Alison dos Santos vence 400 m com barreiras da Liga Diamante e lidera Ranking Mundial

Redação Webrun | Atletismo · 31 maio, 2024

Alison dos Santos vence 400 m com barreiras da Liga Diamante e lidera Ranking Mundial
Alison dos Santos vence de novo na Liga Diamante (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

O brasileiro Alison dos Santos, o Piu, venceu o Oslo Bislett Games, a etapa norueguesa da Liga Diamante, o nobre circuito de provas da World Athletics, nesta quinta-feira (30/5), com 46.63, melhor marca do ano para os 400 m com barreiras. Alison venceu também o tricampeão mundial e campeão olímpico, o norueguês Karsten Warholm que correu em casa, apoiado pela torcida.

O paulista de São Joaquim da Barra fez uma corrida crescente e sem erros e desbancou Warholm que ainda derrubou a última barreira para cruzar em segundo com 46.70. O atleta Kyron McMaster, das Ilhas Virgens Britânicas, foi terceiro com 48.49.

Esta é a quarta disputa individual e vitória de Alison dos Santos (EC Pinheiros-SP), campeão mundial no Oregon-2022 e medalha de bronze olímpica em Tóquio-2021, na temporada em que se prepara para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 – o atletismo será disputado de 1 a 11 de agosto na França. A melhor marca pessoal de Piu para os 400 m com barreiras é 46.29, tempo da conquista do ouro no Hayward Field de Eugene, Oregon, em 19 de julho de 2022.

Piu estreou na temporada 2024, com vitória nos 400 m rasos do Percy Beard Track, em Gainesville, Estados Unidos, com o tempo de 45.25, em 30 de março. No Tom Jones Memorial, em Gainesville, Flórida, voltou a correr os 400 m rasos em 45.25, na sua segunda competição da temporada em 13 de abril. O paulista de São Joaquim da Barra, de 23 anos, usou os meeetings nos Estados Unidos como avaliação do treinamento e para buscar ritmo de competição. 

+ Siga o Webrun no Instagram!
+ Baixe agora o APP Ticket Sports e tenha um calendário de eventos esportivos na palma da sua mão!

Na sua primeira prova da Liga Diamante ganhou os 400 m com barreiras Doha, Catar, no dia 10 de maio, com 46.86, e nesta quinta-feira mostrou que segue bem em sua preparação olímpica.  Em 2023, sofreu antes do Mundial de Budapeste, Hungria, por causa da lesão e cirurgia do joelho direito. O seu melhor tempo foi de 47.38, o quinto no Mundial, fora de sua total condição física.

Piu não volta ao Brasil antes da Olimpíada. Está morando em Clermont desde o início do ano, também na Flórida, e treina no National Training Center nos Estados Unidos. Será atração na etapa de Estocolmo, Suécia, neste domingo (2/6). Antes da Olimpíada ainda compete as etapas da Liga Diamante de Paris, França (7/7), Mônaco, Principado de Mônaco (12/7) e Londres, Inglaterra (20/7).

“Vamos fazer também um camping de treinamento na Turquia, onde costumamos ir, antes de seguir para Paris”, explicou o treinador Felipe de Siqueira. 

Redação Webrun

Ver todos os posts

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!