Maratona do Rio de Janeiro

Estreante ganha Maratona do Rio de Janeiro

Maratona · 29 jun, 2008

Na manhã ensolarada desse domingo (29), cerca de 14 mil atletas disputaram a Maratona Caixa do Rio de Janeiro, a largada da prova foi no Recreio dos Bandeirantes e a chegada no Aterro do Flamengo, com um percurso literalmente de tirar o fôlego: a bela orla carioca. A vitória foi brasileira com o estreante Domingos Nonato da Silva (2h17min20seg) e da veterana Marizete Moreira dos Santos (2h39min09).

Rio de Janiero - A maratona Caixa do Rio de Janeiro foi o primeiro evento da cidade como candidata à sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e reuniu cerca de 14 mil atletas, que se dividiram em três categorias: maratona, meia maratona e family run (prova com seis quilômetros).

O percurso contou com cinco pontos de entretenimento para o público com DJs e bandas ao vivo. Após a premiação, Toni Garrido fez um show de encerramento. O percurso da prova foi todo plano, com exceção do trecho entre o elevado do Joá (quilômetro 22) e o Leblon (quilômetro 33), e foi extremamente elogiado pelos corredores, não só pela beleza, mas pelo fato de possibilitar a melhora de tempos. O evento também foi válido para atletas estrangeiros tentarem o índice para Pequim.

A maratona masculina teve como campeão Domingos Nonato da Silva (2h17min20) que disputou a sua primeira maratona, antes disso ele só havia disputado meia maratona e corridas menores. A prova foi bastante disputada e o segundo lugar Elésio Valdo Oliveira chegou apenas 27 segundos atrás de Domingos.

“Foi muito importante ter vencido, só tenho que agradecer, pois esta foi a minha primeira maratona. Foi uma prova difícil e eu só consegui assumir a liderança no quilometro 25. Eu gostei muito do percurso a orla do Rio é muito bonita”, diz Domingos.

Mulheres - A largada da prova feminina foi às 7h30, meia hora antes da prova masculina, e a primeira a cruzar a linha de chegada foi Marizete Moreira dos Santos. Ela completou os 42km em 2h39min09, seguida por Edielza Alves dos Santos Guimarães (2h41min26) e de Ilane Wandscheer (2h49min).

A campeã Marizete, que liderou a prova desde o início, gostou muito do clima do Rio de Janeiro, onde a temperatura durante a prova variou entre 25 e 28 graus. “Moro em Brasília e é muito seco, a umidade aqui no Rio me ajudou muito, eu gosto de correr no Rio”, afirma.

Já Edielza Alves dos Santos Guimarães, segunda colocada reclamou das condições climáticas: “Eu estava treinando em Guaratinguetá, com a temperatura por volta dos 10 graus e aqui está fazendo por volta de 20 graus, então o calor acabou atrapalhando”.

A meia maratona teve a largada às 7h30 na Barra da Tijuca e o ganhador da prova masculina foi o brasileiro Luís Paulo da Silva Antunes (1h04min08) seguido de perto pelo queniano Willy Kangogo Kimutai (1h04min15) e por Cosme Ancelmo de Souza (1h04min33).

Luís Paulo também ganhou a prova no ano passado e elogiou o percurso. “Foi uma corrida boa, como o percurso é plano pude melhorar o meu tempo e a prova serviu de treino, estou me preparando para o mundial que vai ser aqui no Rio” diz.

A prova feminina ficou com Simone Alves da Silva (1h19min15) seguida pela queniana Salina Jebet (1h20min16) e por Selma Cândida Reis (1h20min16). “Foi uma boa prova eu gostei muito do clima e da minha colocação” brinca Simone, que liderou a prova a partir do quilometro 12.

Quem não gostou do calor da cidade Maravilhosa foi a queniana Salina Jebet, que precisou de atendimento médico após cruzar a linha de chegada. Em compensação Selma estava muito feliz com o seu terceiro lugar “Esta prova é minha namorada, nós duas temos um resultado muito legal. Eu gosto muito das pessoas poderem escolher se querem fazer 6 km, 21 ou 42, assim não tem desculpa para não correr”, conta.

