Anthartic Marathon

Gêmeas idênticas vencem Maratona da Antártida

Maratona · 26 mar, 2008

No último dia cinco aconteceu a nona edição da Maratona da Antártida, prova de 42,195 quilômetros disputada no gelo antártico, localizado no pólo sul do globo terrestre. A vitória entre as mulheres ficou com as gêmeas idênticas Maria e Catharina Schilder e entre os homens com Robert Celinski.

Robert, polonês de 28 anos cruzou com 3h09min43, enquanto as irmãs Schilder, naturais da Holanda, chegaram de mãos dadas com o tempo de 4h21min22. Os três campeões fizeram parte de um contingente de 173 atletas de 17 países do mundo.

“A corrida foi uma experiência inesquecível, mas eu não pretendo voltar tão logo”, comenta Catharina. “Foi um sonho que tornou realidade na Antártida”, ressalta Maria, que durante todo o trajeto correu de mãos dadas com a irmã. A atleta de Chicago, Denise Sauriol, liderou até a marca do quilômetro 27, ocasião em que foi ultrapassada pelas gêmeas.

Homens - Já o campeão entre os homens treinou nas montanhas da Polônia e liderou o percurso de ponta a ponta, com uma sobra de 20 minutos para o segundo colocado Filippo Faralla, da África do Sul, a maior distância da história do evento. “Robert correu como um louco pelo gelo”, ressalta Thom Gilligan, diretor do evento. “Ninguém nem chegou perto dele, foi uma corrida fenomenal”, completa.

O sul-africano marcou 3h30min52, seguido por David Smith do Reino Unido, com 3h41min11. O californiano Greg Hales faturou a meia maratona com 1h42min48, enquanto Tara Lunn, de Seattle chegou na primeira colocação dos 21,1 quilômetros com 2h06min15.

Entre os que se aventuraram no continente mais extremo do planeta, estavam 126 participantes da maratona e 51 da meia, que enfrentaram temperaturas congelantes, vento, neblina e céu encoberto. A disputa ocorreu na King George Island (Ilha do Rei George), localizada fora da costa da Penísula Antártida e passou uma geleira glacial, territórios de pingüins e por bases científicas da Rússia, Chile Uruguai e China.

A edição do ano que vem já foi confirmada pelos organizadores e será realizada no dia 10 de março. Informações sobre como participar podem ser encontradas no site oficial, o www.marathontours.com.


Gêmeas idênticas vencem Maratona da Antártida

Maratona · 26 mar, 2008

No último dia cinco aconteceu a nona edição da Maratona da Antártida, prova de 42,195 quilômetros disputada no gelo antártico, localizado no pólo sul do globo terrestre. A vitória entre as mulheres ficou com as gêmeas idênticas Maria e Catharina Schilder e entre os homens com Robert Celinski.

Robert, polonês de 28 anos cruzou com 3h09min43, enquanto as irmãs Schilder, naturais da Holanda, chegaram de mãos dadas com o tempo de 4h21min22. Os três campeões fizeram parte de um contingente de 173 atletas de 17 países do mundo.

“A corrida foi uma experiência inesquecível, mas eu não pretendo voltar tão logo”, comenta Catharina. “Foi um sonho que tornou realidade na Antártida”, ressalta Maria, que durante todo o trajeto correu de mãos dadas com a irmã. A atleta de Chicago, Denise Sauriol, liderou até a marca do quilômetro 27, ocasião em que foi ultrapassada pelas gêmeas.

Homens - Já o campeão entre os homens treinou nas montanhas da Polônia e liderou o percurso de ponta a ponta, com uma sobra de 20 minutos para o segundo colocado Filippo Faralla, da África do Sul, a maior distância da história do evento. “Robert correu como um louco pelo gelo”, ressalta Thom Gilligan, diretor do evento. “Ninguém nem chegou perto dele, foi uma corrida fenomenal”, completa.

O sul-africano marcou 3h30min52, seguido por David Smith do Reino Unido, com 3h41min11. O californiano Greg Hales faturou a meia maratona com 1h42min48, enquanto Tara Lunn, de Seattle chegou na primeira colocação dos 21,1 quilômetros com 2h06min15.

Entre os que se aventuraram no continente mais extremo do planeta, estavam 126 participantes da maratona e 51 da meia, que enfrentaram temperaturas congelantes, vento, neblina e céu encoberto. A disputa ocorreu na King George Island (Ilha do Rei George), localizada fora da costa da Penísula Antártida e passou uma geleira glacial, territórios de pingüins e por bases científicas da Rússia, Chile Uruguai e China.

A edição do ano que vem já foi confirmada pelos organizadores e será realizada no dia 10 de março. Informações sobre como participar podem ser encontradas no site oficial, o www.marathontours.com.