Duque de Caxias

Estão abertas as inscrições para a Corrida do Projeto De Braços Abertos em Duque de Caxias

Corrida · 05 out, 2023

Não tem preço passar um fim de semana na companhia de familiares e amigos, praticando esporte e cuidando da saúde. Imagine três. Este ano o Projeto De Braços Abertos ampliou as atividades para três fins de semanas. E, depois do […]


Estão abertas as inscrições para a Corrida do Projeto De Braços Abertos em Duque de Caxias

Corrida · 05 out, 2023

Não tem preço passar um fim de semana na companhia de familiares e amigos, praticando esporte e cuidando da saúde. Imagine três. Este ano o Projeto De Braços Abertos ampliou as atividades para três fins de semanas. E, depois do […]

Retirada de kits para a Corpore Duque de Caxias começa na sexta-feira

Corridas de Rua · 18 ago, 2011

A retirada de kits para a nona edição da Corrida Troféu Duque de Caxias, em São Paulo, começa a partir do meio dia desta sexta-feira (19/08) no Comando Militar do Sudeste e seguem até as 07h30 de domingo, antes da largada da prova. O material será composto por número de peito, chip de cronometragem e camiseta do evento.

No ato da retirada o corredor deve apresentar documento de identidade com foto e comprovante de inscrição impresso. O acesso ao local será pela Rua Manoel da Nóbrega (entre a av. Sargento Mario Kozel Filho e av. Mal. Estênio Albuquerque Lima), próximo ao Ginásio do Ibirapuera, atrás da Assembléia Legislativa.

A competição terá percursos de dez e 3,1 quilômetros, ambos válidas para o programa Corri Todas da Corpore, mas apenas a distância maior valerá para o Ranking da entidade. A largada está programada para as 8h na av. Pedro Álvares Cabral.


Retirada de kits para a Corpore Duque de Caxias começa na sexta-feira

Corridas de Rua · 18 ago, 2011

A retirada de kits para a nona edição da Corrida Troféu Duque de Caxias, em São Paulo, começa a partir do meio dia desta sexta-feira (19/08) no Comando Militar do Sudeste e seguem até as 07h30 de domingo, antes da largada da prova. O material será composto por número de peito, chip de cronometragem e camiseta do evento.

No ato da retirada o corredor deve apresentar documento de identidade com foto e comprovante de inscrição impresso. O acesso ao local será pela Rua Manoel da Nóbrega (entre a av. Sargento Mario Kozel Filho e av. Mal. Estênio Albuquerque Lima), próximo ao Ginásio do Ibirapuera, atrás da Assembléia Legislativa.

A competição terá percursos de dez e 3,1 quilômetros, ambos válidas para o programa Corri Todas da Corpore, mas apenas a distância maior valerá para o Ranking da entidade. A largada está programada para as 8h na av. Pedro Álvares Cabral.

Disputa acirrada marca Corrida Duque de Caxias da Corpore, em São Paulo

Corridas de Rua · 22 ago, 2010

Os corredores da corrida Duque de Caxias Corpore, realizada neste domingo (22/08), foram privilegiados com uma temperatura agradável e pela manhã de sol no Parque do Ibirapuera. A largada foi pontual, às 7h15, quando os termômetros marcavam 14ºC.

São Paulo - O clima favorável e o percurso deixaram a prova ainda mais acirrada, principalmente entre os dois primeiros colocados da categoria masculina. A diferença entre eles foi de apenas dois centésimos de segundos.

O vencedor, Adriano Da Silva Soares finalizou os dez quilômetros em 31min20seg90, enquanto Fábio do Nascimento, segundo colocado, fechou com o tempo de 31min22seg03. O terceiro lugar ficou com Domingos Jesus Freitas, que terminou a competição com 31min32seg35.

Apesar da vitória, Adriano da Silva confessa ter sentido cansaço durante a prova por conta do treinamento pesado feito para outras competições. “Só vim mesmo para fazer uma ‘rodagem’ e consegui liderar alguns trechos durante a prova. Depois o Fábio manteve um bom ritmo no final, mas eu encostei para vencer”, diz o atleta, que também é competidor de 1.500 metros.

Em contrapartida, o segundo colocado, Fábio Nascimento, diz ter completado a prova com muita tranquilidade, mas que mesmo assim não deixou de usar todas as estratégias que tinha. “Corri desde o começo da prova na frente, fiz um bom trabalho então estou com a consciência tranquila. Fiquei em segundo somente por duas passadas”, ressalta.

Feminino - O bom resultado do corredor foi comemorado com a esposa, Beatriz Nascimento, que também é corredora e venceu a competição na categoria feminina com o tempo de 37min23. “Uma realização muito grande chegar mais uma vez na frente, além disso, treinar com o Fábio e participar de uma mesma prova com ele é uma motivação a mais”. A corredora também chegou na frente no ano passado.