A Family Run foi a prova que reuniu a maior quantidade de competidores. A competição tinha pessoas de todas as idades, inclusive a portuguesa Rosa Mota, madrinha da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro e a maior vencedora da São Silvestre. Ela participou da Family Run prova para comemorar seu aniversário de 50 anos. “O percurso é muito bom porque é planinho. Eu fiquei muito feliz de ter participado, gosto muito de correr no Rio, é sempre uma grande festa e as pessoas são muito simpáticas”.

Marcio Souza virou bicampeão ao ganhar a prova masculina com um tempo de 18min12seg. O segundo lugar foi disputado e Manoel Júnior da Silva (18min58seg) chegou apenas um segundo na frente de Rafael Ferreira dos Santos (18min59seg), terceiro colocado.

“Fiquei muito feliz de ter sido bicampeão dos seis quilômetros, não consegui melhorar meu tempo porque corri praticamente sozinho, mas foi muito bom. São Pedro caprichou no dia dele, o dia está lindo e o clima agradável”, conta.

O pódio da prova feminina foi formado por Ana Cristina da Silva Pimentel (22min33seg) seguida por Janete Mayal (22min55seg) e Aparecida dos Anjos (23min). “Eu liderei a prova o tempo todo e a corrida foi muito boa, o clima ajudou. A prova foi bem organizada, com exceção agora na premiação”, diz Ana Cristina.

Os premiados da Family Run reclamaram que apesar da prova ter sido a primeira a terminar, foi a última a receber os troféus e por um engano do apresentador o público tinha sido convidado a se dirigir ao outro palco para ver o show de Toni Garrido, antes mesmo dos atletas serem premiados.

Amadores - Mas a premiação não era a preocupação da maioria dos participantes da Family Run, que foram em busca de diversão e companhia. Um exemplo era seu François Souza, de 75 anos. “Meu objetivo é completar a corrida. Sempre que eu posso participo, já corri outras provas”, conta.

A prova contou com muitos grupos formados por colegas de empresas e academias, como foi o caso de Rejane Borges, 23 anos, que correu junto com as pessoas da loja onde trabalha. “Eu gosto de vir porque corre todo mundo junto, hoje foi especial porque a loja prometeu um tênis para quem ficasse em primeiro lugar entre nós e graças a deus eu consegui”, conta.

Toni Garrido abriu seu show com “Solteiro no Rio de Janeiro” e deixou os corredores de todas as modalidades cantando juntos no Aterro do Flamengo. O show serviu como forma de confraternização e se complementou aos outros cinco palcos que foram montados na orla do Rio para animar os participantes.


Estreante ganha Maratona do Rio de Janeiro

Maratona · 29 jun, 2008

Na manhã ensolarada desse domingo (29), cerca de 14 mil atletas disputaram a Maratona Caixa do Rio de Janeiro, a largada da prova foi no Recreio dos Bandeirantes e a chegada no Aterro do Flamengo, com um percurso literalmente de tirar o fôlego: a bela orla carioca. A vitória foi brasileira com o estreante Domingos Nonato da Silva (2h17min20seg) e da veterana Marizete Moreira dos Santos (2h39min09).

Rio de Janiero - A maratona Caixa do Rio de Janeiro foi o primeiro evento da cidade como candidata à sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e reuniu cerca de 14 mil atletas, que se dividiram em três categorias: maratona, meia maratona e family run (prova com seis quilômetros).

O percurso contou com cinco pontos de entretenimento para o público com DJs e bandas ao vivo. Após a premiação, Toni Garrido fez um show de encerramento. O percurso da prova foi todo plano, com exceção do trecho entre o elevado do Joá (quilômetro 22) e o Leblon (quilômetro 33), e foi extremamente elogiado pelos corredores, não só pela beleza, mas pelo fato de possibilitar a melhora de tempos. O evento também foi válido para atletas estrangeiros tentarem o índice para Pequim.

