Tiradentes

Confira fotos do Duathlon no XTerra Estrada Real

Corrida de Montanha · 27 out, 2011

Em 22 e 23 de outubro ocorreu o XTerra Estrada Real, em Tiradentes, Minas Gerais. A prova do Duathlon, no sábado de manhã, foi um dos destaques da programação na cidade histórica, com três quilômetros de corrida, 32 de mountain bike e mais nove de corrida.

Confira algumas fotos do Duathlon no XTerra Estrada Real:

Fotos: Paulo Gomes/ www.webrun.com.br


Largada do Duathlon foi às 9h
Largada do Duathlon foi às 9h
Prova foi disputada na cidade histórica de Tiradentes
Prova foi disputada na cidade histórica de Tiradentes
Ruas de Tiradentes preservam calçamento rústico da época da colonização
Ruas de Tiradentes preservam calçamento rústico da época da colonização
Trecho de bike proporcionou vistas privilegiadas
Trecho de bike proporcionou vistas privilegiadas
Atletas enfrentaram longos trechos de single track na bike
Atletas enfrentaram longos trechos de single track na bike
O Duatlhon teve 32 quilômetros de mountain bike
O Duatlhon teve 32 quilômetros de mountain bike
Serra de São José foi um dos trechos mais bonitos da prova
Serra de São José foi um dos trechos mais bonitos da prova
Atleta desce metros finais do percurso de bike
Atleta desce metros finais do percurso de bike
Competidor chega à transição final
Competidor chega à transição final
Adriano Sacchetto foi o vencedor entre os homens
Adriano Sacchetto foi o vencedor entre os homens
Luzia Bello ganhou a categoria feminina
Luzia Bello ganhou a categoria feminina


Confira fotos do Duathlon no XTerra Estrada Real

Corrida de Montanha · 27 out, 2011

Em 22 e 23 de outubro ocorreu o XTerra Estrada Real, em Tiradentes, Minas Gerais. A prova do Duathlon, no sábado de manhã, foi um dos destaques da programação na cidade histórica, com três quilômetros de corrida, 32 de mountain bike e mais nove de corrida.

Confira algumas fotos do Duathlon no XTerra Estrada Real:

Fotos: Paulo Gomes/ www.webrun.com.br


Largada do Duathlon foi às 9h
Largada do Duathlon foi às 9h
Prova foi disputada na cidade histórica de Tiradentes
Prova foi disputada na cidade histórica de Tiradentes
Ruas de Tiradentes preservam calçamento rústico da época da colonização
Ruas de Tiradentes preservam calçamento rústico da época da colonização
Trecho de bike proporcionou vistas privilegiadas
Trecho de bike proporcionou vistas privilegiadas
Atletas enfrentaram longos trechos de single track na bike
Atletas enfrentaram longos trechos de single track na bike
O Duatlhon teve 32 quilômetros de mountain bike
O Duatlhon teve 32 quilômetros de mountain bike
Serra de São José foi um dos trechos mais bonitos da prova
Serra de São José foi um dos trechos mais bonitos da prova
Atleta desce metros finais do percurso de bike
Atleta desce metros finais do percurso de bike
Competidor chega à transição final
Competidor chega à transição final
Adriano Sacchetto foi o vencedor entre os homens
Adriano Sacchetto foi o vencedor entre os homens
Luzia Bello ganhou a categoria feminina
Luzia Bello ganhou a categoria feminina

Adriano Sacchetto e Luzia Bello vencem Duathlon do XTerra Estrada Real

Corrida de Montanha · 22 out, 2011

Luzia Bello sagrou-se campeã antecipada de Triathlon/Duathlon do XTerra Brasil Tour 2011, ao vencer neste sábado (22/10) a nona etapa do circuito, disputada em Tiradentes e São João Del Rei, cidades históricas de Minas Gerais. Sob neblina e temperatura amena, a prova teve largada às 9h. Entre os homens, o ganhador foi o estreante em provas do XTerra Adriano Sacchetto, ao protagonizar uma ultrapassagem no quilômetro final.

Vencedora com o tempo de 3h14min38, Luzia dominou o percurso, liderando de ponta a ponta. “Eu consegui imprimir meu ritmo desde o começo da prova”, conta a triatleta. “Corri os três quilômetros iniciais não muito bem, mas consegui me distanciar um pouco da Isabella Ribeiro na mountain bike e mantive na corrida final”, explica Luzia, sobre o percurso de três quilômetros de corrida, 32 de mountain bike e mais nove de corrida.

A mineira Isabella Ribeiro foi a segunda colocada, com 3h32min30, e elogiou a prova. “Foi muito bacana. Sou supeita pra falar porque sou daqui, mas foi a cara de Minas!”, celebra Isabella, exaltando as subidas e descidas do percurso.

