trofeubrasil

Estrelas invadem o Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 30 abr, 2005

Oscar Galindez, Carla Moreno, Leandro Macedo, Santiago Ascenço, Fábio de Carvalho, Vanessa Gianinni, Ezequiel Morales, Maria Soledad Omar, Juraci Moreira Jr são algumas das atrações da 2ª etapa do 15º Troféu Brasil de Triathlon que acontece amanhã na Cidade Universitária da USP a partir das 9h20 (largada para a elite profissional).

Galindez patrocinado pela Reebok, Memorial, Profile Design e Oakley que se prepara para a disputa do Ironman Brasil no final de maio em Florianópolis (SC) encara a prova de amanhã como parte de seu treinamento. “Vou encarar o Troféu Brasil como um treino. O bom é que será uma prova curta, que não trará tanto desgaste, e vai me dar um ritmo um pouco melhor, já que estou na sexta semana de treinos e o volume está bem pesado. Estou me sentindo bem” , disse o argetino heptacampeão da competição.

Já a triatleta olímpica Carla Moreno que também se prepara para o Ironman tentará em sua oitava prova do ano buscar sua oitava vitória, até o momento seu aproveitamento é de 100%.“A prova vai ser muito técnica, com muitas subidas, e, por isso, fará parte do meu treino para o Ironman”, afirmou Carla, que conta com os patrocínios do Pão de Açúcar, Nike, PowerBar e Unimonte. “Estou bastante cansada, pois estou rodando muito agora, fazendo várias transições longas, o que me deixa um pouco lenta. De todo modo, sinto que ganhei muita preparação, habilidade e experiência com essa nova fase de trabalho, que é totalmente diferente do que já havia feito”, disse Carla, que venceu a primeira etapa do campeonato, em março, em Santos.

Já o atual campeão da competição o goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/ Celg/Mizuno) busca a regularidade. “Estou encarando o campeonato como um todo, tomando o cuidado de não extrapolar nas primeiras etapas, podendo me prejudicar. Espero um pequeno progresso neste domingo, mas a intenção é chegar bem nas outras etapas”, disse.

Leandro Macedo (Pão de Açúcar/Mizuno) que treina em Brasília e é acostumado com o calor, diz que a queda da temperatura registrada em São Paulo não o preocupa. “O importante é estar bem. O resto é conseqüência”, afirma Leandro, 5º colocado no Triathlon Internacional de Santos de 2005.

O Campeonato - A temporada 2005 do Troféu Brasil de Triathlon começou em março em Santos. Depois da segunda etapa, em São Paulo neste domingo, o circuito segue para Goiânia (19 de junho), Nova Lima/MG (21 de agosto), Santos (18 de setembro), São Paulo (23 de outubro) e Santos (4 de dezembro).

O Troféu Brasil de Triathlon tem distância olímpica: 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida. Os amadores correrão 750km de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida.


Estrelas invadem o Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 30 abr, 2005

Oscar Galindez, Carla Moreno, Leandro Macedo, Santiago Ascenço, Fábio de Carvalho, Vanessa Gianinni, Ezequiel Morales, Maria Soledad Omar, Juraci Moreira Jr são algumas das atrações da 2ª etapa do 15º Troféu Brasil de Triathlon que acontece amanhã na Cidade Universitária da USP a partir das 9h20 (largada para a elite profissional).

Galindez patrocinado pela Reebok, Memorial, Profile Design e Oakley que se prepara para a disputa do Ironman Brasil no final de maio em Florianópolis (SC) encara a prova de amanhã como parte de seu treinamento. “Vou encarar o Troféu Brasil como um treino. O bom é que será uma prova curta, que não trará tanto desgaste, e vai me dar um ritmo um pouco melhor, já que estou na sexta semana de treinos e o volume está bem pesado. Estou me sentindo bem” , disse o argetino heptacampeão da competição.

Já a triatleta olímpica Carla Moreno que também se prepara para o Ironman tentará em sua oitava prova do ano buscar sua oitava vitória, até o momento seu aproveitamento é de 100%.“A prova vai ser muito técnica, com muitas subidas, e, por isso, fará parte do meu treino para o Ironman”, afirmou Carla, que conta com os patrocínios do Pão de Açúcar, Nike, PowerBar e Unimonte. “Estou bastante cansada, pois estou rodando muito agora, fazendo várias transições longas, o que me deixa um pouco lenta. De todo modo, sinto que ganhei muita preparação, habilidade e experiência com essa nova fase de trabalho, que é totalmente diferente do que já havia feito”, disse Carla, que venceu a primeira etapa do campeonato, em março, em Santos.