A maratona masculina teve como campeão Domingos Nonato da Silva (2h17min20) que disputou a sua primeira maratona, antes disso ele só havia disputado meia maratona e corridas menores. A prova foi bastante disputada e o segundo lugar Elésio Valdo Oliveira chegou apenas 27 segundos atrás de Domingos.

“Foi muito importante ter vencido, só tenho que agradecer, pois esta foi a minha primeira maratona. Foi uma prova difícil e eu só consegui assumir a liderança no quilometro 25. Eu gostei muito do percurso a orla do Rio é muito bonita”, diz Domingos.

Mulheres - A largada da prova feminina foi às 7h30, meia hora antes da prova masculina, e a primeira a cruzar a linha de chegada foi Marizete Moreira dos Santos. Ela completou os 42km em 2h39min09, seguida por Edielza Alves dos Santos Guimarães (2h41min26) e de Ilane Wandscheer (2h49min).

A campeã Marizete, que liderou a prova desde o início, gostou muito do clima do Rio de Janeiro, onde a temperatura durante a prova variou entre 25 e 28 graus. “Moro em Brasília e é muito seco, a umidade aqui no Rio me ajudou muito, eu gosto de correr no Rio”, afirma.

Já Edielza Alves dos Santos Guimarães, segunda colocada reclamou das condições climáticas: “Eu estava treinando em Guaratinguetá, com a temperatura por volta dos 10 graus e aqui está fazendo por volta de 20 graus, então o calor acabou atrapalhando”.

A meia maratona teve a largada às 7h30 na Barra da Tijuca e o ganhador da prova masculina foi o brasileiro Luís Paulo da Silva Antunes (1h04min08) seguido de perto pelo queniano Willy Kangogo Kimutai (1h04min15) e por Cosme Ancelmo de Souza (1h04min33).

Luís Paulo também ganhou a prova no ano passado e elogiou o percurso. “Foi uma corrida boa, como o percurso é plano pude melhorar o meu tempo e a prova serviu de treino, estou me preparando para o mundial que vai ser aqui no Rio” diz.

A prova feminina ficou com Simone Alves da Silva (1h19min15) seguida pela queniana Salina Jebet (1h20min16) e por Selma Cândida Reis (1h20min16). “Foi uma boa prova eu gostei muito do clima e da minha colocação” brinca Simone, que liderou a prova a partir do quilometro 12.

Quem não gostou do calor da cidade Maravilhosa foi a queniana Salina Jebet, que precisou de atendimento médico após cruzar a linha de chegada. Em compensação Selma estava muito feliz com o seu terceiro lugar “Esta prova é minha namorada, nós duas temos um resultado muito legal. Eu gosto muito das pessoas poderem escolher se querem fazer 6 km, 21 ou 42, assim não tem desculpa para não correr”, conta.

A Family Run foi a prova que reuniu a maior quantidade de competidores. A competição tinha pessoas de todas as idades, inclusive a portuguesa Rosa Mota, madrinha da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro e a maior vencedora da São Silvestre. Ela participou da Family Run prova para comemorar seu aniversário de 50 anos. “O percurso é muito bom porque é planinho. Eu fiquei muito feliz de ter participado, gosto muito de correr no Rio, é sempre uma grande festa e as pessoas são muito simpáticas”.

Marcio Souza virou bicampeão ao ganhar a prova masculina com um tempo de 18min12seg. O segundo lugar foi disputado e Manoel Júnior da Silva (18min58seg) chegou apenas um segundo na frente de Rafael Ferreira dos Santos (18min59seg), terceiro colocado.

“Fiquei muito feliz de ter sido bicampeão dos seis quilômetros, não consegui melhorar meu tempo porque corri praticamente sozinho, mas foi muito bom. São Pedro caprichou no dia dele, o dia está lindo e o clima agradável”, conta.

