Circuito WMM

Maratonas de Londres e Boston abrem a temporada 2011 do Circuito WMM

Maratona · 07 abr, 2011

Grandes maratonistas mundiais estarão no próximo dia de 17 de abril no Reino Unido para competir a Maratona de Londres, uma das provas do Circuito das Maiores Maratonas do Mundo (WMM). A disputa conta pontos para o ranking WMM, que ao final da temporada bonifica o atleta mais bem colocado com meio milhão de dólares, assim como a Maratona de Boston, que acontece um dia após a disputa londrina (18/04).

Os líderes do ranking, no momento, são Tsegaye Kebede (Etiópia) e Liliya Shobukhova (Rússia). O etíope, ganhador do ano passado, soma 40 pontos, tem vantagem de dez pontos e qualquer vitória conquistada em Londres o deixará com 15 pontos à frente do competidor que alcançar o segundo lugar na classificação.

Apesar da vantagem, ele enfrentará dois corredores que seguem logo atrás no ranking, os quenianos Emmanuel Mutai (30 pontos) e Patrick Makau (25 pontos). Já o campeão do ranking WMM de 2008, Samuel Wanjiru, do Quênia, um dos confirmados no Field da Maratona de Londres, não participará da disputa devido a uma lesão.

No feminino, a russa Shobukhova é a favorita, com 50 pontos, após vencer a edição do ano passado e também ser campeã em Chicago. Outra vitória em Londres significará uma vantagem quase insuperável na temporada 2011, mas a corredoras que brigarão por vitória no dia 17 são: Edna Kiplagat, do Quênia (25 pontos), campeã da Maratona de Nova York (2010); a etíope Aberu Kebede (25 pontos), primeira colocada em Berlim, ano passado, além de Inga Abitova (20 pontos), também da Rússia.

Prova de Boston- No dia 18 de abril, numa segunda-feira de feriado nos Estados Unidos, o queniano Robert Kiprono Cheruiyot (25 pontos), vencedor de Boston, e o etíope Gebre Gebremariam, vencedor da edição passada da Maratona de Nova York, buscarão o lugar mais alto do pódio, ao lado do americano Ryan Hall, um dos favoritos.

Entre as mulheres, a etíope Teyba Erkesso (25 pontos) tentará repetir o resultado de 2010, ano em que conquistou uma medalha de ouro em Boston. Enquanto as corredoras Tatyana Pushkareva, da Rússia, e Kara Goucher, dos Estados Unidos, também marcarão presença no evento em busca de pontos no WMM.


Maratonas de Londres e Boston abrem a temporada 2011 do Circuito WMM

Maratona · 07 abr, 2011

Grandes maratonistas mundiais estarão no próximo dia de 17 de abril no Reino Unido para competir a Maratona de Londres, uma das provas do Circuito das Maiores Maratonas do Mundo (WMM). A disputa conta pontos para o ranking WMM, que ao final da temporada bonifica o atleta mais bem colocado com meio milhão de dólares, assim como a Maratona de Boston, que acontece um dia após a disputa londrina (18/04).

Os líderes do ranking, no momento, são Tsegaye Kebede (Etiópia) e Liliya Shobukhova (Rússia). O etíope, ganhador do ano passado, soma 40 pontos, tem vantagem de dez pontos e qualquer vitória conquistada em Londres o deixará com 15 pontos à frente do competidor que alcançar o segundo lugar na classificação.

Apesar da vantagem, ele enfrentará dois corredores que seguem logo atrás no ranking, os quenianos Emmanuel Mutai (30 pontos) e Patrick Makau (25 pontos). Já o campeão do ranking WMM de 2008, Samuel Wanjiru, do Quênia, um dos confirmados no Field da Maratona de Londres, não participará da disputa devido a uma lesão.