Já o atual campeão da competição o goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/ Celg/Mizuno) busca a regularidade. “Estou encarando o campeonato como um todo, tomando o cuidado de não extrapolar nas primeiras etapas, podendo me prejudicar. Espero um pequeno progresso neste domingo, mas a intenção é chegar bem nas outras etapas”, disse.

Leandro Macedo (Pão de Açúcar/Mizuno) que treina em Brasília e é acostumado com o calor, diz que a queda da temperatura registrada em São Paulo não o preocupa. “O importante é estar bem. O resto é conseqüência”, afirma Leandro, 5º colocado no Triathlon Internacional de Santos de 2005.

O Campeonato - A temporada 2005 do Troféu Brasil de Triathlon começou em março em Santos. Depois da segunda etapa, em São Paulo neste domingo, o circuito segue para Goiânia (19 de junho), Nova Lima/MG (21 de agosto), Santos (18 de setembro), São Paulo (23 de outubro) e Santos (4 de dezembro).

O Troféu Brasil de Triathlon tem distância olímpica: 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida. Os amadores correrão 750km de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida.

Troféu Brasil de Triathlon: cuidados básicos

Triathlon · 27 abr, 2005

A segunda etapa do 15º Troféu Brasil de Triathlon, que acontece no próximo domingo deve ser feita com atenção redobrada. Segundo o técnico da seleção brasileira de triathlon, Marcus Paulo Reis, a frente fria que está em São Paulo não é motivo para dizer que o desgaste será menor. “Embora a previsão seja de temperatura amena, o percurso na USP é muito acidentado, com muitas subidas e descidas. O desgaste vai ser grande”, conta Reis.

Ele ainda salienta que os competidores devem se preocupar com a alimentação e hidratação. “A umidade do ar e a temperatura em São Paulo são mais positivas. O calor não será muito forte. Mas é necessário fazer uma boa hidratação. O ar em São Paulo é mais pesado, com maior presença de ozônio. Isso gera muito desgaste”, acrescenta.

A largada da prova será na Cidade Universitária de São Paulo (USP) às 8h para amador, 9h20 para profissional e 9h25 para elite.

Próximas etapas - Depois da segunda etapa em São Paulo, o circuito segue para Goiânia (19 de junho), Nova Lima/MG (21 de agosto), Santos/SP (18 de setembro) e por fim volta para São Paulo (23 de outubro) e Santos/SP (4 de dezembro).


Troféu Brasil de Triathlon: cuidados básicos

Triathlon · 27 abr, 2005

A segunda etapa do 15º Troféu Brasil de Triathlon, que acontece no próximo domingo deve ser feita com atenção redobrada. Segundo o técnico da seleção brasileira de triathlon, Marcus Paulo Reis, a frente fria que está em São Paulo não é motivo para dizer que o desgaste será menor. “Embora a previsão seja de temperatura amena, o percurso na USP é muito acidentado, com muitas subidas e descidas. O desgaste vai ser grande”, conta Reis.

Ele ainda salienta que os competidores devem se preocupar com a alimentação e hidratação. “A umidade do ar e a temperatura em São Paulo são mais positivas. O calor não será muito forte. Mas é necessário fazer uma boa hidratação. O ar em São Paulo é mais pesado, com maior presença de ozônio. Isso gera muito desgaste”, acrescenta.

A largada da prova será na Cidade Universitária de São Paulo (USP) às 8h para amador, 9h20 para profissional e 9h25 para elite.

Próximas etapas - Depois da segunda etapa em São Paulo, o circuito segue para Goiânia (19 de junho), Nova Lima/MG (21 de agosto), Santos/SP (18 de setembro) e por fim volta para São Paulo (23 de outubro) e Santos/SP (4 de dezembro).

Santiago Ascenço é campeão do Troféu Brasil

Triathlon · 05 dez, 2004

O triatleta goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/Cia. Energética de Goiás/DPA) conquistou o título do Troféu Brasil de Triathlon na manhã deste domingo, em Santos, onde aconteceu a quinta e última etapa do campeonato. Quinto colocado na prova, Ascenço conseguiu, após sete anos de hegemonia do argentino Oscar Galindez, devolver ao país o título do maior circuito da categoria na América Latina.

