caixa

Marily dos Santos fatura o tri no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 13 nov, 2006

Marily dos Santos, a alagoana dona de um sorriso e uma simpatia contagiantes, obteve a terceira vitória no Circuito Caixa e se sagrou campeã do circuito 2006, com uma etapa de antecedência. A prova aconteceu no último domingo (12), em Curitiba (PR) e contou com a vitória do queniano Mathew Kiptoocheboi na categoria masculina.

Marily cruzou a linha com o tempo de 36min20, 20 segundos à frente da paranaense Luzia de Souza Pinto. “A prova foi muito difícil, mas para corridas iguais a essa sempre uso uma estratégia, tento sair na frente, porque os primeiros sempre conseguem um lugar no pódio”, comentou a competidora. A segunda colocada não teve vida fácil, pois teve que disputar com sua conterrânea Elisângela Ferreira de Oliveira até o último instante e o resultado só foi anunciado com o foto finish.

“Foi um percurso pesado e como ainda estou voltando de um tempo sem treinar, senti um pouco. Por isso, tentei aproveitar bastante as decidas para ficar com o vice”, explicou Luzia. Já a terceira colocada, Elisângela, comemorou o resultado, pois vinha de uma lesão. “Não corro em Curitiba há cinco anos e o meu resultado foi como uma vitória, porque estou me recuperando de uma lesão na virilha”, comemorou.

Masculino - Já entre os homens, a dobradinha queniana com Mathew Kiptoocheboi e Kosgei Kenneth Kiplimo não deu chances para o brasileiro Giomar Pereira da Silva conquistar a terceira vitória consecutiva. Kiptoocheboi, de 24 anos, venceu sem problemas com 30min06, contra 30min17 de Kiplimo e 30min33 de Giomar. “Achei a corrida complicada por causa das decidas e subidas, mas o tempo estava bom e ajudou bastante. Acredito que este foi um bom treino para as outras provas que vou fazer aqui e estou muito confiante”, comentou o campeão. Ao todo, 1.290 pessoas participaram da competição de dez quilômetros sob um céu nublado.

Giomar, atual líder do ranking de corridas de rua, comentou as dificuldades que teve durante a prova: “o percurso foi duro. Os quenianos estavam muito fortes, mas estou satisfeito porque ainda tenho a liderança do ranking e vou tentar melhorar ainda mais para a próxima etapa”. O baiano vai competir a última prova do calendário de 2006, no próximo dia 26, em Brasília.

Masculino

1° Mathew Kiptoocheboi: 30min06seg
2° Kosgei Kenneth Kiplimo: 30min17seg
3° Giomar Pereira da Silva: 30min33seg
4° Cosmers Kibet Kemboi: 30min55seg
5° José do Nascimento: 30min56seg

Feminino

1° Marily dos Santos: 36min02seg
2° Luzia de Souza Pinto: 36min24seg
3° Elisângela Ferreira de Oliveira: 36min25seg
4° Marizete Moreira dos Santos: 36min34seg
5° Conceição de Maria Carvalho de Oliveira: 36min50seg


Marily dos Santos fatura o tri no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 13 nov, 2006

Marily dos Santos, a alagoana dona de um sorriso e uma simpatia contagiantes, obteve a terceira vitória no Circuito Caixa e se sagrou campeã do circuito 2006, com uma etapa de antecedência. A prova aconteceu no último domingo (12), em Curitiba (PR) e contou com a vitória do queniano Mathew Kiptoocheboi na categoria masculina.

Marily cruzou a linha com o tempo de 36min20, 20 segundos à frente da paranaense Luzia de Souza Pinto. “A prova foi muito difícil, mas para corridas iguais a essa sempre uso uma estratégia, tento sair na frente, porque os primeiros sempre conseguem um lugar no pódio”, comentou a competidora. A segunda colocada não teve vida fácil, pois teve que disputar com sua conterrânea Elisângela Ferreira de Oliveira até o último instante e o resultado só foi anunciado com o foto finish.

“Foi um percurso pesado e como ainda estou voltando de um tempo sem treinar, senti um pouco. Por isso, tentei aproveitar bastante as decidas para ficar com o vice”, explicou Luzia. Já a terceira colocada, Elisângela, comemorou o resultado, pois vinha de uma lesão. “Não corro em Curitiba há cinco anos e o meu resultado foi como uma vitória, porque estou me recuperando de uma lesão na virilha”, comemorou.

Masculino - Já entre os homens, a dobradinha queniana com Mathew Kiptoocheboi e Kosgei Kenneth Kiplimo não deu chances para o brasileiro Giomar Pereira da Silva conquistar a terceira vitória consecutiva. Kiptoocheboi, de 24 anos, venceu sem problemas com 30min06, contra 30min17 de Kiplimo e 30min33 de Giomar. “Achei a corrida complicada por causa das decidas e subidas, mas o tempo estava bom e ajudou bastante. Acredito que este foi um bom treino para as outras provas que vou fazer aqui e estou muito confiante”, comentou o campeão. Ao todo, 1.290 pessoas participaram da competição de dez quilômetros sob um céu nublado.

