Cobertura_Corpore2010

Primeiro a cruzar a Meia da Corpore usando Asics ganha vaga para NY

Corridas de Rua · 09 abr, 2010

Neste domingo (11/04) o primeiro corredor a cruzar a linha de chegada da Meia Maratona da Corpore usando um tênis da marca esportiva Asics, será contemplado com uma inscrição para a Maratona de Nova York. A competição será disputada no dia sete de novembro e o ganhador levará ainda passagens áreas São Paulo/ Nova York/ São Paulo.

“Esta é uma iniciativa muito importante para a nossa marca. É a maneira que encontramos de ficar ainda mais próximos dos corredores paulistanos, com o diferencial de uma premiação inédita no Brasil”, diz Andrea Longhi, gerente de marketing da Asics.

Vale lembrar que a promoção engloba passagem e inscrição para a Maratona, mas despesas com passaporte, visto americano, hospedagem e alimentação, são por conta do ganhador. Ainda segundo os responsáveis pela marca, a inscrição e passagens são pessoais e intransferíveis.

A retirada de kits da Meia da Corpore acontece nessa sexta-feira das 9h às 20h e no sábado (10) das 8 às 18h no Ginásio do Ibirapuera, sito à Rua Manoel da Nóbrega, 1.361. Durante a entrega do material, os corredores poderão conferir as novidades da Asics.

Já no pós prova, haverá uma tenda montada com massagem relaxante, comidas e bebidas para recompor a energia. Para mais informações sobre a promoção, basta acessar o site www.asics.com.br.


Primeiro a cruzar a Meia da Corpore usando Asics ganha vaga para NY

Corridas de Rua · 09 abr, 2010

Neste domingo (11/04) o primeiro corredor a cruzar a linha de chegada da Meia Maratona da Corpore usando um tênis da marca esportiva Asics, será contemplado com uma inscrição para a Maratona de Nova York. A competição será disputada no dia sete de novembro e o ganhador levará ainda passagens áreas São Paulo/ Nova York/ São Paulo.

“Esta é uma iniciativa muito importante para a nossa marca. É a maneira que encontramos de ficar ainda mais próximos dos corredores paulistanos, com o diferencial de uma premiação inédita no Brasil”, diz Andrea Longhi, gerente de marketing da Asics.

Vale lembrar que a promoção engloba passagem e inscrição para a Maratona, mas despesas com passaporte, visto americano, hospedagem e alimentação, são por conta do ganhador. Ainda segundo os responsáveis pela marca, a inscrição e passagens são pessoais e intransferíveis.

A retirada de kits da Meia da Corpore acontece nessa sexta-feira das 9h às 20h e no sábado (10) das 8 às 18h no Ginásio do Ibirapuera, sito à Rua Manoel da Nóbrega, 1.361. Durante a entrega do material, os corredores poderão conferir as novidades da Asics.

Já no pós prova, haverá uma tenda montada com massagem relaxante, comidas e bebidas para recompor a energia. Para mais informações sobre a promoção, basta acessar o site www.asics.com.br.

Meia Maratona da Corpore terá novo local de entrega de kits

Meia Maratona · 08 abr, 2010

A organização da 11ª Meia Maratona Corpore Internacional de São Paulo alterou o local de retirada dos kits dos corredores. A entrega não será mais no Palácio do Judô, agora, os participantes devem se dirigir ao Ginásio do Ibirapuera, pela entrada do portão 15 ao lado das bilheterias na rua Manoel da Nóbrega. A competição terá largada no próximo domingo (11/04) na avenida da Raia na USP às 7h30.

Os kits poderão ser retirados a partir da próxima sexta-feira, nove de abril, das 12h às 20h e no sábado das 8h às 18h. Os participantes vão receber número de peito, camiseta, chip de cronometragem e pulseira de largada.

Caso o atleta não possa comparecer, um terceiro poderá retirar o kit, desde que possua o comprovante de inscrição. Se alguém precisar pegar seu comprovante novamente, acesse www.corpore.org.br. A arena da prova na Cidade Universitária (USP) receberá os atletas a partir das 5h30.


