Ironman Flórida

Triatleta Talita Saab participa do Ironman 70.3 Flórida, em Orlando

Triathlon · 16 maio, 2011

Nesse domingo, dia 15 de maio, ocorreu em Orlando (EUA), no complexo do mundo Disney, o Ironman 70.3 com mais de 2500 atletas. A largada foi dada no Parque Magic Kingdom, onde os atletas percorreram 1.900 metros de natação no Bay Lake, 90 quilômetros de bicicleta nas avenidas do complexo dos parques da Disney e 21 quilômetros de corrida no Fort Wilderness. A triatleta itatibense, Talita Saab, participou e representou o Brasil na competição.

Talita era a única brasileira representante na categoria profissional, em que conquistou a 12ª colocação ao competir com as atletas profissionais mais renomadas no cenário mundial. No geral e entre as amadoras, a triatleta foi a primeira colocada brasileira.

A brasileira ficou satisfeita com sua natação ao sair no segundo pelotão, acompanhada de mais três atletas. “Consegui encaixar numa esteira de uma atleta e foi um ritmo bom, assim, ao saindo as três juntas da água me deixou bem motivada. Já no início da bike era nítido o vento forte, que permaneceu durante todo o percurso, o que me prejudicou bastante me deixando desgastada para a corrida, mas o percurso é plano e maravilhoso o que ajudava a me motivar”, conta ela.

Durante a corrida, a organização da prova forneceu estações de abastecimento de água com voluntários fantasiados de personagens da Disney para animar os atletas que passavam no local. “A organização foi impecável. É incrível como eles conseguem fazer tudo funcionar tão rápido. Gostei muito da experiência e pretendo voltar ano que vem”, completa Talita que aproveita o descanso de sua última prova do semestre e a partir de junho inicia uma preparação planejada para o Ironman 70.3 Brasil, que será em agosto, em Penha (SC).


Triatleta Talita Saab participa do Ironman 70.3 Flórida, em Orlando

Triathlon · 16 maio, 2011

Nesse domingo, dia 15 de maio, ocorreu em Orlando (EUA), no complexo do mundo Disney, o Ironman 70.3 com mais de 2500 atletas. A largada foi dada no Parque Magic Kingdom, onde os atletas percorreram 1.900 metros de natação no Bay Lake, 90 quilômetros de bicicleta nas avenidas do complexo dos parques da Disney e 21 quilômetros de corrida no Fort Wilderness. A triatleta itatibense, Talita Saab, participou e representou o Brasil na competição.

Talita era a única brasileira representante na categoria profissional, em que conquistou a 12ª colocação ao competir com as atletas profissionais mais renomadas no cenário mundial. No geral e entre as amadoras, a triatleta foi a primeira colocada brasileira.

A brasileira ficou satisfeita com sua natação ao sair no segundo pelotão, acompanhada de mais três atletas. “Consegui encaixar numa esteira de uma atleta e foi um ritmo bom, assim, ao saindo as três juntas da água me deixou bem motivada. Já no início da bike era nítido o vento forte, que permaneceu durante todo o percurso, o que me prejudicou bastante me deixando desgastada para a corrida, mas o percurso é plano e maravilhoso o que ajudava a me motivar”, conta ela.

Durante a corrida, a organização da prova forneceu estações de abastecimento de água com voluntários fantasiados de personagens da Disney para animar os atletas que passavam no local. “A organização foi impecável. É incrível como eles conseguem fazer tudo funcionar tão rápido. Gostei muito da experiência e pretendo voltar ano que vem”, completa Talita que aproveita o descanso de sua última prova do semestre e a partir de junho inicia uma preparação planejada para o Ironman 70.3 Brasil, que será em agosto, em Penha (SC).

Triatleta norte-americano morre no Ironman Flórida

Triathlon · 09 nov, 2006

De acordo com agências internacionais, o triatleta Barney Rice morreu na noite da última terça feira, três dias após ser resgatado durante a disputa do Ironman Florida 2006. Aos 35 anos de idade, ele foi socorrido por dois mergulhadores na marca dos 2,8 km da prova de natação, que ao todo tem 3,8 km.