Se para Beatriz Nascimento a prova Duque de Caxias já não é mais novidade, para a segunda colocada deste ano, Maria Bernadete, foi tudo uma surpresa. “Eu saí de Recife e estou há seis meses em São Paulo. Adorei a prova e estou achando a cidade maravilhosa, bom para morar, para viver e agora estou me preparando para a Maratona de Foz de Iguaçu”. Ela completou o percurso em 38min18.

Já a meta da terceira colocada, Rosângela Figueredo Silva, é continuar melhorando o ritmo após a lesão que sofreu. “Também preciso perder quatro quilos, pois estão me prejudicando um pouco”, completa a atleta, que finalizou com o tempo de 39min12.

Além dos destaques da disputa geral feminina e masculina, a corrida Duque de Caxias contou com a categoria Militar, que teve como vitoriosos a corredora Mônica Caetano Cruz, com 44min11, no feminino, e Wilson João de Souza. Ele venceu pela oitava vez a prova, este ano em 15min18.

Souza participa da competição desde os 23 anos e hoje teve uma dupla festa no pódio. A vitória na prova, comemorada com a filha, e os 31 anos, celebrados neste domingo. Aliás, festa tripla. Coincidentemente, o corredor faz aniversário no mesmo dia do Parque do Ibirapuera, que completa 56 anos. Festa de sobra.


Disputa acirrada marca Corrida Duque de Caxias da Corpore, em São Paulo

Corridas de Rua · 22 ago, 2010

Os corredores da corrida Duque de Caxias Corpore, realizada neste domingo (22/08), foram privilegiados com uma temperatura agradável e pela manhã de sol no Parque do Ibirapuera. A largada foi pontual, às 7h15, quando os termômetros marcavam 14ºC.

São Paulo - O clima favorável e o percurso deixaram a prova ainda mais acirrada, principalmente entre os dois primeiros colocados da categoria masculina. A diferença entre eles foi de apenas dois centésimos de segundos.

O vencedor, Adriano Da Silva Soares finalizou os dez quilômetros em 31min20seg90, enquanto Fábio do Nascimento, segundo colocado, fechou com o tempo de 31min22seg03. O terceiro lugar ficou com Domingos Jesus Freitas, que terminou a competição com 31min32seg35.

Apesar da vitória, Adriano da Silva confessa ter sentido cansaço durante a prova por conta do treinamento pesado feito para outras competições. “Só vim mesmo para fazer uma ‘rodagem’ e consegui liderar alguns trechos durante a prova. Depois o Fábio manteve um bom ritmo no final, mas eu encostei para vencer”, diz o atleta, que também é competidor de 1.500 metros.

Em contrapartida, o segundo colocado, Fábio Nascimento, diz ter completado a prova com muita tranquilidade, mas que mesmo assim não deixou de usar todas as estratégias que tinha. “Corri desde o começo da prova na frente, fiz um bom trabalho então estou com a consciência tranquila. Fiquei em segundo somente por duas passadas”, ressalta.

Feminino - O bom resultado do corredor foi comemorado com a esposa, Beatriz Nascimento, que também é corredora e venceu a competição na categoria feminina com o tempo de 37min23. “Uma realização muito grande chegar mais uma vez na frente, além disso, treinar com o Fábio e participar de uma mesma prova com ele é uma motivação a mais”. A corredora também chegou na frente no ano passado.

Se para Beatriz Nascimento a prova Duque de Caxias já não é mais novidade, para a segunda colocada deste ano, Maria Bernadete, foi tudo uma surpresa. “Eu saí de Recife e estou há seis meses em São Paulo. Adorei a prova e estou achando a cidade maravilhosa, bom para morar, para viver e agora estou me preparando para a Maratona de Foz de Iguaçu”. Ela completou o percurso em 38min18.

Já a meta da terceira colocada, Rosângela Figueredo Silva, é continuar melhorando o ritmo após a lesão que sofreu. “Também preciso perder quatro quilos, pois estão me prejudicando um pouco”, completa a atleta, que finalizou com o tempo de 39min12.

Além dos destaques da disputa geral feminina e masculina, a corrida Duque de Caxias contou com a categoria Militar, que teve como vitoriosos a corredora Mônica Caetano Cruz, com 44min11, no feminino, e Wilson João de Souza. Ele venceu pela oitava vez a prova, este ano em 15min18.

Souza participa da competição desde os 23 anos e hoje teve uma dupla festa no pódio. A vitória na prova, comemorada com a filha, e os 31 anos, celebrados neste domingo. Aliás, festa tripla. Coincidentemente, o corredor faz aniversário no mesmo dia do Parque do Ibirapuera, que completa 56 anos. Festa de sobra.

Corrida Duque de Caxias reúne oito mil pessoas em São Paulo

Corridas de Rua · 24 ago, 2009

Mais de oito mil pessoas estiveram presentes na região do Ibirapuera no último domingo (23) em São Paulo, para a disputa da edição 2009 da Corrida Duque de Caxias, competição que teve distâncias de 10 e 4,3 quilômetros. A vitória na disputa principal ficou com Sivaldo Viana, enquanto entre as mulheres Beatriz Nascimento foi a melhor.