Meia Maratona da Corpore terá novo local de entrega de kits

Meia Maratona · 08 abr, 2010

A organização da 11ª Meia Maratona Corpore Internacional de São Paulo alterou o local de retirada dos kits dos corredores. A entrega não será mais no Palácio do Judô, agora, os participantes devem se dirigir ao Ginásio do Ibirapuera, pela entrada do portão 15 ao lado das bilheterias na rua Manoel da Nóbrega. A competição terá largada no próximo domingo (11/04) na avenida da Raia na USP às 7h30.

Os kits poderão ser retirados a partir da próxima sexta-feira, nove de abril, das 12h às 20h e no sábado das 8h às 18h. Os participantes vão receber número de peito, camiseta, chip de cronometragem e pulseira de largada.

Caso o atleta não possa comparecer, um terceiro poderá retirar o kit, desde que possua o comprovante de inscrição. Se alguém precisar pegar seu comprovante novamente, acesse www.corpore.org.br. A arena da prova na Cidade Universitária (USP) receberá os atletas a partir das 5h30.

Meia da Corpore promete disputa acirrada na elite

Meia Maratona · 06 abr, 2010

Atualizada às 18h30

A 11ª edição da Meia Maratona Corpore Internacional de São Paulo, que será realizada no próximo dia 11 de abril, está com as inscrições encerradas e promete uma disputa acirrada com diversos nomes importantes do atletismo brasileiro e internacional. A largada do pelotão geral acontece às 7h30.

Entre os homens, há o desafio de superar o tempo de 1h03min37, alcançado por Valdenor Pereira dos Santos em 2002. Para isso, estão confirmados na disputa o campeão do ano passado Damião Ancelmo de Souza, o tetra-campeão da prova Franck Caldeira, os quenianos Kiprop Mutai e Kiprotich Jacob Kemboi, os gêmeos Luis Fernando e Paulo Roberto Almeida de Paula, além de Sergio Celestino da Silva e Fabio do Nascimento.

Já entre as mulheres, competem as quenianas Elizabeth Chepkanan Rumokol, Ednah Mukhwana, Adriana Aparecida da Silva, Beatriz Nascimento, Maria Zeferina Baldaia, Michele Cristina das Chagas, Rosangela Raimunda Pereira Faria, Sirlene Pinho e Vivian de Oliveira. O recorde feminino da prova (1h11min40) foi conquistado no ano passado pela queniana Anne Cheptanui Bererwe.

A retirada dos kits será no dia nove de abril, das 9h às 20h, e no dia 10, das 8h às 18h no Palácio do Judô, localizado na Rua Manoel da Nóbrega, 1361, Caso o atleta não possa comparecer, um terceiro poderá retirar o kit, desde que possua o comprovante de inscrição. A arena da prova na Cidade Universitária (USP) receberá os atletas a partir das 5h30.


Meia da Corpore promete disputa acirrada na elite

Meia Maratona · 06 abr, 2010

Atualizada às 18h30

A 11ª edição da Meia Maratona Corpore Internacional de São Paulo, que será realizada no próximo dia 11 de abril, está com as inscrições encerradas e promete uma disputa acirrada com diversos nomes importantes do atletismo brasileiro e internacional. A largada do pelotão geral acontece às 7h30.

Entre os homens, há o desafio de superar o tempo de 1h03min37, alcançado por Valdenor Pereira dos Santos em 2002. Para isso, estão confirmados na disputa o campeão do ano passado Damião Ancelmo de Souza, o tetra-campeão da prova Franck Caldeira, os quenianos Kiprop Mutai e Kiprotich Jacob Kemboi, os gêmeos Luis Fernando e Paulo Roberto Almeida de Paula, além de Sergio Celestino da Silva e Fabio do Nascimento.

Já entre as mulheres, competem as quenianas Elizabeth Chepkanan Rumokol, Ednah Mukhwana, Adriana Aparecida da Silva, Beatriz Nascimento, Maria Zeferina Baldaia, Michele Cristina das Chagas, Rosangela Raimunda Pereira Faria, Sirlene Pinho e Vivian de Oliveira. O recorde feminino da prova (1h11min40) foi conquistado no ano passado pela queniana Anne Cheptanui Bererwe.

A retirada dos kits será no dia nove de abril, das 9h às 20h, e no dia 10, das 8h às 18h no Palácio do Judô, localizado na Rua Manoel da Nóbrega, 1361, Caso o atleta não possa comparecer, um terceiro poderá retirar o kit, desde que possua o comprovante de inscrição. A arena da prova na Cidade Universitária (USP) receberá os atletas a partir das 5h30.

