Maurílio

Cada prova tem uma realidade diferente

Triathlon · 02 fev, 2006

Você já definiu o calendário das provas que você pretende participar nesse ano? Muitos atletas deixam para última hora essa tarefa. Isso pode gerar frustrações, porque todo treinamento físico é elaborado de acordo com o calendário de provas e o objetivo do atleta, tentando melhorar sua falhas e potencializando seus pontos fortes, para que no dia da prova possa ser testada a sua performance.

Definidas quais provas durante o ano o atleta quer participar, é preciso ter a consciência de que nem todas elas, o objetivo é baixar tempo, ou até mesmo conseguir o primeiro lugar no podium. Baseado no planejamento dos treinamentos haverá provas em que o atleta será um simples participante, sem o objetivo de performance, sua tarefa será apenas concluir a prova. Já outras, o objetivo é estratégico, muitas vezes para ajudar um companheiro de equipe, ditar o ritmo da prova por certo tempo, ou até mesmo conseguir um lugar no podium.

O objetivo de cada prova vai depender do período de treinamento em que o atleta se encontra. Podemos dividir o ano ou temporada, chamado de macrociclo em dois, três, até mesmo quatro mesociclos, que por sua vez é subdividido em quatro períodos – período de base – período específico – período competitivo – período de transição.

Para cada período de treinamento são trabalhados fundamentos físicos diferentes, como: resistência, força, velocidade e potência. Caso o atleta se encontre no período de base, por exemplo, a probabilidade de melhorar seu tempo será muito difícil, pois o objetivo desse período de base não é ganhar velocidade, mas sim resistência física para melhorar a capacidade cardiorrespiratória, trabalhar a parte psicológica do atleta, entre outros. Nesse período o atleta não tem subsídios suficientes para diminuir seu tempo. As provas disputadas nesse período, muitas vezes são apenas para treino e participação, ganhando experiência e uma oportunidade de conhecer e analisar seus adversários e seu condicionamento físico.

O período em que o atleta terá grandes chances de superar-se e colher os frutos do treinamento é o período competitivo. Nesse período o atleta encontra-se na sua melhor forma física, pois já foram trabalhados os fundamentos físicos necessários para melhorar sua performance competitiva.

Para vocês entenderem melhor tudo isso, veja o gráfico a cima com cada período de treinamento e a evolução da sua performance. Bem pessoal por hoje é só, bons treinos e até a próxima!


Cada prova tem uma realidade diferente

Triathlon · 02 fev, 2006

Você já definiu o calendário das provas que você pretende participar nesse ano? Muitos atletas deixam para última hora essa tarefa. Isso pode gerar frustrações, porque todo treinamento físico é elaborado de acordo com o calendário de provas e o objetivo do atleta, tentando melhorar sua falhas e potencializando seus pontos fortes, para que no dia da prova possa ser testada a sua performance.

Definidas quais provas durante o ano o atleta quer participar, é preciso ter a consciência de que nem todas elas, o objetivo é baixar tempo, ou até mesmo conseguir o primeiro lugar no podium. Baseado no planejamento dos treinamentos haverá provas em que o atleta será um simples participante, sem o objetivo de performance, sua tarefa será apenas concluir a prova. Já outras, o objetivo é estratégico, muitas vezes para ajudar um companheiro de equipe, ditar o ritmo da prova por certo tempo, ou até mesmo conseguir um lugar no podium.

O objetivo de cada prova vai depender do período de treinamento em que o atleta se encontra. Podemos dividir o ano ou temporada, chamado de macrociclo em dois, três, até mesmo quatro mesociclos, que por sua vez é subdividido em quatro períodos – período de base – período específico – período competitivo – período de transição.

Para cada período de treinamento são trabalhados fundamentos físicos diferentes, como: resistência, força, velocidade e potência. Caso o atleta se encontre no período de base, por exemplo, a probabilidade de melhorar seu tempo será muito difícil, pois o objetivo desse período de base não é ganhar velocidade, mas sim resistência física para melhorar a capacidade cardiorrespiratória, trabalhar a parte psicológica do atleta, entre outros. Nesse período o atleta não tem subsídios suficientes para diminuir seu tempo. As provas disputadas nesse período, muitas vezes são apenas para treino e participação, ganhando experiência e uma oportunidade de conhecer e analisar seus adversários e seu condicionamento físico.

O período em que o atleta terá grandes chances de superar-se e colher os frutos do treinamento é o período competitivo. Nesse período o atleta encontra-se na sua melhor forma física, pois já foram trabalhados os fundamentos físicos necessários para melhorar sua performance competitiva.