Às 6h os inscritos já se reuniam na arena da prova para retirar os kits contendo número de peito, chip de cronometragem e pulseira de posicionamento na largada. Logo em seguida todos se prepararam para o alongamento e aquecimento comandado por professores de educação física de cima do trio elétrico.

A largada aconteceu às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral após um tiro de canhão, momento em que o tempo estava encoberto e chuva ameaçava cair. Sivaldo Viana precisou de 30min54 para chegar na primeira colocação e foi seguido por Rafael dos Santos com 31min03 e Fábio Luiz Santos com 31min11. “Estou no caminho certo disputando uma prova tradicional como essa. Eu já conheço esse percurso, então pra mim foi mais fácil correr”, relata o campeão que começou a prova atrás dos adversários e acelerou no final.

Entre as mulheres, Beatriz Nascimento completou com 37min e deu um baile das adversárias Elizabeth Esteves (37min18) e Angelina Rafael (37min31). “Pra mim é tudo de bom participar dessa prova de tanta visibilidade aqui em São Paulo. Já estava treinando para ela e meu objetivo era ficar entre as cinco primeiras, mas graças aos meus treinos consegui vencer”, enfatiza Bia.

A competição fez parte das comemorações do aniversário do patrono do Exército Brasileiro, Duque de Caxias. “O evento é uma prova de esportividade e congraçamento entre o Exército e a nossa antiga parceira Corpore”, comenta o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Antônio Gabriel Esper.

Todos os que concluíram a prova receberam medalha de participação e uma camiseta de manga longa que homenageou o Monumento às Bandeiras. Além dos primeiros colocados entre os homens e as mulheres, foram premiados os três primeiros na categoria Exército nas faixas etárias e os três melhores com deficiência de cada categoria.


Corrida Duque de Caxias reúne oito mil pessoas em São Paulo

Corridas de Rua · 24 ago, 2009

Mais de oito mil pessoas estiveram presentes na região do Ibirapuera no último domingo (23) em São Paulo, para a disputa da edição 2009 da Corrida Duque de Caxias, competição que teve distâncias de 10 e 4,3 quilômetros. A vitória na disputa principal ficou com Sivaldo Viana, enquanto entre as mulheres Beatriz Nascimento foi a melhor.

Às 6h os inscritos já se reuniam na arena da prova para retirar os kits contendo número de peito, chip de cronometragem e pulseira de posicionamento na largada. Logo em seguida todos se prepararam para o alongamento e aquecimento comandado por professores de educação física de cima do trio elétrico.

A largada aconteceu às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral após um tiro de canhão, momento em que o tempo estava encoberto e chuva ameaçava cair. Sivaldo Viana precisou de 30min54 para chegar na primeira colocação e foi seguido por Rafael dos Santos com 31min03 e Fábio Luiz Santos com 31min11. “Estou no caminho certo disputando uma prova tradicional como essa. Eu já conheço esse percurso, então pra mim foi mais fácil correr”, relata o campeão que começou a prova atrás dos adversários e acelerou no final.

Entre as mulheres, Beatriz Nascimento completou com 37min e deu um baile das adversárias Elizabeth Esteves (37min18) e Angelina Rafael (37min31). “Pra mim é tudo de bom participar dessa prova de tanta visibilidade aqui em São Paulo. Já estava treinando para ela e meu objetivo era ficar entre as cinco primeiras, mas graças aos meus treinos consegui vencer”, enfatiza Bia.

A competição fez parte das comemorações do aniversário do patrono do Exército Brasileiro, Duque de Caxias. “O evento é uma prova de esportividade e congraçamento entre o Exército e a nossa antiga parceira Corpore”, comenta o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Antônio Gabriel Esper.

Todos os que concluíram a prova receberam medalha de participação e uma camiseta de manga longa que homenageou o Monumento às Bandeiras. Além dos primeiros colocados entre os homens e as mulheres, foram premiados os três primeiros na categoria Exército nas faixas etárias e os três melhores com deficiência de cada categoria.

Corrida Duque de Caxias homenageia Monumento às Bandeiras

Corridas de Rua · 05 ago, 2009

No próximo dia 23 acontece na capital paulista a edição 2009 da Corrida Duque de Caxias, prova que terá distâncias de 10 e 4,3 quilômetros e conta com organização da Corpore. O evento faz parte do Circuito sete ícones da cidade de São Paulo, no qual os associados escolhem entre dois monumentos paulistanos que serão estampados na camiseta.

Após a votação, o Monumento às Bandeiras foi escolhido com 87%, contra 13% do Obelisco. Localizado na Praça Armando Salles, nas proximidades do Parque Ibirapuera e da sede da Assembléia Legislativa, o marco é popularmente conhecido como “empurra empurra” entre os habitantes da cidade.

A autoria do projeto é de Victor Brecheret e a inauguração aconteceu no dia 25 de janeiro de 1953 após quase 30 anos entre idealização, planejamento e construção. O monumento é feito em granito, possui 12 metros de altura, 50 de extensão, 15 de largura e representa uma expedição bandeirante subindo um plano, com dois homens a cavalo. Uma das imagens representa o chefe português e a outra, o guia índio.