O pódio da prova feminina foi formado por Ana Cristina da Silva Pimentel (22min33seg) seguida por Janete Mayal (22min55seg) e Aparecida dos Anjos (23min). “Eu liderei a prova o tempo todo e a corrida foi muito boa, o clima ajudou. A prova foi bem organizada, com exceção agora na premiação”, diz Ana Cristina.

Os premiados da Family Run reclamaram que apesar da prova ter sido a primeira a terminar, foi a última a receber os troféus e por um engano do apresentador o público tinha sido convidado a se dirigir ao outro palco para ver o show de Toni Garrido, antes mesmo dos atletas serem premiados.

Amadores - Mas a premiação não era a preocupação da maioria dos participantes da Family Run, que foram em busca de diversão e companhia. Um exemplo era seu François Souza, de 75 anos. “Meu objetivo é completar a corrida. Sempre que eu posso participo, já corri outras provas”, conta.

A prova contou com muitos grupos formados por colegas de empresas e academias, como foi o caso de Rejane Borges, 23 anos, que correu junto com as pessoas da loja onde trabalha. “Eu gosto de vir porque corre todo mundo junto, hoje foi especial porque a loja prometeu um tênis para quem ficasse em primeiro lugar entre nós e graças a deus eu consegui”, conta.

Toni Garrido abriu seu show com “Solteiro no Rio de Janeiro” e deixou os corredores de todas as modalidades cantando juntos no Aterro do Flamengo. O show serviu como forma de confraternização e se complementou aos outros cinco palcos que foram montados na orla do Rio para animar os participantes.

Márica Narloch corre Meia Maratona no Rio de Janeiro

Maratona · 19 jun, 2007

Márcia Narloch, ouro no Pan de Santo Domingo 2003, estará presente na Maratona do Rio de Janeiro, que acontece nesse domingo (24), mas competirá apenas a prova de meia maratona. O objetivo é continuar a preparação para os 42,195 quilômetros do Pan.

Narloch vai partir com todas as forças rumo à vitória e promete dar trabalho às adversárias, já que essa competição será uma boa forma de avaliar sua condição atual. “Venho de uma semana de treinamento pesado em Teresópolis, fazendo de 150 a 180 quilômetros ao longo dos dias. Por isso, quero correr forte para testar o meu tempo. Não pretendo só treinar, quero vencer também”, comenta.

A largada acontece a partir das 8h, na Praia do Pepê, na Barra e o percurso será parecido com o da competição pan-americana. “A prova será importante para eu me familiarizar o que encontrarei no Pan, para já entrar no clima”, ressalta.

Outra presença garantida, dessa vez na competição masculina, é a de Marcos Elias, vencedor da Maratona de Porto Alegre, disputada no último dia 27 de maio. O paranaense de 28 anos decidiu fazer os 21 quilômetros, pois teria pouco tempo de descanso entre a competição gaúcha e a carioca.


Márica Narloch corre Meia Maratona no Rio de Janeiro

Maratona · 19 jun, 2007

Márcia Narloch, ouro no Pan de Santo Domingo 2003, estará presente na Maratona do Rio de Janeiro, que acontece nesse domingo (24), mas competirá apenas a prova de meia maratona. O objetivo é continuar a preparação para os 42,195 quilômetros do Pan.

Narloch vai partir com todas as forças rumo à vitória e promete dar trabalho às adversárias, já que essa competição será uma boa forma de avaliar sua condição atual. “Venho de uma semana de treinamento pesado em Teresópolis, fazendo de 150 a 180 quilômetros ao longo dos dias. Por isso, quero correr forte para testar o meu tempo. Não pretendo só treinar, quero vencer também”, comenta.

A largada acontece a partir das 8h, na Praia do Pepê, na Barra e o percurso será parecido com o da competição pan-americana. “A prova será importante para eu me familiarizar o que encontrarei no Pan, para já entrar no clima”, ressalta.

Outra presença garantida, dessa vez na competição masculina, é a de Marcos Elias, vencedor da Maratona de Porto Alegre, disputada no último dia 27 de maio. O paranaense de 28 anos decidiu fazer os 21 quilômetros, pois teria pouco tempo de descanso entre a competição gaúcha e a carioca.

