futebol

Campeão dos 100m troca atletismo por futebol

Atletismo · 12 mar, 2007

Dwain Chambers, campeão europeu dos 100 metros ficou dois anos fora do atletismo por ter se envolvido com doping e, após seu retorno, decidiu competir no futebol americano. Em novembro do ano passado ele participou de uma triagem com vários outros aspirantes a jogador e impressionou os treinadores.

Em declaração à imprensa internacional, Jack Bicknell, técnico da equipe Hamburg Sea Devils, elogiou o britânico. “Chambers além de ter uma ótima velocidade, tem segurança com as mãos”.

O atleta, que já assinou contrato com o time dos Estados Unidos, pode ter sua carreira encerrada de vez no mundo da velocidade. Isso não seria tão mau para ele, já que foi obrigado a devolver todo prêmio que receber em competições após sua volta, para compensar a premiação que ganhou enquanto competia sob doping.

“Pessoalmente acho que, como ele tem muito dinheiro a devolver, se puder encontrar um outro meio de sobreviver certamente o fará”, disse Cubie Seegobin, agente do atleta.


Campeão dos 100m troca atletismo por futebol

Atletismo · 12 mar, 2007

Dwain Chambers, campeão europeu dos 100 metros ficou dois anos fora do atletismo por ter se envolvido com doping e, após seu retorno, decidiu competir no futebol americano. Em novembro do ano passado ele participou de uma triagem com vários outros aspirantes a jogador e impressionou os treinadores.

Em declaração à imprensa internacional, Jack Bicknell, técnico da equipe Hamburg Sea Devils, elogiou o britânico. “Chambers além de ter uma ótima velocidade, tem segurança com as mãos”.

O atleta, que já assinou contrato com o time dos Estados Unidos, pode ter sua carreira encerrada de vez no mundo da velocidade. Isso não seria tão mau para ele, já que foi obrigado a devolver todo prêmio que receber em competições após sua volta, para compensar a premiação que ganhou enquanto competia sob doping.

“Pessoalmente acho que, como ele tem muito dinheiro a devolver, se puder encontrar um outro meio de sobreviver certamente o fará”, disse Cubie Seegobin, agente do atleta.

Carreira do velocista britânico Dwain Chambers está em cheque

Atletismo · 13 dez, 2006

O velocista britânico Dwain Chambers retornou às competições em junho, após ser banido do esporte por dois anos por uso de substâncias proibidas e pode ter sua carreira comprometida. Ele não está em forma para participar da temporada européia indoor, que começa no primeiro semestre de 2007 e, de acordo com seu agente, Cubie Seegobin, ele está estará pronto para a temporada outdoor, mas existem outras preocupações no momento.

O atleta será obrigado a devolver todo o dinheiro que ganhou nas competições, durante o período em que competiu dopado e seu agente acredita que a corrida não lhe trará mais frutos. “Ele deve ter mais um ou dois anos de competições e tem que devolver muito dinheiro. Então, se ele puder encontrar uma outra forma de ganhar a vida, certamente o fará”, comentou Seegobin.

O britânico fez um breve retorno às pistas, em junho passado, ocasião em que marcou 10seg07 nos 100m do British Grand Prix. Porém, essa marca não foi satisfatória, pois nos 100m do Campeonato Europeu, em Gotemburgo, ele obteve a sétima colocação.

Outro esporte - Por esse motivo, Chambers pode tentar uma carreira no futebol americano, em algum time da NFL, a Liga de Futebol Nacional. Ele treina desde o início de novembro com o time europeu de Cologne e aguarda um convite para o camping de seis semanas na Flórida, em março do ano que vem, que selecionará 48 atletas para integrar um dos times do campeonato.

Mark Lewis-Francis, velocista inglês que costumava ser um dos adversários de Dwain, afirmou em entrevista às agências internacionais que gostava de competir com o rival, mas que ele deve seguir o coração. “Se os objetivos e sonhos dele estão em outro lugar, tudo o que eu posso desejar é boa sorte”.


Carreira do velocista britânico Dwain Chambers está em cheque

Atletismo · 13 dez, 2006

O velocista britânico Dwain Chambers retornou às competições em junho, após ser banido do esporte por dois anos por uso de substâncias proibidas e pode ter sua carreira comprometida. Ele não está em forma para participar da temporada européia indoor, que começa no primeiro semestre de 2007 e, de acordo com seu agente, Cubie Seegobin, ele está estará pronto para a temporada outdoor, mas existem outras preocupações no momento.

O atleta será obrigado a devolver todo o dinheiro que ganhou nas competições, durante o período em que competiu dopado e seu agente acredita que a corrida não lhe trará mais frutos. “Ele deve ter mais um ou dois anos de competições e tem que devolver muito dinheiro. Então, se ele puder encontrar uma outra forma de ganhar a vida, certamente o fará”, comentou Seegobin.

O britânico fez um breve retorno às pistas, em junho passado, ocasião em que marcou 10seg07 nos 100m do British Grand Prix. Porém, essa marca não foi satisfatória, pois nos 100m do Campeonato Europeu, em Gotemburgo, ele obteve a sétima colocação.

Outro esporte - Por esse motivo, Chambers pode tentar uma carreira no futebol americano, em algum time da NFL, a Liga de Futebol Nacional. Ele treina desde o início de novembro com o time europeu de Cologne e aguarda um convite para o camping de seis semanas na Flórida, em março do ano que vem, que selecionará 48 atletas para integrar um dos times do campeonato.

Mark Lewis-Francis, velocista inglês que costumava ser um dos adversários de Dwain, afirmou em entrevista às agências internacionais que gostava de competir com o rival, mas que ele deve seguir o coração. “Se os objetivos e sonhos dele estão em outro lugar, tudo o que eu posso desejar é boa sorte”.