“O resultado na prova não foi o esperado. Nadei e pedalei bem, mas senti muito a umidade durante a corrida. O importante é comemorar a vitória do circuito”, afirma o goiano, que priorizou a disputa do Troféu Brasil em 2004. Com a segunda colocação de Marcus Ornellas, seu principal adversário na briga pelo título, Ascenço poderia ter cruzado a linha de chegada até em nono para ser campeão.

Aos 23 anos, Ascenço intensificou os treinos nas últimas dez semanas para continuar com a boa performance que vinha mantendo desde o começo do campeonato. “Há 15 dias, ele fez uma prova excepcional, com muitas elevações. Hoje, infelizmente, não conseguiu o resultado ideal, mas pôde devolver o título do Troféu ao Brasil”, justifica o técnico do triatleta, Guilherme Prudente.

Fábio Carvalho foi o vencedor da etapa no masculino e a argentina Maria Soledad venceram a etapa no feminino. a campeã do Cirtuito foi a brasileira Ana Cristina Boccanera. A representante do Brasil na Olimpíada de Atenas Carla Moreno (Pão de Açúcar/Nike/Unimonte/PowerBar) estava inscrita, mas não pôde participar por causa de uma meningite.

Classificação final masculina do Troféu Brasil 2004

1º) Santiago Ascenço
2º) Marcus Ornellas
3º) Fábio Carvalho
4º) Frederico Monteiro
5º) Eduardo Villarinho

Classificação final feminina do Troféu Brasil 2004

1ª) Maria Soledad
2ª) Ana Cristina Boccanera
3ª) Vanessa Gianinni
4ª) Fernanda Garcia
5ª) Juliana Linhares


Santiago Ascenço é campeão do Troféu Brasil

Triathlon · 05 dez, 2004

O triatleta goiano Santiago Ascenço (Pão de Açúcar/Cia. Energética de Goiás/DPA) conquistou o título do Troféu Brasil de Triathlon na manhã deste domingo, em Santos, onde aconteceu a quinta e última etapa do campeonato. Quinto colocado na prova, Ascenço conseguiu, após sete anos de hegemonia do argentino Oscar Galindez, devolver ao país o título do maior circuito da categoria na América Latina.

“O resultado na prova não foi o esperado. Nadei e pedalei bem, mas senti muito a umidade durante a corrida. O importante é comemorar a vitória do circuito”, afirma o goiano, que priorizou a disputa do Troféu Brasil em 2004. Com a segunda colocação de Marcus Ornellas, seu principal adversário na briga pelo título, Ascenço poderia ter cruzado a linha de chegada até em nono para ser campeão.

Aos 23 anos, Ascenço intensificou os treinos nas últimas dez semanas para continuar com a boa performance que vinha mantendo desde o começo do campeonato. “Há 15 dias, ele fez uma prova excepcional, com muitas elevações. Hoje, infelizmente, não conseguiu o resultado ideal, mas pôde devolver o título do Troféu ao Brasil”, justifica o técnico do triatleta, Guilherme Prudente.

Fábio Carvalho foi o vencedor da etapa no masculino e a argentina Maria Soledad venceram a etapa no feminino. a campeã do Cirtuito foi a brasileira Ana Cristina Boccanera. A representante do Brasil na Olimpíada de Atenas Carla Moreno (Pão de Açúcar/Nike/Unimonte/PowerBar) estava inscrita, mas não pôde participar por causa de uma meningite.

Classificação final masculina do Troféu Brasil 2004

1º) Santiago Ascenço
2º) Marcus Ornellas
3º) Fábio Carvalho
4º) Frederico Monteiro
5º) Eduardo Villarinho

Classificação final feminina do Troféu Brasil 2004

1ª) Maria Soledad
2ª) Ana Cristina Boccanera
3ª) Vanessa Gianinni
4ª) Fernanda Garcia
5ª) Juliana Linhares

Santiago Ascenço quer consolidar liderança no Troféu Brasil

Triathlon · 17 set, 2004

Depois de vencer duas etapas do Troféu Brasil de Triathlon e ficar com um segundo lugar, Santiago Ascenço, triatleta da Equipe Pão de Açúcar, quer consolidar sua liderança na disputa da quarta etapa da competição, que acontece neste domingo em Santos, no litoral sul de São Paulo. A prova terá 1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida.