Giomar, atual líder do ranking de corridas de rua, comentou as dificuldades que teve durante a prova: “o percurso foi duro. Os quenianos estavam muito fortes, mas estou satisfeito porque ainda tenho a liderança do ranking e vou tentar melhorar ainda mais para a próxima etapa”. O baiano vai competir a última prova do calendário de 2006, no próximo dia 26, em Brasília.

Masculino

1° Mathew Kiptoocheboi: 30min06seg
2° Kosgei Kenneth Kiplimo: 30min17seg
3° Giomar Pereira da Silva: 30min33seg
4° Cosmers Kibet Kemboi: 30min55seg
5° José do Nascimento: 30min56seg

Feminino

1° Marily dos Santos: 36min02seg
2° Luzia de Souza Pinto: 36min24seg
3° Elisângela Ferreira de Oliveira: 36min25seg
4° Marizete Moreira dos Santos: 36min34seg
5° Conceição de Maria Carvalho de Oliveira: 36min50seg

Campeão sul-americano nos 10 mil vai a Curitiba

Corridas de Rua · 11 nov, 2006

José do Nascimento Souza, atual campeão sul-americano de pista nos 10.000 metros, participa amanhã (5) da etapa de Curitiba do Circuito de Corridas Caixa. O atleta da equipe do Cruzeiro larga às 9h e vai disputar uma vaga no topo do pódio com outros brasileiros e com cinco quenianos.

Aos 27 anos de idade ele treina em Londrina (Paraná) ele ficou na segunda colocação do ranking de corredores de rua da CBAt em 2005. “Estou treinando há seis semanas para a prova depois de sofrer um estiramento na virilha esquerda. Mesmo em processo de recuperação, tenho certeza que vou obter bom resultado”, afirma o confiante atleta, que obteve um décimo lugar na etapa de São Paulo e nono em Ribeirão Preto.

“A corrida será difícil, especialmente porque os corredores estão muito fortes. Todos estão praticamente no mesmo nível e isso torna a prova ainda mais disputada, ainda mais porque vamos correr com os quenianos que estão treinando pesado”, acrescenta.

Para melhorar o condicionamento, o atleta ficou 44 dias na altitude da cidade colombiana de Paipa e está confiante para correr em Curitiba, principalmente após o tempo de 1h05min09 na meia de Cali, que lhe rendeu um quarto lugar. “O tempo que fiquei na Colômbia me ajudou muito, porque melhorei a resistência física. Quando voltei, já senti a diferença e agora estou buscando novamente este condicionamento físico”, ressalta.

Padrinho – Robson Caetano da Silva, ex-velocista e medalhista olímpico, será o padrinho da prova e ficará encarregado de fazer a premiação para os vencedores. Ele conquistou o bronze nos 200 metros na Olimpíada de Seul, em 1988, e no revezamento 4X100 metros nos Jogos de Atlanta, em 1996.

Ele ficará encarregado também de conduzir diversas ações sociais na cidade, que já começam hoje. Entre elas está a abertura do programa Ação Global, que será realizado no SESI Boqueirão, sito à Rua Dr. Heleno da Silveira, 343, Boqueirão. O programa conta com mais de 37 mil voluntários e cerca de duas mil empresas, organizações governamentais e não-governamentais, que se mobilizam anualmente para favorecer a inclusão das populações carentes.


Campeão sul-americano nos 10 mil vai a Curitiba

Corridas de Rua · 11 nov, 2006

José do Nascimento Souza, atual campeão sul-americano de pista nos 10.000 metros, participa amanhã (5) da etapa de Curitiba do Circuito de Corridas Caixa. O atleta da equipe do Cruzeiro larga às 9h e vai disputar uma vaga no topo do pódio com outros brasileiros e com cinco quenianos.

Aos 27 anos de idade ele treina em Londrina (Paraná) ele ficou na segunda colocação do ranking de corredores de rua da CBAt em 2005. “Estou treinando há seis semanas para a prova depois de sofrer um estiramento na virilha esquerda. Mesmo em processo de recuperação, tenho certeza que vou obter bom resultado”, afirma o confiante atleta, que obteve um décimo lugar na etapa de São Paulo e nono em Ribeirão Preto.

“A corrida será difícil, especialmente porque os corredores estão muito fortes. Todos estão praticamente no mesmo nível e isso torna a prova ainda mais disputada, ainda mais porque vamos correr com os quenianos que estão treinando pesado”, acrescenta.