Meia Maratona da Corpore desafia os tempos dos atletas

Meia Maratona · 04 abr, 2010

A Meia Maratona Internacional Corpore de São Paulo, em sua 11ª edição do evento, espera a superação dos atletas no domingo (11/04). Durante esse tempo, a prova cresceu e recebeu atletas internacionais de destaque no atletismo. Por isso, ano a ano, a expectativa é de novos recordes.

De 2002 a 2007, o melhor tempo foi de Marizete de Paula Rezende que completou a prova com 1h16min18. Em 2008, Anne Cheptanui Bererwe quebrou a marca ao completar a prova com 1h13min55 e, no ano passado, a atleta superou o próprio tempo ao conquistar o pódio em 1h11min40.

Entre os homens, ninguém conseguiu completar os 21 quilômetros com tempo abaixo de 1h03min37, alcançado por Valdenor Pereira dos Santos, em 2002. O desafio fica para próxima edição na USP.


Meia Maratona da Corpore desafia os tempos dos atletas

Meia Maratona · 04 abr, 2010

A Meia Maratona Internacional Corpore de São Paulo, em sua 11ª edição do evento, espera a superação dos atletas no domingo (11/04). Durante esse tempo, a prova cresceu e recebeu atletas internacionais de destaque no atletismo. Por isso, ano a ano, a expectativa é de novos recordes.

De 2002 a 2007, o melhor tempo foi de Marizete de Paula Rezende que completou a prova com 1h16min18. Em 2008, Anne Cheptanui Bererwe quebrou a marca ao completar a prova com 1h13min55 e, no ano passado, a atleta superou o próprio tempo ao conquistar o pódio em 1h11min40.

Entre os homens, ninguém conseguiu completar os 21 quilômetros com tempo abaixo de 1h03min37, alcançado por Valdenor Pereira dos Santos, em 2002. O desafio fica para próxima edição na USP.

Corpore ainda inscreve atletas para a Meia Maratona

Meia Maratona · 01 abr, 2010

No próximo 11 de abril será realizada a 11ª edição da Meia Maratona Corpore Internacional da de São Paulo. Além dos 21 km tradicionais, a prova também contará com uma distância menor de cinco quilômetros destinada aos atletas que ainda não estão preparados para a distância maior, mas que querem participar do evento.

A largada será na Avenida da Raia na USP e acontecerá às 7h15 para Elite A feminina, às 7h30 para os demais corredores e às 7h25 para os fundistas dos cinco quilômetros. Todos os participantes ganharão camiseta e os concluintes levarão para casa uma medalha.

Além disso, os 10 primeiros colocados no masculino e feminino terão premiação em dinheiro a ser divulgada posteriormente. Como já acontece normalmente, também haverá premiação nas faixas etárias.

A retirada de kits da XI Meia Maratona Corpore Internacional da Cidade de São Paulo será realizada antes do evento. Para retirar, os corredores devem se dirigir ao Palácio do Judô, localizado na Rua Manoel da Nóbrega, 1361, na sexta-feira anterior (09/04) das 9h às 20h e no sábado (10/04) das 8h às 18h. Um terceiro poderá buscar o kit para o atleta, desde que esteja com o comprovante de inscrição.

As inscrições continuam abertas no site www.corpore.org.br no valor de R$ 55 para sócios e R$ 70 para não sócios.


Corpore ainda inscreve atletas para a Meia Maratona

Meia Maratona · 01 abr, 2010

No próximo 11 de abril será realizada a 11ª edição da Meia Maratona Corpore Internacional da de São Paulo. Além dos 21 km tradicionais, a prova também contará com uma distância menor de cinco quilômetros destinada aos atletas que ainda não estão preparados para a distância maior, mas que querem participar do evento.

A largada será na Avenida da Raia na USP e acontecerá às 7h15 para Elite A feminina, às 7h30 para os demais corredores e às 7h25 para os fundistas dos cinco quilômetros. Todos os participantes ganharão camiseta e os concluintes levarão para casa uma medalha.

Além disso, os 10 primeiros colocados no masculino e feminino terão premiação em dinheiro a ser divulgada posteriormente. Como já acontece normalmente, também haverá premiação nas faixas etárias.

