Especialista_Treino

Homens x mulheres: quais as diferenças na hora de treinar?

Mulheres · 10 mar, 2023

Quando um personal trainer tem que montar um treino, a primeira coisa que ele leva em consideração é se o aluno é homem ou mulher, por uma série de razões. De acordo com diversas pesquisas científicas, entre elas uma da […]


Homens x mulheres: quais as diferenças na hora de treinar?

Mulheres · 10 mar, 2023

Quando um personal trainer tem que montar um treino, a primeira coisa que ele leva em consideração é se o aluno é homem ou mulher, por uma série de razões. De acordo com diversas pesquisas científicas, entre elas uma da […]

É normal sentir sono em vez de disposição após atividade física?

Atletismo · 10 abr, 2012

Nome: Valdemiro Gomes da Silva

Dúvida: Não faço atividades físicas à noite por conta do meu trabalho. Sempre ouvi dizer que a prática de exercícios físicos durante a noite poder retardar a chegada do sono. Por essa razão, presumia que após atividades físicas estaria com muita disposição, mas ainda assim não me sinto tão disposto como esperava. Sinto inclusive sonolência ao ler um jornal, por exemplo. O que há de errado?

Resposta:Olá, Valdemiro. Não está claro há quanto tempo você começou a praticar atividade física, mas creio que vai precisar de algum tempo até seu corpo se acostumar com este novo cenário metabólico e você começar a colher os frutos da atividade. Perceba se não está dormindo poucas horas, pois agora seu corpo necessitará de mais descanso com esta nova solicitação física. Normalmente esta maior disposição ocorre logo após a atividade, às custas da circulação de endorfina em maior quantidade. Porém, depois seu corpo vai pedir mais descanso e isto pode explicar a sonolência que está sentindo. Não desista e continue a investir em atividade física!

Resposta concedida pelo Dr. Neto. É médico pós-graduado em Fisiologia do Exercício, especialista em Medicina do Esporte pela SBME e em Ortopedia e Traumatologia pela SBOT.


É normal sentir sono em vez de disposição após atividade física?

Atletismo · 10 abr, 2012

Nome: Valdemiro Gomes da Silva

Dúvida: Não faço atividades físicas à noite por conta do meu trabalho. Sempre ouvi dizer que a prática de exercícios físicos durante a noite poder retardar a chegada do sono. Por essa razão, presumia que após atividades físicas estaria com muita disposição, mas ainda assim não me sinto tão disposto como esperava. Sinto inclusive sonolência ao ler um jornal, por exemplo. O que há de errado?

Resposta:Olá, Valdemiro. Não está claro há quanto tempo você começou a praticar atividade física, mas creio que vai precisar de algum tempo até seu corpo se acostumar com este novo cenário metabólico e você começar a colher os frutos da atividade. Perceba se não está dormindo poucas horas, pois agora seu corpo necessitará de mais descanso com esta nova solicitação física. Normalmente esta maior disposição ocorre logo após a atividade, às custas da circulação de endorfina em maior quantidade. Porém, depois seu corpo vai pedir mais descanso e isto pode explicar a sonolência que está sentindo. Não desista e continue a investir em atividade física!

Resposta concedida pelo Dr. Neto. É médico pós-graduado em Fisiologia do Exercício, especialista em Medicina do Esporte pela SBME e em Ortopedia e Traumatologia pela SBOT.

Treinos de tiro ocasionam perda de massa muscular?

Atletismo · 12 mar, 2012

Nome:Marcelo

Dúvida: A corrida intervalada e intensa (no caso, correr bem forte durante 10 segundos, descansar durante dois minutos e recomeçar o processo) pode retirar massa magra ou músculo? Se sim, a partir de quanto tempo (séries)?

Resposta: Olá Marcelo, isso depende da finalidade do treino. Você corre prova de 100 metros?
De toda forma, adianto que para retirar a massa magra (massa muscular) só atividades de longa duração ou se você não se alimentar direito.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Treinos de tiro ocasionam perda de massa muscular?

Atletismo · 12 mar, 2012

Nome:Marcelo

Dúvida: A corrida intervalada e intensa (no caso, correr bem forte durante 10 segundos, descansar durante dois minutos e recomeçar o processo) pode retirar massa magra ou músculo? Se sim, a partir de quanto tempo (séries)?

