Tyson Gay

Tyson Gay está recuperado para competir os 100m

Atletismo · 05 ago, 2008

O campeão mundial dos 100m, Tyson Gay, desmentiu boatos sobre sua condição física e diz que está preparado para encarar a Olimpíada. Em julho passado, ele sofreu uma lesão durante as seletivas olímpicas dos Estados Unidos, mas diz que está recuperado.

“Quando eu pisar no estádio não se preocupem, estarei pronto”, comenta o atleta de 25 anos. Ele terá a companhia dos jamaicanos Asafa Powell e Usain Bolt, respectivamente ex-recordista e recordista mundiais da distância.

Wallace Spearmon, astro do time americano nos 200m, acredita que os três velocistas deverão correr abaixo dos 9seg70. “Sinceramente acho que Bolt deve correr 9seg06, assim como Asafa e também Tyson, se estiver mesmo recuperado”.

“Quatro atletas correram mais rápido do que 9seg90 em 2004, mas esse tempo pode acabar sendo um sexto lugar aqui em Pequim”. Gay faz aniversário no próximo sábado e chegou a Pequim essa semana, a tempo de acompanhar pessoalmente a cerimônia de abertura.


Tyson Gay está recuperado para competir os 100m

Atletismo · 05 ago, 2008

O campeão mundial dos 100m, Tyson Gay, desmentiu boatos sobre sua condição física e diz que está preparado para encarar a Olimpíada. Em julho passado, ele sofreu uma lesão durante as seletivas olímpicas dos Estados Unidos, mas diz que está recuperado.

“Quando eu pisar no estádio não se preocupem, estarei pronto”, comenta o atleta de 25 anos. Ele terá a companhia dos jamaicanos Asafa Powell e Usain Bolt, respectivamente ex-recordista e recordista mundiais da distância.

Wallace Spearmon, astro do time americano nos 200m, acredita que os três velocistas deverão correr abaixo dos 9seg70. “Sinceramente acho que Bolt deve correr 9seg06, assim como Asafa e também Tyson, se estiver mesmo recuperado”.

“Quatro atletas correram mais rápido do que 9seg90 em 2004, mas esse tempo pode acabar sendo um sexto lugar aqui em Pequim”. Gay faz aniversário no próximo sábado e chegou a Pequim essa semana, a tempo de acompanhar pessoalmente a cerimônia de abertura.

Lesionado, Gay não encara jamaicanos em Londres

Atletismo · 24 jul, 2008

O Campeão Mundial dos 100m rasos, Tyson Gay, desistiu de disputar o Super Grand Prix de Londres (Inglaterra) nessa sexta-feira no Crystal Palace, onde confrontaria a favorita equipe da Jamaica. O americano se recupera de uma lesão na musculatura isquiotibial e preferiu se poupar para a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim.

“Não quero arriscar nada nesse momento para que eu possa me recuperar”, lamenta o velocista que ainda pediu desculpas aos fãs londrinos. Ele sofreu esse problema durante a disputa dos 200m rasos na seletiva olímpica dos Estados Unidos e está em tratamento na Alemanha.

Inicialmente o diagnóstico era de um pequeno estiramento, mas a gravidade do problema o levou a buscar um especialista em Munique. A competição de Londres terá a presença do recordista mundial dos 100m, Usain Bolt e do ex-recordista Asafa Powell, na última prévia antes das disputas na China.


Lesionado, Gay não encara jamaicanos em Londres

Atletismo · 24 jul, 2008

O Campeão Mundial dos 100m rasos, Tyson Gay, desistiu de disputar o Super Grand Prix de Londres (Inglaterra) nessa sexta-feira no Crystal Palace, onde confrontaria a favorita equipe da Jamaica. O americano se recupera de uma lesão na musculatura isquiotibial e preferiu se poupar para a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim.

“Não quero arriscar nada nesse momento para que eu possa me recuperar”, lamenta o velocista que ainda pediu desculpas aos fãs londrinos. Ele sofreu esse problema durante a disputa dos 200m rasos na seletiva olímpica dos Estados Unidos e está em tratamento na Alemanha.

Inicialmente o diagnóstico era de um pequeno estiramento, mas a gravidade do problema o levou a buscar um especialista em Munique. A competição de Londres terá a presença do recordista mundial dos 100m, Usain Bolt e do ex-recordista Asafa Powell, na última prévia antes das disputas na China.

