dengue

Com dengue, Carla Moreno abandona Internacional de Santos

Triathlon · 28 fev, 2010

Santos - A triathleta que representou o Brasil diversas vezes em competições internacionais, Carla Moreno, desistiu de competir o Triathlon Internacional de Santos após nadar 750 metros do percurso. À véspera da prova deste domingo, 28, Carla teve diagnóstico confirmado de dengue, mas, mesmo assim, quis tentar participar. “Só posso desistir depois que eu tentei. Muita gente fala ‘ah, você foi louca’, mas é melhor que se eu tivesse ficado em casa pensando [se daria], pelo menos eu sei que eu tentei, eu vim”, justifica-se.

Ela, que já estava em um processo de recuperação por conta de uma cirurgia no estômago em outubro do ano passado, começou a passar mal após a primeira volta de natação da prova e percebeu que não teria condições de terminar o triathlon. “Eu nadei 750 metros, porém da primeira para a segunda boia, que é a metade do percurso, eu vomitei muito, eu não conseguia fazer força , sentia tontura, aí eu vi que realmente eu tinha que parar”, explica.

Carla relata que ficou chateada, pois acordou pensando que poderia dar tudo certo, mas tem orgulho de ter tentado participar da prova, afinal acredita que é diferente desistir em um dia de baixo rendimento físico de desistir por uma limitação causada por uma doença. “É diferente [desistir] quando você vê que o seu corpo não vai porque você está em um mal dia de quando você está doente e vendo que pode a qualquer momento desmaiar, então, por isso eu abandonei, mas eu tentei”, diz emocionada.

Agora, a atleta está focada em sua recuperação e em retomar o mais breve possível seus treinos. Já no fim de março, no dia 28, Carla pretende estar preparada para disputar a primeira etapa do Troféu Brasil de Triathlon, que também acontece em Santos (SP). E ela já pensa também em outras competições ao longo do ano. “Tem bastante prova no final de abril, quando eu volto para o circuito mundial. Eu dou graças a Deus que não é nada grave, acredito que até o final da próxima semana eu já volte aos treinos normais”, conclui.


Com dengue, Carla Moreno abandona Internacional de Santos

Triathlon · 28 fev, 2010

Santos - A triathleta que representou o Brasil diversas vezes em competições internacionais, Carla Moreno, desistiu de competir o Triathlon Internacional de Santos após nadar 750 metros do percurso. À véspera da prova deste domingo, 28, Carla teve diagnóstico confirmado de dengue, mas, mesmo assim, quis tentar participar. “Só posso desistir depois que eu tentei. Muita gente fala ‘ah, você foi louca’, mas é melhor que se eu tivesse ficado em casa pensando [se daria], pelo menos eu sei que eu tentei, eu vim”, justifica-se.

Ela, que já estava em um processo de recuperação por conta de uma cirurgia no estômago em outubro do ano passado, começou a passar mal após a primeira volta de natação da prova e percebeu que não teria condições de terminar o triathlon. “Eu nadei 750 metros, porém da primeira para a segunda boia, que é a metade do percurso, eu vomitei muito, eu não conseguia fazer força , sentia tontura, aí eu vi que realmente eu tinha que parar”, explica.

Carla relata que ficou chateada, pois acordou pensando que poderia dar tudo certo, mas tem orgulho de ter tentado participar da prova, afinal acredita que é diferente desistir em um dia de baixo rendimento físico de desistir por uma limitação causada por uma doença. “É diferente [desistir] quando você vê que o seu corpo não vai porque você está em um mal dia de quando você está doente e vendo que pode a qualquer momento desmaiar, então, por isso eu abandonei, mas eu tentei”, diz emocionada.

Agora, a atleta está focada em sua recuperação e em retomar o mais breve possível seus treinos. Já no fim de março, no dia 28, Carla pretende estar preparada para disputar a primeira etapa do Troféu Brasil de Triathlon, que também acontece em Santos (SP). E ela já pensa também em outras competições ao longo do ano. “Tem bastante prova no final de abril, quando eu volto para o circuito mundial. Eu dou graças a Deus que não é nada grave, acredito que até o final da próxima semana eu já volte aos treinos normais”, conclui.