Resposta: Olá Marcelo, isso depende da finalidade do treino. Você corre prova de 100 metros?
De toda forma, adianto que para retirar a massa magra (massa muscular) só atividades de longa duração ou se você não se alimentar direito.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Estou pronta para correr a São Silvestre?

Corridas de Rua · 23 out, 2008

Nome: Patícia Lucena
Idade: 26 anos
Dúvida: Faço musculação e condicionamento físico na academia de três a quatro vezes por semana há mais de 1 ano, com corrida na esteira de cerca de 15 minutos. Dá tempo de me preparar para correr a São Silvestre desse ano? Como posso iniciar um treino em que consiga concluir o trajeto?

Resposta: Olá Patrícia. Você é uma pessoa bem ativa e deve estar bem condicionada na parte muscular, o que é muito bom. Porém, 15 minutos de esteira deve dar no máximo de 2,5 a três quilômetros e para correr a São Silvestre (15km) daqui a 10 semanas, você já teria que estar correndo pelo menos uns 9km direito, e mais 6 a 7 km, três vezes por semana.

Principalmente considerando que é uma prova muito difícil e com clima quente, que durará em torno de 1h30min a 1h45min, sugiro que você aumente a quilometragem gradativamente, faça algumas provas mais curtas esse ano e que treine para correr a São Silvestre do ano que vem, com mais segurança, bem preparada e sem riscos!

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Estou pronta para correr a São Silvestre?

Corridas de Rua · 23 out, 2008

Nome: Patícia Lucena
Idade: 26 anos
Dúvida: Faço musculação e condicionamento físico na academia de três a quatro vezes por semana há mais de 1 ano, com corrida na esteira de cerca de 15 minutos. Dá tempo de me preparar para correr a São Silvestre desse ano? Como posso iniciar um treino em que consiga concluir o trajeto?

Resposta: Olá Patrícia. Você é uma pessoa bem ativa e deve estar bem condicionada na parte muscular, o que é muito bom. Porém, 15 minutos de esteira deve dar no máximo de 2,5 a três quilômetros e para correr a São Silvestre (15km) daqui a 10 semanas, você já teria que estar correndo pelo menos uns 9km direito, e mais 6 a 7 km, três vezes por semana.

Principalmente considerando que é uma prova muito difícil e com clima quente, que durará em torno de 1h30min a 1h45min, sugiro que você aumente a quilometragem gradativamente, faça algumas provas mais curtas esse ano e que treine para correr a São Silvestre do ano que vem, com mais segurança, bem preparada e sem riscos!

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Como pode ser o treinamento de triathlon?

Triathlon · 10 out, 2008

Nome: Jonas
Idade: 28 anos
Dúvida: Olá pessoal do Webrun, estou com uma dúvida com relação ao treinamento. Pretendo em dezembro fazer o triathlon olímpico em Santos e comecei a treinar em julho com volume de treino em corrida e ciclismo. Antes fazia 10 km em 50min, consegui fazer a Nike10k em 46min, aí comecei a ler o “bases fisiológicas do treinamento” para ter uma noção e a diretriz no livro diz que a gente pode treinar de cinco a seis vezes na semana, fazendo um dia do treino intervalado (talvez dois dias) e um dia igual a competição.

Eu estou conseguindo fazer isso, mas quando vou fazer o treino do ciclismo eu sinto muito. Meu rendimento não é o mesmo. Sinto que vou me lesionar e interrompo o treino. Qual a dica que vocês podem me dar?

Resposta: Olá Jonas, pelo que eu li você já está em um nível de treinamento que o credencia sim a fazer um triathlon olímpico. Mas, ainda esta um pouco cedo para se preocupar tanto com evolução de performance. Primeiro você deveria se preocupar mais com a técnica de cada modalidade, até se sentir confortável em cada uma delas, aí sim começar a incrementar os treinos com mais qualidade e volume.

Atente para uma coisa muito importante, que só descobrimos depois de algum tempo de triathlon, apesar de serem três modalidades distintas, o triathlon deve ser treinado como um só desporto, ou seja, uma modalidade depende diretamente da outra, pois o corpo é um só.

Procure dar mais ênfase ao volume nos seus treinos, antes de começar a pensar na intensidade. Isso irá preparar seus músculos e articulações para futuros trabalhos mais intensos, além de lhe da uma base aeróbica que irá permitir que você consiga executar ritmos mais intensos sem maiores danos ao organismo.