Para melhorar o condicionamento, o atleta ficou 44 dias na altitude da cidade colombiana de Paipa e está confiante para correr em Curitiba, principalmente após o tempo de 1h05min09 na meia de Cali, que lhe rendeu um quarto lugar. “O tempo que fiquei na Colômbia me ajudou muito, porque melhorei a resistência física. Quando voltei, já senti a diferença e agora estou buscando novamente este condicionamento físico”, ressalta.

Padrinho – Robson Caetano da Silva, ex-velocista e medalhista olímpico, será o padrinho da prova e ficará encarregado de fazer a premiação para os vencedores. Ele conquistou o bronze nos 200 metros na Olimpíada de Seul, em 1988, e no revezamento 4X100 metros nos Jogos de Atlanta, em 1996.

Ele ficará encarregado também de conduzir diversas ações sociais na cidade, que já começam hoje. Entre elas está a abertura do programa Ação Global, que será realizado no SESI Boqueirão, sito à Rua Dr. Heleno da Silveira, 343, Boqueirão. O programa conta com mais de 37 mil voluntários e cerca de duas mil empresas, organizações governamentais e não-governamentais, que se mobilizam anualmente para favorecer a inclusão das populações carentes.

Quenianos desafiam brasileiros no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 10 nov, 2006

Além dos brasileiros, favoritos à conquista da etapa de Curitiba do Circuito Caixa, cinco quenianos estarão presentes na categoria elite e prometem dar muito trabalho. Mathew Kiptoo Cheboi, Kosgei Kenneth Kiplimo, Cosmers Kibet Kemboi, Wesley Kiprotich Cheruiyot e Alex Kirwa Kipchumba, pupilos do técnico brasileiro Coquinho vão alinhar no pórtico de largada. A prova terá início às 9h do próximo domingo (5) na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico.

Os africanos estão há quase dois meses no Brasil e, com uma média de idade de 20 anos, já participaram de algumas provas e conseguiram marcas expressivas, como a vitória de Cheboi na Corrida da Integração (29min11) e o segundo lugar de Kiplimo na mesma prova (29min33). Cheboi também levou o título da 3ª Meia Maratona A Tribuna Praia Grande e Kemboi garantiu o vice-campeonato. Já Wesley Kiprotich Cheruiyot foi o campeão da Corrida Santos Dumont.

“Este será um grande teste em prova rápida. Acho a corrida de Curitiba muito boa e excelente para avaliar os atletas, porque conta com corredores fortes e o percurso é ótimo”, comenta Coquinho, que treina os quenianos em Nova Santa Bárbara (PR). “Apesar de pouco tempo de treinamento, eles estão preparados e conseguindo resultados importantes. Estou apostando nessa nova geração”, completou.

Kits - A retirada dos kits, que contém uma camiseta em tecido tecnológico, número de peito e chip de cronometragem, pode ser feita no sábado (4) das 9 às 17 horas, no Flexy Centro Cívico Hotel (Rua Dep. Mário de Barros, 1158).


Quenianos desafiam brasileiros no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 10 nov, 2006

Além dos brasileiros, favoritos à conquista da etapa de Curitiba do Circuito Caixa, cinco quenianos estarão presentes na categoria elite e prometem dar muito trabalho. Mathew Kiptoo Cheboi, Kosgei Kenneth Kiplimo, Cosmers Kibet Kemboi, Wesley Kiprotich Cheruiyot e Alex Kirwa Kipchumba, pupilos do técnico brasileiro Coquinho vão alinhar no pórtico de largada. A prova terá início às 9h do próximo domingo (5) na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico.

Os africanos estão há quase dois meses no Brasil e, com uma média de idade de 20 anos, já participaram de algumas provas e conseguiram marcas expressivas, como a vitória de Cheboi na Corrida da Integração (29min11) e o segundo lugar de Kiplimo na mesma prova (29min33). Cheboi também levou o título da 3ª Meia Maratona A Tribuna Praia Grande e Kemboi garantiu o vice-campeonato. Já Wesley Kiprotich Cheruiyot foi o campeão da Corrida Santos Dumont.

“Este será um grande teste em prova rápida. Acho a corrida de Curitiba muito boa e excelente para avaliar os atletas, porque conta com corredores fortes e o percurso é ótimo”, comenta Coquinho, que treina os quenianos em Nova Santa Bárbara (PR). “Apesar de pouco tempo de treinamento, eles estão preparados e conseguindo resultados importantes. Estou apostando nessa nova geração”, completou.

Kits - A retirada dos kits, que contém uma camiseta em tecido tecnológico, número de peito e chip de cronometragem, pode ser feita no sábado (4) das 9 às 17 horas, no Flexy Centro Cívico Hotel (Rua Dep. Mário de Barros, 1158).

