Anderson Luiz

600k: atleta campeão em 2009 volta em outra equipe e vence novamente

Ultra Maratona · 27 out, 2010

Em 2009 Anderson Luiz Lima esteve no Desafio Nike 600k representando a equipe Belo Horizonte e faturou o título da competição com os mineiros. Este ano ele não conseguiu retornar pela mesma equipe, mas participou das seletivas virtuais e correu pela Nike+, que se tornou campeã ao final dos três dias.

“É importante conhecer a prova, mas a estratégia usada foi diferente”, conta Anderson. “Esse ano nosso treinador usou muito os reservas, ao contrário do ano passado”, completa. Apesar de conhecer bem o trajeto percorrido, ele não correu os mesmo trechos da prova passada, o que o motivou ainda mais para dar o melhor de si pelos companheiros.

“Em 2009 eu ganhei, mas a equipe não chegou tão inteira quanto desta vez. Todos foram poupados para se precisassem correr mais forte o último trecho”, conta Anderson. Foram três dias correndo em trechos de asfalto, praia, terra batida, com subidas e descidas íngremes, sol na cabeça e umidade alta, o que não prejudicou a performance dele e do time.

“Quando você entra numa competição, entra com tudo. As dificuldades existem, mas você encara com tudo”, lembra o competidor. Ele admite, porém, que a experiência fez a diferença. “Como eu já conhecia o esquema, claro que eu me senti mais à vontade esse ano”.

A Nike+ foi formada por meio de seletivas virtuais usando a tecnologia SportBand, que permite aos corredores compartilharem pela internet seus treinos. O tempo final após 600 quilômetros foi de 36h57min59, contra 37h09min10 da segunda colocada, a Filhos do Vento.

O time era formado também por Luiz Fernando Rodrigues, Rodrigo Carlos de Oliveira, Alessandra Santana, Edson dos Santos, Edneia Costa, Manoel Borges, Sharon Kusuke, João da Silva Rodrigues, Andreia de Faria, Dougals dos Santos, Joci Pereira dos Santos e Adilson Petsolt. O comandado foi de Kim Cordeiro. “Eu atuei mais como um técnico do que como um treinador”, admite o comandante.


600k: atleta campeão em 2009 volta em outra equipe e vence novamente

Ultra Maratona · 27 out, 2010

Em 2009 Anderson Luiz Lima esteve no Desafio Nike 600k representando a equipe Belo Horizonte e faturou o título da competição com os mineiros. Este ano ele não conseguiu retornar pela mesma equipe, mas participou das seletivas virtuais e correu pela Nike+, que se tornou campeã ao final dos três dias.

“É importante conhecer a prova, mas a estratégia usada foi diferente”, conta Anderson. “Esse ano nosso treinador usou muito os reservas, ao contrário do ano passado”, completa. Apesar de conhecer bem o trajeto percorrido, ele não correu os mesmo trechos da prova passada, o que o motivou ainda mais para dar o melhor de si pelos companheiros.

“Em 2009 eu ganhei, mas a equipe não chegou tão inteira quanto desta vez. Todos foram poupados para se precisassem correr mais forte o último trecho”, conta Anderson. Foram três dias correndo em trechos de asfalto, praia, terra batida, com subidas e descidas íngremes, sol na cabeça e umidade alta, o que não prejudicou a performance dele e do time.

“Quando você entra numa competição, entra com tudo. As dificuldades existem, mas você encara com tudo”, lembra o competidor. Ele admite, porém, que a experiência fez a diferença. “Como eu já conhecia o esquema, claro que eu me senti mais à vontade esse ano”.

A Nike+ foi formada por meio de seletivas virtuais usando a tecnologia SportBand, que permite aos corredores compartilharem pela internet seus treinos. O tempo final após 600 quilômetros foi de 36h57min59, contra 37h09min10 da segunda colocada, a Filhos do Vento.

O time era formado também por Luiz Fernando Rodrigues, Rodrigo Carlos de Oliveira, Alessandra Santana, Edson dos Santos, Edneia Costa, Manoel Borges, Sharon Kusuke, João da Silva Rodrigues, Andreia de Faria, Dougals dos Santos, Joci Pereira dos Santos e Adilson Petsolt. O comandado foi de Kim Cordeiro. “Eu atuei mais como um técnico do que como um treinador”, admite o comandante.