mundial de triathlon

Atleta paranaense vence Mundial de Triathlon

Triathlon · 29 nov, 2022

O triatleta mourãoense Henrique Pedroso Silvério ficou em primeiro lugar no Campeonato Mundial de Triathlon, realizado de 23 a 26 de novembro em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Henrique venceu a prova de aquabike, que é a combinação de natação […]


Atleta paranaense vence Mundial de Triathlon

Triathlon · 29 nov, 2022

O triatleta mourãoense Henrique Pedroso Silvério ficou em primeiro lugar no Campeonato Mundial de Triathlon, realizado de 23 a 26 de novembro em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Henrique venceu a prova de aquabike, que é a combinação de natação […]

Triatleta carioca disputa o Mundial Ultraman, prova de 515 km, em três dias

Ultramaratona · 28 nov, 2019

Nadar em mar aberto, pedalar e correr em uma das provas mais difíceis do mundo, superando 515 quilômetros de muitos desafios. O Ultraman World Championships será realizado a partir desta sexta-feira (29) e até domingo (1/12), no Havaí (EUA). O […]


Triatleta carioca disputa o Mundial Ultraman, prova de 515 km, em três dias

Ultramaratona · 28 nov, 2019

Nadar em mar aberto, pedalar e correr em uma das provas mais difíceis do mundo, superando 515 quilômetros de muitos desafios. O Ultraman World Championships será realizado a partir desta sexta-feira (29) e até domingo (1/12), no Havaí (EUA). O […]

Jovens promessas do triathlon competem o Mundial

Triathlon · 05 jul, 2006

No dia dois de setembro acontece em Lausanne, Suíça, o Campeonato Mundial de Triathlon, uma das mais importantes provas da modalidade e duas jovens promessas brasileiras vão competir os 1,5k de natação, 40k de ciclismo e 10k de corrida . Bruno Pereira Matheus, 20 anos e Carolina Furriela, de 16 anos, lutam para se transformar em grandes competidores em um curto espaço de tempo.

Carolina tenta controlar a ansiedade e diz que vai deixar a expectativa apenas para os momentos que antecedem a largada. Essa será sua primeira participação em provas do exterior e ela vai confiante. "Estou muito entusiasmada com esta chance de participar de um evento de grande valor e, ainda mais, de defender as cores da nação entre os melhores do planeta", afirmou a triatleta.

Segunda colocada no SP Open de Biathlon em junho desse ano, Carolina sonha com uma ótima performance, pois acredita em seu potencial. "Espero um altíssimo nível técnico na prova, mas estou tranqüila e consciente do que posso mostrar e conquistar”.

Porém, para alcançar um bom resultado na competição, ela vai precisar melhorar um pouco os fundamentos da natação. "O curioso é que consigo boas marcas na piscina, mas nadar no mar é completamente diferente. Preciso me aprimorar nesta área, pois considero que estou bem no ciclismo e corrida”.

Ao contrário de Carolina, Bruno Pereira Matheus já possui na bagagem algumas provas internacionais. "É diferente de tudo. Você chega com a responsabilidade de levar o seu nome e o do País inteiro".

A experiência mais importante de Bruno foi no Mundial de 2005, no Japão, onde consegui um bom resultado. "Competi sem saber nada sobre meus adversários, mas não me intimidei e parti em busca de uma boa colocação. E deu certo, fui o sétimo colocado na ala júnior, sendo o melhor da América do Sul.”

Para esse ano o objetivo dele é terminar como top 10 na categoria sub 23. "Só depende de mim. Mas para isso preciso estar bem treinado para acompanhar o pelotão principal. Tenho buscado me aperfeiçoar na natação, mas é necessário atenção com o ciclismo e corrida também. Soube que na Suíça o percurso é repleto de trechos íngremes”.

Ele também pretende ganhar experiência para repetir nas categorias profissionais os bons resultados que já alcançou nas categorias de base. Entre as principais conquistas estão o campeonato paulista, o sul-americano, além do vice brasileiro como júnior; vice do pan-americano; título brasileiro no sub-23, além do bicampeonato do SP Open de Biathlon.


Jovens promessas do triathlon competem o Mundial

Triathlon · 05 jul, 2006

No dia dois de setembro acontece em Lausanne, Suíça, o Campeonato Mundial de Triathlon, uma das mais importantes provas da modalidade e duas jovens promessas brasileiras vão competir os 1,5k de natação, 40k de ciclismo e 10k de corrida . Bruno Pereira Matheus, 20 anos e Carolina Furriela, de 16 anos, lutam para se transformar em grandes competidores em um curto espaço de tempo.

Carolina tenta controlar a ansiedade e diz que vai deixar a expectativa apenas para os momentos que antecedem a largada. Essa será sua primeira participação em provas do exterior e ela vai confiante. "Estou muito entusiasmada com esta chance de participar de um evento de grande valor e, ainda mais, de defender as cores da nação entre os melhores do planeta", afirmou a triatleta.

Segunda colocada no SP Open de Biathlon em junho desse ano, Carolina sonha com uma ótima performance, pois acredita em seu potencial. "Espero um altíssimo nível técnico na prova, mas estou tranqüila e consciente do que posso mostrar e conquistar”.

Porém, para alcançar um bom resultado na competição, ela vai precisar melhorar um pouco os fundamentos da natação. "O curioso é que consigo boas marcas na piscina, mas nadar no mar é completamente diferente. Preciso me aprimorar nesta área, pois considero que estou bem no ciclismo e corrida”.

Ao contrário de Carolina, Bruno Pereira Matheus já possui na bagagem algumas provas internacionais. "É diferente de tudo. Você chega com a responsabilidade de levar o seu nome e o do País inteiro".

A experiência mais importante de Bruno foi no Mundial de 2005, no Japão, onde consegui um bom resultado. "Competi sem saber nada sobre meus adversários, mas não me intimidei e parti em busca de uma boa colocação. E deu certo, fui o sétimo colocado na ala júnior, sendo o melhor da América do Sul.”

Para esse ano o objetivo dele é terminar como top 10 na categoria sub 23. "Só depende de mim. Mas para isso preciso estar bem treinado para acompanhar o pelotão principal. Tenho buscado me aperfeiçoar na natação, mas é necessário atenção com o ciclismo e corrida também. Soube que na Suíça o percurso é repleto de trechos íngremes”.

Ele também pretende ganhar experiência para repetir nas categorias profissionais os bons resultados que já alcançou nas categorias de base. Entre as principais conquistas estão o campeonato paulista, o sul-americano, além do vice brasileiro como júnior; vice do pan-americano; título brasileiro no sub-23, além do bicampeonato do SP Open de Biathlon.