Giomar busca terceira vitória no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 07 nov, 2006

Giomar Pereira da Silva, campeão das duas últimas etapas do Circuito Caixa de Corridas de Rua, corre nesse domingo (12) em busca da terceira vitória consecutiva. Nascido em Jacobina, Bahia, ele vai enfrentar em Curitiba outros corredores fortes como o campeão Sul-Americano dos 10 mil metros José do Nascimento Souza, o campeão da São Silvestre Emerson Iser Bem e o campeão pan-americano Elenílson da Silva.

“Estou esperando uma corrida difícil. A briga foi bastante dura nas últimas etapas e não será diferente agora”, disse o corredor. “A cada prova os atletas evoluem mais e isso dificulta bastante. Estou confiante, mas meu objetivo é lutar por um lugar no pódio”, explica.

Aos 34 anos ele é o atual líder do ranking nacional de Corridas de Rua, com 122 pontos, seguido por William Salgado Gomes, com 93 e Elenilson da Silva, com 70. Ele é orientado pela técnica Domiciana Gomes e tem ganhado destaque nos últimos anos em provas de rua.

Foco no Circuito - “Meu objetivo é garantir uma boa colocação no ranking. Estou treinando muito para conseguir cada vez mais resultados melhores e tenho ainda outras provas para competir, mas estou focado especialmente no circuito. Espero terminar com chave de ouro”, afirmou confiante.

Essa é a penúltima etapa, que passa também por Brasília no próximo dia 26. As inscrições foram prorrogadas e os interessados tem até essa quarta feira (7) para pagar os R$20 da taxa nas lojas Centauro do ParkShopping Barigüi, Shopping Estação ou na loja Iroman Sports.


Giomar busca terceira vitória no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 07 nov, 2006

Giomar Pereira da Silva, campeão das duas últimas etapas do Circuito Caixa de Corridas de Rua, corre nesse domingo (12) em busca da terceira vitória consecutiva. Nascido em Jacobina, Bahia, ele vai enfrentar em Curitiba outros corredores fortes como o campeão Sul-Americano dos 10 mil metros José do Nascimento Souza, o campeão da São Silvestre Emerson Iser Bem e o campeão pan-americano Elenílson da Silva.

“Estou esperando uma corrida difícil. A briga foi bastante dura nas últimas etapas e não será diferente agora”, disse o corredor. “A cada prova os atletas evoluem mais e isso dificulta bastante. Estou confiante, mas meu objetivo é lutar por um lugar no pódio”, explica.

Aos 34 anos ele é o atual líder do ranking nacional de Corridas de Rua, com 122 pontos, seguido por William Salgado Gomes, com 93 e Elenilson da Silva, com 70. Ele é orientado pela técnica Domiciana Gomes e tem ganhado destaque nos últimos anos em provas de rua.

Foco no Circuito - “Meu objetivo é garantir uma boa colocação no ranking. Estou treinando muito para conseguir cada vez mais resultados melhores e tenho ainda outras provas para competir, mas estou focado especialmente no circuito. Espero terminar com chave de ouro”, afirmou confiante.

Essa é a penúltima etapa, que passa também por Brasília no próximo dia 26. As inscrições foram prorrogadas e os interessados tem até essa quarta feira (7) para pagar os R$20 da taxa nas lojas Centauro do ParkShopping Barigüi, Shopping Estação ou na loja Iroman Sports.

Última etapa Caixa tem inscrições prorrogadas

Corridas de Rua · 06 nov, 2006

quarta feira (8) e podem ser feitas nas lojas Centauro do Park Shopping Barigui e do Shopping Estação, além da Loja Ironman Sports. Para efetivar a participação os interessados devem pagar R$20.

A prova de 10 km é a penúltima etapa do Circuito e será realizada no próximo domingo (12) com largada às 9h na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. A retirada dos kits acontece no sábado (11) no Flexy Centro Cívico Hotel das 9 às 17h e os atletas receberão uma camiseta de tecido tecnológico, o número de peito e o chip de cronometragem.

A premiação para a elite é de R$2000 reais para o primeiro lugar masculino e feminino, R$1500 para os segundos lugares e R$1000 para os terceiros. Os quartos lugares receberão R$750 e os quintos R$500.

Essa prova também soma pontos para o ranking Caixa/ CBAt de corredores de rua, que classifica os dez melhores colocados para o Programa Nacional Caixa de Apoio aos Corredores de Rua de Elite.


Última etapa Caixa tem inscrições prorrogadas

Corridas de Rua · 06 nov, 2006

quarta feira (8) e podem ser feitas nas lojas Centauro do Park Shopping Barigui e do Shopping Estação, além da Loja Ironman Sports. Para efetivar a participação os interessados devem pagar R$20.

A prova de 10 km é a penúltima etapa do Circuito e será realizada no próximo domingo (12) com largada às 9h na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. A retirada dos kits acontece no sábado (11) no Flexy Centro Cívico Hotel das 9 às 17h e os atletas receberão uma camiseta de tecido tecnológico, o número de peito e o chip de cronometragem.