Puxando a canoa das monções atrás do chefe português e do guia índio, há um grupo formado por índios, negros, portugueses e mamelucos. A Corrida Duque de Caxias largará às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral e as inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br.


Corrida Duque de Caxias homenageia Monumento às Bandeiras

Corridas de Rua · 05 ago, 2009

No próximo dia 23 acontece na capital paulista a edição 2009 da Corrida Duque de Caxias, prova que terá distâncias de 10 e 4,3 quilômetros e conta com organização da Corpore. O evento faz parte do Circuito sete ícones da cidade de São Paulo, no qual os associados escolhem entre dois monumentos paulistanos que serão estampados na camiseta.

Após a votação, o Monumento às Bandeiras foi escolhido com 87%, contra 13% do Obelisco. Localizado na Praça Armando Salles, nas proximidades do Parque Ibirapuera e da sede da Assembléia Legislativa, o marco é popularmente conhecido como “empurra empurra” entre os habitantes da cidade.

A autoria do projeto é de Victor Brecheret e a inauguração aconteceu no dia 25 de janeiro de 1953 após quase 30 anos entre idealização, planejamento e construção. O monumento é feito em granito, possui 12 metros de altura, 50 de extensão, 15 de largura e representa uma expedição bandeirante subindo um plano, com dois homens a cavalo. Uma das imagens representa o chefe português e a outra, o guia índio.

Puxando a canoa das monções atrás do chefe português e do guia índio, há um grupo formado por índios, negros, portugueses e mamelucos. A Corrida Duque de Caxias largará às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral e as inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br.

Corpore abre inscrições para a Corrida Troféu Duque de Caxias

Corridas de Rua · 27 jun, 2009

Já estão abertas as inscrições para a sétima edição da Corrida Troféu Duque de Caxias, prova que está marcada para o dia 23 de agosto na região do Parque Ibirapuera, em São Paulo. A competição tem parceria com o Exército e faz parte das comemorações de aniversário do nascimento de Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro.

Os competidores poderão escolher entre as distâncias de 10 e 4,3 quilômetros, que largarão juntas na Avenida Pedro Álvares Cabral, a partir das 8h. Ambos os percursos serão válidos para o Corri Todas, mas apenas os 10 quilômetros contam pontos para o Ranking Corpore.

Os cinco primeiros colocados entre os homens e as mulheres na categoria geral serão premiados com troféu, assim como os três melhores nas faixas etárias da Categoria Exército. Também serão contemplados com premiação os três melhores atletas com deficiência.

As inscrições são limitadas e custam R$ 40 para sócios da Corpore e R$ 50 para não sócios até o dia 19 de agosto, ou término das vagas. Para garantir uma vaga, basta acessar o site da entidade, o www.corpore.org.br.


Corpore abre inscrições para a Corrida Troféu Duque de Caxias

Corridas de Rua · 27 jun, 2009

Já estão abertas as inscrições para a sétima edição da Corrida Troféu Duque de Caxias, prova que está marcada para o dia 23 de agosto na região do Parque Ibirapuera, em São Paulo. A competição tem parceria com o Exército e faz parte das comemorações de aniversário do nascimento de Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro.

Os competidores poderão escolher entre as distâncias de 10 e 4,3 quilômetros, que largarão juntas na Avenida Pedro Álvares Cabral, a partir das 8h. Ambos os percursos serão válidos para o Corri Todas, mas apenas os 10 quilômetros contam pontos para o Ranking Corpore.

Os cinco primeiros colocados entre os homens e as mulheres na categoria geral serão premiados com troféu, assim como os três melhores nas faixas etárias da Categoria Exército. Também serão contemplados com premiação os três melhores atletas com deficiência.

As inscrições são limitadas e custam R$ 40 para sócios da Corpore e R$ 50 para não sócios até o dia 19 de agosto, ou término das vagas. Para garantir uma vaga, basta acessar o site da entidade, o www.corpore.org.br.

Mais de cinco mil atletas participam da Duque de Caxias em SP

Corridas de Rua · 20 ago, 2007

Mais um domingo de manhã fria em São Paulo, mais um domingo em que cerca de 5.100 atletas levantaram cedo, saíram debaixo das cobertas e foram disputar uma prova Corpore, a 5ª Corrida Duque de Caxias, realizada na região do Ibirapuera e que pela primeira vez contou com uma distância menor, já que além dos 10km, houve um percurso de 4,3km.

Quando ainda eram 6h da manhã os primeiros atletas chegavam na arena que estava dividida em dois locais: parte montada no estacionamento da Assembléia e parte montada no Comando Militar do Sudeste. Como já é costume nessa prova, que também marca o dia do Soldado (comemorado em 25 de agosto), a largada foi dada exatamente às 8h com um tiro de canhão.

Os atletas saíram na av. Pedro Álvares de Cabral e seguiram em direção à República do Líbano. Durante o percurso os atletas puderam encontrar o relógio, que marca quilometragem, tempo de prova e pacing a cada km do percurso.