O Troféu Brasil é a prioridade de Ascenço nesta temporada. Depois de três vice-campeonatos, em 1999, 2000 e 2003, ele acredita estar preparado para o título em 2004. “Minha prioridade no ano é o Troféu Brasil e acho que desta vez, com a bagagem de treinamentos que acumulei, estou muito perto de conseguir meu maior objetivo”, acredita o triatleta.

O percurso em Santos é plano e rápido, mesmo assim a prova não será fácil. Apesar da ausência de Marcus Ornellas, vice-líder do campeonato, o grande adversário de Ascenço será o argentino Oscar Galindez, heptacampeão do Troféu Brasil.

“Nesta etapa tenho que aproveitar a ausência do Ornellas e tentar garantir o primeiro lugar, para ir mais tranqüilo para a final. O Galindez será a pedra no meu sapato, mas vai ser bom competir com ele, assim posso ver se meus treinamentos estão dando resultado”, diz Ascenço, que nas últimas quatro semanas dedicou-se a treinos de velocidade e agilidade, uma vez que já tinha treinado força para a etapa de Nova Lima (MG), com muitas subidas e descidas.

A presença de Oscar Galindez na etapa não ameaça Santiago Ascenço, pois esta é a primeira prova do argentino no campeonato. Em 2004, Galindez está se dedicando a provas de longa distância, sendo o Ironman no Havaí seu principal objetivo na temporada.

A largada da quarta etapa do Troféu Brasil de Triathlon para a elite profissional será às 9h20, na Praia do Gonzaga, em Santos.


Santiago Ascenço quer consolidar liderança no Troféu Brasil

Triathlon · 17 set, 2004

Depois de vencer duas etapas do Troféu Brasil de Triathlon e ficar com um segundo lugar, Santiago Ascenço, triatleta da Equipe Pão de Açúcar, quer consolidar sua liderança na disputa da quarta etapa da competição, que acontece neste domingo em Santos, no litoral sul de São Paulo. A prova terá 1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida.

O Troféu Brasil é a prioridade de Ascenço nesta temporada. Depois de três vice-campeonatos, em 1999, 2000 e 2003, ele acredita estar preparado para o título em 2004. “Minha prioridade no ano é o Troféu Brasil e acho que desta vez, com a bagagem de treinamentos que acumulei, estou muito perto de conseguir meu maior objetivo”, acredita o triatleta.

O percurso em Santos é plano e rápido, mesmo assim a prova não será fácil. Apesar da ausência de Marcus Ornellas, vice-líder do campeonato, o grande adversário de Ascenço será o argentino Oscar Galindez, heptacampeão do Troféu Brasil.

“Nesta etapa tenho que aproveitar a ausência do Ornellas e tentar garantir o primeiro lugar, para ir mais tranqüilo para a final. O Galindez será a pedra no meu sapato, mas vai ser bom competir com ele, assim posso ver se meus treinamentos estão dando resultado”, diz Ascenço, que nas últimas quatro semanas dedicou-se a treinos de velocidade e agilidade, uma vez que já tinha treinado força para a etapa de Nova Lima (MG), com muitas subidas e descidas.

A presença de Oscar Galindez na etapa não ameaça Santiago Ascenço, pois esta é a primeira prova do argentino no campeonato. Em 2004, Galindez está se dedicando a provas de longa distância, sendo o Ironman no Havaí seu principal objetivo na temporada.

A largada da quarta etapa do Troféu Brasil de Triathlon para a elite profissional será às 9h20, na Praia do Gonzaga, em Santos.

Marcus Ornellas fatura a 2ª etapa do Troféu Brasil

Triathlon · 03 maio, 2004

Neste último domingo aconteceu em Niterói, Rio de Janeiro, a segunda etapa do Troféu Brasil de Triathlon. A prova reuniu cerca de 820 triatletas que enfrentaram uma temperatura amena na praia do Icaraí. E o grande vencedor da competição masculina foi Marcus Ornellas que faturou em casa o título.

Ornellas terminou o percurso em 1h43min10, seguido por Santiago Ascenço, com 1h43min51. Já o terceiro lugar ficou com Thiago Machado 1h44min13. Na categoria feminina a campeã foi a carioca Ana Boccanera, com 1h58min49.

A segunda colocada foi a argentina Maria Soledad Omar, no tempo de 2h00min28. E a terceira posição ficou com Rita Correia, 2h01min28.


