Daegu

Usain Bolt vai disputar Mundial de Atletismo e quer conquistar o ouro

Atletismo · 26 ago, 2011

Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo, e outros candidatos a medalha no Campeonato Mundial de Atletismo, como Asafa Powell, Yohan Blake, Nesta Carter, Verônica Campbell-Brown, Melaine Walker, Shelly-Ann Fraser-Pryce e Kaliese Spencer, integrantes da seleção jamaicana. O Mundial será em Daegu, na Coréia do Sul, do dia 27 de agosto ao dia quatro de setembro.

Usain Bolt, que conquistou três medalhas olímpicas de ouro, é o principal atleta da Jamaica. O atleta afirma sua vontade de vencer: “Eu quero ser considerado um dos melhores atletas de todos os tempos e para fazer isto preciso vencer nos maiores eventos, que não ficam muito maiores do que o Campeonato Mundial. Fui muito bem na série da Diamond League e meu treinador e eu estamos treinando alguns elementos técnicos, que preciso aprimorar para ficar em minha melhor forma. Mas me sinto em boa forma, meus treinos estão indo bem e tenho boas lembranças de correr neste continente. O que mais quero é ir para a pista, ganhar o ouro e ajudar a Jamaica a atingir uma boa posição no quadro de meldalhas.”

O presidente da Associação Administrativa de Atletismo da Jamaica (JAAA), Howard Aris, fala sobre a importância do atletismo para o país. “Não posso enfatizar o suficiente o quanto a Track&Field é importante para a Jamaica. Quando a Track&Field promove estes eventos globais nosso país para, uma pequena ilha com apenas 2,8 milhões de pessoas apoiando Usain, Melaine, Asafa, Shelly-Ann, Yohan, Verônica, Nesta, Kaliese e outros atletas que irão usar nosso uniforme preto, verde e dourado”, comenta o presidente.

Em Daegu, Bolt correrá ao lado dos atletas Lacena Golding-Clarcke, Trecia-Kaye Smith, Maurice Smith e Jermaine Gonzalez. Com talento de sobra, valerá a pena assistir à equipe jamaicana, patrocinada pela Track&Field. Com esperança de vitória, Asafa Powell, dono do antigo recorde nos 100 metros, Yohan Blake, o quarto jamaicano mais rápido da história, Melaine Walker, que marcou o segundo melhor tempo nos 400 metros feminino, e Verônica Campbell-Brown, vencedora de cinco medalhas olímpicas, partem para as disputas em Daegu.


Usain Bolt vai disputar Mundial de Atletismo e quer conquistar o ouro

Atletismo · 26 ago, 2011

Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo, e outros candidatos a medalha no Campeonato Mundial de Atletismo, como Asafa Powell, Yohan Blake, Nesta Carter, Verônica Campbell-Brown, Melaine Walker, Shelly-Ann Fraser-Pryce e Kaliese Spencer, integrantes da seleção jamaicana. O Mundial será em Daegu, na Coréia do Sul, do dia 27 de agosto ao dia quatro de setembro.

Usain Bolt, que conquistou três medalhas olímpicas de ouro, é o principal atleta da Jamaica. O atleta afirma sua vontade de vencer: “Eu quero ser considerado um dos melhores atletas de todos os tempos e para fazer isto preciso vencer nos maiores eventos, que não ficam muito maiores do que o Campeonato Mundial. Fui muito bem na série da Diamond League e meu treinador e eu estamos treinando alguns elementos técnicos, que preciso aprimorar para ficar em minha melhor forma. Mas me sinto em boa forma, meus treinos estão indo bem e tenho boas lembranças de correr neste continente. O que mais quero é ir para a pista, ganhar o ouro e ajudar a Jamaica a atingir uma boa posição no quadro de meldalhas.”

O presidente da Associação Administrativa de Atletismo da Jamaica (JAAA), Howard Aris, fala sobre a importância do atletismo para o país. “Não posso enfatizar o suficiente o quanto a Track&Field é importante para a Jamaica. Quando a Track&Field promove estes eventos globais nosso país para, uma pequena ilha com apenas 2,8 milhões de pessoas apoiando Usain, Melaine, Asafa, Shelly-Ann, Yohan, Verônica, Nesta, Kaliese e outros atletas que irão usar nosso uniforme preto, verde e dourado”, comenta o presidente.

Em Daegu, Bolt correrá ao lado dos atletas Lacena Golding-Clarcke, Trecia-Kaye Smith, Maurice Smith e Jermaine Gonzalez. Com talento de sobra, valerá a pena assistir à equipe jamaicana, patrocinada pela Track&Field. Com esperança de vitória, Asafa Powell, dono do antigo recorde nos 100 metros, Yohan Blake, o quarto jamaicano mais rápido da história, Melaine Walker, que marcou o segundo melhor tempo nos 400 metros feminino, e Verônica Campbell-Brown, vencedora de cinco medalhas olímpicas, partem para as disputas em Daegu.