Após lesão, Tyson Gay diz que competirá em Pequim

Atletismo · 07 jul, 2008

O velocista americano e campeão mundial dos 100m diz que estará pronto para a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim, mesmo após a lesão que o acometeu no último final de semana. Durante a seletiva para os 200m, ele caiu no chão enquanto disputava as quartas de final.

Os exames mostraram uma tensão leve no músculo da coxa, o que deve deixá-lo afastado das pistas por duas a três semanas. A volta triunfante deve acontecer no dia 25 de julho durante o Grand Prix de Londres, onde ele confrontará o jamaicano Asafa Powell nos 100m.

Ainda em Londres, o americano terá que enfrentar o também jamaicano Usain Bolt e o time de velocistas daquele país, que certamente são os grandes favoritos para os eventos de velocidade em Pequim. Gay, que levou o ouro nos 100 e 200 metros do Mundial de Osaka, no Japão, está qualificado para os 100m, mas ficará de fora dos 200m, já que não conseguiu ficar entre os três melhores na seletiva.

“Antes de começar a disputa tive um leve desconforto na coxa. Quando cheguei na primeira parte da curva os dois primeiros passos foram tranqüilos, mas depois eu senti uma fisgada”, lembra o velocista. Ele diz ainda que depois da queda não sentiu tantas dores.

O técnico de atletismo da equipe americana, Bubba Thornton, diz estar confiante e que o atleta estará pronto para assumir seu posto na briga contra Powell e Bolt, no que promete ser um dos destaques das Olimpíadas. “Tenho certeza que ele estará pronto para tomar seu posto no momento que disserem ‘às suas marcas’”.


Após lesão, Tyson Gay diz que competirá em Pequim

Atletismo · 07 jul, 2008

O velocista americano e campeão mundial dos 100m diz que estará pronto para a disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim, mesmo após a lesão que o acometeu no último final de semana. Durante a seletiva para os 200m, ele caiu no chão enquanto disputava as quartas de final.

Os exames mostraram uma tensão leve no músculo da coxa, o que deve deixá-lo afastado das pistas por duas a três semanas. A volta triunfante deve acontecer no dia 25 de julho durante o Grand Prix de Londres, onde ele confrontará o jamaicano Asafa Powell nos 100m.

Ainda em Londres, o americano terá que enfrentar o também jamaicano Usain Bolt e o time de velocistas daquele país, que certamente são os grandes favoritos para os eventos de velocidade em Pequim. Gay, que levou o ouro nos 100 e 200 metros do Mundial de Osaka, no Japão, está qualificado para os 100m, mas ficará de fora dos 200m, já que não conseguiu ficar entre os três melhores na seletiva.

“Antes de começar a disputa tive um leve desconforto na coxa. Quando cheguei na primeira parte da curva os dois primeiros passos foram tranqüilos, mas depois eu senti uma fisgada”, lembra o velocista. Ele diz ainda que depois da queda não sentiu tantas dores.

O técnico de atletismo da equipe americana, Bubba Thornton, diz estar confiante e que o atleta estará pronto para assumir seu posto na briga contra Powell e Bolt, no que promete ser um dos destaques das Olimpíadas. “Tenho certeza que ele estará pronto para tomar seu posto no momento que disserem ‘às suas marcas’”.

Tyson Gay e Asa Powell se enfrentam em Londres

Atletismo · 03 jul, 2008

Os velocistas Tyson Gay, dos Estados Unidos e Asafa Powell, da Jamaica, deverão se enfrentar no próximo dia 25 durante o Aviva Grand Prix em Londres, prova que faz parte da edição 2008 do Iaaf World Athletics Tour. Tyson está confiante em um bom resultado, principalmente após marcar o tempo de 9seg68 no último domingo durante uma das seletivas de seu país para os Jogos de Pequim.

Apesar da marca ser inferior ao Recorde Mundial (9seg72 do jamaicano Usain Bolt*), não foi homologada pela Iaaf, pois teve assistência do vento em 4,1 metros por segundo, enquanto o máximo permitido são dois metros por segundo. A última marca estabelecida com qualquer velocidade de vento havia sido em abril de 1996, com 9seg68 por Obadele Thompson no Texas.

“Alcancei meu objetivo principal, que era a classificação dos 100m pelo time olímpico para Pequim”, ressalta Gay. “Passei a acreditar que estou em uma ótima fase e agora que sei como é se sentir assim, estou pronto para seguir em frente”, completa. Ele diz ainda que em Londres encontrará um percurso rápido e que o público certamente acompanhará uma grande disputa entre ele e Powell.