Maratona do Rio de Janeiro tem jantar de massas

Maratona · 18 jun, 2007

No próximo domingo acontece no bairro do Recreio a Maratona do Rio de Janeiro, prova que contará como atrativo um jantar de massas, da mesma forma como acontece nas principais provas internacionais. Serão servidos 100 quilos de massa entre os dias 22 e 23, no Mar Palace Copacabana Hotel.

O carboidrato presente no macarrão é uma ótima fonte de energia para os atletas na hora de enfrentar os 42,195 quilômetros de uma competição como essa e, por ser o primeiro ano do Jantar Oficial, o número de vagas será restrito a 200. “Estamos mirando a Maratona de Nova York como exemplo. Trouxemos de lá algumas idéias de parceria e achamos que o jantar tem tudo para pegar aqui no Brasil”, comenta Marcus Vinícius Freire, um dos responsáveis pela competição. “Em vez de o corredor comer em qualquer lugar, ele terá um jantar de qualidade no hotel oficial, o que também ajuda para aproximarmos o competidor da prova”, completa.

A expectativa é que 10 mil corredores participem e, de acordo com os organizadores, 500 estrangeiros já confirmaram presença, número 700% superior ao de 2006. Um incentivo será a premiação total de R$ 200 mil para os dez primeiros colocados da prova, no masculino e feminino, e também para os cinco primeiros treinadores.

Simultaneamente acontecerá uma meia maratona com largada prevista para as 8h, na Praça do Pepê, na Barra, e chegada no mesmo local da Maratona. Uma novidade será a realização da Family Run, prova de seis quilômetros com largada e chegada no Aterro do Flamengo. A portuguesa Rosa Mota, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul 1988 e seis vezes vencedora da corrida de São Silvestre, virá como convidada VIP com a possibilidade de correr essa prova.

No ponto de chegada das três provas estão previstos serviços de massoterapia e alongamento e ao longo do percurso dos 42 km, estão previstos pontos sonorizados, nos quais o público poderá se entreter incentivando os corredores.

Serviço

  • Maratona do Rio de Janeiro – largada às 8h na Praça do Pontal do Tim Maia.

  • Jantar de Massas - Custo de R$ 30 por pessoa, limitado a 200 participantes.


  • Maratona do Rio de Janeiro tem jantar de massas

    Maratona · 18 jun, 2007

    No próximo domingo acontece no bairro do Recreio a Maratona do Rio de Janeiro, prova que contará como atrativo um jantar de massas, da mesma forma como acontece nas principais provas internacionais. Serão servidos 100 quilos de massa entre os dias 22 e 23, no Mar Palace Copacabana Hotel.

    O carboidrato presente no macarrão é uma ótima fonte de energia para os atletas na hora de enfrentar os 42,195 quilômetros de uma competição como essa e, por ser o primeiro ano do Jantar Oficial, o número de vagas será restrito a 200. “Estamos mirando a Maratona de Nova York como exemplo. Trouxemos de lá algumas idéias de parceria e achamos que o jantar tem tudo para pegar aqui no Brasil”, comenta Marcus Vinícius Freire, um dos responsáveis pela competição. “Em vez de o corredor comer em qualquer lugar, ele terá um jantar de qualidade no hotel oficial, o que também ajuda para aproximarmos o competidor da prova”, completa.

    A expectativa é que 10 mil corredores participem e, de acordo com os organizadores, 500 estrangeiros já confirmaram presença, número 700% superior ao de 2006. Um incentivo será a premiação total de R$ 200 mil para os dez primeiros colocados da prova, no masculino e feminino, e também para os cinco primeiros treinadores.

    Simultaneamente acontecerá uma meia maratona com largada prevista para as 8h, na Praça do Pepê, na Barra, e chegada no mesmo local da Maratona. Uma novidade será a realização da Family Run, prova de seis quilômetros com largada e chegada no Aterro do Flamengo. A portuguesa Rosa Mota, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul 1988 e seis vezes vencedora da corrida de São Silvestre, virá como convidada VIP com a possibilidade de correr essa prova.