Prova do Mundial de Atletismo conta pontos para World Marathon Majors

Maratona · 23 ago, 2011

Ao mesmo tempo em que os atletas da elite de todo o mundo chegam a Daegu, na Coréia do Sul, para o Campeonato Mundial de Atletismo, maratonistas irão competir por pontos para a World Marathon Majors (WMM), além das medalhas de ouro, prata e bronze. A maratona feminina será no dia 27 de agosto e a masculina acontece no dia quatro de setembro. Os pontos serão essenciais para a série de 2010-2011, com um número de competidores da WMM representando suas nações.

Na prova masculina, o etíope Gebre Gebremariam, campeão da Maratona de Nova York em 2010 e terceiro na Maratona de Boston em 2011, que está empatado em quarto no quadro de pontos com 35 pontos, irá alcançar a liderança da temporada com uma vitória no Mundial. O queniano Emmanuel Mutai é o atual líder com 55 pontos. Os conterrâneos de Gebremariam, Feyisa Lilesa e Bazu Worku, com dez pontos cada, também tem possibilidade de melhorar sua posição se ficarem entre os cinco primeiros colocados em Daegu. A seleção do Quênia conta com o atleta Vicent Kipruto e Abel Kirui, que irá defender seu título mundial.

Na corrida das mulheres, várias atletas que lideram o ranking da WMM, como Edna Kiplagat, que foi campeã da Maratona de Nova York e terceira colocada na Maratona de Londres, ambas em 2011, e está empatada em segundo lugar com 35 pontos. A conquista da medalha de ouro faria a atleta alcançar a segunda posição, ainda cinco pontos atrás da líder Liliya Shobukhova, da Rússia. Kiplagat correrá ao lado de suas companheiras de equipe Sharon Cherop e Caroline Rotich, a terceira e quarta colocadas da Maratona de Boston de 2011.

A seleção etíope sera liderada por Bezunesh Bekele e Aberu Kebede, que estão empatadas em quarto lugar no ranking com 25 pontos cada. Além delas, Aselefech Mergia, que foi medalhista de bronze no Mundial de 2099, e Atsede Baysa poderão melhorar sua colocação com boas posições em Daegu.

A série de 2010-2011 da World Marathon Majors será concluída com uma sequência de provas como a Maratona de Berlim, no dia nove de outubro, e a Maratona de Nova York, no dia seis de novembro.


Prova do Mundial de Atletismo conta pontos para World Marathon Majors

Maratona · 23 ago, 2011

Ao mesmo tempo em que os atletas da elite de todo o mundo chegam a Daegu, na Coréia do Sul, para o Campeonato Mundial de Atletismo, maratonistas irão competir por pontos para a World Marathon Majors (WMM), além das medalhas de ouro, prata e bronze. A maratona feminina será no dia 27 de agosto e a masculina acontece no dia quatro de setembro. Os pontos serão essenciais para a série de 2010-2011, com um número de competidores da WMM representando suas nações.

Na prova masculina, o etíope Gebre Gebremariam, campeão da Maratona de Nova York em 2010 e terceiro na Maratona de Boston em 2011, que está empatado em quarto no quadro de pontos com 35 pontos, irá alcançar a liderança da temporada com uma vitória no Mundial. O queniano Emmanuel Mutai é o atual líder com 55 pontos. Os conterrâneos de Gebremariam, Feyisa Lilesa e Bazu Worku, com dez pontos cada, também tem possibilidade de melhorar sua posição se ficarem entre os cinco primeiros colocados em Daegu. A seleção do Quênia conta com o atleta Vicent Kipruto e Abel Kirui, que irá defender seu título mundial.

Na corrida das mulheres, várias atletas que lideram o ranking da WMM, como Edna Kiplagat, que foi campeã da Maratona de Nova York e terceira colocada na Maratona de Londres, ambas em 2011, e está empatada em segundo lugar com 35 pontos. A conquista da medalha de ouro faria a atleta alcançar a segunda posição, ainda cinco pontos atrás da líder Liliya Shobukhova, da Rússia. Kiplagat correrá ao lado de suas companheiras de equipe Sharon Cherop e Caroline Rotich, a terceira e quarta colocadas da Maratona de Boston de 2011.

A seleção etíope sera liderada por Bezunesh Bekele e Aberu Kebede, que estão empatadas em quarto lugar no ranking com 25 pontos cada. Além delas, Aselefech Mergia, que foi medalhista de bronze no Mundial de 2099, e Atsede Baysa poderão melhorar sua colocação com boas posições em Daegu.

A série de 2010-2011 da World Marathon Majors será concluída com uma sequência de provas como a Maratona de Berlim, no dia nove de outubro, e a Maratona de Nova York, no dia seis de novembro.