A premiação para a elite é de R$2000 reais para o primeiro lugar masculino e feminino, R$1500 para os segundos lugares e R$1000 para os terceiros. Os quartos lugares receberão R$750 e os quintos R$500.

Essa prova também soma pontos para o ranking Caixa/ CBAt de corredores de rua, que classifica os dez melhores colocados para o Programa Nacional Caixa de Apoio aos Corredores de Rua de Elite.

Marily e Giomar vencem de novo no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 23 out, 2006

Marily dos Santos e Giomar Pereira da Silva repetiram a dobradinha da etapa Fortaleza do Circuito Caixa e venceram ontem (22) a etapa de Ribeirão Preto. Os dois tiveram o incentivo dos mais de 1000 espectadores que enfrentaram um sol forte para torcer pelos atletas.

Marily mostrou que está em plena forma e não deu chances para as adversárias e capós 34min50, com liderança do começo ao fim da competição. Nas posições subseqüentes a briga ficou por conta de Adriana Aparecida da Silva e Marizete Moreira dos Santos, que obtiveram a segunda e terceira colocações respectivamente.

Ao final, Marily disse estar orgulhosa com o resultado final. “Foi demais a conquista, principalmente porque disputei com grandes nomes, como a Marizete. Isso não é para todo mundo, mas foi para mim. Estou muito feliz”.

Superação - Já Giomar, natural da Bahia, fechou com 29min53 e enfrentou uma verdadeira maratona para participar do Circuito. “Tive que vender uma geladeira nova e uma televisão para participar do circuito, porque não consigo patrocínio”, lamentou o corredor. “Depois de viajar 700 quilômetros de ônibus, esta vitória é mais que recompensadora. Participo de muitas provas no Nordeste, mas quero participar também no Sul e no Sudeste”, completou.

O pódio esteve completo com Luís Fernando de Paula, que marcou 30min02 e Otávio dos Santos Pinheiro, que chegou com 30min22. O forte sol que atingiu Ribeirão Preto no dia da prova por um lado facilitou a vida dos dois campeões, mas não foi motivo de comemoração para o atleta da casa Gladson Barbosa. Após largar na elite, ele cruzou em 11º lugar. “Comecei a sentir o calor da cidade depois do quinto quilômetro. Estava treinando em Paipa, na Colômbia, há 31 dias e lá estava muito frio. O calor daqui me afetou”.

Os organizadores ficaram satisfeitos com a passagem do Circuito pela cidade, que estabeleceu recorde de público mesmo em um dia marcado por outro importante evento esportivo, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. “Hoje era dia de Fórmula 1, mas as pessoas acordaram cedo e vieram participar, o que prova que o investimento a médio e longo prazos no esporte dá resultados”, afirmou Hélio Takai, da HT Sports.

Essa opinião foi compartilhada por Virgínia Ferrari, gerente de Marketing Esportivo da Caixa Econômica Federal. “Fiquei impressionada com a disposição das pessoas aqui na cidade. Com certeza traremos a corrida para cá novamente em 2007”. Após o sucesso da corrida nas ruas, o público ainda pôde comemorar a vitória de Felipe Massa na pista, que quebrou um jejum de 13 anos sem vitória de brasileiros em Interlagos.

A competição é formada por cinco etapas. Já foram realizadas, além da de Ribeirão Preto, provas em São Paulo e Fortaleza e as próximas serão em Curitiba (PR), no dia 12 de novembro, e em Brasília (DF), no dia 26 do mesmo mês.


Marily e Giomar vencem de novo no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 23 out, 2006

Marily dos Santos e Giomar Pereira da Silva repetiram a dobradinha da etapa Fortaleza do Circuito Caixa e venceram ontem (22) a etapa de Ribeirão Preto. Os dois tiveram o incentivo dos mais de 1000 espectadores que enfrentaram um sol forte para torcer pelos atletas.

Marily mostrou que está em plena forma e não deu chances para as adversárias e capós 34min50, com liderança do começo ao fim da competição. Nas posições subseqüentes a briga ficou por conta de Adriana Aparecida da Silva e Marizete Moreira dos Santos, que obtiveram a segunda e terceira colocações respectivamente.

Ao final, Marily disse estar orgulhosa com o resultado final. “Foi demais a conquista, principalmente porque disputei com grandes nomes, como a Marizete. Isso não é para todo mundo, mas foi para mim. Estou muito feliz”.

Superação - Já Giomar, natural da Bahia, fechou com 29min53 e enfrentou uma verdadeira maratona para participar do Circuito. “Tive que vender uma geladeira nova e uma televisão para participar do circuito, porque não consigo patrocínio”, lamentou o corredor. “Depois de viajar 700 quilômetros de ônibus, esta vitória é mais que recompensadora. Participo de muitas provas no Nordeste, mas quero participar também no Sul e no Sudeste”, completou.