    No ponto de chegada das três provas estão previstos serviços de massoterapia e alongamento e ao longo do percurso dos 42 km, estão previstos pontos sonorizados, nos quais o público poderá se entreter incentivando os corredores.

    Serviço

  • Maratona do Rio de Janeiro – largada às 8h na Praça do Pontal do Tim Maia.

  • Jantar de Massas - Custo de R$ 30 por pessoa, limitado a 200 participantes.

  • Confira a premiação para a Maratona do RJ

    Maratona · 15 jun, 2007

    A Maratona do Rio de Janeiro, que acontece no próximo dia 24, recebeu um incentivo do prefeito César Maia, que dobrou o valor da premiação. Ainda com o intuito de aumentar a competitividade, os organizadores vão oferecer um bônus para a quebra de recorde, além de uma bonificação em dinheiro para os treinadores dos atletas campeões.

    A premiação em dinheiro para os atletas das categorias masculino e feminino da Maratona, será a seguinte:

  • 1º Lugar R$ 16 mil
  • 2º Lugar R$ 8.000
  • 3º Lugar R$ 6.000
  • 4º Lugar R$ 5.000
  • 5º Lugar R$ 3.000
  • 6º Lugar R$ 1.600
  • 7º Lugar R$ 1.400
  • 8º Lugar R$ 1.200
  • 9º Lugar R$ 1.000
  • 10º Lugar R$ 800

    O vencedor que estabelecer um tempo igual ou abaixo de 2h13 entre os homens e 2h37 entre as mulheres, será contemplado com a quantia de quatro mil reais, como forma de bônus. Já os treinadores dos atletas campeões, serão premiados com os seguintes valores em dinheiro.

  • 1º Lugar R$ 1.000
  • 2º Lugar R$ 800
  • 3º Lugar R$ 500
  • 4º Lugar R$ 400
  • 5º Lugar R$ 300

    Mais valores - Haverá também premiação por idade masculina e feminina, nos seguintes valores: R$ 200 para o primeiro colocado, R$ 100 para o segundo e R$ 50 para o terceiro, de acordo com as faixas etárias listadas no site oficial da competição. Os Portadores de Necessidades Especiais (PNEs), nos quais se incluem os cadeirantes, receberão R$ 250 pelo primeiro lugar, R$ 150 pelo segundo e R$ 100 pelo terceiro.

    A organização também vai oferecer premiação para as empresas com maior número de inscritos, assim como as equipes de personal trainer ou academias com maior número de participantes. A Meia Maratona também contará com premiação em dinheiro para a categoria Geral e troféus para as faixas etárias, PNEs e equipes.

    Já a corrida de seis quilômetros, a Family Run, contará com troféus para as categorias geral e para as equipes. Para ter acesso ao regulamento completo, basta acessar o site oficial da competição, o www.maratonadorio.com.br.


  • Confira a premiação para a Maratona do RJ

    Maratona · 15 jun, 2007

    A Maratona do Rio de Janeiro, que acontece no próximo dia 24, recebeu um incentivo do prefeito César Maia, que dobrou o valor da premiação. Ainda com o intuito de aumentar a competitividade, os organizadores vão oferecer um bônus para a quebra de recorde, além de uma bonificação em dinheiro para os treinadores dos atletas campeões.

    A premiação em dinheiro para os atletas das categorias masculino e feminino da Maratona, será a seguinte:

  • 1º Lugar R$ 16 mil
  • 2º Lugar R$ 8.000
  • 3º Lugar R$ 6.000
  • 4º Lugar R$ 5.000
  • 5º Lugar R$ 3.000
  • 6º Lugar R$ 1.600
  • 7º Lugar R$ 1.400
  • 8º Lugar R$ 1.200
  • 9º Lugar R$ 1.000
  • 10º Lugar R$ 800

    O vencedor que estabelecer um tempo igual ou abaixo de 2h13 entre os homens e 2h37 entre as mulheres, será contemplado com a quantia de quatro mil reais, como forma de bônus. Já os treinadores dos atletas campeões, serão premiados com os seguintes valores em dinheiro.