Powell disputou o campeonato jamaicano no final de semana passado e, mesmo derrotado por Bolt em relação ao recorde, obteve a classificação para Pequim ao marcar 9seg90 na preliminar; 10seg30 na semifinal e 9seg97 na final.

*A marca de Bolt ainda não foi oficialmente homologada pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf).


Tyson Gay e Asa Powell se enfrentam em Londres

Atletismo · 03 jul, 2008

Os velocistas Tyson Gay, dos Estados Unidos e Asafa Powell, da Jamaica, deverão se enfrentar no próximo dia 25 durante o Aviva Grand Prix em Londres, prova que faz parte da edição 2008 do Iaaf World Athletics Tour. Tyson está confiante em um bom resultado, principalmente após marcar o tempo de 9seg68 no último domingo durante uma das seletivas de seu país para os Jogos de Pequim.

Apesar da marca ser inferior ao Recorde Mundial (9seg72 do jamaicano Usain Bolt*), não foi homologada pela Iaaf, pois teve assistência do vento em 4,1 metros por segundo, enquanto o máximo permitido são dois metros por segundo. A última marca estabelecida com qualquer velocidade de vento havia sido em abril de 1996, com 9seg68 por Obadele Thompson no Texas.

“Alcancei meu objetivo principal, que era a classificação dos 100m pelo time olímpico para Pequim”, ressalta Gay. “Passei a acreditar que estou em uma ótima fase e agora que sei como é se sentir assim, estou pronto para seguir em frente”, completa. Ele diz ainda que em Londres encontrará um percurso rápido e que o público certamente acompanhará uma grande disputa entre ele e Powell.

Powell disputou o campeonato jamaicano no final de semana passado e, mesmo derrotado por Bolt em relação ao recorde, obteve a classificação para Pequim ao marcar 9seg90 na preliminar; 10seg30 na semifinal e 9seg97 na final.

*A marca de Bolt ainda não foi oficialmente homologada pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf).

Gay e Powell devem se enfrentar nos EUA

Atletismo · 24 abr, 2008


Tyson Gay e Asafa Powell, respectivamente campeão mundial dos 100m e recordista mundial dos 100m, devem se enfrentar em uma disputa nos Estados Unidos neste sábado (26). Trata-se da 114ª edição da prova Penn Relays, que acontece na Universidade da Pensilvânia e foi apelidada de “Os Estados Unidos contra o resto do mundo”.

A prova contará com a participação de 150 atletas de 11 diferentes países, em disputas de revezamentos 4x100m e 4x400m, além de outras distâncias. Entre os nomes confirmados estão as atletas que venceram o IAAF Golden League Jackpot ano passado Sanya Richards, Lauryn Williams e Wallace Spearmon.

Representantes da Jamaica, Quênia, Rússia, Grã Bretanha, Canadá, Bahamas, Antilhas Holandesas, Arábia Saudita, Zimbábue, Trinidad e Tobago e República Dominicana estarão presentes. A programação das disputa sserá divulgada nesta sexta-feira.


Gay e Powell devem se enfrentar nos EUA

Atletismo · 24 abr, 2008


Tyson Gay e Asafa Powell, respectivamente campeão mundial dos 100m e recordista mundial dos 100m, devem se enfrentar em uma disputa nos Estados Unidos neste sábado (26). Trata-se da 114ª edição da prova Penn Relays, que acontece na Universidade da Pensilvânia e foi apelidada de “Os Estados Unidos contra o resto do mundo”.

A prova contará com a participação de 150 atletas de 11 diferentes países, em disputas de revezamentos 4x100m e 4x400m, além de outras distâncias. Entre os nomes confirmados estão as atletas que venceram o IAAF Golden League Jackpot ano passado Sanya Richards, Lauryn Williams e Wallace Spearmon.

Representantes da Jamaica, Quênia, Rússia, Grã Bretanha, Canadá, Bahamas, Antilhas Holandesas, Arábia Saudita, Zimbábue, Trinidad e Tobago e República Dominicana estarão presentes. A programação das disputa sserá divulgada nesta sexta-feira.

Tyson Gay não está pronto para encarar Powell

Atletismo · 25 set, 2007

O velocista americano Tyson Gray disse que ainda não está pronto para mais um confronto com o jamaicano Asafa Powell, atual recordista dos 100m rasos. Gay se deu melhor em cima de Powell durante o Mundial de Atletismo de Osaka, ocasião em que venceu os 100m; 200m e 4x100m, mas recebeu o troco no início deste mês com o recorde mundial por parte do adversário.