Logo no início da corrida, era possível observar que a disputa pelo primeiro lugar ficaria entre Marildo José Barducco e Adriano Bastos. Perto do quilômetro sete, após o retorno na Rubem Berta, Marildo começou a forçar o ritmo, distanciou-se de Adriano e não foi mais alcançado, conseguindo a segunda vitória seguida em um evento Corpore, visto que no último domingo, dia 12 de agosto, ele também foi o primeiro colocado na XII Corrida Centro Histórico Corpore Bovespa. “Consegui correr a primeira metade da prova mais tranqüilo e na segunda percebi que poderia correr melhor. Vi que o Adriano estava meio cansado e ia ser difícil ele acompanhar”, contou Marildo, que venceu com mais de 30 segundos de diferença.

Quem conseguiu uma diferença maior foi Andréa Celeste Coelho da Silva, que venceu a disputa feminina com 1min22s de vantagem e gostou muito de ver um grande número de participantes na prova. “Fiquei admirada pela quantidade de pessoas. A prova tem sua dificuldade, mas gostei muito do percurso, distribuição de água, a organização está de parabéns”.

Nessa edição, 10 categorias de Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) foram premiadas: Amputados de Membros Inferiores Masculino, Cadeirantes Masculino, Deficiente Mental Masculino e Feminino, Les Otres Masculino e Feminino, Deficiente Auditivo Masculino e Feminino e Deficiente Visual Masculino e Feminino.

Na categoria Lês Otres, pelo terceiro ano consecutivo Ezequiel Marcelo da Costa foi o vencedor. “Tudo depende de um bom treino, vou treinar mais para melhorar meu tempo”, contou o atleta que apesar dos ótimos 35min25, acredita que poderia ter feito melhor.

“Hoje fiz uma boa prova, gosto dela. É uma oportunidade grande ao atleta, o esporte é importante para gente”, disse Carlos Alberto Simão, atleta cadeirante que participou pela segunda vez desse evento.

“Muitos pensam que a vida acaba quando perde a visão, uma perna ou um braço, mas não é assim. O esporte muda tudo. Para mim, esses atletas não são deficientes, são eficientes”, afirmou Geneci Cavalcanti, o Barba, que corre como guia de atletas portadores de necessidades especiais. Barba também elogiou o trabalho da Corpore: “A Corpore já fez a parte dela para a inclusão desses atletas, agora é com as associações”.


Mais de cinco mil atletas participam da Duque de Caxias em SP

Corridas de Rua · 20 ago, 2007

Mais um domingo de manhã fria em São Paulo, mais um domingo em que cerca de 5.100 atletas levantaram cedo, saíram debaixo das cobertas e foram disputar uma prova Corpore, a 5ª Corrida Duque de Caxias, realizada na região do Ibirapuera e que pela primeira vez contou com uma distância menor, já que além dos 10km, houve um percurso de 4,3km.

Quando ainda eram 6h da manhã os primeiros atletas chegavam na arena que estava dividida em dois locais: parte montada no estacionamento da Assembléia e parte montada no Comando Militar do Sudeste. Como já é costume nessa prova, que também marca o dia do Soldado (comemorado em 25 de agosto), a largada foi dada exatamente às 8h com um tiro de canhão.

Os atletas saíram na av. Pedro Álvares de Cabral e seguiram em direção à República do Líbano. Durante o percurso os atletas puderam encontrar o relógio, que marca quilometragem, tempo de prova e pacing a cada km do percurso.

Logo no início da corrida, era possível observar que a disputa pelo primeiro lugar ficaria entre Marildo José Barducco e Adriano Bastos. Perto do quilômetro sete, após o retorno na Rubem Berta, Marildo começou a forçar o ritmo, distanciou-se de Adriano e não foi mais alcançado, conseguindo a segunda vitória seguida em um evento Corpore, visto que no último domingo, dia 12 de agosto, ele também foi o primeiro colocado na XII Corrida Centro Histórico Corpore Bovespa. “Consegui correr a primeira metade da prova mais tranqüilo e na segunda percebi que poderia correr melhor. Vi que o Adriano estava meio cansado e ia ser difícil ele acompanhar”, contou Marildo, que venceu com mais de 30 segundos de diferença.

Quem conseguiu uma diferença maior foi Andréa Celeste Coelho da Silva, que venceu a disputa feminina com 1min22s de vantagem e gostou muito de ver um grande número de participantes na prova. “Fiquei admirada pela quantidade de pessoas. A prova tem sua dificuldade, mas gostei muito do percurso, distribuição de água, a organização está de parabéns”.

Nessa edição, 10 categorias de Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) foram premiadas: Amputados de Membros Inferiores Masculino, Cadeirantes Masculino, Deficiente Mental Masculino e Feminino, Les Otres Masculino e Feminino, Deficiente Auditivo Masculino e Feminino e Deficiente Visual Masculino e Feminino.

Na categoria Lês Otres, pelo terceiro ano consecutivo Ezequiel Marcelo da Costa foi o vencedor. “Tudo depende de um bom treino, vou treinar mais para melhorar meu tempo”, contou o atleta que apesar dos ótimos 35min25, acredita que poderia ter feito melhor.