  • 1º Lugar R$ 1.000
  • 2º Lugar R$ 800
  • 3º Lugar R$ 500
  • 4º Lugar R$ 400
  • 5º Lugar R$ 300

    Mais valores - Haverá também premiação por idade masculina e feminina, nos seguintes valores: R$ 200 para o primeiro colocado, R$ 100 para o segundo e R$ 50 para o terceiro, de acordo com as faixas etárias listadas no site oficial da competição. Os Portadores de Necessidades Especiais (PNEs), nos quais se incluem os cadeirantes, receberão R$ 250 pelo primeiro lugar, R$ 150 pelo segundo e R$ 100 pelo terceiro.

    A organização também vai oferecer premiação para as empresas com maior número de inscritos, assim como as equipes de personal trainer ou academias com maior número de participantes. A Meia Maratona também contará com premiação em dinheiro para a categoria Geral e troféus para as faixas etárias, PNEs e equipes.

    Já a corrida de seis quilômetros, a Family Run, contará com troféus para as categorias geral e para as equipes. Para ter acesso ao regulamento completo, basta acessar o site oficial da competição, o www.maratonadorio.com.br.

  • Maratona do Rio terá premiação dobrada

    Maratona · 14 jun, 2007

    O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, anunciou que a Prefeitura vai oferecer R$100 mil para compor a premiação da Maratona do Rio de Janeiro, prova que acontece no próximo dia 24. Dessa forma, o valor passa a ser o dobro do inicialmente divulgado pelos organizadores, fato que deve aumentar a briga pelos primeiros lugares.

    De acordo com Maia, o evento será uma oportunidade para testar a estrutura dos Jogos Pan-americanos, já que o percurso passa por um trecho da Maratona do Pan. “A Maratona mostra a imagem da cidade que vai para o mundo todo. Será um dos eventos mais importantes, pois vai testar esse grande equipamento que é o Rio de Janeiro e sua orla”, declarou aos organizadores.

    Ele ressalta ainda que a escolha do percurso e o fato de os corredores estarem divididos por categorias, pessoas de todas as idades poderão participar e a cidade terá um destaque maior. “O Rio até hoje não conseguiu ter uma grande maratona, pelo seu desenho. Agora, dividindo as categorias, os profissionais e aqueles que participam por alegria e diversão, vai transformar a nossa maratona como uma das grandes do mundo”.

    A largada acontece a partir das 8h a Praça do Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes e ainda haverá uma meia maratona e uma corrida de seis quilômetros, intitulada de Family Run.


    Maratona do Rio terá premiação dobrada

    Maratona · 14 jun, 2007

    O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, anunciou que a Prefeitura vai oferecer R$100 mil para compor a premiação da Maratona do Rio de Janeiro, prova que acontece no próximo dia 24. Dessa forma, o valor passa a ser o dobro do inicialmente divulgado pelos organizadores, fato que deve aumentar a briga pelos primeiros lugares.

    De acordo com Maia, o evento será uma oportunidade para testar a estrutura dos Jogos Pan-americanos, já que o percurso passa por um trecho da Maratona do Pan. “A Maratona mostra a imagem da cidade que vai para o mundo todo. Será um dos eventos mais importantes, pois vai testar esse grande equipamento que é o Rio de Janeiro e sua orla”, declarou aos organizadores.

    Ele ressalta ainda que a escolha do percurso e o fato de os corredores estarem divididos por categorias, pessoas de todas as idades poderão participar e a cidade terá um destaque maior. “O Rio até hoje não conseguiu ter uma grande maratona, pelo seu desenho. Agora, dividindo as categorias, os profissionais e aqueles que participam por alegria e diversão, vai transformar a nossa maratona como uma das grandes do mundo”.

    A largada acontece a partir das 8h a Praça do Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes e ainda haverá uma meia maratona e uma corrida de seis quilômetros, intitulada de Family Run.