O pódio esteve completo com Luís Fernando de Paula, que marcou 30min02 e Otávio dos Santos Pinheiro, que chegou com 30min22. O forte sol que atingiu Ribeirão Preto no dia da prova por um lado facilitou a vida dos dois campeões, mas não foi motivo de comemoração para o atleta da casa Gladson Barbosa. Após largar na elite, ele cruzou em 11º lugar. “Comecei a sentir o calor da cidade depois do quinto quilômetro. Estava treinando em Paipa, na Colômbia, há 31 dias e lá estava muito frio. O calor daqui me afetou”.

Os organizadores ficaram satisfeitos com a passagem do Circuito pela cidade, que estabeleceu recorde de público mesmo em um dia marcado por outro importante evento esportivo, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. “Hoje era dia de Fórmula 1, mas as pessoas acordaram cedo e vieram participar, o que prova que o investimento a médio e longo prazos no esporte dá resultados”, afirmou Hélio Takai, da HT Sports.

Essa opinião foi compartilhada por Virgínia Ferrari, gerente de Marketing Esportivo da Caixa Econômica Federal. “Fiquei impressionada com a disposição das pessoas aqui na cidade. Com certeza traremos a corrida para cá novamente em 2007”. Após o sucesso da corrida nas ruas, o público ainda pôde comemorar a vitória de Felipe Massa na pista, que quebrou um jejum de 13 anos sem vitória de brasileiros em Interlagos.

A competição é formada por cinco etapas. Já foram realizadas, além da de Ribeirão Preto, provas em São Paulo e Fortaleza e as próximas serão em Curitiba (PR), no dia 12 de novembro, e em Brasília (DF), no dia 26 do mesmo mês.

Destaques do atletismo correm em Ribeirão Preto

Corridas de Rua · 21 out, 2006

Amanhã (22) Ribeirão Preto estará mobilizada para a terceira etapa do Circuito de Corridas Caixa, que contará com nomes de prestígio do atletismo brasileiro de olho em pontos para o ranking nacional CAIXA/CBAt de Corredores de Rua. Serão 10 km de disputa com largada às 9h na Avenida Maurílio Biagi e chegada no mesmo local.

Entre os homens Giomar Pereira da Silva busca mais uma vitória, já que venceu a etapa de Fortaleza. Porém, ele não terá vida fácil, pois Benedito Donizeti, José do Nascimento, Elenilson da Silva, Élson Gracioli, Emerson Iser Bem, Gladson Barbosa e Sidni Rocha também buscam uma vaga no lugar mais alto do pódio.

Já entre as mulheres a sempre sorridente Marily dos Santos, campeã da Meia Maratona da Bahia esse ano vem forte, assim como Marizete Moreira dos Santos, vice em Fortaleza; Conceição de Oliveira, Ilaine Wandscheer, Sueli Aparecida Vieira, Cleusa Maria Irineu, Maria Helena de Oliveira, Maria Lúcia Nascimento, entre outras.

“Estou com uma expectativa muito boa e tenho certeza que a briga será difícil. O nível técnico está alto e toda prova é um novo desafio, nunca sabemos ao certo o que vai acontecer”, afirma Marizete.

Claudinei Quirino - O medalhista olímpico, prata no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Sydney (2000), será o padrinho do evento e fará a premiação dos vencedores. “Acho que será uma festa muito bonita, porque vamos contar com a presença de diversas pessoas que correrão apenas para ter uma vida mais saudável. Tenho certeza que será muito bom”, comenta Claudinei, que também é recordista dos 200m.

Quirino coordena um projeto de atletismo para crianças até 17 anos, em Presidente Prudente (SP) e, durante a etapa de Ribeirão Preto, fará um trabalho social com cerca de 150 crianças do Instituto Moura Lacerda e da Escola Aymar Batista. “Fico muito feliz quando participo desses projetos sociais”, diz o ex-velocista. “Gosto de falar um pouco da minha experiência, mostrando que esporte e educação sempre andam juntos e é daí que começa um futuro melhor”, completa.

O Circuito, que já passou também por São Paulo, terá mais duas etapas esse ano. No dia 12 de novembro Curitiba será a sede e no dia 26 do mesmo mês segue para o Planalto Central, na cidade de Brasília.

O Mundial de Ironman teve largada nesse sábado na ilha de Kona, Havaí, às 7h (local), 14h de Brasília e o tempo máximo para completar a competição é de 12 horas.


Destaques do atletismo correm em Ribeirão Preto

Corridas de Rua · 21 out, 2006

Amanhã (22) Ribeirão Preto estará mobilizada para a terceira etapa do Circuito de Corridas Caixa, que contará com nomes de prestígio do atletismo brasileiro de olho em pontos para o ranking nacional CAIXA/CBAt de Corredores de Rua. Serão 10 km de disputa com largada às 9h na Avenida Maurílio Biagi e chegada no mesmo local.