“Não vou desafiá-lo enquanto não estiver 100%, porque no momento Powell está ‘com muito gás’”, comentou Gay às agências internacionais. “Achei que tivesse uma vantagem sobre ele após o Mundial, mas ele correu 9seg74 e agora está em um momento mental ótimo”, completa.

Segundo o americano, o confronto não deve acontecer este ano, mas certamente se dará antes dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e certamente haverá um grande confronto quando ambos estiverem totalmente em forma. “Estou cansado mentalmente no momento e pretendo me focar novamente ano que vem, ocasião em que pretendo correr na casa dos 9seg70”.


Tyson Gay não está pronto para encarar Powell

Atletismo · 25 set, 2007

O velocista americano Tyson Gray disse que ainda não está pronto para mais um confronto com o jamaicano Asafa Powell, atual recordista dos 100m rasos. Gay se deu melhor em cima de Powell durante o Mundial de Atletismo de Osaka, ocasião em que venceu os 100m; 200m e 4x100m, mas recebeu o troco no início deste mês com o recorde mundial por parte do adversário.

“Não vou desafiá-lo enquanto não estiver 100%, porque no momento Powell está ‘com muito gás’”, comentou Gay às agências internacionais. “Achei que tivesse uma vantagem sobre ele após o Mundial, mas ele correu 9seg74 e agora está em um momento mental ótimo”, completa.

Segundo o americano, o confronto não deve acontecer este ano, mas certamente se dará antes dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e certamente haverá um grande confronto quando ambos estiverem totalmente em forma. “Estou cansado mentalmente no momento e pretendo me focar novamente ano que vem, ocasião em que pretendo correr na casa dos 9seg70”.

Velocista Tyson Gay quer bater recorde dos 100m

Atletismo · 26 jun, 2007

O velocista americano Tyson Gay vai competir o Grand Prix de Norwich Union, em Sheffield (Inglaterra) de olho na quebra de recorde dos 100 metros rasos. No início do mês ele foi 0,01 segundo mais rápido do que os 9seg77 do jamaicano Asafa Powell, mas sua marca não foi ratificada, devido às condições do vento que facilitaram a obtenção do recorde.

Agora ele está confiante para bater a marca no próximo dia 15, mas sabe que não terá vida fácil. “Sheffield será muito complicado, mas quero mostrar que sou capaz. Já provei que posso vencer provas e fazer bons tempos”, declarou em entrevista às agências internacionais. A pista do estádio Don Valley Stadium é considerada mais rápida do que a de Gateshead (Inglaterra), onde Powell igualou seu recorde.

“Muitas coisas precisam dar certo para que uma marca mundial seja ratificada, mas sem dúvida Tyson tem possibilidades de obtê-la, se as condições forem boas”, comentou o diretor da competição Ian Stewart.

Nessa temporada o atleta de 24 anos ostenta, além da melhor marca pessoal nos 100m, o segundo melhor tempo do mundo nos 200m, obtido no último domingo (24) no Campeonato Americano. Ele estabeleceu 19seg62, acima apenas de Michael Johnson que ostenta 19seg32 obtido na Olimpíada de Atlanta, em 1996.


Velocista Tyson Gay quer bater recorde dos 100m

Atletismo · 26 jun, 2007

O velocista americano Tyson Gay vai competir o Grand Prix de Norwich Union, em Sheffield (Inglaterra) de olho na quebra de recorde dos 100 metros rasos. No início do mês ele foi 0,01 segundo mais rápido do que os 9seg77 do jamaicano Asafa Powell, mas sua marca não foi ratificada, devido às condições do vento que facilitaram a obtenção do recorde.

Agora ele está confiante para bater a marca no próximo dia 15, mas sabe que não terá vida fácil. “Sheffield será muito complicado, mas quero mostrar que sou capaz. Já provei que posso vencer provas e fazer bons tempos”, declarou em entrevista às agências internacionais. A pista do estádio Don Valley Stadium é considerada mais rápida do que a de Gateshead (Inglaterra), onde Powell igualou seu recorde.

“Muitas coisas precisam dar certo para que uma marca mundial seja ratificada, mas sem dúvida Tyson tem possibilidades de obtê-la, se as condições forem boas”, comentou o diretor da competição Ian Stewart.

Nessa temporada o atleta de 24 anos ostenta, além da melhor marca pessoal nos 100m, o segundo melhor tempo do mundo nos 200m, obtido no último domingo (24) no Campeonato Americano. Ele estabeleceu 19seg62, acima apenas de Michael Johnson que ostenta 19seg32 obtido na Olimpíada de Atlanta, em 1996.