“Tem muito trecho técnico, eu adoro”, fala a atleta, antes de parabenizar Luzia Bello pelo triunfo. “Ela é muito dedicada, esse primeiro lugar foi merecido”, afirma a atleta.

Na categoria masculina, Adriano Sacchetto celebrou bastante sua vitória, em 2h31min31. Estreante em XTerras, o triatleta passou pela transição final em quinto lugar e só conseguiu a liderança no último quilômetro.

“Tentei correr com o Ernani de Souza, que era o único com quem eu já tinha competido. Cheguei junto com ele, mas no single track comecei a ficar para trás e uns quatro me passaram”, explica o vencedor. “Na parte da corrida eu sabia que tinha que dar meu máximo. Logo na subida já peguei dois atletas (Ernane e Gabriel Domeniconi), na descida embalei e passei mais um e só quando faltavam 800 metros é que passei o líder”, narra.

Perguntado sobre as dificuldades da prova, o exultante Adriano sorriu e apenas disse “foi boa demais”. O ganhador ainda prometeu treinar para participar do circuito em 2012.

O segundo colocado, Frederico Zacharias, lamentou a ultrapassagem sofrida nos momentos finais. “Estou com machucado na perna, faz um mês q não corro. Consegui fazer um ‘pedal bom’ e abri bastante. Fiz o q eu pude na corrida, mas não deu. Estava sem treino e no final ele me pegou, não tive como reagir”, diz Frederico, frustrado.

Apesar do revés, o competidor foi outro que elogiou o percurso. “É bem equilibrado. A bike é difícil, mas um difícil ‘bom’”, reconhece. Ernani de Souza, o terceiro colocado, também considerou duro o trecho de mountain bike. “Tive que fazer muita força, senti dor nas costas, um pouco de cãibra. Hoje a bike foi mais difícil”.

Vencedor em 2009 e 2010 da etapa da Estrada Real, Ernani justifica sua dificuldade por problemas com o equipamento. “Já vim apreensivo por conta do cansaço da temporada e porque competi com bike emprestada”, explica.

O atleta vendeu sua bike recentemente e ainda não conseguiu comprar uma nova. “Mas isso não justifica, sei que fiz o meu melhor. Parabéns para o Adriano e para o Frederico”, conclui.

Confira os vencedores do Duathlon do XTerra Estrada Real 2011:

Masculino
1º Adriano Sacchetto – 2h31min31
2º Frederico Zacharias – 2h32min49
3º Ernani de Souza – 2h33min10
4º Rodrigo Altafini - 2h35min15
5º Gabriel Domeniconi - 2h36min15

Feminino
1ª Luzia Bello – 3h14min38
2ª Isabella Ribeiro – 3h32min30
3ª Marta Pereira de Almeida – 3h46min08
4ª Fabiana Duarte e Silva - 3h57min21


Adriano Sacchetto e Luzia Bello vencem Duathlon do XTerra Estrada Real

Corrida de Montanha · 22 out, 2011

Luzia Bello sagrou-se campeã antecipada de Triathlon/Duathlon do XTerra Brasil Tour 2011, ao vencer neste sábado (22/10) a nona etapa do circuito, disputada em Tiradentes e São João Del Rei, cidades históricas de Minas Gerais. Sob neblina e temperatura amena, a prova teve largada às 9h. Entre os homens, o ganhador foi o estreante em provas do XTerra Adriano Sacchetto, ao protagonizar uma ultrapassagem no quilômetro final.

Vencedora com o tempo de 3h14min38, Luzia dominou o percurso, liderando de ponta a ponta. “Eu consegui imprimir meu ritmo desde o começo da prova”, conta a triatleta. “Corri os três quilômetros iniciais não muito bem, mas consegui me distanciar um pouco da Isabella Ribeiro na mountain bike e mantive na corrida final”, explica Luzia, sobre o percurso de três quilômetros de corrida, 32 de mountain bike e mais nove de corrida.

A mineira Isabella Ribeiro foi a segunda colocada, com 3h32min30, e elogiou a prova. “Foi muito bacana. Sou supeita pra falar porque sou daqui, mas foi a cara de Minas!”, celebra Isabella, exaltando as subidas e descidas do percurso.

“Tem muito trecho técnico, eu adoro”, fala a atleta, antes de parabenizar Luzia Bello pelo triunfo. “Ela é muito dedicada, esse primeiro lugar foi merecido”, afirma a atleta.

Na categoria masculina, Adriano Sacchetto celebrou bastante sua vitória, em 2h31min31. Estreante em XTerras, o triatleta passou pela transição final em quinto lugar e só conseguiu a liderança no último quilômetro.