Entre os homens Giomar Pereira da Silva busca mais uma vitória, já que venceu a etapa de Fortaleza. Porém, ele não terá vida fácil, pois Benedito Donizeti, José do Nascimento, Elenilson da Silva, Élson Gracioli, Emerson Iser Bem, Gladson Barbosa e Sidni Rocha também buscam uma vaga no lugar mais alto do pódio.

Já entre as mulheres a sempre sorridente Marily dos Santos, campeã da Meia Maratona da Bahia esse ano vem forte, assim como Marizete Moreira dos Santos, vice em Fortaleza; Conceição de Oliveira, Ilaine Wandscheer, Sueli Aparecida Vieira, Cleusa Maria Irineu, Maria Helena de Oliveira, Maria Lúcia Nascimento, entre outras.

“Estou com uma expectativa muito boa e tenho certeza que a briga será difícil. O nível técnico está alto e toda prova é um novo desafio, nunca sabemos ao certo o que vai acontecer”, afirma Marizete.

Claudinei Quirino - O medalhista olímpico, prata no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Sydney (2000), será o padrinho do evento e fará a premiação dos vencedores. “Acho que será uma festa muito bonita, porque vamos contar com a presença de diversas pessoas que correrão apenas para ter uma vida mais saudável. Tenho certeza que será muito bom”, comenta Claudinei, que também é recordista dos 200m.

Quirino coordena um projeto de atletismo para crianças até 17 anos, em Presidente Prudente (SP) e, durante a etapa de Ribeirão Preto, fará um trabalho social com cerca de 150 crianças do Instituto Moura Lacerda e da Escola Aymar Batista. “Fico muito feliz quando participo desses projetos sociais”, diz o ex-velocista. “Gosto de falar um pouco da minha experiência, mostrando que esporte e educação sempre andam juntos e é daí que começa um futuro melhor”, completa.

O Circuito, que já passou também por São Paulo, terá mais duas etapas esse ano. No dia 12 de novembro Curitiba será a sede e no dia 26 do mesmo mês segue para o Planalto Central, na cidade de Brasília.

O Mundial de Ironman teve largada nesse sábado na ilha de Kona, Havaí, às 7h (local), 14h de Brasília e o tempo máximo para completar a competição é de 12 horas.

Juvenis correm em busca de índice para o Mundial

Atletismo · 10 jul, 2006

No último final de Semana (8 e 9) aconteceu em São Paulo a terceira etapa do Brasileiro Caixa de Juvenis. A competição foi disputada no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, e os atletas tinham como objetivo obter índice para o Mundial da categoria, a ser disputado em agosto, em Pequim.

Um dos destaques foi a atleta Franciela Krasucki. Depois de faturar o título dos 100 metros no sábado (8), ela também venceu os 200 metros, no domingo (9) e obteve índice para o Mundial.

A corredora de São Paulo ainda quebrou o próprio recorde na competição. O tempo anterior era 23seg81 e ela baixou para 23seg73. A segunda colocada foi Vanda Gomes, do Paraná, que chegou cinco centésimos após Franciela (23seg78) e também vai ao Mundial. "Corri para subir ao pódio e fazer o índice. Sabia que a prova seria forte, por isso tinha esperança de garantir um lugar na seleção", afirmou a atleta de 17 anos.

Bruno Lins de Barros foi outro destaque, após vencer os 100 metros e os 200 metros. Nos 200 ele marcou o mesmo tempo do segundo colocado, o gaúcho Adilson Blanco, com 21seg15.

Já nos 10.000 metros de marcha, Herbert de Almeida foi o vencedor com o tempo de 45min10. "A umidade estava muito baixa e isto deixou a prova mais pesada", afirmou o corredor, também com vaga assegurada para o Mundial.


Juvenis correm em busca de índice para o Mundial

Atletismo · 10 jul, 2006

No último final de Semana (8 e 9) aconteceu em São Paulo a terceira etapa do Brasileiro Caixa de Juvenis. A competição foi disputada no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, e os atletas tinham como objetivo obter índice para o Mundial da categoria, a ser disputado em agosto, em Pequim.

Um dos destaques foi a atleta Franciela Krasucki. Depois de faturar o título dos 100 metros no sábado (8), ela também venceu os 200 metros, no domingo (9) e obteve índice para o Mundial.

A corredora de São Paulo ainda quebrou o próprio recorde na competição. O tempo anterior era 23seg81 e ela baixou para 23seg73. A segunda colocada foi Vanda Gomes, do Paraná, que chegou cinco centésimos após Franciela (23seg78) e também vai ao Mundial. "Corri para subir ao pódio e fazer o índice. Sabia que a prova seria forte, por isso tinha esperança de garantir um lugar na seleção", afirmou a atleta de 17 anos.