No feminino, a russa Shobukhova é a favorita, com 50 pontos, após vencer a edição do ano passado e também ser campeã em Chicago. Outra vitória em Londres significará uma vantagem quase insuperável na temporada 2011, mas a corredoras que brigarão por vitória no dia 17 são: Edna Kiplagat, do Quênia (25 pontos), campeã da Maratona de Nova York (2010); a etíope Aberu Kebede (25 pontos), primeira colocada em Berlim, ano passado, além de Inga Abitova (20 pontos), também da Rússia.

Prova de Boston- No dia 18 de abril, numa segunda-feira de feriado nos Estados Unidos, o queniano Robert Kiprono Cheruiyot (25 pontos), vencedor de Boston, e o etíope Gebre Gebremariam, vencedor da edição passada da Maratona de Nova York, buscarão o lugar mais alto do pódio, ao lado do americano Ryan Hall, um dos favoritos.

Entre as mulheres, a etíope Teyba Erkesso (25 pontos) tentará repetir o resultado de 2010, ano em que conquistou uma medalha de ouro em Boston. Enquanto as corredoras Tatyana Pushkareva, da Rússia, e Kara Goucher, dos Estados Unidos, também marcarão presença no evento em busca de pontos no WMM.

Briga por um milhão de dólares fica acirrada no Circuito das Maratonas

Maratona · 01 out, 2007

Depois da vitória na Maratona de Berlim, a etíope Gete Wami é a nova líder do ranking das Maiores Maratonas do Mundo, o WMM. Ela tem agora 65 pontos contra 55 da maratonista da Letônia, Jelena Prokopcuka.

De acordo com os organizadores do circuito, a vencedora do ranking será definida na última prova do WMM, a Maratona de Nova York, que acontece dia quatro de novembro nos Estados Unidos. As duas atletas irão participar da maratona norte-americana e certamente brigarão pelo pódio e pelos 25 pontos do ranking dados à primeira colocada.

Mas Jelena tem mais vantagem em relação Gete Wami, ela já venceu Nova York duas vezes, porém, a etíope pode surpreender. “A Gete correu muito forte nesse domingo. Podemos esperar um final espetacular na Maratona de Nova York”, comenta Mark Milde, diretor da Maratona de Berlim.

Os vencedores do WMM, circuito que começou no ano passado pontuando os atletas das maratonas de Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York, ganharão um milhão de dólares. Na disputa masculina pelo ranking, o líder é o queniano Robert Cheruiyot, com 75 pontos.

O segundo colocado do WMM é o etíope e atual recordista de maratona Haile Gebrselassie. Ele tem 50 pontos, mas não irá participar da Maratona de Nova York. Com isso, no masculino, Cheruiyot está perto de abocanhar o grande prêmio.

Para finalizar o Circuito WMM faltam ainda as maratonas de Chicago, no dia sete de outubro e Nova York, quatro de novembro, ambas nos Estados Unidos.


Briga por um milhão de dólares fica acirrada no Circuito das Maratonas

Maratona · 01 out, 2007

Depois da vitória na Maratona de Berlim, a etíope Gete Wami é a nova líder do ranking das Maiores Maratonas do Mundo, o WMM. Ela tem agora 65 pontos contra 55 da maratonista da Letônia, Jelena Prokopcuka.

De acordo com os organizadores do circuito, a vencedora do ranking será definida na última prova do WMM, a Maratona de Nova York, que acontece dia quatro de novembro nos Estados Unidos. As duas atletas irão participar da maratona norte-americana e certamente brigarão pelo pódio e pelos 25 pontos do ranking dados à primeira colocada.

Mas Jelena tem mais vantagem em relação Gete Wami, ela já venceu Nova York duas vezes, porém, a etíope pode surpreender. “A Gete correu muito forte nesse domingo. Podemos esperar um final espetacular na Maratona de Nova York”, comenta Mark Milde, diretor da Maratona de Berlim.

Os vencedores do WMM, circuito que começou no ano passado pontuando os atletas das maratonas de Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York, ganharão um milhão de dólares. Na disputa masculina pelo ranking, o líder é o queniano Robert Cheruiyot, com 75 pontos.

