Brandem Rakita

Atleta dos Estados Unidos compete triathlon na Floresta Amazônica

Triathlon · 04 jun, 2010

O triathleta dos Estados Unidos, Branden Rakita, será um dos destaques do Xterra Amazon, competição de 1,5 quilômetros de natação, 30 de Mountain Bike e nove de corrida a serem disputados no coração da Floresta Amazônica neste sábado (05/06). Em sua primeira viagem ao Brasil, Brandem se diz empolgado em participar de uma prova nessa região.

“Competir na Floresta Amazônica será uma experiência incrível e me considero sortudo por ter essa oportunidade”, relata o triatleta. “Será uma prova como nenhuma outra que eu já tenha feito e estou empolgado por não saber o que pode acontecer”, completa.

O XTerra Amazon terá como palco a base de treinamentos do Exército Brasileiro, entidade que fornecerá todo o apoio logístico para os atletas. O trecho de natação será disputado no Rio Negro, enquanto o ciclismo e a corrida acontecerão em trechos de floresta nativa.

“Fiz uma preparação intensa para essa etapa do XTerra, principalmente por conta da alta umidade e do calor “, lembra Branden. “Treino no Colorado (EUA) onde a umidade nunca chega a níveis tão elevados”, lembra. Na prova deste sábado, a umidade relativa do ar deve chegar a 93%.

Desde 2005 ele compete como atleta profissional e até 2008 dedicou seus esforços na distância olímpica (1,5 quilômetros de natação, 40 de ciclismo e 10 de corrida) disputada em asfalto. De 2008 para frente ele começou a se focar em provas de XTerra, sempre disputadas em terrenos rústicos e em meio à natureza.

“Espero ter a oportunidade de fazer um treino de reconhecimento no percurso, para já me adaptar ao clima da floresta”, ressalta o americano. “Caso não seja possível, terei que fazer isso durante a prova”, finaliza.

Essa etapa regional do XTerra contará com atletas brasileiros, estrangeiros, além de militares, num evento inédito no país até então. Outro fator que chama a atenção é a prova ser disputada no Dia Mundial do Meio Ambiente, data criada para chamar a atenção para a necessidade de contribuir com a preservação do planeta.


Atleta dos Estados Unidos compete triathlon na Floresta Amazônica

Triathlon · 04 jun, 2010

O triathleta dos Estados Unidos, Branden Rakita, será um dos destaques do Xterra Amazon, competição de 1,5 quilômetros de natação, 30 de Mountain Bike e nove de corrida a serem disputados no coração da Floresta Amazônica neste sábado (05/06). Em sua primeira viagem ao Brasil, Brandem se diz empolgado em participar de uma prova nessa região.

“Competir na Floresta Amazônica será uma experiência incrível e me considero sortudo por ter essa oportunidade”, relata o triatleta. “Será uma prova como nenhuma outra que eu já tenha feito e estou empolgado por não saber o que pode acontecer”, completa.

O XTerra Amazon terá como palco a base de treinamentos do Exército Brasileiro, entidade que fornecerá todo o apoio logístico para os atletas. O trecho de natação será disputado no Rio Negro, enquanto o ciclismo e a corrida acontecerão em trechos de floresta nativa.

“Fiz uma preparação intensa para essa etapa do XTerra, principalmente por conta da alta umidade e do calor “, lembra Branden. “Treino no Colorado (EUA) onde a umidade nunca chega a níveis tão elevados”, lembra. Na prova deste sábado, a umidade relativa do ar deve chegar a 93%.

Desde 2005 ele compete como atleta profissional e até 2008 dedicou seus esforços na distância olímpica (1,5 quilômetros de natação, 40 de ciclismo e 10 de corrida) disputada em asfalto. De 2008 para frente ele começou a se focar em provas de XTerra, sempre disputadas em terrenos rústicos e em meio à natureza.

“Espero ter a oportunidade de fazer um treino de reconhecimento no percurso, para já me adaptar ao clima da floresta”, ressalta o americano. “Caso não seja possível, terei que fazer isso durante a prova”, finaliza.

Essa etapa regional do XTerra contará com atletas brasileiros, estrangeiros, além de militares, num evento inédito no país até então. Outro fator que chama a atenção é a prova ser disputada no Dia Mundial do Meio Ambiente, data criada para chamar a atenção para a necessidade de contribuir com a preservação do planeta.