Bruno Lins de Barros foi outro destaque, após vencer os 100 metros e os 200 metros. Nos 200 ele marcou o mesmo tempo do segundo colocado, o gaúcho Adilson Blanco, com 21seg15.

Já nos 10.000 metros de marcha, Herbert de Almeida foi o vencedor com o tempo de 45min10. "A umidade estava muito baixa e isto deixou a prova mais pesada", afirmou o corredor, também com vaga assegurada para o Mundial.

Nesse fim de semana São Paulo terá prova juvenil

Atletismo · 04 jul, 2006

Nesse fim de semana (8 e 9) será realizado em São Paulo o Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis, que reunirá 356 atletas do Brasil de até 19 anos. Também foram convidados dois atletas chilenos.

Um dos destaques para a competição é Franciela Krasucki, campeã dos 100 metros do Campeonato Ibero-Americano, em maio. Ela é uma das estrelas da delegação paulista, que conta com 96 atletas.

A prova contará também com outros participantes importantes, como Bárbara Leôncio, de 15 anos, atração para os 100 e 200 metros e Helder Alves para os 400 metros. Josiane Valentim, Tatiane Ferraz e Vanda Gomes, bronze no revezamento medley, no Campeonato Mundial de Menores, em Marrakesh, no Marrocos, em julho de 2005 também despontam como favoritas.

A competição acontece no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo e conta com organização da Fereação Paulista de Atletismo e realização da Confederação Brasileira de Atletismo.


Nesse fim de semana São Paulo terá prova juvenil

Atletismo · 04 jul, 2006

Nesse fim de semana (8 e 9) será realizado em São Paulo o Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis, que reunirá 356 atletas do Brasil de até 19 anos. Também foram convidados dois atletas chilenos.

Um dos destaques para a competição é Franciela Krasucki, campeã dos 100 metros do Campeonato Ibero-Americano, em maio. Ela é uma das estrelas da delegação paulista, que conta com 96 atletas.

A prova contará também com outros participantes importantes, como Bárbara Leôncio, de 15 anos, atração para os 100 e 200 metros e Helder Alves para os 400 metros. Josiane Valentim, Tatiane Ferraz e Vanda Gomes, bronze no revezamento medley, no Campeonato Mundial de Menores, em Marrakesh, no Marrocos, em julho de 2005 também despontam como favoritas.

A competição acontece no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo e conta com organização da Fereação Paulista de Atletismo e realização da Confederação Brasileira de Atletismo.

Selma dos Reis retorna, no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 30 maio, 2006

Após três meses afastada das competições, devido à uma contusão na sola do pé, a goiana Selma dos Reis confirmou a participação no Circuito de Corridas da CAIXA, que terá a prova de abertura no próximo dia 11, em São Paulo.

Radicada no Rio de Janeiro, há dois meses ela vem fazendo um tratamento intensivo e se diz confiante, apesar de não estar 100% já para a primeira prova.

“Tive de parar completamente porque o repouso é fundamental no tratamento na lesão na sola do pé. Voltei a treinar há três semanas e tenho consciência de que não estarei 100% para a prova paulista. Mas estou animada. É muito bom voltar depois de tanta fisioterapia.”

Ela venceu a prova do ano passado, além das etapas de Curitiba e Fortaleza e o circuito sul-americano de corridas de rua, terminando 2005 como segunda colocada no ranking nacional de corredoras de rua da CBAt/CAIXA.

A prova do dia 11 será disputada em terreno de grama, terra e cascalho, em um total de 8 quilômetros no Clube Hípico Santo Amaro. As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de junho nas lojas Fast Runner e e Velocità Sports. O valor é de R$30.


Selma dos Reis retorna, no Circuito Caixa

Corridas de Rua · 30 maio, 2006

Após três meses afastada das competições, devido à uma contusão na sola do pé, a goiana Selma dos Reis confirmou a participação no Circuito de Corridas da CAIXA, que terá a prova de abertura no próximo dia 11, em São Paulo.

Radicada no Rio de Janeiro, há dois meses ela vem fazendo um tratamento intensivo e se diz confiante, apesar de não estar 100% já para a primeira prova.

“Tive de parar completamente porque o repouso é fundamental no tratamento na lesão na sola do pé. Voltei a treinar há três semanas e tenho consciência de que não estarei 100% para a prova paulista. Mas estou animada. É muito bom voltar depois de tanta fisioterapia.”

Ela venceu a prova do ano passado, além das etapas de Curitiba e Fortaleza e o circuito sul-americano de corridas de rua, terminando 2005 como segunda colocada no ranking nacional de corredoras de rua da CBAt/CAIXA.

A prova do dia 11 será disputada em terreno de grama, terra e cascalho, em um total de 8 quilômetros no Clube Hípico Santo Amaro. As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de junho nas lojas Fast Runner e e Velocità Sports. O valor é de R$30.