“Tentei correr com o Ernani de Souza, que era o único com quem eu já tinha competido. Cheguei junto com ele, mas no single track comecei a ficar para trás e uns quatro me passaram”, explica o vencedor. “Na parte da corrida eu sabia que tinha que dar meu máximo. Logo na subida já peguei dois atletas (Ernane e Gabriel Domeniconi), na descida embalei e passei mais um e só quando faltavam 800 metros é que passei o líder”, narra.

Perguntado sobre as dificuldades da prova, o exultante Adriano sorriu e apenas disse “foi boa demais”. O ganhador ainda prometeu treinar para participar do circuito em 2012.

O segundo colocado, Frederico Zacharias, lamentou a ultrapassagem sofrida nos momentos finais. “Estou com machucado na perna, faz um mês q não corro. Consegui fazer um ‘pedal bom’ e abri bastante. Fiz o q eu pude na corrida, mas não deu. Estava sem treino e no final ele me pegou, não tive como reagir”, diz Frederico, frustrado.

Apesar do revés, o competidor foi outro que elogiou o percurso. “É bem equilibrado. A bike é difícil, mas um difícil ‘bom’”, reconhece. Ernani de Souza, o terceiro colocado, também considerou duro o trecho de mountain bike. “Tive que fazer muita força, senti dor nas costas, um pouco de cãibra. Hoje a bike foi mais difícil”.

Vencedor em 2009 e 2010 da etapa da Estrada Real, Ernani justifica sua dificuldade por problemas com o equipamento. “Já vim apreensivo por conta do cansaço da temporada e porque competi com bike emprestada”, explica.

O atleta vendeu sua bike recentemente e ainda não conseguiu comprar uma nova. “Mas isso não justifica, sei que fiz o meu melhor. Parabéns para o Adriano e para o Frederico”, conclui.

Confira os vencedores do Duathlon do XTerra Estrada Real 2011:

Masculino
1º Adriano Sacchetto – 2h31min31
2º Frederico Zacharias – 2h32min49
3º Ernani de Souza – 2h33min10
4º Rodrigo Altafini - 2h35min15
5º Gabriel Domeniconi - 2h36min15

Feminino
1ª Luzia Bello – 3h14min38
2ª Isabella Ribeiro – 3h32min30
3ª Marta Pereira de Almeida – 3h46min08
4ª Fabiana Duarte e Silva - 3h57min21

XTerra Estrada Real agita cidades históricas de Minas Gerais

Corrida de Montanha · 18 out, 2011

As vizinhas cidades históricas de Tiradentes e São João Del Rei recebem, nos dias 22 e 23 de outubro, a etapa Estrada Real do XTerra Brazil Tour, competição de esportes outdoor. Na etapa mineira, serão quatro provas diferentes: Duathlon, Night Run, Mountain Bike Cup e Kids Mini Corrida.

A expectativa para o evento, segundo o responsável pelo circuito XTerra no Brasil, Bernardo Fonseca, é grande. “É a maior possível. O número de inscritos é muito grande, os hotéis estão lotados”, comemora o organizador.

A prova da Mountain Bike Cup, além de ter 10 mil reais de premiação, conta pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo. “O percurso foi alterado e fizemos todos os ajustes necessários para atender às exigências da Confederação”, conta Bernardo, sobre os 40 quilômetros de pedalada.

Além da bike, a prova de duathlon também tem premiação de 10 mil reais e outros 25 mil em prêmios serão distribuídos em sorteios. No duathlon, a competição começa com três quilômetros de corrida pelo Centro Histórico de Tiradentes – com ruas de pedras rústicas – seguidos de 32 quilômetros de mountain bike em terreno íngreme e mais nove quilômetros de corrida por diferentes terrenos.

Na noite de sábado (22/10), 1.200 atletas equipados com lanternas participam da Night Run, com seis quilômetros de corrida em percurso composto por trechos urbanos e trilhas. Para encerrar o evento, no domingo (23/10) o Kids Mini Corrida oferece uma prova para crianças de 1 a 12 anos, com distância específica para cada faixa etária.