O segundo colocado do WMM é o etíope e atual recordista de maratona Haile Gebrselassie. Ele tem 50 pontos, mas não irá participar da Maratona de Nova York. Com isso, no masculino, Cheruiyot está perto de abocanhar o grande prêmio.

Para finalizar o Circuito WMM faltam ainda as maratonas de Chicago, no dia sete de outubro e Nova York, quatro de novembro, ambas nos Estados Unidos.

Maratona de Osaka conta pontos para Circuito WMM

Maratona · 14 ago, 2007

O Mundial de Atletismo de Osaka acontece no próximo dia 25 de agosto e uma das novidades do evento será a maratona. Isto porque, a prova vale pontos para o Circuito das Maiores Maratonas do Mundo, o WMM, que reúne as provas de Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York. No final desse ano o melhor do ranking, masculino e feminino, ganhará um milhão de dólares.

Segundo os organizadores do WMM, Osaka já estava na lista de provas do circuito. O atual líder do ranking é o queniano Robert Cheruiyot. Ele tem 75 pontos conquistados com as vitórias da Maratona de Chicago 2006 e Boston também em 2006 e em 2007. Entre as mulheres a líder é a atleta da Letônia Jelena Prokopcuka com 40 pontos.

A maratona masculina de Osaka acontece no primeiro dia de competição, 25 de agosto, com largada às 7h (horário local). Já a feminina será no último dia, dois de setembro.

Equipe brasileira - Os brasileiros que irão representar o Brasil no Mundial de Osaka embarcam nessa terça-feira (14) para o Japão. De acordo com a Confederação Brasileira de Atletismo (Cbat), ao todo 43 atletas do país estarão na competição. Desse grupo 21 são homens e 22 mulheres. Na maratona o Brasil será representado por José Teles e Geovane dos Santos.


Maratona de Osaka conta pontos para Circuito WMM

Maratona · 14 ago, 2007

O Mundial de Atletismo de Osaka acontece no próximo dia 25 de agosto e uma das novidades do evento será a maratona. Isto porque, a prova vale pontos para o Circuito das Maiores Maratonas do Mundo, o WMM, que reúne as provas de Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York. No final desse ano o melhor do ranking, masculino e feminino, ganhará um milhão de dólares.

Segundo os organizadores do WMM, Osaka já estava na lista de provas do circuito. O atual líder do ranking é o queniano Robert Cheruiyot. Ele tem 75 pontos conquistados com as vitórias da Maratona de Chicago 2006 e Boston também em 2006 e em 2007. Entre as mulheres a líder é a atleta da Letônia Jelena Prokopcuka com 40 pontos.

A maratona masculina de Osaka acontece no primeiro dia de competição, 25 de agosto, com largada às 7h (horário local). Já a feminina será no último dia, dois de setembro.

Equipe brasileira - Os brasileiros que irão representar o Brasil no Mundial de Osaka embarcam nessa terça-feira (14) para o Japão. De acordo com a Confederação Brasileira de Atletismo (Cbat), ao todo 43 atletas do país estarão na competição. Desse grupo 21 são homens e 22 mulheres. Na maratona o Brasil será representado por José Teles e Geovane dos Santos.

Vencedores de Chicago são os novos líderes do Circuito WMM

Maratona · 26 out, 2006

A Maratona de Chicago, quarta etapa do Circuito das Maiores Maratonas do Mundo (WMM), desempatou os primeiros lugares do ranking WMM. Depois da vitória de Robert Cheruiyot e Berhane Adere na prova americana, realizada no último domingo em Chicago, o queniano e a etíope se tornaram os novos líderes do ranking.

Até então a primeira posição do ranking WMM estava empatada entre os vencedores da Maratona de Boston, Londres e Berlim, tanto no masculino e no feminino. Como Cheruiyot havia garantido a primeira posição em Boston, agora ele soma 50 pontos.