“Hoje fiz uma boa prova, gosto dela. É uma oportunidade grande ao atleta, o esporte é importante para gente”, disse Carlos Alberto Simão, atleta cadeirante que participou pela segunda vez desse evento.

“Muitos pensam que a vida acaba quando perde a visão, uma perna ou um braço, mas não é assim. O esporte muda tudo. Para mim, esses atletas não são deficientes, são eficientes”, afirmou Geneci Cavalcanti, o Barba, que corre como guia de atletas portadores de necessidades especiais. Barba também elogiou o trabalho da Corpore: “A Corpore já fez a parte dela para a inclusão desses atletas, agora é com as associações”.

Duque de Caxias continua com inscrições abertas

Corridas de Rua · 07 ago, 2007

Ainda estão disponíveis as inscrições para a Corrida Dique de Caxias da Corpore, competição que acontece no dia 19 de agosto na região do Ibirapuera, em São Paulo. Além dos tradicionais 10 quilômetros, esse ano o evento contará também com uma disputa menor, de 4,3 quilômetros,

A prova principal será válida pra o Ranking Corpore e para o Corri Todas, mas os 4,3 quilômetros não contará pontos para o ranking. Essa é a quinta edição e mais uma vez o Exército Brasileiro ajuda na organização.

A largada de ambas as provas está prevista para às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral e haverá premiação para os cinco melhores nas categorias geral e Exército e para os três melhores PNEs na disputa principal. Nos 4,3 km, os três melhores PNEs receberão troféus e todos os que concluírem receberão medalhas alusivas ao evento.

A camiseta de participação deverá ser retirada no dia da prova, de acordo com o tamanho escolhido no ato da inscrição. Todos os atletas terão uma identificação no número de peito quanto ao tamanho do vestuário e deverão comparecer às baias correspondentes ao fim da competição para retirá-lo.

As inscrições custam R$ 30 para associados da Corpore e R$ 40 para não sócios e podem ser feitas até o dia 15 de agosto no site da entidade, o www.corpore.org.br.


Duque de Caxias continua com inscrições abertas

Corridas de Rua · 07 ago, 2007

Ainda estão disponíveis as inscrições para a Corrida Dique de Caxias da Corpore, competição que acontece no dia 19 de agosto na região do Ibirapuera, em São Paulo. Além dos tradicionais 10 quilômetros, esse ano o evento contará também com uma disputa menor, de 4,3 quilômetros,

A prova principal será válida pra o Ranking Corpore e para o Corri Todas, mas os 4,3 quilômetros não contará pontos para o ranking. Essa é a quinta edição e mais uma vez o Exército Brasileiro ajuda na organização.

A largada de ambas as provas está prevista para às 8h na Avenida Pedro Álvares Cabral e haverá premiação para os cinco melhores nas categorias geral e Exército e para os três melhores PNEs na disputa principal. Nos 4,3 km, os três melhores PNEs receberão troféus e todos os que concluírem receberão medalhas alusivas ao evento.

A camiseta de participação deverá ser retirada no dia da prova, de acordo com o tamanho escolhido no ato da inscrição. Todos os atletas terão uma identificação no número de peito quanto ao tamanho do vestuário e deverão comparecer às baias correspondentes ao fim da competição para retirá-lo.

As inscrições custam R$ 30 para associados da Corpore e R$ 40 para não sócios e podem ser feitas até o dia 15 de agosto no site da entidade, o www.corpore.org.br.

Saiba como foi a corrida paulista Duque de Caxias

Corridas de Rua · 21 ago, 2006

Mais um domingo amanheceu e muitas pessoas saíram cedo de casa para participar de outro evento organizado pela Corpore no mês de agosto, a Corrida Duque de Caxias – uma homenagem do Shopping Ibirapuera. O dia estava frio em São Paulo, mas isso não tirou a animação dos atletas que chegavam para retirar o chip da prova que também serviu para comemorar os 30 anos do Shopping Ibirapuera. “Essa corrida é o grande evento externo comemorando os 30 anos do shopping. A festa está muito bonita, como sempre foi”, afirmou Ricardo Portella, gerente de marketing do shopping, que lembrou que essa parceria já existe há 3 anos e surgiu da idéia de associar a imagem do Shopping com lazer, esporte e saúde.

O clima foi melhorando aos poucos e na hora da largada o tempo estava ótimo para a corrida. Com um tiro de canhão, os atletas partiram para disputar os 10km do percurso cheio de subidas e descidas pelas avenidas Rubem Berta e Moreira Guimarães.

No início do percurso, todos os atletas vinham em um bom ritmo até encontrarem a primeira subida mais forte, quando então um bloco com os primeiros colocados começou a se distanciar. Com o passar dos quilômetros, o número de concorrentes ao primeiro lugar no pódio foi diminuindo até sobrar apenas Naval Freitas e Adriano Bastos. “Meu objetivo era ficar entre os primeiros e eu e o Adriano mantivemos um bom ritmo e distanciamos do outro bloco de corredores. Perto do km 8 encontramos uma subida e tive algumas dores. Diminui o ritmo para ver se melhorava e ele conseguiu distanciar”, contou Naval, que fez uma boa prova e conseguiu a segunda colocação.