Confira o calendário do XTerra Estrada Real 2011:

Sexta-feira, 21 de outubro
16h00 - 22h00 Entrega de kits - todas as provas
19h00 - 20h00 Simpósio Técnico Duathlon e Mountain Bike - Centro Cultural Yves Alves
20h30 - 22h00 Jantar de Massas Duathlon e Mountain Bike - Restaurante Panela de Minas

Sábado, 22 de outubro
07h00 - 09h30 Área de transição aberta
08h00 - 09h30 Numeração dos atletas
09h00 - 19h00 Entrega de kits - todas as provas
10h00 - 21h00 XTerra Village aberto
09h00 - Largada do Duathlon
12h30 - Fechamento T2
14h00 - Encerramento do Duathlon
14h10 - Premiação Duathlon
19h30 - Largada XTerra Night Run
20h30 - Encerramento e Premiação Night Run

Domingo, 23 de outubro
08h30 - 15h30 XTerra Village aberto
08h30 – 09h30 Entrega de kits
09h00 - 09h40 Área de largada aberta
08h00 - 08h40 Numeração Mountain Bike Cup
09h00 - Largada XTerra Mountain Bike Cup
09h30 - Largada Kids Mini Corrida
11h30 - Encerramento Kids Mini Corrida
14h00 - Encerramento Mountain Bike Cup
14h10 - Premiação Mountain Bike Cup e Encerramento oficial


XTerra Estrada Real agita cidades históricas de Minas Gerais

Corrida de Montanha · 18 out, 2011

As vizinhas cidades históricas de Tiradentes e São João Del Rei recebem, nos dias 22 e 23 de outubro, a etapa Estrada Real do XTerra Brazil Tour, competição de esportes outdoor. Na etapa mineira, serão quatro provas diferentes: Duathlon, Night Run, Mountain Bike Cup e Kids Mini Corrida.

A expectativa para o evento, segundo o responsável pelo circuito XTerra no Brasil, Bernardo Fonseca, é grande. “É a maior possível. O número de inscritos é muito grande, os hotéis estão lotados”, comemora o organizador.

A prova da Mountain Bike Cup, além de ter 10 mil reais de premiação, conta pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo. “O percurso foi alterado e fizemos todos os ajustes necessários para atender às exigências da Confederação”, conta Bernardo, sobre os 40 quilômetros de pedalada.

Além da bike, a prova de duathlon também tem premiação de 10 mil reais e outros 25 mil em prêmios serão distribuídos em sorteios. No duathlon, a competição começa com três quilômetros de corrida pelo Centro Histórico de Tiradentes – com ruas de pedras rústicas – seguidos de 32 quilômetros de mountain bike em terreno íngreme e mais nove quilômetros de corrida por diferentes terrenos.

Na noite de sábado (22/10), 1.200 atletas equipados com lanternas participam da Night Run, com seis quilômetros de corrida em percurso composto por trechos urbanos e trilhas. Para encerrar o evento, no domingo (23/10) o Kids Mini Corrida oferece uma prova para crianças de 1 a 12 anos, com distância específica para cada faixa etária.

Confira o calendário do XTerra Estrada Real 2011:

Sexta-feira, 21 de outubro
16h00 - 22h00 Entrega de kits - todas as provas
19h00 - 20h00 Simpósio Técnico Duathlon e Mountain Bike - Centro Cultural Yves Alves
20h30 - 22h00 Jantar de Massas Duathlon e Mountain Bike - Restaurante Panela de Minas

Sábado, 22 de outubro
07h00 - 09h30 Área de transição aberta
08h00 - 09h30 Numeração dos atletas
09h00 - 19h00 Entrega de kits - todas as provas
10h00 - 21h00 XTerra Village aberto
09h00 - Largada do Duathlon
12h30 - Fechamento T2
14h00 - Encerramento do Duathlon
14h10 - Premiação Duathlon
19h30 - Largada XTerra Night Run
20h30 - Encerramento e Premiação Night Run

Domingo, 23 de outubro
08h30 - 15h30 XTerra Village aberto
08h30 – 09h30 Entrega de kits
09h00 - 09h40 Área de largada aberta
08h00 - 08h40 Numeração Mountain Bike Cup
09h00 - Largada XTerra Mountain Bike Cup
09h30 - Largada Kids Mini Corrida
11h30 - Encerramento Kids Mini Corrida
14h00 - Encerramento Mountain Bike Cup
14h10 - Premiação Mountain Bike Cup e Encerramento oficial

Xterra Night Trail Run reúne cerca de 700 corredores em Tiradentes

Corrida de Montanha · 19 out, 2010

Tiradentes - Foi na cidade mineira de Tiradentes que o Circuito Xterra promoveu no último sábado (16/10) a prova Night Trail Run. O evento reuniu cerca de 700 participantes para o trajeto de seis quilômetros e, assim como na disputa do ano passado, o tempo na região ficou chuvoso mais uma vez.

Os ganhadores da noite, na categoria masculina e feminina, foram Erika Vieira e Gleinison de Carvalho, com os tempos de 36min14 e 30min50, respectivamente. “Ano passado tinha mais lama e até fiquei atolada. Desta vez estava um pouco melhor, mas ainda assim o chão ficou escorregadio por causa da chuva”, afirma Erika, ganhadora nos dez quilômetros pelo segundo ano consecutivo.