Já a etíope Berhane Adere garantiu quatro pontos na Maratona de Londres desse ano e mais 25 pela vitória de Chicago. A próxima etapa do WMM será a Maratona de Nova York, que acontece no dia cinco de novembro. Confira o ranking da prova:

Masculino
1º Robert Kipkoech Cheruiyot (QUE) - Boston (2h07min14) e Chicago (2h07min35) – 50 pontos

2º Haile Gebrselassie (ETI) - Berlim (2h05min56) - 25 pontos
2º Felix Limo (QUE) - Londres (2h06min39) - 25 pontos

3º Daniel Njenga (QUE) – (2h07min40) Chicago - 15
3º Gudisa Shentema Kudam (ETI) – Berlim (2h10min03) - 15
3º Benjamin Maiyo (QUE) - Boston (2h08min21) - 15
3º Martin Lel (QUE) - Londres (2h06min41) - 15

4º Jimmy Muindi (QUE) – Chicago (2h07min51) - 10
4º Kurao Umeki (JAP) - Berlim (2h13min43) - 10
4º Mebrahtom Keflezhigi (EUA) - Boston (2h09min56) - 10
4º Hendrick Ramaala (RAS) - Londres (2h06min55) - 10

5º Abdi Abdirahman (EUA) - Chicago (2h08min56) - 5
5º Terefe Yae (ETI) - Berlim (2h15min05) - 5
5º Brian Sell (EUA) - Boston (2h10min55) - 5
5º Khalid Khannouchi (EUA) - Londres (2h07min04) - 5

6º Robert Cheboror (QUE) – Chicago (2h09min25)- 1
6º Ahmed Ezzobayry (FRA) - Berlim (2h15min29) - 1
6º Alan Culpepper (EUA) - Boston (2h11min02) - 1
6º Stefano Baldini (ITA) - Londres (2h07min22) - 1

Feminino
1ª Berhane Adere (ETI) – Londres (2h21min52, 4ª colocada) e Chicago (2h20min42) – 30 pontos

2ª Gete Wami (ETI) – Berlim (2h21min19) - 25
2ª Rita Jeptoo (QUE) - Boston (2h23min38) - 25
2ª Deena Kastor (EUA) - Londres (2h19min36) - 25

3ª Galina Bogomolova (RUS) – Londres (2h21min58, 5ª colocada) e Chicago (2h20min47, 3ª colocada) – 16 pontos

4ª Salina Kosgei (QUE) – Berlim (2h23min22) - 15
4ª Jelena Prokopchuka (LET) - Boston (2h23min48) - 15
4ª Lyudmila Petrova (RUS) - Londres (2h21min29) - 15

5ª Benita Johnson (AUS) – Chicago (2h22min36) - 10
5ª Monica Drybulska (POL) – Berlim (2h30min12) - 10
5ª Reiko Tosa (JAP) - Boston (2h24min11) - 10
5ª Susan Chepkemei (QUE) - Londres (2h21min46) - 10

6ª Madai Perez Carrillo (MEX) – Chicago (2h22min59) - 5
6ª Asha Gigi (Pol) – Berlim (2h32min32) - 5
6ª Bruna Genovese (ITA) - Boston (2h25min28) - 5

7ª Constantina Tomescu-Dita (RUS) – Chicago (2h24min25) - 1
7ª Márcia Narloch (BRA) – Berlim (2h35min28) - 1
7ª Kiyoko Shimahara (JAP) - Boston (2h26min52) - 1
7ª Galina Bogomolova (RUS) - Londres (2h21min58) - 1


Vencedores de Chicago são os novos líderes do Circuito WMM

Maratona · 26 out, 2006

A Maratona de Chicago, quarta etapa do Circuito das Maiores Maratonas do Mundo (WMM), desempatou os primeiros lugares do ranking WMM. Depois da vitória de Robert Cheruiyot e Berhane Adere na prova americana, realizada no último domingo em Chicago, o queniano e a etíope se tornaram os novos líderes do ranking.

