trail run noturna

10 dicas para fazer uma excelente trail run noturna

Trail Run · 10 mar, 2017

Se você já se aventurou ou pretende começar o trail running, é preciso ter uma preparação especial. Afinal, as trilhas são muito mais desafiadoras do que uma simples pista de corrida, envolvendo obstáculos, subidas, descidas e falta de iluminação. Portanto, um treino focado nas situações da corrida de trilha é importante para ter um bom desempenho.

Se você fizer uma corrida dessas a noite, a atenção precisa ser redobrada. Um problema que muitas vezes é resolvido facilmente durante o dia, a noite pode ser mais difícil. O diretor técnico da assessoria esportiva Nova Equipe, Emerson Bisan conversou com o Webventure e deu 10 dicas para quem for fazer um trail running noturno. Veja:

Womensrunning/Pinterest Womensrunning/Pinterest

1. Estude a prova

Normalmente as provas mais técnicas tem um congresso técnico, um manual de orientação ou no mínimo um pequeno briefing pré largada. Fiquem atentos aos detalhes críticos que podem ser cruciais em situações de pouca visibilidade como: cores da demarcação, quilômetro onde tem bifurcação, trechos com rios ou trilhas mais técnicas ou até postos de hidratação.

2. Procure estar com o check list obrigatório em dia

Os organizadores exigem alguns itens obrigatórios pra segurança de cada um:
- Head Lamp (Lanterna de cabeça)
- Mochila de hidratação
- Recipiente pra reposição de água
- Manta térmica
- Jaqueta corta vento
- Apito
- Itens de primeiros socorros
- Celular para comunicação em emergência

3. Uma lanterna boa faz a diferença

Embora existam poucas provas noturnas em trilhas, vale a pena investir em uma boa lanterna de cabeça. É necessário prestar atenção na forma de recarregamento de energia, que podem ser feitas por meio de pilhas comuns até baterias recarregáveis em USB e a luminosidade vai desde 80 até mais de 200 lumens.

4. Bateria extra ou lanterna reserva

Dependendo da duração da prova, da luminosidade da lanterna ou até das regras do evento as baterias extras podem ser obrigatórias pra evitar ficar no escuro. Em algumas provas emprestar um item de outro competidor pode ser motivo de desqualificação.

5. Treinos adaptativos ou de auto conhecimento

Vale a pena, pontualmente, realizar treinos no horário da prova pra entender como seu organismo e sua visão vão se comportar.

Foto: Trailrunning/Pinterest Foto: Trailrunning/Pinterest

6. Treinos de propriocepção

Para as provas de montanhas e trilhas os treinos que envolvem equilíbrio, propriocepção, agilidade são fundamentais. Essas qualidades se potencializam quando a visão fica diminuída.

7. Lixos nas trilhas

O ideal é que nunca deixemos copos, sacos plásticos, embalagens de gel de carboidrato e garrafas de isotônico nas trilhas. Em provas noturnas isso é inadmissível, pois o esforço dos organizadores será muito maior pra limpar os locais dos eventos.

8. Queda de temperatura

Diversas provas largam durante o dia e entram na noite, tornado assim a diferença de temperatura muito grande. Esteja preparado com roupas especiais, jaquetas impermeáveis e roupas com tecidos especiais que transpiram, mas mantém a temperatura corporal.

9. Tênis ideal

Se durante o dia a escolha do tênis ideal é importante, a noite então pode ser fundamental pra te manter em pé em caso de uma trilha mais técnica e com lama ou em uma prova com mais estradas que exigem menos grip (garra no solado).

10. Briga com o sono

Algumas provas vão noite a dentro e exigem sua total atenção na marcação das trilhas noturnas, procure usar todas as estratégias que tiver pra se manter atento. O cansaço geral pode somar com o sono aumentando ainda mais a dificuldade da sua prova.


10 dicas para fazer uma excelente trail run noturna

Trail Run · 10 mar, 2017

Se você já se aventurou ou pretende começar o trail running, é preciso ter uma preparação especial. Afinal, as trilhas são muito mais desafiadoras do que uma simples pista de corrida, envolvendo obstáculos, subidas, descidas e falta de iluminação. Portanto, um treino focado nas situações da corrida de trilha é importante para ter um bom desempenho.

Se você fizer uma corrida dessas a noite, a atenção precisa ser redobrada. Um problema que muitas vezes é resolvido facilmente durante o dia, a noite pode ser mais difícil. O diretor técnico da assessoria esportiva Nova Equipe, Emerson Bisan conversou com o Webventure e deu 10 dicas para quem for fazer um trail running noturno. Veja:

Womensrunning/Pinterest Womensrunning/Pinterest

1. Estude a prova

Normalmente as provas mais técnicas tem um congresso técnico, um manual de orientação ou no mínimo um pequeno briefing pré largada. Fiquem atentos aos detalhes críticos que podem ser cruciais em situações de pouca visibilidade como: cores da demarcação, quilômetro onde tem bifurcação, trechos com rios ou trilhas mais técnicas ou até postos de hidratação.

2. Procure estar com o check list obrigatório em dia

Os organizadores exigem alguns itens obrigatórios pra segurança de cada um:
- Head Lamp (Lanterna de cabeça)
- Mochila de hidratação
- Recipiente pra reposição de água
- Manta térmica
- Jaqueta corta vento
- Apito
- Itens de primeiros socorros
- Celular para comunicação em emergência

3. Uma lanterna boa faz a diferença

Embora existam poucas provas noturnas em trilhas, vale a pena investir em uma boa lanterna de cabeça. É necessário prestar atenção na forma de recarregamento de energia, que podem ser feitas por meio de pilhas comuns até baterias recarregáveis em USB e a luminosidade vai desde 80 até mais de 200 lumens.

4. Bateria extra ou lanterna reserva

Dependendo da duração da prova, da luminosidade da lanterna ou até das regras do evento as baterias extras podem ser obrigatórias pra evitar ficar no escuro. Em algumas provas emprestar um item de outro competidor pode ser motivo de desqualificação.

5. Treinos adaptativos ou de auto conhecimento

Vale a pena, pontualmente, realizar treinos no horário da prova pra entender como seu organismo e sua visão vão se comportar.

Foto: Trailrunning/Pinterest Foto: Trailrunning/Pinterest

6. Treinos de propriocepção

Para as provas de montanhas e trilhas os treinos que envolvem equilíbrio, propriocepção, agilidade são fundamentais. Essas qualidades se potencializam quando a visão fica diminuída.

7. Lixos nas trilhas

O ideal é que nunca deixemos copos, sacos plásticos, embalagens de gel de carboidrato e garrafas de isotônico nas trilhas. Em provas noturnas isso é inadmissível, pois o esforço dos organizadores será muito maior pra limpar os locais dos eventos.

8. Queda de temperatura

Diversas provas largam durante o dia e entram na noite, tornado assim a diferença de temperatura muito grande. Esteja preparado com roupas especiais, jaquetas impermeáveis e roupas com tecidos especiais que transpiram, mas mantém a temperatura corporal.

9. Tênis ideal

Se durante o dia a escolha do tênis ideal é importante, a noite então pode ser fundamental pra te manter em pé em caso de uma trilha mais técnica e com lama ou em uma prova com mais estradas que exigem menos grip (garra no solado).

10. Briga com o sono

Algumas provas vão noite a dentro e exigem sua total atenção na marcação das trilhas noturnas, procure usar todas as estratégias que tiver pra se manter atento. O cansaço geral pode somar com o sono aumentando ainda mais a dificuldade da sua prova.