De longe era possível observar centenas de participantes com lanterninhas na cabeça e a competição, realizada em clima de balada, se tornou um dos grandes atrativos do final de semana mineiro. Na arena, luzes de diferentes cores e muita música deixaram o cenário ainda mais animado.

Para Gleinison, que participou da prova pela primeira vez, a corrida noturna é pura diversão. “Embora corra sempre em asfalto gostei muito do percurso. Só que precisei segurar um pouco o ritmo na última descida, logo na chegada, porque se viesse no embalo acho que iria cair”, brinca o atleta de 24 anos, morador de São João Del Rei.

Os demais corredores que subiram ao pódio foram os vice-campeões Geisla Moraes (41min40) e João da Silva (30mi58), além dos terceiros colocados, Maria de Abreu (41min57) e Reinaldo da Silva (30min58). O tempo registrado pelos atletas João e Reinaldo foi o mesmo, mas segundo a organização, o segundo lugar é do corredor João da Silva.


Xterra Night Trail Run reúne cerca de 700 corredores em Tiradentes

Corrida de Montanha · 19 out, 2010

Tiradentes - Foi na cidade mineira de Tiradentes que o Circuito Xterra promoveu no último sábado (16/10) a prova Night Trail Run. O evento reuniu cerca de 700 participantes para o trajeto de seis quilômetros e, assim como na disputa do ano passado, o tempo na região ficou chuvoso mais uma vez.

Os ganhadores da noite, na categoria masculina e feminina, foram Erika Vieira e Gleinison de Carvalho, com os tempos de 36min14 e 30min50, respectivamente. “Ano passado tinha mais lama e até fiquei atolada. Desta vez estava um pouco melhor, mas ainda assim o chão ficou escorregadio por causa da chuva”, afirma Erika, ganhadora nos dez quilômetros pelo segundo ano consecutivo.

De longe era possível observar centenas de participantes com lanterninhas na cabeça e a competição, realizada em clima de balada, se tornou um dos grandes atrativos do final de semana mineiro. Na arena, luzes de diferentes cores e muita música deixaram o cenário ainda mais animado.

Para Gleinison, que participou da prova pela primeira vez, a corrida noturna é pura diversão. “Embora corra sempre em asfalto gostei muito do percurso. Só que precisei segurar um pouco o ritmo na última descida, logo na chegada, porque se viesse no embalo acho que iria cair”, brinca o atleta de 24 anos, morador de São João Del Rei.

Os demais corredores que subiram ao pódio foram os vice-campeões Geisla Moraes (41min40) e João da Silva (30mi58), além dos terceiros colocados, Maria de Abreu (41min57) e Reinaldo da Silva (30min58). O tempo registrado pelos atletas João e Reinaldo foi o mesmo, mas segundo a organização, o segundo lugar é do corredor João da Silva.

Ernani Souza e Cristina de Carvalho vencem o Xterra Tiradentes

Triathlon · 16 out, 2010

A histórica cidade mineira de Tiradentes recebeu no sábado (16/10) centenas de atletas para a penúltima etapa do Circuito Xterra Regional, que teve três quilômetros de corrida, 28 de bike e mais nove quilômetros de passadas. O local do evento, com ruas de pedra e trilhas de chão batido, desafiou todos os participantes do duatlon.

A altimetria do percurso, cheio de aclives, conciliado com o calor, tornou a disputa ainda mais difícil. Às 10h da manhã, horário da largada, os termômetros já marcavam 27°C e muitos não sabiam o que iriam encarar pela frente. “O sol estava forte demais e a etapa foi complicada porque a gente trabalhou a parte inferior do corpo o tempo todo, pois não teve natação”, conta Rodrigo Henri Altafani, terceiro colocado da prova com a marca de 2h44min45.

“Agora mereço uma semana de descanso”, brinca o paulistano. Já na opinião de Ernani de Souza, bicampeão em 2h34min28, o percurso foi justamente o desafio que ele queria. “Gosto de percurso com bastante subida em trilhas, então eu estava preparado para isso. Só comecei a sentir cansaço nos últimos três quilômetros”, explica o ganhador.

O mineiro também garante que a habilidade no pedal e a nova bike o ajudaram bastante na conquista desta segunda vitória. “Este a bicicleta com fibras de carbono e a minha tática de não olhar para trás quando estou em vantagem me ajudaram. Sempre penso na minha prova”, acrescenta Souza, que trabalha na área administrativa de uma empresa durante a semana.