A retirada de kits da XI Meia Maratona Corpore Internacional da Cidade de São Paulo será realizada antes do evento. Para retirar, os corredores devem se dirigir ao Palácio do Judô, localizado na Rua Manoel da Nóbrega, 1361, na sexta-feira anterior (09/04) das 9h às 20h e no sábado (10/04) das 8h às 18h. Um terceiro poderá buscar o kit para o atleta, desde que esteja com o comprovante de inscrição.

As inscrições continuam abertas no site www.corpore.org.br no valor de R$ 55 para sócios e R$ 70 para não sócios.

Ainda há inscrições para a Corrida Infantil da Corpore

Corridas de Rua · 30 mar, 2010

No dia 10 de abril acontece a primeira etapa do ano da Corrida Infantil Corpore, competição destinada a crianças de quatro a 12 anos, que disputarão baterias de acordo com o ano de nascimento. Além de correr, os atletas mirins poderão desfrutar de diversas atrações.

Brinquedos infláveis, personagens, pipoca, algodão doce e diversas brincadeiras estarão disponíveis na arena do evento, que será montada no Complexo Esportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera. Os pais podem ficar tranqüilos, pois haverá monitores e seguranças para garantir que tudo saia conforme o planejado.

As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br sob o valor de R$ 30 para filhos de sócios da entidade e R$ 35 para filhos de não sócios.


Ainda há inscrições para a Corrida Infantil da Corpore

Corridas de Rua · 30 mar, 2010

No dia 10 de abril acontece a primeira etapa do ano da Corrida Infantil Corpore, competição destinada a crianças de quatro a 12 anos, que disputarão baterias de acordo com o ano de nascimento. Além de correr, os atletas mirins poderão desfrutar de diversas atrações.

Brinquedos infláveis, personagens, pipoca, algodão doce e diversas brincadeiras estarão disponíveis na arena do evento, que será montada no Complexo Esportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera. Os pais podem ficar tranqüilos, pois haverá monitores e seguranças para garantir que tudo saia conforme o planejado.

As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br sob o valor de R$ 30 para filhos de sócios da entidade e R$ 35 para filhos de não sócios.

Corpore abre inscrições para a Corrida da Amizade (Friendship Day)

Corridas de Rua · 26 mar, 2010

No dia 25 de abril acontece a segunda edição da Corrida da Amizade/ Friendship Day, competição que tem distância de sete quilômetros e será disputada na zona sul da capital paulista. Confira detalhes do evento, que será válido como substitutivo para o programa Corri Todas da Corpore.

A largada será na Avenida República do Líbano, próximo ao Clube Monte Líbano, depois o percurso passará pelo Clube Hebraica até chegar ao Shopping Eldorado. Fazem parte ainda do trajeto, avenidas como Juscelino Kubitschek, Cidade Jardim e Marginal Pinheiros.

O tiro de partida será dado às 8h30 e um dos destaques será a premiação, já que além de troféus serão oferecidos pontos no Programa Dotz. Os campeões receberão 50 mil Dotz, os vices 20 mil e os terceiros 10 mil.

Todos os participantes receberão kits com camiseta da prova, um mês de aulas gratuitas numa grande academia de São Paulo, produtos dos patrocinadores, além de 200 dotz. Já aqueles que completarem o percurso receberão a tradicional medalha e mais 200 pontos dotz.

A organização do evento é uma parceria da Corpore com a ONG Caminho de Abraão e o trajeto simboliza a jornada que o profeta fez há quatro mil anos pelo Oriente Médio. A corrida, no entanto, não possui caráter religioso e visa reunir num mesmo local diferentes culturas e comunidades por meio do esporte, saúde e diversão.

“Com esse evento queremos homenagear São Paulo, uma cidade que sabe receber, acolher e respeitar as diferenças culturais de todos que aqui vivem”, afirma Fernando Latorre, coordenador executivo da Iniciativa Caminho de Abraão – Brasil.

As inscrições já estão abertas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br sob os valores de R$ 65 para sócios do clube e R$ 70 para não sócios.


Corpore abre inscrições para a Corrida da Amizade (Friendship Day)

Corridas de Rua · 26 mar, 2010

No dia 25 de abril acontece a segunda edição da Corrida da Amizade/ Friendship Day, competição que tem distância de sete quilômetros e será disputada na zona sul da capital paulista. Confira detalhes do evento, que será válido como substitutivo para o programa Corri Todas da Corpore.

