· ,

1970-01-01 -
Adriana terminou a Maratona de Londres  mas não conseguiu índice para o Mundial (foto: Roosevelt Cássio/ Divulgação Asics)
Adriana terminou a Maratona de Londres mas não conseguiu índice para o Mundial (foto: Roosevelt Cássio/ Divulgação Asics)

O maratonista olímpico, Paulo Roberto de Almeida Paula, é o segundo brasileiro a conseguir o índice da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para a disputa da maratona do Mundial de Atletismo de Moscou, que acontece em agosto.

Com o tempo de 2h13min00 (o índice CBAt é de 2h13min44), Paulo Roberto alcançou a marca e ainda venceu a Maratona de Pádova, na Itália. Além dele, outro brasileiro também esteve na Itália. O medalhista de ouro no Pan de Guadalajara, Solonei Rocha da Silva, fez parte do field, mas o campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2011 quebrou.

Enquanto Solonei já garantiu tempo para participar do Mundial o fundista tem no momento a marca masculina mais rápida (2h12min47), conseguida em Seul, na Coréia do Sul Paulo Roberto fez sua segunda tentativa no último final de semana. A primeira foi no Japão, em março.

Paulo Roberto venceu em Pádova, na Itália, e se tornou o segundo brasileiro a conseguir vaga para o Mundial   Foto: Marcos Lambanca/ Divulgação
Paulo Roberto venceu em Pádova, na Itália, e se tornou o segundo brasileiro a conseguir vaga para o Mundial Foto: Marcos Lambanca/ Divulgação

Adriana não alcança índice– No último domingo, Adriana Aparecida da Silva fez parte daquele que foi considerado o melhor field já reunido em uma maratona. Mais uma vez em Londres, a brasileira teve desempenho regular, mas não conseguiu alcançar o índice para Moscou.

<a href=/maratona/n/tsegaye-kebede-e-priscah-jeptoo-vencem-maratona-de-londres/14667 target=_blankTsegaye Kebede e Priscah Jeptoo vencem Maratona de Londres

A atleta do Pinheiros correu os 42 quilômetros londrinos em 2h31min44, enquanto o tempo mínimo estabelecido pela CBAt é de 2h28min50.

Este texto foi escrito por: Webrun