Se mesmo assim, você ainda se sentir impelido a testar seus limites, procure não exceder a um treino por semana de cada modalidade no seu ritmo de competição ou acima dele. Sempre dando no mínimo dois dias de intervalo entre eles, com treinos regenerativos ou de baixa intensidade.

Para evitar esses pequenos erros que em algumas situações podem se tornar grandes, acredito que a melhor forma de você alcançar seus objetivos sem riscos e mais o rapidamente possível, seria você procurar um técnico especialista na modalidade. Um abraço e bons treinos!

Resposta concedida pelo treinador Carlos Eugênio Ferraro. Graduado em Educação Física e pós-graduado em Treinamento Desportivo, já foi técnico da Seleção Brasileira de Triathlon. É fundador da Equipe Carlos Eugênio assessoria esportiva.


Como pode ser o treinamento de triathlon?

Triathlon · 10 out, 2008

Nome: Jonas
Idade: 28 anos
Dúvida: Olá pessoal do Webrun, estou com uma dúvida com relação ao treinamento. Pretendo em dezembro fazer o triathlon olímpico em Santos e comecei a treinar em julho com volume de treino em corrida e ciclismo. Antes fazia 10 km em 50min, consegui fazer a Nike10k em 46min, aí comecei a ler o “bases fisiológicas do treinamento” para ter uma noção e a diretriz no livro diz que a gente pode treinar de cinco a seis vezes na semana, fazendo um dia do treino intervalado (talvez dois dias) e um dia igual a competição.

Eu estou conseguindo fazer isso, mas quando vou fazer o treino do ciclismo eu sinto muito. Meu rendimento não é o mesmo. Sinto que vou me lesionar e interrompo o treino. Qual a dica que vocês podem me dar?

Resposta: Olá Jonas, pelo que eu li você já está em um nível de treinamento que o credencia sim a fazer um triathlon olímpico. Mas, ainda esta um pouco cedo para se preocupar tanto com evolução de performance. Primeiro você deveria se preocupar mais com a técnica de cada modalidade, até se sentir confortável em cada uma delas, aí sim começar a incrementar os treinos com mais qualidade e volume.

Atente para uma coisa muito importante, que só descobrimos depois de algum tempo de triathlon, apesar de serem três modalidades distintas, o triathlon deve ser treinado como um só desporto, ou seja, uma modalidade depende diretamente da outra, pois o corpo é um só.

Procure dar mais ênfase ao volume nos seus treinos, antes de começar a pensar na intensidade. Isso irá preparar seus músculos e articulações para futuros trabalhos mais intensos, além de lhe da uma base aeróbica que irá permitir que você consiga executar ritmos mais intensos sem maiores danos ao organismo.

Se mesmo assim, você ainda se sentir impelido a testar seus limites, procure não exceder a um treino por semana de cada modalidade no seu ritmo de competição ou acima dele. Sempre dando no mínimo dois dias de intervalo entre eles, com treinos regenerativos ou de baixa intensidade.

Para evitar esses pequenos erros que em algumas situações podem se tornar grandes, acredito que a melhor forma de você alcançar seus objetivos sem riscos e mais o rapidamente possível, seria você procurar um técnico especialista na modalidade. Um abraço e bons treinos!

Resposta concedida pelo treinador Carlos Eugênio Ferraro. Graduado em Educação Física e pós-graduado em Treinamento Desportivo, já foi técnico da Seleção Brasileira de Triathlon. É fundador da Equipe Carlos Eugênio assessoria esportiva.

Como saber se já estou pronto para a maratona?

Maratona · 13 set, 2008

Nome: Daniel
Idade: 34 anos
Dúvida: Corro há 15 anos. Atualmente treino até cinco vezes por semana em torno de 60km semanais. Buscando orientação profissional, em quanto tempo, em média, estarei apto a completar uma maratona?

Resposta - Olá Daniel, pelo tempo que você já treina (15 anos) e com esta quilometragem semanal (60km/semana) diria que você já está quase pronto para completar uma maratona, apenas necessitando que este profissional que o orientará planeje a época da prova e alguns treinos mais longos. Em geral, os corredores amadores que oriento, completam bem uma maratona com média de 65 a 70km semanais.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Como saber se já estou pronto para a maratona?