A largada será na Avenida República do Líbano, próximo ao Clube Monte Líbano, depois o percurso passará pelo Clube Hebraica até chegar ao Shopping Eldorado. Fazem parte ainda do trajeto, avenidas como Juscelino Kubitschek, Cidade Jardim e Marginal Pinheiros.

O tiro de partida será dado às 8h30 e um dos destaques será a premiação, já que além de troféus serão oferecidos pontos no Programa Dotz. Os campeões receberão 50 mil Dotz, os vices 20 mil e os terceiros 10 mil.

Todos os participantes receberão kits com camiseta da prova, um mês de aulas gratuitas numa grande academia de São Paulo, produtos dos patrocinadores, além de 200 dotz. Já aqueles que completarem o percurso receberão a tradicional medalha e mais 200 pontos dotz.

A organização do evento é uma parceria da Corpore com a ONG Caminho de Abraão e o trajeto simboliza a jornada que o profeta fez há quatro mil anos pelo Oriente Médio. A corrida, no entanto, não possui caráter religioso e visa reunir num mesmo local diferentes culturas e comunidades por meio do esporte, saúde e diversão.

“Com esse evento queremos homenagear São Paulo, uma cidade que sabe receber, acolher e respeitar as diferenças culturais de todos que aqui vivem”, afirma Fernando Latorre, coordenador executivo da Iniciativa Caminho de Abraão – Brasil.

As inscrições já estão abertas no site oficial da Corpore, o www.corpore.org.br sob os valores de R$ 65 para sócios do clube e R$ 70 para não sócios.

Integração é destaque na abertura do Circuito Corpore

Corridas de Rua · 24 mar, 2010

Como o objetivo das corridas de rua é a integração, cadeirantes e praticantes de handcycle não ficaram de fora da abertura do Circuito Corpore, no domingo (21/03). As duas categorias apesar de diferentes largaram juntas na USP, pouco antes da largada geral dos atletas.

Ao todo, foram seis participantes. Três correram nos 10 quilômetros e os outros, por serem iniciantes disputaram a distância menor, os cinco. Diego Madera foi o campeão na categoria dos 10 quilômetros, mesmo depois de um dos pneus da cadeira ter furado no quilômetro sete. “A prova foi boa e eu garanti a vitória com uma vantagem que abri no começo. No final, cheguei praticamente em zigue-zague por causa do pneu furado”, conta.

Ele correu com a ajuda de outro esportista, Fernando Aranha. O amigo é praticante de handcycle, e na prova da Corpore não veio para competir, mas para auxiliar Madera no percurso, como um guia. “Somos de categorias diferentes, por isso não é que eu fiquei em segundo lugar. Como o handcycle, que é o que eu pratico, ainda não está oficializado no país, a gente coloca todo mundo junto para estimular o esporte”, explica.

Aranha diz que se surpreendeu com o desempenho de Madera. “Teve uns picos de velocidade ali bem interessante, porque eu sei que faz tempo que ele não pratica”, revela. Madera vem se recuperando de uma lesão no ombro no ano passado e aos poucos retorna as competições.


Integração é destaque na abertura do Circuito Corpore

Corridas de Rua · 24 mar, 2010

Como o objetivo das corridas de rua é a integração, cadeirantes e praticantes de handcycle não ficaram de fora da abertura do Circuito Corpore, no domingo (21/03). As duas categorias apesar de diferentes largaram juntas na USP, pouco antes da largada geral dos atletas.

Ao todo, foram seis participantes. Três correram nos 10 quilômetros e os outros, por serem iniciantes disputaram a distância menor, os cinco. Diego Madera foi o campeão na categoria dos 10 quilômetros, mesmo depois de um dos pneus da cadeira ter furado no quilômetro sete. “A prova foi boa e eu garanti a vitória com uma vantagem que abri no começo. No final, cheguei praticamente em zigue-zague por causa do pneu furado”, conta.

Ele correu com a ajuda de outro esportista, Fernando Aranha. O amigo é praticante de handcycle, e na prova da Corpore não veio para competir, mas para auxiliar Madera no percurso, como um guia. “Somos de categorias diferentes, por isso não é que eu fiquei em segundo lugar. Como o handcycle, que é o que eu pratico, ainda não está oficializado no país, a gente coloca todo mundo junto para estimular o esporte”, explica.