Marcus Ornellas fatura a 2ª etapa do Troféu Brasil

Triathlon · 03 maio, 2004

Neste último domingo aconteceu em Niterói, Rio de Janeiro, a segunda etapa do Troféu Brasil de Triathlon. A prova reuniu cerca de 820 triatletas que enfrentaram uma temperatura amena na praia do Icaraí. E o grande vencedor da competição masculina foi Marcus Ornellas que faturou em casa o título.

Ornellas terminou o percurso em 1h43min10, seguido por Santiago Ascenço, com 1h43min51. Já o terceiro lugar ficou com Thiago Machado 1h44min13. Na categoria feminina a campeã foi a carioca Ana Boccanera, com 1h58min49.

A segunda colocada foi a argentina Maria Soledad Omar, no tempo de 2h00min28. E a terceira posição ficou com Rita Correia, 2h01min28.

Oscar Galindez esvazia Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 01 mar, 2004

Depois de conquistar no ano passado o inédito heptacampeonato das 13 edições realizadas do Gatorade Triathlon Troféu Brasil, o argentino radicado em Santos, Oscar Galindez, (Memorial/ Reebok/ Timex/ Oakley/ OG), que é atleta apoiado pelo portal WebRun, irá focar a temporada 2004 nas médias e longas distâncias.

Assim, o “Rei de Santos”, irá esvaziar o Troféu Brasil de Triathlon, que se inicia no próximo dia 14 de março, porque permanecerá por mais duas semanas em Córdoba, na Argentina, treinando para o Ironman Brazil Telecom que acontece dia 29 de maio.

“Já cumpri uma etapa na minha carreira (referindo-se ao Troféu Brasil) e não vejo muita diferença ganhar mais uma vez e depois outra. O meu desejo é continuar crescendo como esportista e competindo só no Troféu não conseguirei esse objetivo”, explica Galindez. No seu calendário de provas para este ano, estão previstas apenas as duas últimas etapas do torneio, ambas em Santos.

“A única coisa que me mantém com vontade de fazer essas provas é porque moro na cidade de Santos e pode ser um bom retorno para os patrocinadores e um treino para mim”, ressalta Galindez.

Provas preparatórias - Com o intuito de se preparar para o Ironman Brazil Telecom, o atleta deve participar de mais duas disputas de meio ironman: o Triathlon Long Distance, em Ubatuba, no dia 4 de abril, e o Half Ironman St. Croix, nas Ilhas Virgens, dia 2 de maio (prova que foi vice-campeão em 2002).


Oscar Galindez esvazia Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 01 mar, 2004

Depois de conquistar no ano passado o inédito heptacampeonato das 13 edições realizadas do Gatorade Triathlon Troféu Brasil, o argentino radicado em Santos, Oscar Galindez, (Memorial/ Reebok/ Timex/ Oakley/ OG), que é atleta apoiado pelo portal WebRun, irá focar a temporada 2004 nas médias e longas distâncias.

Assim, o “Rei de Santos”, irá esvaziar o Troféu Brasil de Triathlon, que se inicia no próximo dia 14 de março, porque permanecerá por mais duas semanas em Córdoba, na Argentina, treinando para o Ironman Brazil Telecom que acontece dia 29 de maio.

“Já cumpri uma etapa na minha carreira (referindo-se ao Troféu Brasil) e não vejo muita diferença ganhar mais uma vez e depois outra. O meu desejo é continuar crescendo como esportista e competindo só no Troféu não conseguirei esse objetivo”, explica Galindez. No seu calendário de provas para este ano, estão previstas apenas as duas últimas etapas do torneio, ambas em Santos.

“A única coisa que me mantém com vontade de fazer essas provas é porque moro na cidade de Santos e pode ser um bom retorno para os patrocinadores e um treino para mim”, ressalta Galindez.

Provas preparatórias - Com o intuito de se preparar para o Ironman Brazil Telecom, o atleta deve participar de mais duas disputas de meio ironman: o Triathlon Long Distance, em Ubatuba, no dia 4 de abril, e o Half Ironman St. Croix, nas Ilhas Virgens, dia 2 de maio (prova que foi vice-campeão em 2002).

