Olivera Jevtic

Olivera Jevti pode levar o tri da São Silvestre pelo terceiro país diferente

Corridas de Rua · 19 dez, 2009

A Corrida Internacional de São Silvestre ganhou mais uma corredora estrangeira no field do próximo dia 31 em São Paulo: a sérvia Olivera Jevtic, campeã em 1998 e 2005. Na primeira vitória ela marcou o tempo de 51min35 e ainda representava a antiga Iugoslávia, nação que se desmembrou em diversos países a partir de 2003.

Em sua segunda incursão ao degrau mais alto do pódio ela completou com o tempo de 51min38 correndo sob a bandeira da Servia e Montenegro, país que se desmembrou da Iugoslávia em 2003. Já na disputa deste ano, caso vença, dará o primeiro título da prova para a Sérvia, país criado em 2006 com a separação de Sérvia e Montenegro.

Aos 31 anos de idade, ela ostenta no currículo 31min31 nos 10 quilômetros em Budapeste (Hungria) no ano de 2001, 1h09min18 na Meia Maratona, tempo obtido em Novi Sad (Sérvia) 2002 e 2h25min23 na Maratona, obtido em 2003 em Roterdã (Holanda). Nos 15 quilômetros, distância da São Silvestre, ela possui como melhor marca 49min06 numa prova disputada em Bristol (Inglaterra).

A prova deste ano reunirá pela terceira vez consecutiva 20 mil inscritos e terá os seguintes horários de largada: 15h cadeirantes e handcycle (masculino e feminino); 15h05 - outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 - elite feminina; e 16h47 - elite masculina e demais categorias.


Olivera Jevti pode levar o tri da São Silvestre pelo terceiro país diferente

Corridas de Rua · 19 dez, 2009

A Corrida Internacional de São Silvestre ganhou mais uma corredora estrangeira no field do próximo dia 31 em São Paulo: a sérvia Olivera Jevtic, campeã em 1998 e 2005. Na primeira vitória ela marcou o tempo de 51min35 e ainda representava a antiga Iugoslávia, nação que se desmembrou em diversos países a partir de 2003.

Em sua segunda incursão ao degrau mais alto do pódio ela completou com o tempo de 51min38 correndo sob a bandeira da Servia e Montenegro, país que se desmembrou da Iugoslávia em 2003. Já na disputa deste ano, caso vença, dará o primeiro título da prova para a Sérvia, país criado em 2006 com a separação de Sérvia e Montenegro.

Aos 31 anos de idade, ela ostenta no currículo 31min31 nos 10 quilômetros em Budapeste (Hungria) no ano de 2001, 1h09min18 na Meia Maratona, tempo obtido em Novi Sad (Sérvia) 2002 e 2h25min23 na Maratona, obtido em 2003 em Roterdã (Holanda). Nos 15 quilômetros, distância da São Silvestre, ela possui como melhor marca 49min06 numa prova disputada em Bristol (Inglaterra).

A prova deste ano reunirá pela terceira vez consecutiva 20 mil inscritos e terá os seguintes horários de largada: 15h cadeirantes e handcycle (masculino e feminino); 15h05 - outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 - elite feminina; e 16h47 - elite masculina e demais categorias.