Até então a primeira posição do ranking WMM estava empatada entre os vencedores da Maratona de Boston, Londres e Berlim, tanto no masculino e no feminino. Como Cheruiyot havia garantido a primeira posição em Boston, agora ele soma 50 pontos.

Já a etíope Berhane Adere garantiu quatro pontos na Maratona de Londres desse ano e mais 25 pela vitória de Chicago. A próxima etapa do WMM será a Maratona de Nova York, que acontece no dia cinco de novembro. Confira o ranking da prova:

Masculino
1º Robert Kipkoech Cheruiyot (QUE) - Boston (2h07min14) e Chicago (2h07min35) – 50 pontos

2º Haile Gebrselassie (ETI) - Berlim (2h05min56) - 25 pontos
2º Felix Limo (QUE) - Londres (2h06min39) - 25 pontos

3º Daniel Njenga (QUE) – (2h07min40) Chicago - 15
3º Gudisa Shentema Kudam (ETI) – Berlim (2h10min03) - 15
3º Benjamin Maiyo (QUE) - Boston (2h08min21) - 15
3º Martin Lel (QUE) - Londres (2h06min41) - 15

4º Jimmy Muindi (QUE) – Chicago (2h07min51) - 10
4º Kurao Umeki (JAP) - Berlim (2h13min43) - 10
4º Mebrahtom Keflezhigi (EUA) - Boston (2h09min56) - 10
4º Hendrick Ramaala (RAS) - Londres (2h06min55) - 10

5º Abdi Abdirahman (EUA) - Chicago (2h08min56) - 5
5º Terefe Yae (ETI) - Berlim (2h15min05) - 5
5º Brian Sell (EUA) - Boston (2h10min55) - 5
5º Khalid Khannouchi (EUA) - Londres (2h07min04) - 5

6º Robert Cheboror (QUE) – Chicago (2h09min25)- 1
6º Ahmed Ezzobayry (FRA) - Berlim (2h15min29) - 1
6º Alan Culpepper (EUA) - Boston (2h11min02) - 1
6º Stefano Baldini (ITA) - Londres (2h07min22) - 1

Feminino
1ª Berhane Adere (ETI) – Londres (2h21min52, 4ª colocada) e Chicago (2h20min42) – 30 pontos

2ª Gete Wami (ETI) – Berlim (2h21min19) - 25
2ª Rita Jeptoo (QUE) - Boston (2h23min38) - 25
2ª Deena Kastor (EUA) - Londres (2h19min36) - 25

3ª Galina Bogomolova (RUS) – Londres (2h21min58, 5ª colocada) e Chicago (2h20min47, 3ª colocada) – 16 pontos

4ª Salina Kosgei (QUE) – Berlim (2h23min22) - 15
4ª Jelena Prokopchuka (LET) - Boston (2h23min48) - 15
4ª Lyudmila Petrova (RUS) - Londres (2h21min29) - 15

5ª Benita Johnson (AUS) – Chicago (2h22min36) - 10
5ª Monica Drybulska (POL) – Berlim (2h30min12) - 10
5ª Reiko Tosa (JAP) - Boston (2h24min11) - 10
5ª Susan Chepkemei (QUE) - Londres (2h21min46) - 10

6ª Madai Perez Carrillo (MEX) – Chicago (2h22min59) - 5
6ª Asha Gigi (Pol) – Berlim (2h32min32) - 5
6ª Bruna Genovese (ITA) - Boston (2h25min28) - 5

7ª Constantina Tomescu-Dita (RUS) – Chicago (2h24min25) - 1
7ª Márcia Narloch (BRA) – Berlim (2h35min28) - 1
7ª Kiyoko Shimahara (JAP) - Boston (2h26min52) - 1
7ª Galina Bogomolova (RUS) - Londres (2h21min58) - 1