Troféu Brasil de Triathlon começa em março

Triathlon · 20 fev, 2004

A primeira etapa do 14º Troféu Brasil de Triatlhon acontecerá no dia 14 de março na cidade de Santos, São Paulo. A competição terá além desta mais quatro etapas nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Os triatletas participantes terão que nadar 1,5 km, pedalar 40 km e também correr 10 km. E em cada etapa terá um campeão. No final de todas a organização irá premiar o melhor esportista do Troféu.

O interessado já pode se inscrever no site www.trofeubrasil.com.br. O preço varia entre R$125,00 e R$300,00 conforme a categoria do participante.


Troféu Brasil de Triathlon começa em março

Triathlon · 20 fev, 2004

A primeira etapa do 14º Troféu Brasil de Triatlhon acontecerá no dia 14 de março na cidade de Santos, São Paulo. A competição terá além desta mais quatro etapas nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Os triatletas participantes terão que nadar 1,5 km, pedalar 40 km e também correr 10 km. E em cada etapa terá um campeão. No final de todas a organização irá premiar o melhor esportista do Troféu.

O interessado já pode se inscrever no site www.trofeubrasil.com.br. O preço varia entre R$125,00 e R$300,00 conforme a categoria do participante.

Confirmada as datas Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 27 nov, 2003

Apesar de diversas reclamações de triathletas quanto a organização do Troféu Brasil de Triathlon (reclamações estas, de amadores e profissionais), há de se convir, que o Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, que se encerrou no último domingo com o heptacampeonato do atleta Oscar Galindez, é o mais importante circuito da modalidade e uma das únicas competições nacionais – seja triathlon ou corridas de rua – onde se sabe o calendário do ano seguinte, já no encerramento do atual circuito, o que, permite ao triathleta planejar sua temporada com antecedência.

“A competição costuma reunir o maior número de participantes em todas as suas categorias e tem sido marcada pelo alto nível técnico. Estamos bastante felizes em poder iniciar mais uma edição com esse pensamento. O triathlon tem crescido bastante no país e revelado bons valores e o Troféu Brasil tem tido um papel importante nesse trabalho", explica Núbio de Almeida, diretor da NA Promoções, organizadora do evento.

O calendário 2004 do 14°Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, terá cinco provas, sendo três em Santos (SP), uma em Niterói (RJ) e uma em Nova Lima (MG).

A programação de provas é a seguinte: 14/03 Santos (SP), peso 1,25; 02/05 Niteroí (RJ), peso 1; 15/08 Belo Horizonte (MG), peso 1; 19/09 Santos (SP), peso 1 e a final em Santos (SP), peso 1,5 no dia 21 de novembro 2003.

Confira no menu Calendário do canal Triathlon detalhes de como se inscrever nos eventos.


Confirmada as datas Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 27 nov, 2003

Apesar de diversas reclamações de triathletas quanto a organização do Troféu Brasil de Triathlon (reclamações estas, de amadores e profissionais), há de se convir, que o Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, que se encerrou no último domingo com o heptacampeonato do atleta Oscar Galindez, é o mais importante circuito da modalidade e uma das únicas competições nacionais – seja triathlon ou corridas de rua – onde se sabe o calendário do ano seguinte, já no encerramento do atual circuito, o que, permite ao triathleta planejar sua temporada com antecedência.

“A competição costuma reunir o maior número de participantes em todas as suas categorias e tem sido marcada pelo alto nível técnico. Estamos bastante felizes em poder iniciar mais uma edição com esse pensamento. O triathlon tem crescido bastante no país e revelado bons valores e o Troféu Brasil tem tido um papel importante nesse trabalho", explica Núbio de Almeida, diretor da NA Promoções, organizadora do evento.

O calendário 2004 do 14°Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, terá cinco provas, sendo três em Santos (SP), uma em Niterói (RJ) e uma em Nova Lima (MG).

A programação de provas é a seguinte: 14/03 Santos (SP), peso 1,25; 02/05 Niteroí (RJ), peso 1; 15/08 Belo Horizonte (MG), peso 1; 19/09 Santos (SP), peso 1 e a final em Santos (SP), peso 1,5 no dia 21 de novembro 2003.

Confira no menu Calendário do canal Triathlon detalhes de como se inscrever nos eventos.

Antônio Marcos disputará Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 20 nov, 2003

Depois de surpreender e derrubar vários favoritos na etapa carioca da Copa do Mundo de Triathlon, disputada na cidade do Rio de Janeiro, no último dia 9 de novembro, quando conquistou a terceira colocação, o cearense Antônio Marcos de Souza e Silva, irá disputar neste domingo a etapa final do 13° Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, o mais tradicional e importante circuito da modalidade disputado no Brasil.