    Maratona do RJ: último dia para as inscrições

    Maratona · 13 jun, 2007

    No próximo dia 24 a Cidade Maravilhosa receberá mais uma edição da Maratona do Rio de Janeiro, que além dos tradicionais 42,195 quilômetros, terá uma Meia Maratona e uma corrida de seis quilômetros, batizada de Family Run. As inscrições terminam hoje e o corredor pode optar por utilizar o transporte oficial até a largada, mediante o pagamento de uma taxa extra.

    A largada da Maratona acontece na Praça do Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes e a chegada será no Aterro do Flamengo, próximo à Praça Cuauhtémoque, enquanto a Meia larga na Praia da Barra e chega também no Aterro. Já a Family Run terá largada e chegada no Aterro do Flamengo.

    O percurso é considerado rápido, já que o trajeto é praticamente plano, com início ao nível do mar e altitude máxima de 20 metros entre os quilômetros 29 e 30. Em 2006 a vitória entre os homens ficou com José Pereira da Silva, com 2h21min14 e Leone Jiustino da Silva entre as mulheres com 2h59min58.

    As taxas para participar das competições são as seguintes:

  • Maratona com ônibus – R$ 60
  • Maratona sem ônibus – R$ 55
  • Meia Maratona com ônibus – R$ 50
  • Meia Maratona sem ônibus – R$ 45
  • Family Run – R$ 35

    Competidores com idade acima de 60 anos têm desconto nas inscrições, mediante a apresentação de cópia da carteira de identidade no ato da retirada dos kits. Os valores são:

  • Maratona com ônibus – R$ 30
  • Maratona sem ônibus – R$ 27,50
  • Meia Maratona com ônibus – R$ 25
  • Meia Maratona sem ônibus – R$ 22,50
  • Family Run – R$ 17,50

    Para efetivar a participação, é necessário preencher o formulário disponível no site da competição, o www.maratonadorio.com.br, ou comparecer pessoalmente a um dos postos oficiais, também listados no site.


  • Maratona do RJ: último dia para as inscrições

    Maratona · 13 jun, 2007

    No próximo dia 24 a Cidade Maravilhosa receberá mais uma edição da Maratona do Rio de Janeiro, que além dos tradicionais 42,195 quilômetros, terá uma Meia Maratona e uma corrida de seis quilômetros, batizada de Family Run. As inscrições terminam hoje e o corredor pode optar por utilizar o transporte oficial até a largada, mediante o pagamento de uma taxa extra.

    A largada da Maratona acontece na Praça do Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes e a chegada será no Aterro do Flamengo, próximo à Praça Cuauhtémoque, enquanto a Meia larga na Praia da Barra e chega também no Aterro. Já a Family Run terá largada e chegada no Aterro do Flamengo.

    O percurso é considerado rápido, já que o trajeto é praticamente plano, com início ao nível do mar e altitude máxima de 20 metros entre os quilômetros 29 e 30. Em 2006 a vitória entre os homens ficou com José Pereira da Silva, com 2h21min14 e Leone Jiustino da Silva entre as mulheres com 2h59min58.

    As taxas para participar das competições são as seguintes:

  • Maratona com ônibus – R$ 60
  • Maratona sem ônibus – R$ 55
  • Meia Maratona com ônibus – R$ 50
  • Meia Maratona sem ônibus – R$ 45
  • Family Run – R$ 35

    Competidores com idade acima de 60 anos têm desconto nas inscrições, mediante a apresentação de cópia da carteira de identidade no ato da retirada dos kits. Os valores são:

  • Maratona com ônibus – R$ 30
  • Maratona sem ônibus – R$ 27,50
  • Meia Maratona com ônibus – R$ 25
  • Meia Maratona sem ônibus – R$ 22,50
  • Family Run – R$ 17,50

    Para efetivar a participação, é necessário preencher o formulário disponível no site da competição, o www.maratonadorio.com.br, ou comparecer pessoalmente a um dos postos oficiais, também listados no site.