De acordo com o hospital que atendeu o atleta, o Bay County Medical Center, a causa da morte ainda é desconhecida e os resultados da autópsia só estarão disponíveis após 10 ou 12 semanas. A morte de Rice foi a primeira em um Ironman disputado nos Estados Unidos, desde que John Boland faleceu durante a natação na prova de Utah. O primeiro registro de morte é de 2001, no Ironman Califórnia 70.3, ocasião em que Perry Rendina sofreu um acidente na bike.

Uma porta-voz do Ironman Florida afirmou que a organização não tem nada a dizer sobre o ocorrido no momento, mas vai fazer uma declaração futuramente. Segundo o departamento de polícia local, os dois mergulhadores que fizeram o resgate foram alertados do problema por outros competidores.

Resgate - John Mills teve que se dirigir ao local nadando, pois o golfo estava lotado de pessoas e seria muito difícil usar um barco de resgate. Junto com Kerry Dutton ele tentou ressuscitar Rice, que estava inconsciente e não respirava e o transportou em uma prancha com a ajuda de um jet-ski, que teve dificuldades para lidar com as fortes ondas do local.

De acordo com o relatório médico, ressuscitadores cardíacos foram capazes de retomar a pulsação, enquanto era levado de ambulância para o hospital, mas ele não resistiu e morreu. “Acredito que não havia mais nada que eu e o Kerry pudéssemos ter feito”, afirmou o mergulhador Mills à imprensa local.

Rice era sócio da North County Auto & Marine, uma revenda de carros e barcos novos e usados e em março completou o Ironman Califórnia 70.3, onde terminou após 7h17min17. Ele deixa a esposa Melissa e três filhos, Hunter; Asher e Atlas.


Triatleta norte-americano morre no Ironman Flórida

Triathlon · 09 nov, 2006

De acordo com agências internacionais, o triatleta Barney Rice morreu na noite da última terça feira, três dias após ser resgatado durante a disputa do Ironman Florida 2006. Aos 35 anos de idade, ele foi socorrido por dois mergulhadores na marca dos 2,8 km da prova de natação, que ao todo tem 3,8 km.

De acordo com o hospital que atendeu o atleta, o Bay County Medical Center, a causa da morte ainda é desconhecida e os resultados da autópsia só estarão disponíveis após 10 ou 12 semanas. A morte de Rice foi a primeira em um Ironman disputado nos Estados Unidos, desde que John Boland faleceu durante a natação na prova de Utah. O primeiro registro de morte é de 2001, no Ironman Califórnia 70.3, ocasião em que Perry Rendina sofreu um acidente na bike.

Uma porta-voz do Ironman Florida afirmou que a organização não tem nada a dizer sobre o ocorrido no momento, mas vai fazer uma declaração futuramente. Segundo o departamento de polícia local, os dois mergulhadores que fizeram o resgate foram alertados do problema por outros competidores.

Resgate - John Mills teve que se dirigir ao local nadando, pois o golfo estava lotado de pessoas e seria muito difícil usar um barco de resgate. Junto com Kerry Dutton ele tentou ressuscitar Rice, que estava inconsciente e não respirava e o transportou em uma prancha com a ajuda de um jet-ski, que teve dificuldades para lidar com as fortes ondas do local.

De acordo com o relatório médico, ressuscitadores cardíacos foram capazes de retomar a pulsação, enquanto era levado de ambulância para o hospital, mas ele não resistiu e morreu. “Acredito que não havia mais nada que eu e o Kerry pudéssemos ter feito”, afirmou o mergulhador Mills à imprensa local.

Rice era sócio da North County Auto & Marine, uma revenda de carros e barcos novos e usados e em março completou o Ironman Califórnia 70.3, onde terminou após 7h17min17. Ele deixa a esposa Melissa e três filhos, Hunter; Asher e Atlas.