Maratona · 13 set, 2008

Nome: Daniel
Idade: 34 anos
Dúvida: Corro há 15 anos. Atualmente treino até cinco vezes por semana em torno de 60km semanais. Buscando orientação profissional, em quanto tempo, em média, estarei apto a completar uma maratona?

Resposta - Olá Daniel, pelo tempo que você já treina (15 anos) e com esta quilometragem semanal (60km/semana) diria que você já está quase pronto para completar uma maratona, apenas necessitando que este profissional que o orientará planeje a época da prova e alguns treinos mais longos. Em geral, os corredores amadores que oriento, completam bem uma maratona com média de 65 a 70km semanais.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Posso fazer tiros em qualquer tipo de pisos?

Corridas de Rua · 09 set, 2008

Nome: Nilton Ribeiro
Idade: 36 anos
Dúvida: Quero esclarecer uma dúvida. Posso fazer tiro de 400 metros em asfalto? Na minha cidade não tem pista, e eu participo de várias corridas na minha região e em SP, RJ, BH.

RespostaOlá Nilton, não é o recomendado, já que no asfalto o impacto é muito maior, aumentando a possibilidade de lesões. Sempre dê preferência aos trechos de grama, terra ou trilha, e não se prenda tanto a esta distância de 400 metros. Pode ser de 300/ 350/ 450/ 500m e por aí vai, dependendo do espaço que você tiver disponível. Outro cuidado muito grande, independente do piso, deve ser com o tipo de calçado e com o controle do peso corporal.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Posso fazer tiros em qualquer tipo de pisos?

Corridas de Rua · 09 set, 2008

Nome: Nilton Ribeiro
Idade: 36 anos
Dúvida: Quero esclarecer uma dúvida. Posso fazer tiro de 400 metros em asfalto? Na minha cidade não tem pista, e eu participo de várias corridas na minha região e em SP, RJ, BH.

RespostaOlá Nilton, não é o recomendado, já que no asfalto o impacto é muito maior, aumentando a possibilidade de lesões. Sempre dê preferência aos trechos de grama, terra ou trilha, e não se prenda tanto a esta distância de 400 metros. Pode ser de 300/ 350/ 450/ 500m e por aí vai, dependendo do espaço que você tiver disponível. Outro cuidado muito grande, independente do piso, deve ser com o tipo de calçado e com o controle do peso corporal.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Quantas modalidades posso praticar por dia?

Corridas de Rua · 02 set, 2008

Nome: Douglas Spernega
Idade: 26 anos
Dúvida: Como administrar treinos de corrida, musculação e natação? Posso fazer dois desses por dia ou é melhor fazer um dia cada um?

Resposta: Douglas, você até pode fazer duas por dia, mas sempre procurando deixar a natação por último. Normalmente preconizo as seguintes opções: musculação/natação, musculação/corrida, ou corrida/natação. Já Corrida/musculação só se for para fazer musculação dos membros superiores.

Dependendo de quantas vezes por semana você tiver disponível para treinos, procure não fazer duas modalidades todos os dias. No máximo três vezes por semana, deixando dias para fazer somente corrida.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Quantas modalidades posso praticar por dia?

Corridas de Rua · 02 set, 2008

Nome: Douglas Spernega
Idade: 26 anos
Dúvida: Como administrar treinos de corrida, musculação e natação? Posso fazer dois desses por dia ou é melhor fazer um dia cada um?

Resposta: Douglas, você até pode fazer duas por dia, mas sempre procurando deixar a natação por último. Normalmente preconizo as seguintes opções: musculação/natação, musculação/corrida, ou corrida/natação. Já Corrida/musculação só se for para fazer musculação dos membros superiores.

Dependendo de quantas vezes por semana você tiver disponível para treinos, procure não fazer duas modalidades todos os dias. No máximo três vezes por semana, deixando dias para fazer somente corrida.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Como pisar nas descidas?

Corridas de Rua · 28 ago, 2008

Nome: Thiago Ciaciare
Idade: 26 anos
Dúvida: Olá! Gostaria de saber qual o tipo de contato mais adequado do pé com o solo em descidas. É melhor bater o pé rapidamente e com força no solo, ou é mais recomendada uma pisada mais suave? O que sobrecarrega menos a articulação do joelho/tornozelo? Essa recomendação depende do biotipo do atleta?