Aranha diz que se surpreendeu com o desempenho de Madera. “Teve uns picos de velocidade ali bem interessante, porque eu sei que faz tempo que ele não pratica”, revela. Madera vem se recuperando de uma lesão no ombro no ano passado e aos poucos retorna as competições.

Corredores com mais de 50 anos querem o pódio no Ranking da Corpore

Corridas de Rua · 22 mar, 2010

Entre os corredores que disputaram a abertura do Circuito Corpore neste domingo (21/03), estão alguns exemplos de disposição e saúde como Darcio de Souza Ferreira (55 anos) e Antonio Tavares da Franca (75 anos). Atletas como eles, ainda não são maioria, mas podem ser. De acordo com o Armando Santos, diretor-executivo da Corpore, os fundistas com mais de 50 anos são o segundo maior grupo que participa das provas. Eles chegam sem chamar atenção e iniciam a corrida em busca de uma atividade física, mas logo estão disputando as primeiras posições em busca de títulos.

Ferreira, que mora em Sorocaba, despertou às três horas da manhã para conseguir chegar a tempo da largada na USP. Tudo, para continuar seu histórico de dez anos de participação do Circuito Corpore. Antes de correr, o contador era jogador amador de futebol e, aos 45 anos, resolveu trocar de esporte. “Nas primeiras corridas que participei, cruzava a linha de chegada com mais ou menos 50% dos corredores, hoje já consigo estar entre os 4% primeiros”.

Em 2009, ele obteve a conquista pessoal tão desejada desde que começou a correr: foi o primeiro colocado em sua faixa etária no ranking fidelidade do Circuito Corpore. “Foi uma realização e a meta esse ano é o bicampeonato”. Para isso, ele treina três vezes por semana, no total de 30 quilômetros. Neste domingo, ele participou da prova dos cinco quilômetros.

Outro exemplo é Antonio Tavares da Franca. Alegre e bem disposto, o aposentado que foi motorista disputou a competição de maior distância, dos 10 quilômetros. Assim como Ferreira, ele também treina em média três vezes de segunda a sexta-feira.

O interesse pela corrida surgiu aos 65 anos, antes era sedentário. O incentivo do filho, que é esportista, foi decisivo para ele e dali em diante não parou mais. Já ganhou na sua faixa etária os 21 quilômetros da Praia Grande, a prova Zumbi dos Palmares da Corpore em novembro do ano passado e há cinco anos disputa a São Silvestre. “Quero correr até os 80 anos. A saúde está 100%, estou parecendo até criança”, conta sorrindo.


Corredores com mais de 50 anos querem o pódio no Ranking da Corpore

Corridas de Rua · 22 mar, 2010

Entre os corredores que disputaram a abertura do Circuito Corpore neste domingo (21/03), estão alguns exemplos de disposição e saúde como Darcio de Souza Ferreira (55 anos) e Antonio Tavares da Franca (75 anos). Atletas como eles, ainda não são maioria, mas podem ser. De acordo com o Armando Santos, diretor-executivo da Corpore, os fundistas com mais de 50 anos são o segundo maior grupo que participa das provas. Eles chegam sem chamar atenção e iniciam a corrida em busca de uma atividade física, mas logo estão disputando as primeiras posições em busca de títulos.

Ferreira, que mora em Sorocaba, despertou às três horas da manhã para conseguir chegar a tempo da largada na USP. Tudo, para continuar seu histórico de dez anos de participação do Circuito Corpore. Antes de correr, o contador era jogador amador de futebol e, aos 45 anos, resolveu trocar de esporte. “Nas primeiras corridas que participei, cruzava a linha de chegada com mais ou menos 50% dos corredores, hoje já consigo estar entre os 4% primeiros”.

Em 2009, ele obteve a conquista pessoal tão desejada desde que começou a correr: foi o primeiro colocado em sua faixa etária no ranking fidelidade do Circuito Corpore. “Foi uma realização e a meta esse ano é o bicampeonato”. Para isso, ele treina três vezes por semana, no total de 30 quilômetros. Neste domingo, ele participou da prova dos cinco quilômetros.

Outro exemplo é Antonio Tavares da Franca. Alegre e bem disposto, o aposentado que foi motorista disputou a competição de maior distância, dos 10 quilômetros. Assim como Ferreira, ele também treina em média três vezes de segunda a sexta-feira.