Para quem não sabe, o triathleta é novato em competições da modalidade. “Comecei no triathlon somente neste ano. Antes só praticava a corrida e a idéia de treinar outro esporte foi do meu técnico, Gledison Rocha. Estou otimista para a prova de domingo, ainda mais com esses títulos conquistados e pretendo fazer a temporada completa de 2004”, disse o atleta, que tem patrocínio da Brasil Telecom e Indaiá.

A briga pelo título está indefinida no masculino: a liderança é de Santiago Ascenço (442,75), seguido por Oscar Galindez (393,25) e, Frederico Monteiro, em terceiro, com 373,25 pontos.


Antônio Marcos disputará Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 20 nov, 2003

Depois de surpreender e derrubar vários favoritos na etapa carioca da Copa do Mundo de Triathlon, disputada na cidade do Rio de Janeiro, no último dia 9 de novembro, quando conquistou a terceira colocação, o cearense Antônio Marcos de Souza e Silva, irá disputar neste domingo a etapa final do 13° Gatorade Troféu Brasil de Triathlon, o mais tradicional e importante circuito da modalidade disputado no Brasil.

Para quem não sabe, o triathleta é novato em competições da modalidade. “Comecei no triathlon somente neste ano. Antes só praticava a corrida e a idéia de treinar outro esporte foi do meu técnico, Gledison Rocha. Estou otimista para a prova de domingo, ainda mais com esses títulos conquistados e pretendo fazer a temporada completa de 2004”, disse o atleta, que tem patrocínio da Brasil Telecom e Indaiá.

A briga pelo título está indefinida no masculino: a liderança é de Santiago Ascenço (442,75), seguido por Oscar Galindez (393,25) e, Frederico Monteiro, em terceiro, com 373,25 pontos.

Galindez e Moreno disputarão Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 12 set, 2003

O hexacampeão e a tetracampeã do Gatorade Triathlon Troféu Brasil, Oscar Galindez e Carla Moreno, confirmaram presença na terceira etapa do mais tradicional campeonato do País neste domingo, dia 14 de setembro, em Santos. As situações são distintas, o argentino radicado em Santos, Galindez, ocupa a quarta colocação na temporada e briga pelo título, enquanto Carla, décima colocada, vai apenas treinar para a Copa do Mundo de Triathlon. A largada para os atletas profissionais, que têm de cumprir as distâncias olímpicas de 1,5 quilômetro de natação, 40 mil metros de ciclismo e 10 km de corrida, será às 9h20, na Praia do Gonzaga, em Santos.

“Estou fora da briga pelo título porque não participei de duas etapas. Nem sempre posso vencer, mas espero fazer bom resultado neste domingo”, disse Carla Moreno, medalha prata em Winnipeg em 1999 e quarta colocada nos Jogos Pan-Americanas deste ano de Santo Domingo.

Carla começou a carreira no Triathlon Internacional de Santos em 1996. A triatleta 26 de anos tem carinho especial pela cidade do litoral paulista.

“Participo de quase todas as provas em Santos. Gosto muito da cidade e da competição. As regras são boas, pois não é permitido vácuo no ciclismo e o atleta bem preparado é privilegiado”, disse Carla (Pão de Açúcar Club).

Mesmo tendo vencido as duas primeiras etapas do Troféu Brasil, Galindez não se considera favorito para subir ao lugar mais alto do pódio neste domingo.

“Estou me recuperando de uma contusão no ombro direito e minha preparação ficou um pouco comprometida”, disse Galindez, que conquistou a medalha de bronze no Pan Americano de Santo Domingo.

Fora da briga pelo título, a tetracampeão Carla dá a receita para conquistar o Troféu Brasil.

“É preciso treinar muito e querer vencer. O triatlo é um esporte duro, que exige muito do atleta. A pessoa não pode desisitir nunca que uma hora ela chega lá”, finalizou Carla.

A largada dos triatletas amadores, que percorrerão distâncias menores do que os profissionais - 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida -, será às 8 horas.