Mais uma vez, Adriano Bastos venceu uma prova Corpore, mas essa foi uma vitória inesperada. “Não esperava correr bem hoje, pois de quinta pra sexta-feira fiquei bem resfriado. Tomei a medicação, hoje acordei melhor e consegui um bom resultado novamente me aproveitando da subida, pois consigo subir bem”, lembrou Adriano.

Entre as mulheres, Rosangela Figueredo travou uma boa disputa com Débora Regina Gomes Ferraz até, pelo menos, a metade do percurso, quando forçou o ritmo e tomou a dianteira. “Eu já conhecia o percurso. Já é o terceiro ano que participo da prova e adoro essa corrida”.

Mas a maior surpresa desse pódio foi a atleta que ficou em quarto lugar. Lucy Fitzgerald é americana e veio ao Brasil com o marido que tinha que tratar de negócios. Ficou sabendo da prova e resolveu participar. “A corrida foi ótima, eu realmente gostei. As pessoas estavam se divertindo. A prova estava muito organizada e por ser minha primeira vez aqui a experiência foi muito boa, mesmo não estando na minha melhor forma. Gosto muito de correr em lugares diferentes e quando soube que haveria a prova resolvi correr”, contou a americana que voltaria para os Estados Unidos na sexta-feira, mas adiou a viagem para participar da prova e acabou levando um troféu para casa.

A corrida Duque de Caxias se caracteriza por ter diversas premiações e esse ano não foi diferente. Além da premiação geral, houve entrega de troféus as primeiros colocados na categoria Exército e para os PNEs. “A Corrida Duque de Caxias já faz parte do calendário da Corpore e do Exército e os oficias se preparam para a corrida já que ela traz uma premiação na categoria Exército, então na semana do soldado, que eles sabem que haverá a prova, já ficam ansiosos. Essa parceria é muito saudável para nós, pois a Corpore é muito organizada”, afirmou o General Morata.

Nas classes funcionais dos PNEs, diversos atletas já conhecidos dos participantes subiram ao pódio, entre eles Ezequiel Marcelo da Costa, que conseguiu o primeiro lugar entre os Lês Otres, mesmo tendo uma noite um pouco diferente. “Ontem fui numa festa, você acaba exagerando um pouco, dormi tarde, mas consegui fazer uma boa prova hoje”, afirmou Ezequiel que lembrou que a largada junto aos demais atletas, largando nos setores correspondentes ao ritmo esperado na prova, não trouxe nenhuma dificuldade à ele.

Na categoria cadeirante, o vencedor foi um atleta desconhecido dos demais participantes, mesmo porque essa foi a sua primeira prova. “Comecei a treinar há 15 dias e meus colegas me incentivaram a participar da prova, fizeram minha inscrição e eu vim no embalo. Tinha a intenção de completar o percurso, mas acabei fazendo um bom tempo e venci. A sensação é maravilhosa e só participando para sentir isso na pele. Esse é a primeira de muitas que vou participar, com certeza”, contou Marcelo José Dutra.


Saiba como foi a corrida paulista Duque de Caxias

Corridas de Rua · 21 ago, 2006

Mais um domingo amanheceu e muitas pessoas saíram cedo de casa para participar de outro evento organizado pela Corpore no mês de agosto, a Corrida Duque de Caxias – uma homenagem do Shopping Ibirapuera. O dia estava frio em São Paulo, mas isso não tirou a animação dos atletas que chegavam para retirar o chip da prova que também serviu para comemorar os 30 anos do Shopping Ibirapuera. “Essa corrida é o grande evento externo comemorando os 30 anos do shopping. A festa está muito bonita, como sempre foi”, afirmou Ricardo Portella, gerente de marketing do shopping, que lembrou que essa parceria já existe há 3 anos e surgiu da idéia de associar a imagem do Shopping com lazer, esporte e saúde.

O clima foi melhorando aos poucos e na hora da largada o tempo estava ótimo para a corrida. Com um tiro de canhão, os atletas partiram para disputar os 10km do percurso cheio de subidas e descidas pelas avenidas Rubem Berta e Moreira Guimarães.

No início do percurso, todos os atletas vinham em um bom ritmo até encontrarem a primeira subida mais forte, quando então um bloco com os primeiros colocados começou a se distanciar. Com o passar dos quilômetros, o número de concorrentes ao primeiro lugar no pódio foi diminuindo até sobrar apenas Naval Freitas e Adriano Bastos. “Meu objetivo era ficar entre os primeiros e eu e o Adriano mantivemos um bom ritmo e distanciamos do outro bloco de corredores. Perto do km 8 encontramos uma subida e tive algumas dores. Diminui o ritmo para ver se melhorava e ele conseguiu distanciar”, contou Naval, que fez uma boa prova e conseguiu a segunda colocação.

