Grécia

Valmir Nunes vence ultramaratona na Grécia

Ultra Maratona · 10 abr, 2006

O brasileiro Valmir Nunes conquistou no último sábado (8) o título na corrida de 24 horas do Festival de ultramaratona Internacional Helênico, em Loutraki (Grécia), após percorrer 283 voltas, o equivalente a 212.042 metros. A segunda colocação ficou com Eusébio Bochons, da Suíça, com 205.301 metros e a terceira com Peeter Vennikas, da Estônia, com 201.546 metros.

Nesse tipo de disputa, vence quem fizer a maior quilometragem nas 24 horas. “Corri bem, mas o percurso foi muito duro, montanhoso. Não estou 100% de minha forma física, mas consegui garantir mais esse título para o Brasil”, comemorou o atleta.

Aos 42 anos de idade, ele disputa ultramaratonas há 10 anos e já tem mais de 30 títulos na bagagem, como bi nos 100k da Holanda, em 1991, e 1995 na Itália, a Prova Pico Subida de Veleta (Espanha), prova que conta com 50k só de subida.

Além disso, ele ainda é o recordista das Américas nos 100 quilômetros, com o tempo de 6hor18min37seg, estabelecido na Soochow University Endurance Race, em Taiwan, em 2003.

Além de corredor, Valmir é técnico de corridas e atualmente treina Sirlene Pinho e Geovane de Jesus, dois dos principais atletas de elite do país na atualidade. A dupla venceu a meia maratona da Corpore, no domingo (9) e dedicou a vitória ao treinador.

Antes das competições, Sirlene e Geovane desejaram boa sorte ao treinador e disseram que fariam a parte deles na meia, para que o fim de semana fosse comemorado com uma vitória tripla.


Valmir Nunes vence ultramaratona na Grécia

Ultra Maratona · 10 abr, 2006

O brasileiro Valmir Nunes conquistou no último sábado (8) o título na corrida de 24 horas do Festival de ultramaratona Internacional Helênico, em Loutraki (Grécia), após percorrer 283 voltas, o equivalente a 212.042 metros. A segunda colocação ficou com Eusébio Bochons, da Suíça, com 205.301 metros e a terceira com Peeter Vennikas, da Estônia, com 201.546 metros.

Nesse tipo de disputa, vence quem fizer a maior quilometragem nas 24 horas. “Corri bem, mas o percurso foi muito duro, montanhoso. Não estou 100% de minha forma física, mas consegui garantir mais esse título para o Brasil”, comemorou o atleta.

Aos 42 anos de idade, ele disputa ultramaratonas há 10 anos e já tem mais de 30 títulos na bagagem, como bi nos 100k da Holanda, em 1991, e 1995 na Itália, a Prova Pico Subida de Veleta (Espanha), prova que conta com 50k só de subida.

Além disso, ele ainda é o recordista das Américas nos 100 quilômetros, com o tempo de 6hor18min37seg, estabelecido na Soochow University Endurance Race, em Taiwan, em 2003.

Além de corredor, Valmir é técnico de corridas e atualmente treina Sirlene Pinho e Geovane de Jesus, dois dos principais atletas de elite do país na atualidade. A dupla venceu a meia maratona da Corpore, no domingo (9) e dedicou a vitória ao treinador.

Antes das competições, Sirlene e Geovane desejaram boa sorte ao treinador e disseram que fariam a parte deles na meia, para que o fim de semana fosse comemorado com uma vitória tripla.