O interesse pela corrida surgiu aos 65 anos, antes era sedentário. O incentivo do filho, que é esportista, foi decisivo para ele e dali em diante não parou mais. Já ganhou na sua faixa etária os 21 quilômetros da Praia Grande, a prova Zumbi dos Palmares da Corpore em novembro do ano passado e há cinco anos disputa a São Silvestre. “Quero correr até os 80 anos. A saúde está 100%, estou parecendo até criança”, conta sorrindo.

Disputas acirradas marcam a abertura do Circuito Corpore

Corridas de Rua · 21 mar, 2010

A temperatura agradável e até o tempo nublado, com direito a chuva no final, facilitaram as condições para os atletas que participaram da abertura do Circuito Corpore neste domingo (21/03) na USP. O resultado não poderia ser diferente: disputas acirradas entre os primeiros lugares nas duas distâncias (cinco e 10 quilômetros), tanto no feminino quanto no masculino.

Uma delas foi a briga entre Sivaldo Viana e Marildo Bardurco nos 10 quilômetros. O pelotão largou junto e assim permaneceu até a metade do percurso, mas à medida que a prova avançava e o ritmo aumentava os dois ganharam vantagem e assumiram a ponta. Perto dos dois quilômetros finais, Viana acelerou e garantiu a primeira posição no pódio com o tempo de 31min53seg. Campeão do Ranking do Circuito Corpore no ano passado, ele quer o Bicampeonato em 2010. “Acredito que agora estou ainda mais preparado”, conta.

No entanto, Marildo Bardurco, segundo colocado com 32min19seg, promete uma boa concorrência a Viana durante as provas deste ano. “Ganhei duas competições dele antes, por enquanto está dois a um. Semana passada, no Circuito Caixa, eu cheguei em sétimo e ele foi o 10º lugar”, observa Bardurco. Os dois atletas têm como objetivo competir pelo Ranking da Corpore e da Caixa em busca de uma classificação final entre os 10 melhores. O terceiro lugar ficou com Naval Freitas, companheiro de equipe de Viana.

Entre as mulheres na prova de maior distância, a campeã foi Elizabeth de Souza com a marca de 39min37seg. Ela liderou desde o início com certa vantagem. “Já sai na frente e só continuei passando”, lembra Elizabeth. Jaciane Araujo, que cruzou a linha de chegada na segunda posição com 40min45seg, confessou que até tentou, mas não foi possível ultrapassá-la. “A Beth já saiu disparada. Ainda não ganhei dela, mas um dia vou”, diz Jaciane. Andrea Lemes foi a terceira.

Prova dos cinco quilômetros:A final na categoria feminina foi surpreendente. Ana Luiza dos Anjos Garcez, a “animal”, vinha liderando a prova até os últimos metros, quando Rosangela Figueiredo Silva aumentou o ritmo e conseguiu tomar a ponta rumo à vitória. Ela completou o percurso em 18min18seg. A “animal” chegou logo em seguida, 10 segundos depois. “No finalzinho ela me engoliu. Eu devia ter corrido atrás e não na frente dela”, revela desapontada.

Rosangela conta que o segredo da vitória foi justamente a cautela. “Como não sabia direito do meu preparo, porque ainda não havia disputado cinco quilômetros esse ano, resolvi sair um pouco atrás dela e no final acelerei”, explica Rosangela. O terceiro lugar foi de Silmara Modesto com 19min14seg.

Rafael dos Santos foi o vencedor entre os homens. Não apenas conquistou o primeiro lugar do pódio, como bateu seu recorde pessoal nessa distância. “Meu melhor tempo era 14min37seg e hoje consegui fazer 14min35seg”. Em Ribeirão Preto no Circuito Caixa, ele foi o 11º colocado na prova de 10 quilômetros. Ronicesse de Lima chegou em segundo, apenas três segundos depois do primeiro colocado. “Cheguei para ganhar, mas acho que mesmo assim fiz uma boa prova. Eu estava em quarto e fui ganhando posições ao longo do percurso”, conta. Benedito Gomes cruzou a linha de chegada em terceiro.