Resposta: O ideal é amortecer com a região do calcanhar, porém, da forma mais suave possível, além de inclinar o tronco um pouco para trás, o que sobrecarrega menos as articulações, principalmente a do joelho. Com relação ao biotipo, quanto mais pesado for o atleta, maior deverá ser este cuidado.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.


Como pisar nas descidas?

Corridas de Rua · 28 ago, 2008

Nome: Thiago Ciaciare
Idade: 26 anos
Dúvida: Olá! Gostaria de saber qual o tipo de contato mais adequado do pé com o solo em descidas. É melhor bater o pé rapidamente e com força no solo, ou é mais recomendada uma pisada mais suave? O que sobrecarrega menos a articulação do joelho/tornozelo? Essa recomendação depende do biotipo do atleta?

Resposta: O ideal é amortecer com a região do calcanhar, porém, da forma mais suave possível, além de inclinar o tronco um pouco para trás, o que sobrecarrega menos as articulações, principalmente a do joelho. Com relação ao biotipo, quanto mais pesado for o atleta, maior deverá ser este cuidado.

Resposta concedida pelo treinador Nelson Evêncio. É pós-graduado em treinamento desportivo (CREF n.o 016048-SP), IAAF Nível 1 - CBAT n.o 525. Sócio-fundador e atual presidente da ATC (Associação de Treinadores de Corrida) e titular da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva.

Como diminuir as bolhas da corrida?

Corridas de Rua · 05 ago, 2008

Nome: Valério de Almeida
Idade: 36 anos
Dúvida: Olá, como devo cuidar de bolhas nos pés, devido ao tênis novo. Desde já obrigado.

Resposta: Bolhas é um acúmulo de fluido entre as camadas interna e externa da pele, devido ao excesso de fricção. Não mexa na bolha por 24 horas, para permitir que ela cure por si só.

Se o fluido não for reabsorvido, fure a bolha com uma agulha esterilizada. Faça dois buracos em lados opostos da bolha e pressione-a suavemente com gaze para empurrar o fluido. Não remova a pele solta. Cubra a bolha. Se ela reencher, fure novamente. Antes de colocar o tênis, faça um curativo com band aid de silicone exclusivo para bolhas. Eles são importados e podemos achar em farmácias de grandes redes em diversos tamanhos.

Caso ocorram bolhas periodicamente, tenha certeza que seus tênis são do tamanho certo. Uma boa dica e usar meias feitas de tecidos sintéticos e finas. Antes de você sair para correr outra boa dica e aplicar vaselina ou talco para reduzir a fricção.

Resposta concedida pelo treinador Aulus Sellmer. Atualmente é diretor técnico da assessoria esportiva 4any1, coordenador corporativo da academia Companhia Athletica do departamento outdoor e personal training da Sociedade Hípica Paulista. Contato: www.4any1.com.br


Como diminuir as bolhas da corrida?

Corridas de Rua · 05 ago, 2008

Nome: Valério de Almeida
Idade: 36 anos
Dúvida: Olá, como devo cuidar de bolhas nos pés, devido ao tênis novo. Desde já obrigado.

Resposta: Bolhas é um acúmulo de fluido entre as camadas interna e externa da pele, devido ao excesso de fricção. Não mexa na bolha por 24 horas, para permitir que ela cure por si só.

Se o fluido não for reabsorvido, fure a bolha com uma agulha esterilizada. Faça dois buracos em lados opostos da bolha e pressione-a suavemente com gaze para empurrar o fluido. Não remova a pele solta. Cubra a bolha. Se ela reencher, fure novamente. Antes de colocar o tênis, faça um curativo com band aid de silicone exclusivo para bolhas. Eles são importados e podemos achar em farmácias de grandes redes em diversos tamanhos.

Caso ocorram bolhas periodicamente, tenha certeza que seus tênis são do tamanho certo. Uma boa dica e usar meias feitas de tecidos sintéticos e finas. Antes de você sair para correr outra boa dica e aplicar vaselina ou talco para reduzir a fricção.

Resposta concedida pelo treinador Aulus Sellmer. Atualmente é diretor técnico da assessoria esportiva 4any1, coordenador corporativo da academia Companhia Athletica do departamento outdoor e personal training da Sociedade Hípica Paulista. Contato: www.4any1.com.br