Para o vice-campeão, Cristian da Cruz, que chegou em 2h44min17, a ausência do triatleta Alexandre Manzan facilitou a chegada dos primeiros colocados ao pódio. “Se o Manzan, líder do circuito estivesse aqui, provavelmente a disputa seria mais acirrada para o Ernani”, reflete Cristian. “Acho que eu também teria um resultado melhor se não tivesse me cansado ontem de noite, ao tentar conhecer o percurso”, acrescenta.

Na véspera da prova, o triatleta, sozinho, acabou se perdendo no meio da trilha e só encontrou o caminho de retorno com a ajuda da luz do celular. “Eu me fadiguei de bobeira, mas hoje consegui manter um ritmo legal até o quilômetro sete da prova. Daí em diante, quando estava mais próximo do Hernani, acelerei ao máximo, mas não alcancei”, completa.


A prova feminina não poderia ser diferente no quesito desafio e as primeiras colocadas, Cristina Carvalho(3h30min32), Luiza Bello (3h35min01) e Isabella Ribeiro (3h49min21), reconheceram que as subidas exigiram muita resistência e dedicação.

“Eu peguei uma virose esses dias e se soubesse que o trajeto seria tão difícil acho que não viria. A Estrada Real foi bem pesada e me pegou de calça curta. Na metade da prova eu já não era mais ninguém”, afirma Cristina, que chegou à frente da atual líder do circuito, Luzia Bello, e aumentou as expectativas sobre quem será a ganhadora da temporada 2010.

A número um do ranking, no entanto, explica que teve muita cautela na prova de bike, já que está se recuperando de uma fratura na costela. “Cai da bike dias atrás, então segurei a velocidade, fiquei com o freio a maior parte do tempo, para evitar lesionar o mesmo local”, garante a santista. “A prova sem dúvida nenhuma é uma das mais difíceis do circuito, mas quem vive de Xterra sempre encontra adrenalina e necessita de cabeça no lugar, muita força, pois cada prova é diferente da outra”, analisa a triatleta.

Já a atleta mineira Isabela Ribeiro afirma não ter alcançado o desempenho que queria. “Por conta do feriado do dia 12 de outubro acabei perdendo um pouco o ritmo de treino e o trajeto foi mais puxado do que eu imaginava, foi na raça mesmo”, comenta a terceira colocada, que abriu a prova na frente, mas foi ultrapassada na bike. “Valeu por estar aqui prestigiando a bela cidade de Tiradentes”, acrescenta a mineira.

Estrada Real - O ponto turístico da região onde aconteceu a disputa, chamado de Estrada Real, foi criado pela Coroa portuguesa no século XVII para fiscalizar a circulação das riquezas e mercadorias que transitavam entre Minas Gerais e Rio de Janeiro. A região de Tiradentes, também conhecida antigamente como vila de São José, foi fundada em 1702 e viveu da exploração de ouro durante todo o século XIIX.

Os participantes do Circuito puderam voltar ao passado enquanto percorriam as antigas ruas de pedra e se deslumbrarem com o cenário das trilhas, rodeado por verde. A próxima etapa do Circuito Xterra Regional está marcada para os dias 27 e 28 de novembro, em Fortaleza, no Ceará.


Ernani Souza e Cristina de Carvalho vencem o Xterra Tiradentes

Triathlon · 16 out, 2010

A histórica cidade mineira de Tiradentes recebeu no sábado (16/10) centenas de atletas para a penúltima etapa do Circuito Xterra Regional, que teve três quilômetros de corrida, 28 de bike e mais nove quilômetros de passadas. O local do evento, com ruas de pedra e trilhas de chão batido, desafiou todos os participantes do duatlon.

A altimetria do percurso, cheio de aclives, conciliado com o calor, tornou a disputa ainda mais difícil. Às 10h da manhã, horário da largada, os termômetros já marcavam 27°C e muitos não sabiam o que iriam encarar pela frente. “O sol estava forte demais e a etapa foi complicada porque a gente trabalhou a parte inferior do corpo o tempo todo, pois não teve natação”, conta Rodrigo Henri Altafani, terceiro colocado da prova com a marca de 2h44min45.

“Agora mereço uma semana de descanso”, brinca o paulistano. Já na opinião de Ernani de Souza, bicampeão em 2h34min28, o percurso foi justamente o desafio que ele queria. “Gosto de percurso com bastante subida em trilhas, então eu estava preparado para isso. Só comecei a sentir cansaço nos últimos três quilômetros”, explica o ganhador.