A organização do evento avalia que tudo correu dentro do esperado, apenas lamenta as mudanças exigidas pela USP como a redução do número de participantes para seis mil (no ano passado foram 13 mil corredores) e a restrição do local de prova para a área da raia olímpica. “Tivemos que redimensionar tudo porque antes ocupávamos o espaço da praça da reitoria, que é melhor para a corrida, mas sinto que deu certo e os atletas aprovaram”, analisa Armando Santos, diretor executivo da Corpore.


Disputas acirradas marcam a abertura do Circuito Corpore

Corridas de Rua · 21 mar, 2010

A temperatura agradável e até o tempo nublado, com direito a chuva no final, facilitaram as condições para os atletas que participaram da abertura do Circuito Corpore neste domingo (21/03) na USP. O resultado não poderia ser diferente: disputas acirradas entre os primeiros lugares nas duas distâncias (cinco e 10 quilômetros), tanto no feminino quanto no masculino.

Uma delas foi a briga entre Sivaldo Viana e Marildo Bardurco nos 10 quilômetros. O pelotão largou junto e assim permaneceu até a metade do percurso, mas à medida que a prova avançava e o ritmo aumentava os dois ganharam vantagem e assumiram a ponta. Perto dos dois quilômetros finais, Viana acelerou e garantiu a primeira posição no pódio com o tempo de 31min53seg. Campeão do Ranking do Circuito Corpore no ano passado, ele quer o Bicampeonato em 2010. “Acredito que agora estou ainda mais preparado”, conta.

No entanto, Marildo Bardurco, segundo colocado com 32min19seg, promete uma boa concorrência a Viana durante as provas deste ano. “Ganhei duas competições dele antes, por enquanto está dois a um. Semana passada, no Circuito Caixa, eu cheguei em sétimo e ele foi o 10º lugar”, observa Bardurco. Os dois atletas têm como objetivo competir pelo Ranking da Corpore e da Caixa em busca de uma classificação final entre os 10 melhores. O terceiro lugar ficou com Naval Freitas, companheiro de equipe de Viana.

Entre as mulheres na prova de maior distância, a campeã foi Elizabeth de Souza com a marca de 39min37seg. Ela liderou desde o início com certa vantagem. “Já sai na frente e só continuei passando”, lembra Elizabeth. Jaciane Araujo, que cruzou a linha de chegada na segunda posição com 40min45seg, confessou que até tentou, mas não foi possível ultrapassá-la. “A Beth já saiu disparada. Ainda não ganhei dela, mas um dia vou”, diz Jaciane. Andrea Lemes foi a terceira.

Prova dos cinco quilômetros:A final na categoria feminina foi surpreendente. Ana Luiza dos Anjos Garcez, a “animal”, vinha liderando a prova até os últimos metros, quando Rosangela Figueiredo Silva aumentou o ritmo e conseguiu tomar a ponta rumo à vitória. Ela completou o percurso em 18min18seg. A “animal” chegou logo em seguida, 10 segundos depois. “No finalzinho ela me engoliu. Eu devia ter corrido atrás e não na frente dela”, revela desapontada.

Rosangela conta que o segredo da vitória foi justamente a cautela. “Como não sabia direito do meu preparo, porque ainda não havia disputado cinco quilômetros esse ano, resolvi sair um pouco atrás dela e no final acelerei”, explica Rosangela. O terceiro lugar foi de Silmara Modesto com 19min14seg.

Rafael dos Santos foi o vencedor entre os homens. Não apenas conquistou o primeiro lugar do pódio, como bateu seu recorde pessoal nessa distância. “Meu melhor tempo era 14min37seg e hoje consegui fazer 14min35seg”. Em Ribeirão Preto no Circuito Caixa, ele foi o 11º colocado na prova de 10 quilômetros. Ronicesse de Lima chegou em segundo, apenas três segundos depois do primeiro colocado. “Cheguei para ganhar, mas acho que mesmo assim fiz uma boa prova. Eu estava em quarto e fui ganhando posições ao longo do percurso”, conta. Benedito Gomes cruzou a linha de chegada em terceiro.

A organização do evento avalia que tudo correu dentro do esperado, apenas lamenta as mudanças exigidas pela USP como a redução do número de participantes para seis mil (no ano passado foram 13 mil corredores) e a restrição do local de prova para a área da raia olímpica. “Tivemos que redimensionar tudo porque antes ocupávamos o espaço da praça da reitoria, que é melhor para a corrida, mas sinto que deu certo e os atletas aprovaram”, analisa Armando Santos, diretor executivo da Corpore.