Classificação do Troféu Brasil - profissional feminino:

1) Gisele Bertucci, 361,75 pontos
2) Rita Correia, 309,25
3) Taísa Gentina, 286,75
4) Fernanda Garcia, 269,25
5) Alessandra Silvestre, 265,75
6) Mirian Yoko Mine, 252,25
7) Clarissa Kimi Mine, 201,25
8) Vanessa de Almeida, 181,75
9) Manoela Tessarin, 175,25
10) Carla Moreno, 152,25

Classificação do Troféu Brasil - profissional masculino:

1) Santiago Ascenço, 343,75 pontos
2) Marcus Ornellas, 320,25
3) Frederico Monteiro, 290,25
4) Oscar Galindez, 272,25
5) Thiago Machado, 263,75
6) Rafael Moreno, 257,25
7) Diogo Sclebin, 231,75
8) Ezequiel Morales, 222,75
9) Renato Dantas, 196,25
10) Bruno Khouri, 186

No final da temporada, todos os triatletas profissionais será obrigados a descartar o pior resultado. Assim, ficarão valendo os pontos de quatro das cinco etapas do Troféu Brasil de Triathlon 2003.


Galindez e Moreno disputarão Troféu Brasil de Triathlon

Triathlon · 12 set, 2003

O hexacampeão e a tetracampeã do Gatorade Triathlon Troféu Brasil, Oscar Galindez e Carla Moreno, confirmaram presença na terceira etapa do mais tradicional campeonato do País neste domingo, dia 14 de setembro, em Santos. As situações são distintas, o argentino radicado em Santos, Galindez, ocupa a quarta colocação na temporada e briga pelo título, enquanto Carla, décima colocada, vai apenas treinar para a Copa do Mundo de Triathlon. A largada para os atletas profissionais, que têm de cumprir as distâncias olímpicas de 1,5 quilômetro de natação, 40 mil metros de ciclismo e 10 km de corrida, será às 9h20, na Praia do Gonzaga, em Santos.

“Estou fora da briga pelo título porque não participei de duas etapas. Nem sempre posso vencer, mas espero fazer bom resultado neste domingo”, disse Carla Moreno, medalha prata em Winnipeg em 1999 e quarta colocada nos Jogos Pan-Americanas deste ano de Santo Domingo.

Carla começou a carreira no Triathlon Internacional de Santos em 1996. A triatleta 26 de anos tem carinho especial pela cidade do litoral paulista.

“Participo de quase todas as provas em Santos. Gosto muito da cidade e da competição. As regras são boas, pois não é permitido vácuo no ciclismo e o atleta bem preparado é privilegiado”, disse Carla (Pão de Açúcar Club).

Mesmo tendo vencido as duas primeiras etapas do Troféu Brasil, Galindez não se considera favorito para subir ao lugar mais alto do pódio neste domingo.

“Estou me recuperando de uma contusão no ombro direito e minha preparação ficou um pouco comprometida”, disse Galindez, que conquistou a medalha de bronze no Pan Americano de Santo Domingo.

Fora da briga pelo título, a tetracampeão Carla dá a receita para conquistar o Troféu Brasil.

“É preciso treinar muito e querer vencer. O triatlo é um esporte duro, que exige muito do atleta. A pessoa não pode desisitir nunca que uma hora ela chega lá”, finalizou Carla.

A largada dos triatletas amadores, que percorrerão distâncias menores do que os profissionais - 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida -, será às 8 horas.

Classificação do Troféu Brasil - profissional feminino:

1) Gisele Bertucci, 361,75 pontos
2) Rita Correia, 309,25
3) Taísa Gentina, 286,75
4) Fernanda Garcia, 269,25
5) Alessandra Silvestre, 265,75
6) Mirian Yoko Mine, 252,25
7) Clarissa Kimi Mine, 201,25
8) Vanessa de Almeida, 181,75
9) Manoela Tessarin, 175,25
10) Carla Moreno, 152,25

Classificação do Troféu Brasil - profissional masculino:

1) Santiago Ascenço, 343,75 pontos
2) Marcus Ornellas, 320,25
3) Frederico Monteiro, 290,25
4) Oscar Galindez, 272,25
5) Thiago Machado, 263,75
6) Rafael Moreno, 257,25
7) Diogo Sclebin, 231,75
8) Ezequiel Morales, 222,75
9) Renato Dantas, 196,25
10) Bruno Khouri, 186

No final da temporada, todos os triatletas profissionais será obrigados a descartar o pior resultado. Assim, ficarão valendo os pontos de quatro das cinco etapas do Troféu Brasil de Triathlon 2003.