· ,

1970-01-01 -
Rudisha bateu Aman  atual campeão da Diamond League (foto: LOCOG/ Divulgação)
Rudisha bateu Aman atual campeão da Diamond League (foto: LOCOG/ Divulgação)

Começou nesta sexta-feira (10) o circuito mundial de atletismo, a Diamond League, que em 14 etapas pelo mundo reúne os principais atletas do esporte. A expectativa para a etapa de Doha, no Catar, era principalmente no desempenho dos campeões olímpicos David Rudisha, Shelly-Ann Fraser-Pryce e Allyson Felix.

<a href=/home/n/diamond-league-doha-reune-campeoes-olimpicos-e-recordistas-mundiais/14725 target=_blankDiamond League de Doha reúne campeões olímpicos e recordistas mundiais

Rudisha não brinca– Recordista mundial e campeão olímpico dos 800 metros, David Rudisha perdeu o título da Diamond League no final da temporada 2012 para o etíope Mohammed Aman. Sem demonstrar esforço, o queniano completou as duas voltas na pista em 1min43seg87, a marca mais rápida do ano. Aman completou em segundo.

<a href=/home/n/sob-chuva-bolt-blake-e-shelly-ann-vencem-diamond-league-em-zurique/13994 target=_blankRudisha sai de mãos vazias em Zurique e título fica com etíope

Nos 100 metros rasos, sem Usain Bolt e Yohan Blake, a briga prometia ser entre o norte-americano medalhista de bronze nas Olimpíadas, Justin Gatlin, e Nesta Carter, bicampeão olímpico no Revezamento 4×100 com a Jamaica. Carter liderou nos primeiros 50 metros, mas foi ultrapassado pela crescente velocidade de Gatlin e não conseguiu recuperar sua aparência excessivamente musculosa sugere que ele esteja um pouco pesado.

Gatlin bateu o jamaicano Nesta Carter -   Foto: Erik van Leeuwen/ Licença Creative Commons
Gatlin bateu o jamaicano Nesta Carter – Foto: Erik van Leeuwen/ Licença Creative Commons

Na prova não olímpica dos 3000 metros, o jovem etíope Hagos Gebrhiwet (de apenas 18 anos) venceu com 7min30seg36.

Montsho vence disputa mais acirrada– Entre as mulheres, a prova com maior nível era a dos 400 metros, com Allyson Felix, Amantle Montsho e Christine Ohuruogu. Montsho, atual campeã da modalidade na competição, desbancou de maneira confortável a britânica Ohuruogu, prata em Londres, e a versátil Felix, favorita.

Nos 200 metros, a carismática jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce bicampeã olímpica dos 100 metros conquistou a vitória com folga. A francesa Myriam Soumaré foi a terceira.

Botsuaense Amantle Montsho é a atual campeã dos 400 metros da Diamond League  - Foto: Chell Hill/ Licença Creative Commons
Botsuaense Amantle Montsho é a atual campeã dos 400 metros da Diamond League – Foto: Chell Hill/ Licença Creative Commons

Já nos 1.500, modalidade que teve sua campeã olímpica banida do esporte nesta semana, o triunfo foi da etíope naturalizada sueca Abeba Aregawi. Com 3min56seg60, Aregawi cravou a melhor marca mundial do ano na distância.

<a href=/home/n/campea-olimpica-dos-1500-metros-e-banida-do-atletismo/14719 target=_blankCampeã olímpica dos 1500 metros é banida do atletismo por toda a vida

Confira os resultados da Diamond League de Doha na próxima página.

Masculino

100 metros

  • 1º Justin Gatlin (EUA) – 9seg97
  • 2º Michael Rodgers (EUA) – 9seg99
  • 3º Nesta Carter (JAM) – 9seg99
  • 4º Kim Collins (SCN) – 10seg04
  • 5º Samuel Francis (CAT) – 10seg08
  • 6º Derrick Atkins (BAH) – 10seg14
  • 7º Jacques Harvey (JAM) – 10seg17
  • 8º Jason Young (JAM) – 10seg21
  • 800 metros

  • 1º David Rudisha (QUÊ) – 1min43seg87*
  • 2º Mohammed Aman (ETI) – 1min44seg21
  • 3º Job Kinyor (QUÊ) – 1min44seg24
  • 4º Pierre-Ambroise Bosse (FRA) – 1min44seg77
  • 5º Musaeb Abdulrahman Balla (CAT) – 1min44seg83
  • 6º Michael Rimmer (GBR) – 1min44seg97
  • 7º Anthony Chemut (QUÊ) – 1min45seg06
  • 8º Andrew Osagie (GBR) – 1min45seg41
  • 3000 metros

  • 1º Hagos Gebrhiwet (ETI) – 7min30seg36*
  • 2º Thomas Pkemei Longosiwa (QUÊ) – 7min32seg01
  • 3º Yenew Alamirew (ETI) – 7min32seg64
  • 4º Caleb Mwangangi Ndiku (QUÊ) – 7min33seg92
  • 5º Hayle Ibrahimov (AZE) – 7min34seg57
  • 6º Isiah Kiplangat Koech (QUÊ) – 7min36seg28
  • 7º Augustine Kiprono Choge (QUÊ) – 7min37seg70
  • 8º Abrar Osman Adem (ERI) – 7min39seg70
  • Feminino

    200 metros

  • 1ª Shelly-Ann Fraser-Pryce (JAM) – 22seg48
  • 2ª Sherone Simpson (JAM) – 22seg73
  • 3ª Myriam Soumare (FRA) – 22seg81
  • 4ª Samantha Henry-Robinson (JAM) – 22seg97
  • 5ª Kimberly Hyacinthe (CAN) – 23seg07
  • 6ª Yelizaveta Bryzgina (UCR) – 23seg30
  • 7ª Charonda Williams (EUA) – 23seg34
  • 8ª Crystal Emmanuel (CAN) – 23seg40
  • 400 metros

  • 1ª Amantle Montsho (BOT) – 49seg88*
  • 2ª Allyson Felix (EUA) – 50seg19
  • 3ª Christine Ohuruogu (GBR) – 50seg53
  • 4ª Francena McCorory (EUA) – 50seg58
  • 5ª Natasha Hastings (EUA) – 51seg32
  • 6ª Shericka Williams (JAM) – 52seg23
  • 7ª Marie Gayot (FRA) – 52seg81
  • 8ª Kimberly Hyacinthe (CAN) – 57seg51
  • 1500 metros

  • 1ª Abeba Aregawi (SUE) – 3min56seg60*
  • 2ª Faith Chepmgetich Kipyegon (QUÊ) – 3min56seg98
  • 3ª Genzebe Dibaba (ETI) – 3min57seg54
  • 4ª Viola Jelagat Kibiwot (QUÊ) – 4min00seg76
  • 5ª Eunice Jepkoech Sum (QUÊ) – 4min02seg05
  • 6ª Mary Kuria (QUÊ) – 4min03seg56
  • 7ª Siham Hilali (MAR) – 4min03seg92
  • 8ª Betlhem Desalegn (EAU) – 4min05seg13
  • Este texto foi escrito por: Paulo Gomes, com Renato Aranda