escandalo

Ex-velocista enfrenta tribunal acusado de fraude bancária

Atletismo · 09 abr, 2007

De acordo com agências internacionais, o ex-velocista americano, Tim Montgomery, enfrenta mais uma vez os tribunais a partir dessa terça-feira nos Estados Unidos. O atleta é acusado de envolvimento num esquema de lavagem de dinheiro com o seu antigo treinador, Steve Riddick. Os dois e mais um terceiro homem seriam responsáveis por uma fraude bancária de cinco milhões de dólares.

O Tribunal Federal de Manhattan, Nova York, abriu inquérito no ano passado e acusa Montgomery de depositar três cheques falsos no total de US$ 775 mil. Autoridades federais admitiram possuir provas suficientes sobre o esquema como gravações telefônicas, dados bancários entre outros.

Essa não é primeira vez que o medalhista olímpico tem problemas com os tribunais. Após as olimpíadas de Sidney, ele foi acusado de ter usado substâncias proibidas no esporte justamente no ano em que bateu o recorde mundial dos 100 metros rasos. O caso teve dois anos de investigação e a sentença final foi dada em 2005. Após o afastamento forçado, Montgomery se aposentou das pistas.


Ex-velocista enfrenta tribunal acusado de fraude bancária

Atletismo · 09 abr, 2007

De acordo com agências internacionais, o ex-velocista americano, Tim Montgomery, enfrenta mais uma vez os tribunais a partir dessa terça-feira nos Estados Unidos. O atleta é acusado de envolvimento num esquema de lavagem de dinheiro com o seu antigo treinador, Steve Riddick. Os dois e mais um terceiro homem seriam responsáveis por uma fraude bancária de cinco milhões de dólares.

O Tribunal Federal de Manhattan, Nova York, abriu inquérito no ano passado e acusa Montgomery de depositar três cheques falsos no total de US$ 775 mil. Autoridades federais admitiram possuir provas suficientes sobre o esquema como gravações telefônicas, dados bancários entre outros.

Essa não é primeira vez que o medalhista olímpico tem problemas com os tribunais. Após as olimpíadas de Sidney, ele foi acusado de ter usado substâncias proibidas no esporte justamente no ano em que bateu o recorde mundial dos 100 metros rasos. O caso teve dois anos de investigação e a sentença final foi dada em 2005. Após o afastamento forçado, Montgomery se aposentou das pistas.