Para vocês entenderem melhor tudo isso, veja o gráfico a cima com cada período de treinamento e a evolução da sua performance. Bem pessoal por hoje é só, bons treinos e até a próxima!

Organize sua temporada

Atletismo · 04 jan, 2006

Inicio do ano é época de festas, descanso dos treinos, reuniões em família, viagens, fugir da dieta, recuperação de lesões.

Diminuir o volume e intensidade dos treinamentos nessa época e importantíssimo e merecido, afinal de contas o ano que passou foi duro e o descanso é fundamental.

Também pudera, durante todo o ano o planejamento foi seguido à risca e a alimentação foi equilibrada, fatores que renderam frutos no seu condicionamento físico.

Agora chegou a hora de planejar e organizar os treinamentos para o novo ano.

Confira a seguir alguns procedimentos para iniciar bem o início de temporada.

1.Exames médicos: Aproveite o inicio do ano para fazer um check-up completo.

2.Avaliações e reavaliações físicas: Após os exames médicos é hora de avaliar seu condicionamento físico, para então poder planejar e organizar os treinamentos.

3.Reeducação alimentar: Procure manter uma alimentação equilibrada e saudável e faça uma avaliação nutricional para saber se há desequilíbrios na sua dieta.

4.Calendário: Escolha as provas e competições que deseja participar ao longo ano. Lembrem-se, algumas provas são meramente para participação, para treinamento, já outras, para brigar pelo local mais alto do podium.

5.Defina suas metas: Divida o ano em períodos, definindo metas realistas para cada um deles, seja perder peso, começar a freqüentar aquela academia, correr uma determinada prova, etc.

6.Elaboração do treinamento: Procure um profissional de educação física para ajudá-lo com os treinamentos. Somente esse profissional é gabaritado para orientar da melhor maneira possível sobre o melhor treinamento físico para você.

7.Vestimenta: Dê atenção às roupas que você utilizará nos treinamentos, prefira roupas claras, leves, e confortáveis e que tenham excelente ventilação ajudando na transpiração.

8.Escolha do tênis: Existem várias marcas e modelos de tênis, um para cada modalidade esportiva e para cada tipo de pisada. São três os tipos de pisada: pisada neutra (normal), pisada pronada (para dentro) e pisada supinada (para fora). Descubra qual seu tipo e compre um tênis de acordo com a sua característica.

Bons treinos e aproveitem bem esse novo ano! Sabedoria, confiança, alegria e disciplina nos treinamentos físicos.


Organize sua temporada

Atletismo · 04 jan, 2006

Inicio do ano é época de festas, descanso dos treinos, reuniões em família, viagens, fugir da dieta, recuperação de lesões.

Diminuir o volume e intensidade dos treinamentos nessa época e importantíssimo e merecido, afinal de contas o ano que passou foi duro e o descanso é fundamental.

Também pudera, durante todo o ano o planejamento foi seguido à risca e a alimentação foi equilibrada, fatores que renderam frutos no seu condicionamento físico.

Agora chegou a hora de planejar e organizar os treinamentos para o novo ano.

Confira a seguir alguns procedimentos para iniciar bem o início de temporada.

1.Exames médicos: Aproveite o inicio do ano para fazer um check-up completo.

2.Avaliações e reavaliações físicas: Após os exames médicos é hora de avaliar seu condicionamento físico, para então poder planejar e organizar os treinamentos.

3.Reeducação alimentar: Procure manter uma alimentação equilibrada e saudável e faça uma avaliação nutricional para saber se há desequilíbrios na sua dieta.

4.Calendário: Escolha as provas e competições que deseja participar ao longo ano. Lembrem-se, algumas provas são meramente para participação, para treinamento, já outras, para brigar pelo local mais alto do podium.

5.Defina suas metas: Divida o ano em períodos, definindo metas realistas para cada um deles, seja perder peso, começar a freqüentar aquela academia, correr uma determinada prova, etc.

6.Elaboração do treinamento: Procure um profissional de educação física para ajudá-lo com os treinamentos. Somente esse profissional é gabaritado para orientar da melhor maneira possível sobre o melhor treinamento físico para você.

7.Vestimenta: Dê atenção às roupas que você utilizará nos treinamentos, prefira roupas claras, leves, e confortáveis e que tenham excelente ventilação ajudando na transpiração.

8.Escolha do tênis: Existem várias marcas e modelos de tênis, um para cada modalidade esportiva e para cada tipo de pisada. São três os tipos de pisada: pisada neutra (normal), pisada pronada (para dentro) e pisada supinada (para fora). Descubra qual seu tipo e compre um tênis de acordo com a sua característica.

Bons treinos e aproveitem bem esse novo ano! Sabedoria, confiança, alegria e disciplina nos treinamentos físicos.