checou mais de quatro horas depois de Pam Reed com o tempo de 32:38:57.

O brasileiro Manuel Mendes (Brasil Telecom) que pretendia ser o primeiro brasileiro a completar a prova, desistiu em função de uma indisposição motivada pela alta temperatura. O calor chegou a 56°C e fez com que a temperatura do corpo de Manoel, 42 anos, chegou a ser de 38°C em certa altura da ultramaratona. Com sérios problemas estomacais, náuseas e fortes tonturas, o atleta teve de abandonar o sonho de completar um dos mais perigosos desafios de corrida do mundo.

"É uma pena. Foi um momento difícil, porque mesmo passando muito mal o Manoel não queria desistir de maneiro alguma. Não esperávamos que o calor castigasse tanto. É realmente impressionante", comentou Lauter Nogueira, técnico da Equipe Brasil Telecom.

Brasil na Ultramaratona do Vale da Morte

Ultra Maratona · 23 jul, 2002

O ultramaratonista brasileiro Manoel Mendes (Brasil Telecom), quer ser o primeiro brasileiro a completar a Ultramaratona do Vale da Morte, que será disputada hoje no deserto da Califórnia. A prova conta com um percurso de 217Km e uma diferença de mais de 2.600m de altitude entre a largada e a chegada.

Entre os desafios que Mendes terá que vencer, o principal será o clima no Vale da Morte nesta época do ano quando a temperatura varia entre 48 e 50°C e à noite chega a 42°C. Mendes, atravessou junto com sua equipe todo o percurso de carro e pôde constatar que o panorama é mesmo preocupante.

"É muita adversidade junta. O calor no asfalto ladeira acima não é fácil. Mas ele está muito bem preparado", afirma Lauter Nogueira, técnico da equipe Brasil Telecom.

A largada aconteceu às 10h (14h de Brasília) e a previsão é de que o primeiro colocado termine com o tempo entre 28 e 30 horas.


Brasil na Ultramaratona do Vale da Morte

Ultra Maratona · 23 jul, 2002

O ultramaratonista brasileiro Manoel Mendes (Brasil Telecom), quer ser o primeiro brasileiro a completar a Ultramaratona do Vale da Morte, que será disputada hoje no deserto da Califórnia. A prova conta com um percurso de 217Km e uma diferença de mais de 2.600m de altitude entre a largada e a chegada.

Entre os desafios que Mendes terá que vencer, o principal será o clima no Vale da Morte nesta época do ano quando a temperatura varia entre 48 e 50°C e à noite chega a 42°C. Mendes, atravessou junto com sua equipe todo o percurso de carro e pôde constatar que o panorama é mesmo preocupante.

"É muita adversidade junta. O calor no asfalto ladeira acima não é fácil. Mas ele está muito bem preparado", afirma Lauter Nogueira, técnico da equipe Brasil Telecom.

A largada aconteceu às 10h (14h de Brasília) e a previsão é de que o primeiro colocado termine com o tempo entre 28 e 30 horas.