O mineiro também garante que a habilidade no pedal e a nova bike o ajudaram bastante na conquista desta segunda vitória. “Este a bicicleta com fibras de carbono e a minha tática de não olhar para trás quando estou em vantagem me ajudaram. Sempre penso na minha prova”, acrescenta Souza, que trabalha na área administrativa de uma empresa durante a semana.

Para o vice-campeão, Cristian da Cruz, que chegou em 2h44min17, a ausência do triatleta Alexandre Manzan facilitou a chegada dos primeiros colocados ao pódio. “Se o Manzan, líder do circuito estivesse aqui, provavelmente a disputa seria mais acirrada para o Ernani”, reflete Cristian. “Acho que eu também teria um resultado melhor se não tivesse me cansado ontem de noite, ao tentar conhecer o percurso”, acrescenta.

Na véspera da prova, o triatleta, sozinho, acabou se perdendo no meio da trilha e só encontrou o caminho de retorno com a ajuda da luz do celular. “Eu me fadiguei de bobeira, mas hoje consegui manter um ritmo legal até o quilômetro sete da prova. Daí em diante, quando estava mais próximo do Hernani, acelerei ao máximo, mas não alcancei”, completa.


A prova feminina não poderia ser diferente no quesito desafio e as primeiras colocadas, Cristina Carvalho(3h30min32), Luiza Bello (3h35min01) e Isabella Ribeiro (3h49min21), reconheceram que as subidas exigiram muita resistência e dedicação.

“Eu peguei uma virose esses dias e se soubesse que o trajeto seria tão difícil acho que não viria. A Estrada Real foi bem pesada e me pegou de calça curta. Na metade da prova eu já não era mais ninguém”, afirma Cristina, que chegou à frente da atual líder do circuito, Luzia Bello, e aumentou as expectativas sobre quem será a ganhadora da temporada 2010.

A número um do ranking, no entanto, explica que teve muita cautela na prova de bike, já que está se recuperando de uma fratura na costela. “Cai da bike dias atrás, então segurei a velocidade, fiquei com o freio a maior parte do tempo, para evitar lesionar o mesmo local”, garante a santista. “A prova sem dúvida nenhuma é uma das mais difíceis do circuito, mas quem vive de Xterra sempre encontra adrenalina e necessita de cabeça no lugar, muita força, pois cada prova é diferente da outra”, analisa a triatleta.

Já a atleta mineira Isabela Ribeiro afirma não ter alcançado o desempenho que queria. “Por conta do feriado do dia 12 de outubro acabei perdendo um pouco o ritmo de treino e o trajeto foi mais puxado do que eu imaginava, foi na raça mesmo”, comenta a terceira colocada, que abriu a prova na frente, mas foi ultrapassada na bike. “Valeu por estar aqui prestigiando a bela cidade de Tiradentes”, acrescenta a mineira.

Estrada Real - O ponto turístico da região onde aconteceu a disputa, chamado de Estrada Real, foi criado pela Coroa portuguesa no século XVII para fiscalizar a circulação das riquezas e mercadorias que transitavam entre Minas Gerais e Rio de Janeiro. A região de Tiradentes, também conhecida antigamente como vila de São José, foi fundada em 1702 e viveu da exploração de ouro durante todo o século XIIX.

Os participantes do Circuito puderam voltar ao passado enquanto percorriam as antigas ruas de pedra e se deslumbrarem com o cenário das trilhas, rodeado por verde. A próxima etapa do Circuito Xterra Regional está marcada para os dias 27 e 28 de novembro, em Fortaleza, no Ceará.

XTerra Regional Tiradentes dará R$ 45 mil em prêmios

Triathlon · 01 out, 2010

Depois de uma prova de sucesso na cidade litorânea de Ilhabela (SP), o XTerra Regional viaja mais de 550 quilômetros até a montanhosa Tiradentes, localizada em Minas Gerais. Na tentativa de atrair ainda mais atletas para a penúltima etapa regional do ano, que acontece nos dias 16 e 17 de outubro, a organização distribuirá R$ 45 mil em prêmios aos competidores.

Ao todo, serão R$ 20 mil entre os vencedores do mountain bike e do duathlon, além de R$ 25 mil em prêmios sorteados entre todos os participantes. “Oferecer a melhor premiação do Brasil é uma forma de reconhecer e incentivar o esforço dos atletas”, explica Bernardo Fonseca, organizador do evento.

Quinto XTerra Regional do ano, a etapa da Estrada Real terá grande importância na briga pelo título geral da competição, principalmente no duathlon. Os principais atletas do país estarão em busca de pontos para o ranking nacional, que dará, na etapa de Fortaleza, R$ 16 mil aos cinco primeiros homens e cinco primeiras mulheres da categoria elite.