Mais uma vez, Adriano Bastos venceu uma prova Corpore, mas essa foi uma vitória inesperada. “Não esperava correr bem hoje, pois de quinta pra sexta-feira fiquei bem resfriado. Tomei a medicação, hoje acordei melhor e consegui um bom resultado novamente me aproveitando da subida, pois consigo subir bem”, lembrou Adriano.

Entre as mulheres, Rosangela Figueredo travou uma boa disputa com Débora Regina Gomes Ferraz até, pelo menos, a metade do percurso, quando forçou o ritmo e tomou a dianteira. “Eu já conhecia o percurso. Já é o terceiro ano que participo da prova e adoro essa corrida”.

Mas a maior surpresa desse pódio foi a atleta que ficou em quarto lugar. Lucy Fitzgerald é americana e veio ao Brasil com o marido que tinha que tratar de negócios. Ficou sabendo da prova e resolveu participar. “A corrida foi ótima, eu realmente gostei. As pessoas estavam se divertindo. A prova estava muito organizada e por ser minha primeira vez aqui a experiência foi muito boa, mesmo não estando na minha melhor forma. Gosto muito de correr em lugares diferentes e quando soube que haveria a prova resolvi correr”, contou a americana que voltaria para os Estados Unidos na sexta-feira, mas adiou a viagem para participar da prova e acabou levando um troféu para casa.

A corrida Duque de Caxias se caracteriza por ter diversas premiações e esse ano não foi diferente. Além da premiação geral, houve entrega de troféus as primeiros colocados na categoria Exército e para os PNEs. “A Corrida Duque de Caxias já faz parte do calendário da Corpore e do Exército e os oficias se preparam para a corrida já que ela traz uma premiação na categoria Exército, então na semana do soldado, que eles sabem que haverá a prova, já ficam ansiosos. Essa parceria é muito saudável para nós, pois a Corpore é muito organizada”, afirmou o General Morata.

Nas classes funcionais dos PNEs, diversos atletas já conhecidos dos participantes subiram ao pódio, entre eles Ezequiel Marcelo da Costa, que conseguiu o primeiro lugar entre os Lês Otres, mesmo tendo uma noite um pouco diferente. “Ontem fui numa festa, você acaba exagerando um pouco, dormi tarde, mas consegui fazer uma boa prova hoje”, afirmou Ezequiel que lembrou que a largada junto aos demais atletas, largando nos setores correspondentes ao ritmo esperado na prova, não trouxe nenhuma dificuldade à ele.

Na categoria cadeirante, o vencedor foi um atleta desconhecido dos demais participantes, mesmo porque essa foi a sua primeira prova. “Comecei a treinar há 15 dias e meus colegas me incentivaram a participar da prova, fizeram minha inscrição e eu vim no embalo. Tinha a intenção de completar o percurso, mas acabei fazendo um bom tempo e venci. A sensação é maravilhosa e só participando para sentir isso na pele. Esse é a primeira de muitas que vou participar, com certeza”, contou Marcelo José Dutra.

Saiba como foi a Corrida Duque de Caxias

Corridas de Rua · 30 ago, 2004

Ontem aconteceu na capital paulista a segunda edição da Corrida Duque de Caxias, uma homenagem do Shopping Ibirapuera. A chuva que havia caído no dia anterior da prova não apareceu e o sol iluminou a competição.

Antes da largada, que foi dada às 9h, os corredores cantaram o hino nacional. Cerca de 7.500 pessoas participaram da prova e enfrentaram um percurso de 7,5k da prova. O grande vencedor da corrida foi José Ramos Antunes Rodrigues que conseguiu abrir vantagem de seus adversários e completou a prova em 23:17.

A segunda posição ficou com Edinaldo Caetano Vilela, 23:18 seguido por Naval Figueiredo, com 23:33. Entre as mulheres, a campeã foi Elizabete Ferreira Cruz com 27:24, quarenta e sete segundos na frente de Rosangela Figueiredo, a segunda colocada. O terceiro lugar ficou com Shirleide Oliveira de Souza, 28:20.


Saiba como foi a Corrida Duque de Caxias

Corridas de Rua · 30 ago, 2004

Ontem aconteceu na capital paulista a segunda edição da Corrida Duque de Caxias, uma homenagem do Shopping Ibirapuera. A chuva que havia caído no dia anterior da prova não apareceu e o sol iluminou a competição.

Antes da largada, que foi dada às 9h, os corredores cantaram o hino nacional. Cerca de 7.500 pessoas participaram da prova e enfrentaram um percurso de 7,5k da prova. O grande vencedor da corrida foi José Ramos Antunes Rodrigues que conseguiu abrir vantagem de seus adversários e completou a prova em 23:17.

A segunda posição ficou com Edinaldo Caetano Vilela, 23:18 seguido por Naval Figueiredo, com 23:33. Entre as mulheres, a campeã foi Elizabete Ferreira Cruz com 27:24, quarenta e sete segundos na frente de Rosangela Figueiredo, a segunda colocada. O terceiro lugar ficou com Shirleide Oliveira de Souza, 28:20.