“É o segundo ano do ranking brasileiro do XTERRA e, em 2010, vimos um nível alto de disputa. Serão 12 etapas no total e já temos novos talentos despontando na modalidade, além de um aumento de participantes mulheres”, diz Bernardo, que lembra também das disputas de Corrida em Trilha (Night Trail Run) e Corrida para Crianças (Kids Run) em Tiradentes.


XTerra Regional Tiradentes dará R$ 45 mil em prêmios

Triathlon · 01 out, 2010

Depois de uma prova de sucesso na cidade litorânea de Ilhabela (SP), o XTerra Regional viaja mais de 550 quilômetros até a montanhosa Tiradentes, localizada em Minas Gerais. Na tentativa de atrair ainda mais atletas para a penúltima etapa regional do ano, que acontece nos dias 16 e 17 de outubro, a organização distribuirá R$ 45 mil em prêmios aos competidores.

Ao todo, serão R$ 20 mil entre os vencedores do mountain bike e do duathlon, além de R$ 25 mil em prêmios sorteados entre todos os participantes. “Oferecer a melhor premiação do Brasil é uma forma de reconhecer e incentivar o esforço dos atletas”, explica Bernardo Fonseca, organizador do evento.

Quinto XTerra Regional do ano, a etapa da Estrada Real terá grande importância na briga pelo título geral da competição, principalmente no duathlon. Os principais atletas do país estarão em busca de pontos para o ranking nacional, que dará, na etapa de Fortaleza, R$ 16 mil aos cinco primeiros homens e cinco primeiras mulheres da categoria elite.

“É o segundo ano do ranking brasileiro do XTERRA e, em 2010, vimos um nível alto de disputa. Serão 12 etapas no total e já temos novos talentos despontando na modalidade, além de um aumento de participantes mulheres”, diz Bernardo, que lembra também das disputas de Corrida em Trilha (Night Trail Run) e Corrida para Crianças (Kids Run) em Tiradentes.

Atletas locais treinam para a Meia de Tiradentes

Meia Maratona · 26 abr, 2007

Nesse sábado (28) a cidade de Juazeiro (BA) recebe a 22ª edição da Meia Maratona Tiradentes, uma das provas mais aguardadas pelos atletas da região. Dessa forma, para fazer bonito, os corredores vêm treinando há bastante tempo nos espaços de lazer que a cidade oferece.

A Orla do Rio São Francisco e a Lagoa de Calu são alguns dos locais utilizados pelos moradores, como é o caso de Marcelo Tramontim. Estreante na competição, ele declarou à imprensa local que aproveita as boas condições das pistas de treino para estar bem preparado para enfrentar o alto nível técnico que encontrará pela frente no sábado.

O evento faz parte do calendário oficial da Federação Baiana de Atletismo e tem como objetivo incentivar atletas da região do vale do São Francisco a praticar esporte e ter uma melhor qualidade de vida. Os organizadores esperam a presença de aproximadamente 300 pessoas, do Brasil e de outros países.

A largada acontecerá às 16h no Distrito de Carnaíba do Sertão e o percurso seguirá até a Orla Fluvial de Juazeiro. Quem se interessar em participar, ainda pode efetuar a inscrição até essa sexta-feira (27) no Ginásio de Esportes Aluísio Viana ou no Estádio Adauto Moraes sob o valor de R$ 10.


Atletas locais treinam para a Meia de Tiradentes

Meia Maratona · 26 abr, 2007

Nesse sábado (28) a cidade de Juazeiro (BA) recebe a 22ª edição da Meia Maratona Tiradentes, uma das provas mais aguardadas pelos atletas da região. Dessa forma, para fazer bonito, os corredores vêm treinando há bastante tempo nos espaços de lazer que a cidade oferece.

A Orla do Rio São Francisco e a Lagoa de Calu são alguns dos locais utilizados pelos moradores, como é o caso de Marcelo Tramontim. Estreante na competição, ele declarou à imprensa local que aproveita as boas condições das pistas de treino para estar bem preparado para enfrentar o alto nível técnico que encontrará pela frente no sábado.

O evento faz parte do calendário oficial da Federação Baiana de Atletismo e tem como objetivo incentivar atletas da região do vale do São Francisco a praticar esporte e ter uma melhor qualidade de vida. Os organizadores esperam a presença de aproximadamente 300 pessoas, do Brasil e de outros países.

A largada acontecerá às 16h no Distrito de Carnaíba do Sertão e o percurso seguirá até a Orla Fluvial de Juazeiro. Quem se interessar em participar, ainda pode efetuar a inscrição até essa sexta-feira (27) no Ginásio de Esportes Aluísio Viana ou no Estádio Adauto Moraes sob o valor de R$ 10.